segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Uma análise sobre a paixão por personagens fictícios.


Hoje quero discutir sobre um assunto que já me rendeu muita encheção de saco, aloprações e encosto: paixões por personagens virtuais.

Se você freqüenta o blog há algum tempo, deve saber que não faço questão de esconder meus sentimentos de adoração por mulheres animadas, desenhadas ou poligonais. De fato, escrevi a respeito disso não uma, nem duas, mas TRÊS vezes.

E também teve aquela vez que eu falei de ruivas.

E percebo que isso é algo razoavelmente comum. Vários leitores meus já demonstraram (de formas veladas e escancaradas) passar pelo mesmo e se apaixonarem por uma personagem ou outra de vez em quando.

Leitoras minhas admitiram se apaixonar por personagens de vez em quando, como uma certa moçoila que costuma deixar comentários e não esconde sua admiração por um certo andróide que trabalha na Enterprise, sob o comando do Capitão Charles Xavier.

Mas como eu disse, quem admite ser apaixonado por personagens sempre é atormentado por amigos ou desconhecidos.

Eu mesmo já fui muito aloprado por camaradas, que sempre usavam variantes da frase “Ah Amer, é só um desenho, deixa de ser nerd/otaku/otário.”

De facto, uma garota tonta entrou aqui uma vez e fez um enorme discurso nos comentários, porque me achava “doentil” e um mau exemplo para todos os que liam, que corriam o risco de ficar como eu.

Uau... queria ser tão influente assim...

Mas querem saber? Há um motivo perfeitamente aceitável para as pessoas se apaixonarem por desenhos, não é uma coisa de nerds abobados, solitários e masturbadores crônicos.

...

Bom, também pode ser, mas não exclusivamente.

Mas seja como for, todos aqueles que se apaixonaram por mulheres/cara virtuais, UNI-VOS!!!

Provarei hoje que não há nada de errado com nossas paixões e que todo o resto do mundo é composto de mandioqueiros hipócritas!!!



Pra começo de conversa, que atire a primeira pedra aquele que nunca foi apaixonado pela moça pernuda acima!

Tem até uma comunidade no Orkut chamada “Na intenção com a Chun Li” ou coisa do tipo. Esta comunidade prega que todo mundo já deu um “Pause” estratégico enquanto jogava com a moça e se... satisfez olhando para ela.

Basicamente, a comunidade deixa claro que 75% dos homens que jogaram Street Fighter II já bateram uma pra Chun Li.

Os outros 25% mentem.

Mas por que tanta gente se apaixona por ela? Bem, ela é bonita, a personagem foi criada para ser fisicamente atraente, com traços que são considerados quase que universalmente agradáveis para a população masculina.

Eu poderia passar horas descrevendo a gostosura da moça, mas isso me faria parecer um tarado imenso... se bem que a essa altura, vocês já devem saber dos 10 gigas de pornografia que tenho no PC...

Enfim, a mesma leitora sábia que gosta de andróides criados por Gene Rodenberry declarou que “A Chun Li é uma Chinesa com corpão de Brasileira” e acho que isso define bem porque ela é tão atraente.

Pelo menos na parte física, há também a personalidade da moça.

Chun Li é uma policial durona da Interpol, do tipo que não aceita merda de ninguém e discussões com ela normalmente são resolvidas com concussões causadas na pessoa que ousou levantar a voz.

E mais, após o fim de Street Fighter II (e IV, aparentemente) Chun Li decidiu atender a seus instintos maternais. Como ela fez isso? Procurando um sósia do David Boreanaz, fornicando e gerando várias miniaturas suas?

NÃO!!!

Ela adotou um monte de crianças cujas aparências variavam de “obesas e horrendas” a “adoráveis e seqüestráveis” e passou a treiná-las para lutarem kung fu. De facto, sua missão em Street Fighter III é resgatar uma de suas filhas que foi capturada por um dos vilões do jogo.

Mãe protegendo a cria, não tem como criar uma personagem feminina mais forte.

Enfim, ela é uma personagem muito forte, não apenas fisicamente, mas em sua personalidade também. Muitos caras (e muitas garotas, tenho certeza) admiram a personagem não apenas por sua beleza, mas por sua coragem, determinação e capacidade de fazer frente a verdadeiros monstros humanos.

Um personagem é uma idéia no papel. Quando um autor cria um ser, ele está idealizando o mesmo e colocando nele características que ele considera agradáveis ou desagradáveis, pois isto definirá a personalidade do sujeito.

Em outras palavras, quando nos apaixonamos por um personagem, não é apenas o desenho no papel que nos fascina, mas a idéia por trás dele com o qual nos identificamos. Caras que gostem de mulheres fortes e independentes podem se apaixonar pela Chun Li, ao passo de que quem gosta de garotas sexualmente seguras se sentirá mais atraído pela Mai Shiranui.

E claro, que gosta de colegiais lascivas e cheias de doenças venéreas vai adorar a Sakura.

Acho que já me fiz entender.

“Harlam, você ta inventando isso! Fica tirando raciocínios do cu pra justificar suas nerdisses! Você é um puto mesmo!”

Não estou inventando nada não e posso provar!



Sabe quem é esse cara?

...

Não, não é o Morpheus de Matrix se ele fosse velho e branco, é Edgar Morin!!!

Morin é um filósofo e antropólogo Francês, o que significa que estudantes de Jornalismo ouvirão falar MUITO dele ao longo do curso. Significa também que ele tem a mesma profissão da minha amada Bones, o que sem dúvida é um ponto a favor pra ele.

Pois bem, no meu trabalho de graduação, defendi que South Park e outros desenhos animados poderiam ser usados como forma de crítica social e usei o seguinte argumento de Morin como defesa de minha tese:

“O romancista se projeta em seus heróis, como um espírito vodu que habita seus personagens, e inversamente escreve sob seu ditado, como um médium possuído pelos espíritos (as personagens) que invocou.”

E tem mais:

“Esse universo imaginário adquire vida para o leitor e este é, por sua vez, possuído e médium, isto é, se ele se projeta e se identifica com os personagens em situação, se ele vive neles e se eles vivem nele.”

Não lembro qual foi o livro de que tirei este raciocínio. Peço desculpas a todos os quatro fãs de Edgar Morin por isso.

Enfim, o escritor coloca muito de sua personalidade, idéias, sonhos e desejos nos personagens que cria e o público recebe todas estas mensagens e as interpreta como forem melhores para ele.

Mary Jane Watson é a namoradinha do colégio, Selina Kyle é uma mulher independente e dominadora, Ravena é solitária e séria e a Chi Chi é uma dona de casa neurastênica e hipertensa.

Todos estes exemplos são personalidades que realmente existem, não são coisas criadas por artistas solitários e onanistas. Tenho certeza que você conhece pelo menos uma mulher que pode ser definida por uma das características acima.

E mais, não somos só nós fãs que adoramos personagens virtuais. Sabiam que John Byrne uma vez declarou ser apaixonado pela Mulher Hulk?


E quem não seria, não é verdade?

Digo, Byrne escreveu uma Graphic Novel em que não apenas a gostosa esmeralda aparecia semi nua em diversos momentos (e seus mamilos podiam ser parcialmente vistos em alguns momentos, algo impensável para a Marvel da época) como também ela perdia sua capacidade de voltar a forma humana fraca e magricela de Jennifer Walters.

Tudo bem que ela já deve ter recuperado essa habilidade, mas isso não importa agora.

O negócio é que Byrne adorava tanto a forma poderosa da heroína que ele não queria mais ter de vê-la como a fracote rosácea que ela era originalmente, o que indica que ele tem uma tara bem óbvia por mulheres grandes, musculosas... e verdes...

Se bem que eu também gosto dessa combinação e todo mundo pode ir pro Inferno.

Mas como podem ver, é perfeitamente normal que sintamos afeto por um personagem e o que ele representa. Vou dar dois exemplos práticos disso agora, um para os meninos e outro para as meninas.


Muito bem, esta é Frankie Foster, uma das personagens principais do desenho A Mansão Foster para Amigos Imaginários.

Desenho esse que é ducaralho, devo dizer.

Enfim, Frankie é a neta da fundadora da mansão, tem 23 anos e cuida para que tudo na casa funcione como deve. De facto, em um episódio ela some e a mansão praticamente começa a ruir sem sua manutenção.

Sua companhia mais constante é Mac, o protagonista do desenho, que visita a mansão todos os dias para estar sempre próximo a seu amigo imaginário Bloo. Ou seja, Frankie passa a maior parte do tempo na companhia de um menino e seres imaginários com personalidade infantil.

Como podem ver, ela possui um visual cartunesco. Frankie não foi desenhada para ser sensual, mas sim para representar uma mulher adulta que possui o espírito e a energia de uma criança, o que explica porque ela se dá tão bem com Mac e Bloo.

Mesmo assim...


... muita gente declaradamente cai de quatro por ela.

Aliás, essa imagem é o papel de parede do meu PSP.

Se buscar “Frankie Foster” no deviantART, verá dezenas de ilustrações feitas em homenagem a esta ruiva. E mais, as demonstrações de afeto para com ela não param em Fanart, há fóruns unicamente dedicados a ela.

Mas por que isso? Não há nada de atraente na personagem!

Bom, a idéia por trás dela é atraente. Como eu disse, Frankie é uma mulher de 23 anos com espírito de uma criança e que além disso, não parece se interessar muito por romances adultos. O que carrega um significado especial para muitos dos espectadores do desenho.

Por que?

Oras, porque TODO MENINO JÁ SE APAIXONOU POR UMA MULHER MAIS VELHA!!!

Todo garoto de nove ou dez já teve uma companhia feminina mais velha constante. Fosse a prima mais velha, uma amiga de sua irmã, a vizinha com quem brincava ou mesmo sua professora do primário.

Falo de uma paixão inocente, não de algo sexual. Daquela coisa pura que só uma criança é capaz de sentir por uma pessoa mais velha.

Pois bem, mesmo depois que crescemos, ainda temos uma certa lembrança inconsciente daquela mulher mais velha que passava tanto tempo conosco e de quem gostávamos tanto. Frankie é meio que a materialização em desenho destas paixões e é natural que tantos caras se sintam atraídos por ela.

Há inclusive um episódio em que Mac declara ser apaixonadinho por ela.

Pois é.

Do mesmo jeito que comer um doce que sua avó fazia o lembrará dos bons tempos que passou com ela, uma personagem com a descrição de Frankie o fará se lembrar de forma nostálgica de uma pessoa que foi especial pra você em algum momento.

Viu só? Não há nada de “doentil” nisso.

Agora, falemos de uma paixão platônica feminina.


Sim, é ele mesmo: O Wolverine!

Veja bem, Wolverine, não Hugh Jackman. Se bem que é espantoso que tantas mulheres sejam apaixonadas por ele, considerando que hoje em dia o padrão de beleza masculina são aqueles emos andróginos de Crepúsculo e não um sujeito grande e peludo como o senhor Jackman.

Mas voltando, o Wolverine dos quadrinhos é amado por muitas garotas.

Ele é baixinho, peludo, feio, carrancudo, mau humorado, beberrão, boca suja e provavelmente fede, considerando o tanto de álcool que ele ingere e as pocilgas que freqüenta.

Mas mesmo assim, muitas garotas são apaixonadas por ele. Isso poderia demonstrar que muitas mulheres sonham em namorar caras que parecem gorilas depilados, mas não é exatamente este o motivo.

O negócio é que mulheres são criaturas inseguras por natureza.

Todas.

De uma maneira ou de outra.

Se um cara quiser devastar a psique de uma mulher, basta ele dizer que ela está gorda. Sete gerações posteriores ainda sentirão mágoa pela ofensa.

Mas enfim, enquanto homens se preocupam com apenas UMA parte de sua anatomia (você sabe de qual estou falando), mulheres se preocupam com o corpo inteiro: cintura, tamanho dos seios, tamanho da bunda, tamanho dos pés, das mãos, volume da voz, se está piscando demais, falando demais, se colocou perfume demais, se sua pele está ressecada, se devia ter usado mais maquiagem, menos maquiagem, se não devia ter usado maquiagem... e por aí vai.

Mulheres passam a maior parte do tempo se sentindo inadequadas, por isso loiras querem ser morenas, morenas querem ser loiras, mulheres de cabelo cacheado fazem chapinha e as com cabelo liso pagam caro para fazer cachos.

Claro, todos somos inseguros em um nível ou outro, mas para as mulheres é diferente. Elas vivem em uma sociedade que constantemente as pressiona e diz que elas são feias, que precisam emagrecer, se bronzear, mudar a cor dos cabelos e não importa o que façam, nunca estarão "na média". Assista dois minutos de comerciais e verá do que estou falando.

Mas se elas estão com um cara seguro, isso tudo perde a importância, porque elas se sentem bem consigo mesmas.

E o Wolverine é um dos caras mais seguros de si que já apareceu nos quadrinhos. Sujeito tem 1,60 de altura (sim, essa é a altura oficial dele) e já peitou Fanático, Hulk, Wendigo e mais um monte de seres que fariam homens maiores e menos peludos cagarem nas calças.

Wolverine é um cara durão de verdade e sabe de uma coisa?


Caras durões tem coração mole.

Não falo de pit boys ou de machinhos de academia, falo de caras durões de verdade como motociclistas, ex-membros de gangues, soldados ou demais caras que passaram por coisas tão escabrosas que eu e você JAMAIS conseguiremos compreender.

Caras assim não tem nada a provar, eles não se importam com a opinião dos outros e não se gabam por serem durões, eles simplesmente são. Assim sendo, eles não se importam de serem gentis com aqueles que precisam, tampouco tem vergonha de demonstrar que são sensíveis quando é preciso.

O melhor exemplo que consigo pensar disso na vida real é o Rescue Ink. Um grupo de motociclistas imensos e ex-criminosos cheios de tatuagens que formaram um grupo que protege animais e investiga maus tratos aos mesmos.

Voltemos ao Logan, mesmo capaz de fatiar pessoas e sendo mais poderoso que um coma alcoólico, ele bancou a figura paterna pra inúmeras meninas sem orientação que conheceu ao longo dos anos.
Só pra citar as mais importantes: Kitty Pryde, Jubileu, Vampira e X-23.

Sem mencionar algumas personagens secundárias que ele salvou do perigo e com quem foi extremamente gentil, apesar de sua perpétua carranca.

E não é de se admirar que muitas garotas se sintam atraídas por um sujeito durão que consertaria seus carros pela manhã, jogaria bola com a molecada à tarde e mais a noite... as deixaria com um sorriso de orelha a orelha.

É, pois é.

Enfim, o ser humano é uma criatura social e não importa o quanto nos isolemos, sempre sonhamos com um companheiro perfeito.

Pode acreditar, eu me isolo e tento não pensar a respeito, mas mesmo assim, não consigo evitar.

Muitos personagens preenchem aquilo que consideramos ser o ideal em um companheiro e enquanto não encontramos alguém com tais características, é plenamente normal que sintamos um afeto especial por um ser em acetato ou polígonos.

Claro, afeto demais, como tudo na vida, pode ser um grande problema.

Por exemplo:


No Japão, existem travesseiros grandes que vem com imagens de heroínas de Animes impressas de corpo inteiro neles.

Pode parecer estranho, mas pense por esse ângulo: um fã de One Piece pode querer comprar um destes travesseiros com a Nami, para acrescentar a sua já grande coleção de produtos da série e valorizá-la ainda mais.

Entendo tal sentimento perfeitamente. Como fã de Hokuto no Ken, eu queria comprar uma daquelas estátuas em tamanho real do Kenshiro que são vendidas a 50 mil Dólares cada no Japão.

... um dia... um dia...

Mas enfim, se um cara compra um destes travesseiros para aumentar o preço de sua coleção (que será vendida no Ebay por sua viúva um dia após sua morte), é perfeitamente normal, mas um cara que carregue o travesseiro pra cima e pra baixo como se fosse uma namorada... bem, aí temos um problema.

Há muitos Otakus que compram tais travesseiros e os tratam como pessoas reais, passeando com eles e agindo como se fossem companhia vivas.

E isso é um problema grave. Do tipo que deve ser acompanhado por médicos especialistas e do qual não deveríamos caçoar.

... muito...

E há um outro exemplo sobre o qual penso sempre que toco neste assunto: Raksha!


Sim, Raksha! A fã abilolada da G1 (a série original de Transformers da década de 1980) e que conseguiu se alienar de praticamente toda a comunidade de colecionadores e fãs dos robozinhos.

E ela também carrega uma cobra de borracha pra todo lugar que vai, pra mostrar a “tremenda gótica” que é.

Raksha defende que só a G1 presta e tudo mais que foi feito com o nome “Transformers” é uma afronta a memória da série original.

Ela não é a única, claro. Conheci muitos fãs da série que desligavam o MSN na minha cara sempre que a conversa entrava em Transformers e eu provava que eles estavam errado em tudo que diziam. Bons tempos...

Mas o caso dela é bem mais grave. Raksha declarou que os Decepticons são “seres predatórios” e destruir a Terra para se aproveitarem de seus recursos é tão natural quanto um leão se alimentar de carne. E que os Autobots são fascistas por tentarem os impedir e por isso devem ser vistos como os verdadeiros vilões da série.

Raksha chegou ao cúmulo de chegar em David Kaye, um dos dubladores mais queridos das novas séries animadas e o agrediu verbalmente na frente de todo mundo.

“E o que isso tudo tem a ver com o tema do artigo, Harlem?”

Bom, Raksha também escreve Fanfics e na maioria deles, sua personagem “Nightbird” normalmente faz sexo com Megatron. E nestas histórias, a autora delira descrevendo as “pernas cromadas” de Megatron.

Eu sou fã de Transformers há mais de 20 anos e “pernas cromadas” não é a primeira coisa que me vem a mente quando penso no Megatron.

Aliás, não é nem a última.

Mas o caso é que Raksha e o gordinho que pediu a refeição para dois mais acima são casos muito extremos, em que a paixão pelos personagens e a divisória entre a realidade e a ficção se tornou quase inexistente.

Eles ficaram assim por consumirem os produtos que consomem? Não, provavelmente ambos tiveram vidas solitárias e miseráveis e preferiram se fechar em um casulo de ficção esquizofrênica ao invés de procurarem ajuda e tentarem melhorar.

E não é porque esses dois acabaram assim que todos acabaremos. Citei estes dois casos pra demonstrar que estou bem ciente dos males que paixões extremas por personagens virtuais podem causar.

Mas acredito que a maioria das pessoas não corre esse risco.

Pra finalizar, conheci muitas pessoas que caçoaram de minha paixão por mulheres inexistentes ao mesmo tempo que nutriam uma idolatração aguda por atrizes e demais mulheres de carne e osso que estão na mídia.

Alguns até se apaixonam por Tila Tequila, que acredito que é a versão humana de Uatu, O Vigia.

Pois muito bem.


Pra quem não conhece, esta é Fernanda Souza, uma das duas atrizes Globais por quem tenho enorme... admiração.

A outra é a Grazi Massafera, se você estiver curioso.

Pois bem, Fernanda Souza começou criança no X-Tudo e eventualmente foi parar na Globo, onde escalou a pirâmide das atrizes da emissora e foi parar no núcleo de novelas. Hoje ela atua na Novela das Seis... ou das Sete, não tenho certeza.

Antes de prosseguir, gostaria de dizer que assim que começou a trabalhar na Globo, Fernanda era curvilínea, tinha a aparência saudável e as lindas formas femininas que tanto adoro. As revistas de “boa forma” se referiam a ela como gorducha e ela foi forçada a se livrar de todos os quilos que não precisava perder.

Hoje ela não mais tem curvas e se tornou a magricela padrão da televisão Brasileira.

Uma pena, de verdade.

Mas enfim, tenho essa paixonite platônica pela atriz, que muitas pessoas podem considerar “menos prejudicial” do que gostar de uma mulher de desenho.

O negócio é que eu e Fernanda Souza vivemos em UNIVERSOS DIFERENTES. Mesmo ela morando a uma distância geográfica relativamente pequena (se não me engano, ela vive no Rio de Janeiro), há mais chances do Colisor de Átomos Europeu destruir a galáxia ao ser ligado do que o Amer e a atriz que é seu objeto de desejo se trombarem em um Shopping.

E mesmo que por um milagre nos encontrássemos, a chance de nos tornarmos amigos e eventualmente namorarmos seriam ainda menores, pois como eu disse, somos de UNIVERSOS DIFERENTES.

Neste caso, eu admiro apenas uma imagem, pois não sei de fato como ela é na vida real. Ela é (ou era, quando tinha curvas) linda, mas será que é uma boa pessoa ou é uma broaca quando está ao vivo e a cores?

É bem menos nocivo se eu me apaixonar pela Mulher Maravilha, pois estarei apenas me apegando a idéia de uma personagem forte, decidida e que tem um lado muito carinhoso, mas que só revela para poucos afortunados.

Ou seja, sempre estarei atento a uma mulher real com estas características, pois é aquilo que eu realmente quero.

E isso é basicamente tudo que eu tinha a dizer sobre isso, meus queridos.

Não tenha vergonha por gostar de personagens. Eu acredito que isso ajuda uma pessoa a definir o que acha valioso em um companheiro e o ajuda a reconhecer melhor as características que tanto admira quando a hora chega.

E foda-se quem achar que você está errado! Declare seu amor virtual o quanto quiser, porque verdade seja dita, essa é a melhor emoção que podemos demonstrar no dia-a-dia.

Cheers!!!

112 comentários:

dida997 disse...

Foddaa!!
Frrrist!!
Nem li o artigo
Bom...vou ler agora...de qualquer jeito...parábens desde já ammer

Return of the Suitcaser disse...

Ainda n li esse post todo, mas fzer o q, neh? O Blog eh mto Louco, cara!!! sou teu fã, meu véio!!

Quanto à parada da tal "Juzinha", eu fiquei meio chateado com a parada, querendo ser mais "sábia" q todo mundo aqui, ela deve ser um daqueles tipos q encontro na minha vizinhança, tem um cara aqui q pelo amor de Deus, soh fala em encher a cara e curtir aqueles forrózão universOTÁRIO, ridículo...digo isso por q, pra mim, vida de Balada eh uma porcaria, odeio balada (sem ofender quem eh baladeiro aqui, por q pra mim, eh soh uma oportunidade pra encher a cara e quem sabe pegar alguma doença venérea... pois eh, cara...a vida dela deve ser dessas aew, por isso q ela vive dando "piti" numa área q não eh dela...

No mais, o blog eh show, meu brother!!! continue matando a gente de rir e nos informando com coisas q nos dê entretenimento.

Ton-Kun disse...

É o grande caso da referência... Um fã apaixonado por uma personagem de quadrinhos é "menos saudável" do que um de uma banda de garotas? Ou garotos, sei lá... Toda admiração é louvável até o ponto em que prejudica o admirador, e existem casos claros que são ruins mental, social e fisicamente (como os dois citados aí). Boa idéia, Amer, gostei do artigo.

UnderHell86 disse...

Fizeram um blog só pra contrariar o Amer? E ela ainda tem coragem de dizer que você é quem tem problemas?

Anyway, todos já amamos uma imagem (seja uma personagem fictícia, uma atriz ou até mesmo alguma amiga virtual distante) de forma platônica e, obviamente, impossível de acontecer de verdade.

Como sempre, mais um artigo muito bem escrito! Acho que esse mês de janeiro vai render bem...

dida997 disse...

Acabei!
bom ammer...no inicio pensei que me decepsionaria pois achei que esse tema para artigo não daria em muita coisa mas...
Estou surpreso...conseguiu muito bem tirar muito o que falar sobre um tema tão complicado...voce tira inspiração da onde?do cu?de um livro?

Foi mal tanta enrrolação é que ultimamente eu não estou inspirado para escrever em meu blog...

Ammer algumas fotos que voce botou neste artigo estão me tentando a procurar mais no google!!
não me tente!!!
ahhhhhh!!!!
Oh!!
hmmm!!!
hmmmmm!!!

_Gus disse...

Cara,Amer sou teu fã,e vc se considera um tarado só por ter 10 gb de pornografia no HD ?? Cara eu tenho mais de 600 GB's !! (Pronto falei),metade disso só de hentai kkk,tem a Chun-li claro,não só ela,a morrigan tambem,as minas do Dead or Alive,do Code Geass,do Naruto,qualquer desenho ou jogoque tenha uma mina gostosa eu vou atras de hentai,até do Bayonetta eu já tenho (acho que vou procurar um psiquiatra huahaha).

No mais continue com esse blog fucking awesome (o unico que eu tenho paciencia de ler \o/)

Parabens pelo trampo !!

Return of the Suitcaser disse...

pois eh...quando eu era criança e passava Saint Seiya na Manchete ou Yu Yu Hakusho, tinha uma paixão pela Saori Kido, não só pela beleza em si, mas pelas qualidades q ela tem...enfim, n há nada d mal nisso, o problema eh como vc msm disse, eh quando isso vira uma doença psiquiátrica...quem jah viu o famoso HALealgumacoisa, aquele japonês q oficializou um casamento com uma personagem do jogo "Love Plus", do Nintendo DS?? eh de casos assim q a gente vê q o cara n tah bem...

Wings disse...

Amer quero primeiro dizer que acompanho seu blog há um ano. VC È O CARA

Adoro seu tipo de humor e por muitas vezes acabo divulgando em uma comunidade de nerds e pseudo-intelectuais que as pessoas chamam de forum.

Quero lhe fazer o convite para ingressar nesse forum.
Muitos fazem do mesmo estilo. O modo nerd de vida.


É pequeno mais é unido e fala sobre n coisas.
=)
http://ordemdadesordem.forumeiros.com/forum.htm

Zé Abrão disse...

eu concordo Amer. Eu até uso a expressão "Síndrome de Mary Jane" quando falo sobre garotas sendo idealizadas porque acho a dita personagem o meu ideal feminino. De primeira as pessoas riem, depois elas gostam do raciocínio.

dida997 disse...

Eu gostava das mulheres tratadoras de monstros...
Misty-Pokemon,Digimon,Kagome-Inuiasha(não é relacionada com monstros,mais me entende)
Acho que todos nós,TODOS,TODOS temos uma atração por mulheres irreais, é um indicie que demonstra o tipo de mulher que queremos...(pose filosófica)

Henrique disse...

Anaalise ótima Amer, parabéns =D !

Tem tanta gente por aii que fala do desprezo por aqueles uqe são fãs de personagens de jogos, mangás ou escambau, mas que ficam "pagando peitinho" pros atores de crepúsculo .-.

É que nem tu disse: não tem nada de errado em se apegar a um personificação do que se acha agradável, quando não isso não vira a razão de sua existencia.

Eu mesmo sou Desenhista Amador e sei que não podemos criar personagens que apenas preencham lacunas na historia, sem nenhuma razão para existir.

Bem, só queria te parabenizar de novo, e pro inferno quem não tem mais o que fazer do que criticar gostos pessoas dos outros !!

Scariel disse...

Muito bom Amer! Eu ja companhava o blog na epóca que essa menina falou um monte de besteiras aqui.
vou adimitir aqui que eu adoro as góticas dos desenhos.
Existem mesmo estatuas do Kenshiro?

Raven disse...

Ah, Amer, agora você me deixou emocionada de verdade! Citar-me em seu texto!!!! Muito obrigada!!!

*_________________*

E você está absolutamente certo ao dizer que não é apenas a aparência maravilhosa / gostosa / musculosa / extraordinária dos personagens que nos despertam a atenção. Afinal de contas, não somos apenas um bando de babões e babonas sem cérebro!

Sempre há aquele algo mais que nos fascina, em nossos seres ficcionais prediletos: seja seu comportamento, sua filosofia de vida, o modo de encarar as situações que surgem em seu caminho...

Engraçado, nunca tive problemas em declarar ou comentar sobre meus personagens fictícios mais queridos. Claro que eu ouvia piadinhas, mas nunca esquentei minha cabeça.

E sim, sou encantada MESMO com o Tenente Comandante Data. Como afirmei em um post que escrevi tempos atrás também sobre amores ficionais, caso fosse possível eu passaria uma vida inteira numa boa ao lado daquele ser positrônico de lindos olhos ambarinos.

E por que não? O moço é absurdamente inteligente, elegante, educado, curioso, divertido e atencioso - além de, hã, provavelmente incansável... O que mais uma garota pode querer? XD

Abraços para todos e, Amer, mais uma vez muito obrigada pela homenagem! ^^

PS.: Não há ator ou cantor emo, por mais fofo e bonitinho que seja, que sobreviva à beleza avassaladoramente máscula de Hugh Jackman.

E, convenhamos: se é preciso fazer uma escolha entre um ator que interpreta um mutante que pode ser fedido, e um ator fedido que interpreta um vampiro, acho que nem é preciso pensar muito pra escolher, não é verdade? XD XD XD

cyf disse...

Perfeito, cara. xD Falou tudo.

Bem, eu nunca tive uma paixão tão aguda assim por nenhumapersonagem, mas não discrimino nem um pouco quem tenha. Aliás, essas mulheres são criadas como ideia, até em seus defeitos. É totalmente compreensível, tirando casos extremos.

Por falar em casos extremos... já viu isto? http://www.cnn.com/2009/WORLD/asiapcf/12/16/japan.virtual.wedding/index.html

cyf disse...

ideais*, alí em cima. E pensando bem, já fui apixonado por várias personagens, mas acho que não de desenho hm*

De qualquer forma, dá no mesmo. x)

Ah, e o Ton-Kun ali em cima falou pouco mas falou bonito xD

AndréBetim disse...

Eu era louco pela Gata Negra, aquela que já foi namoradinha do Aranha...qdo vi esse cosplay então:

http://www.rocketsagogo.com/blackcat.html

vi que minha loucura não tinha cura rsrs...

Confiram e me digam se a Cristão que resista.

nívia disse...

Tow gostando muito do seu blog,diga-se de passagem seus posts sobre filmes são os meus preferidos ^^mas sobre esse assunto,acho que se apaixonar pelos personagens é algo natural,não é qualquer personagem que nos causa isso,em um desenho pode haver o mais magnífico e impressionante protagonista,e mesmo assim, vc se cativa pelo ajudante,amigo ou algué próximo a ele,quando eu li esse artigo o 1º nome que me veio foi o Homem de Gelo*.*,ele me fascína,mas eu não vivo por aí com a cara enfiada no congelador da minha casa achando que um dia ele vai aparecer lᬬ'todos sabemos o que é realidade ou não.
Olha vc tem uma imaginação bem fértil,um artigo distinto do outro ^^muito bem,qual será o próximo..aguardo^^

KaUm disse...

Ótimo texto!

Realmente, se apaixonar por personagens é MUITO natural..
..afinal, todo criador quer que as pessoas gostem de seus personganes...e que modo melhor de fazer isso do que criar personagens apaixonantes?

Duvido que exista alguém que nunca (vendo um desenho/filme/jogo/whatever) tenha pensado "Poxa, se esse existisse na vida real..eu casava"

Pff

Double M disse...

Primeiro comentário, portanto, merece algumas considerações:

Parabéns Amer pelo ótimo blog! Tou ficando cada vez mais viciado, e todo dia eu entro aqui pra ver se vc já colocou alguma coisa nova (mesmo sabendo que vc só atualiza esse blog semanalmente/quando-estou-com-vontademente).

Agora, quanto ao assunto do post atual, o ser humano é um bicho muito fidumaégua. Essa tal de Ju deve ser uma fãzóide de Crepúsculo e ela deve achar bem normal gritar feito uma louca toda vez que o Pattinson aparece na tela.
Por que as pessoas tem que diminuir/ridicularizar a paixão dos outros para achar a sua paixonite mais normal?

GET OUT OF YOUR HOLES PEOPLE!
LIVE THE DREAM!

Avalanche(Lance) disse...

Amer esse não era o Mês do quebra pau?


Ahh a Fernanda Souza ta muito feia depois que emagreceu.

Giordano disse...

Lágrimas foram derramadas aqui, Homero.

Bia Chun-li disse...

Legal seu comentário. Mu padrinho já tinha falado algo parecido para mim antes...

De personagens masculinos, de longe, o meu favorito é o Ryu do SF. Não apenas pelo físico e sim pela personalidade. Assim como tenho outros que tanto gosto... xD Como Roy Mustang, Ryo Saeba, Dark Schnneider, Wolverine, Spok, Han Solo, Batman...

Também não acho nada demais, encaro como se fosse a mesma coisa entre um (a) fã e um ator (atriz). Ou então a personagem de algum livro.

E sendo sincera, ao ler algumas caraterísticas do Wolverine, percebi que algumas lembram a do meu marido! xD

Ótimo artigo!!!^^

Frodo disse...

Excelente artigo Amer! adoro artigos com assuntos delicados que podem gerar boas discussoes (eu disse discussoes gente, nao brigas)

No momento eu nao lembro de nenhuma mulher dos quadrinhos ou desenhos que eu pago pau (talvez a baronesa, e so), mas tenho duas atrizes que sou perdidamente apaixonado Charlize Theron e a incrivem Zeta Jones) e da mesma forma que eu acho natural achar essas mulheres maravilhosas, acho normal quando alguem fala de alguma garota de desenho/ quadrinhos/ games.

Conheco uma menina que e apaixonada pelo kratos, um cara careca, cor de sulfite e que so fala gritando. Mas e um cara que vai literalmente pro inferno pela sua familia...

Thyago disse...

bom artigo amer, apesar de eu não ter nenhuma paixão por personagens. Adimiro, assim como a maioria do público.

e quanto a parte de se apaixonar por mulheres mais velhas, isso se reflete em mim até hoje. não que eu PROCURE mulheres mais velhas, mas eu só consigo me envolver se ela for mais velha. Minha namorada é mais velha do que eu 6 anos e estou mais do que apaixonado por ela.

Notei que você adicionou os avisos de não alimentar os trolls, eu achei que a imagem ficou numa qualidade muito baixa, procura uma outra que fique menos quadriculada :P

Zigga disse...

Amer, acho que esse foi seu artigo mais bonito e emocionante. Dá pra ver que você escreveu ele com muito carinho e com o coração. Eu tou profundamente emocionada com ele porque ele tá refletindo um pouco um momento da minha vida pelo qual eu tou passando e eu me identifiquei pra caralho com algumas descrições que você fez e...

Meu deus, que pieguices que eu escrevi aí em cima.

Thyago disse...

eu não gosto de hentai, mas não condeno quem gosta.

cada um fique com o pau duro com o que quiser.

ou a piriquita molhada.

brjcweb disse...

Ah, eu já tive uma paixonite pela Sakuya de Tenchi Muyo.

Avalanche(Lance) disse...

"Conheco uma menina que e apaixonada pelo kratos, um cara careca, cor de sulfite e que so fala gritando. Mas e um cara que vai literalmente pro inferno pela sua familia..."

Na real...ele não ta fazendo nada por causa da Família dele...

evil monkey disse...

Amer, eu to adorando esse mês!

e como eu sempre quis debater tal assunto...

#estala os dedos#

Eu me identifiquei muito(MUITO²)com esse artigo, especialmente pois eu tenho duas paixões platônicas.

ambas se chamam Eva.

A primeira é uma espiã sexy, loira, que anda de moto, usa o maior decote do mundo(sem ser uma vadia)e sabe atirar muito bem.
Ela é a eva de mgs 3.
Eu adoro ela pois ela é uma mulher independente, porem não recusa ajuda.
Misteriosa, o que sempre é um vantagem.
E pelamordideus, vocês já viram o tamanho daqueles air bags?!

Perdão pela taradice....

A segunda é no mínimo estranha, seu nome todo é Examinadora de Vegetação Alienígena.

Isso mesmo, a sonda EVA de wall-e.

Primeiramente deixe eu falar que não é o mesmo tipo de paixão que eu tenho pela humana Eva, a sonda EVA é apenas o tipo de pessoa(na verdade robô)que eu adoraria ter ao meu lado.
Mas de fato, eu acho a EVA adorável, ela é forte, sensível, fofinha(ambas são) e com um coração enorme!

Na minha opinião, elas são muito parecidas.

Ambas seriam capazes de salvar um gatinho de uma árvore e logo em seguida explodir um navio inteiro!

Na verdade, uma delas fez isso!(tirando a parte do gatinho)

Mas mesmo assim, quando tiveram problemas, elas engoliram o orgulho e deixaram ser ajudadas.

Isso na minha opinião é louvável.

E eu também louvo a Konami e a Pixar por traze-las a vida.

Mais especificamente a hideo kojima e Andrew Stanton.

Cavalheiros, eu os saúdo!

E um dia eu espero ter o mesmo trabalho que algum deles.

Qualquer um dos dois serve.

Um dia eu ainda consigo...

e Amer, qual foi mesmo o website que te inspirou a criar o blog?

Amer H. disse...

Não tou tão puto quanto achei que taria, Lance. Mas é bom tirar um mês pra refletir sobre os grandes mistérios da vida mesmo assim.

E em God of War: Chains of Olympus, Kratos vai até os Campos Elíseos pra reencontrar sua filhota e abandona a chance de ficar com ela pra salvá-la.

É um cara de família... quando lhe é dada a opção.

Já arrumei a imagem dos trolls, achei uma melhor pro serviço.

E o site que me inspirou foi o X-Entertainment: www.x-entertainment.com

Amer H. disse...

E finalmente atualizei o artigo das ruivas, esqueci de dizer.

Matheus.Teixeira disse...

cara eu sempre tive uma quedinha pela aerith e a yuna, queria encontrar uma guria daquele jeito


excelente artigo...e que guria loka aquela q criou um blog soh pra dizer aquilo..Oo

Sasoriman disse...

Cara, tive momentos nostálgicos lendo esse post, lembrando de todas as minhas paixonites.

E eu tinha uma quedinha pela Frankie Foster. \o/

Enfim, agora posso explicar pro meu amigo que acha que isso é coisa de nerd, que se apaixonar por uma morceguinha siliconada e uma garota com heterochromia e uma bazuca, é completamente normal. Woohoo! \o\

E... O problema com trolls está tão grande assim, que precisa de um aviso assim? D:

Rodrigo disse...

Bom, bom! Adorei!, ainda não terminei de ler mas adorei! xD

Serio, sempre fui apaixonado pela Hinata Hyuuga de Naruto que uma das poucas personagens que me faz continuar a ler aquele mangá que já faz tanto sentido como um macaco com um laser na mão dançando tango com um centopeia caolha em cima de um elefante roxo... Acho que estava divagando denovo... Enfim...
O matheus disse que teve uma queda pela Aerith... Eu, de fato, parei de jogar FFVII quando ela morreu. Serio mesmo! Até hoje eu não finalizei o jogo de tão nervoso que eu fiquei quando ela morreu! Eu simplesmente desliguei o meu play e apaguei o jogo do memory card sem nem pensar... Pois é... EEEEEEEM Contrapartida, tenho grande prazer em acompanhar as materia do Amer, mesmo que uma delas morra. Me dei ao trabalho de ler a discussão inteira com a tal da Juzinha... Ri muito e to rindo até agora! =D

Peço desculpas desde já, mas vou deixar um jaba básico aqui. É um blog que eu faço com amigos direcionado ao pessoal que gosta de animes e mangás. Quem sabe mais alguma alma recoltada não entra aqui, vê o meu link e vai no meu blog pra aumentar o número de comentarios, hein!? porque tá bem fraquin... xD

Quem quiser entrar, da um olha e comenta pliz?

www.planaltoindigo.blogspot.com

Rodrigo disse...

Esqueci de pedir.

Me a ajuda a fazer minha linda namorada de cabelos cacheados e morenos parar de querer deixa-los com ponta loira e lisos? Ela briga comigo toda vez que eu falo que não gosto... ¬¬

Ícaro disse...

Cra vc é como um herói pra mim!
Foram poucas as vezes que comentei aqui (umas três eu acho, numa delas eu fiz uama pergunta sobre HQ's do Batman, a kthyannia me repondeu, mas como não concegui pegar no pc durante uma semana, nao pude agradecer, se estiver lendo agora, OBRIGADO!)
E tipo, eu acho que muita coisa parte do lado pessoal mesmo.
Se você acha normal se apaixonar por personagens fictícios (como eu) isso é problema seu, você não pode simplesmente aparecer criticando alguém por causa disso.
E assim como o HunderHell disse, criar um Blog por causa do Amer?
Alguém aqui está com sérios problemas de perseguição.

Heberpayy disse...

Primeiramente, quero elogiá-lo pelo magnífico blog. Fazia tempo que eu não engasgava na frente de um monitor, rindo de uma piada inesperada*.
Favoritei três vezes... Não me perguntem porque, mas fiz. Lí a maioria das postagens e muito do que você escreve é o que penso.

Dá até uma certa raiva, porque de uns tempos pra cá, comecei a querer criar um blog ou coisa assim, para falar sobre séries, HQs, games e música, com minha sinceridade ríspida que virou marca registrada. Antes, o que me impedia era o fato de não gostar de ficar fazendo propaganda... e fazer um site/blog só pra escrever e ninguém comentat, não adianta muita coisa.

Agora... sei lá. Certas coisas podem parecer cópias. E eu prefiro lê-las do que escrevê-las.

Em relação ao seu post, confesso que sou apaixonado pelo Naked Snake/Big Boss. Mas para não ficar muito homossexual, digo que o design e a história de fundo de Julia Chang me atrairam muito. O render dela, no Tekken 5 é simplesmente maravilho. Mandei enquadrar.


Abraços...


*Uma das legendas na qual você diz que Billy fica mais feio que o normal, na análise de Natal Sangrento.

Avalanche(Lance) disse...

hii eu tenho tesão por quase todas XD

Mas seguinte...fora a questão que o Amer colocou da Frankie...outro motivo é por ela usar jaqueta verde militar.

Amer H. disse...

Pra mim parece um casaco de moletom com gorro normal. Especialmente pelas mangas mais compridas que os braços, marca registrada desse tipo de roupa.

Mas mesmo assim, o que tem o casaco a ver com a equação?

dida997 disse...

Acho que da um clima de alto segurança caro Humberto
Ela não se preocupa nuito com o estilo, é um estilo meio largado
assim como o wolverine

Rafael disse...

Final Fantasy tactics:Agrias Oaks
Tekken:Nina
X-men:Psylocke
E mais milhares de outros
eu acho extremamente comum isso de pegar um personagem favrito
mas no caso de alguns japoenes que comprarm comida para personagens de jogos doença mental

Buka disse...

Ai ai, é incrível como eu sempre me divirto lendo seus textos. Tu és foda. ♥

Cara, tipo assim, FATÃO. Acho meio bizarro aqueles caras que se paaixonam por uma Juliana Paes da vida e vêm zoar um cara que gosta da, sei lá, Chun Li, por exemplo. Eu hein.

Minha primeira queda por um cara foi Shiryu PAKSPAOKSAOPSKAOP

Mas depois disso, só faço desejar que esses carinhas existam mesmo, não me apaixooono, realmente. XD

Enfim, o texto ficou ÓTIMO como sempre! Parabéns. ♥

Nerds OWNAM ♥♥♥

Buka disse...

Ah, e sobre a "Juzinha".. Manda ela tomar no cu e tudo se resolve. Ela tem cara de piriguete, mesmo. :P

Mas pelo menos ela é educada, como mencionaram. Não que adiante muito, rarará. =)

Avalanche(Lance) disse...

Sei la...eu gosto de minas de casaco e boné O.o

Rodrigo Narcizo disse...

Eu não o coloco o Gameblog do Amer nos meus Favoritos só para ter o prazer de clicar na Chun Li que tem aqui no blog... Chun Li... minha deusa...

Perfeito o post, Amer. E sinceramente admiro você falar sobre isso abertamente aqui no blog. É um assunto que muita gente tem vergonha de tocar.

Mas escrever histórias ardentes descrevendo as pernas cromadas do Megatron é realmente passar do minimamente saudável...

Zigga disse...

Esse papo das pernas cromadas do Megatron tá me dando vontade de passar uns dias mergulhada na sessão Transformers do ff.net, procurando fics ruins. Aliás, acho que fics normais já seria constrangedor. Fiquei uma semana sem olhar pra um carro direito depois que li um manifesto de fãs sobre como o sexo tranformer funciona (não me perguntem, eu só achei o link e paguei por minha curiosidade)...

Amer H disse...

É algo que nem os fãs mais devotados tentam compreender.

Fulana, Beltrana e Sicrana disse...

Cara, amo a maneira como você escreve, quando li que vc fez jornalismo, percebi que nem tudo estava perdido! Não vou largar aquela porcaria, enfim...quase chorei lendo esse post ¬¬
Lembrei que já fui apaixonada por Johnny Cage, Liu Kang, Leon(RE 2), Iory, Pyro, Gambit, Zagor, Logan(evidentemente)...certo, melhor eu parar por aqui!

E eu fico relativamente violenta quando leio a palavra fisrt próximo a frase "nem li ainda", malditos firts! =)

Kana-chan disse...

Eu sempre leio o blog, mas nunca tinha comentado antes, (Por sinal, muito bom, fiz questão de fazer um maratona pra ler todos os posts XD) mas esse assunto logo quando nessa mesma semana meu primo encher meu saco pq eu usava uma avatar com Sean de Nip/Tuck e que eu deveria crescer e para de gostar de personagens, nem liguei pelo simples fato que eu sei que namorada dele fez um cosplay de Arshe Nei por causa dele.

Mas dizer que apaixonada por personagem é meio estranho pra mim, eu gosto muito deles, mais que isso seria um pouco demais, mas é bom desejar alguém que pareça com o personagem que vc gosta ^^

Falando meio em off da Fernanda Souza, eu vi uma vez ela, e olha que eu moro em Salvador. Eu nem teria percebido ela se os seguranças não tivessem em empurrado, é estranho como a televisão dá um ar de grandeza a pessoa.

Lezard valeth disse...

...........

Katchiannya disse...

Eu não tenho nada a acrescentar a não ser que assino embaixo em praticamente tudo o que vc disse!

Eu tenho as minhas paixões platônicas ficionais também, talvez não com a mesma devoção da Ravenzinha ao Data, mas ainda dou meus suspiros por causa do Aragorn ou do David de Estranhos no Paraíso ou o Seta Soujiro de Samurai X, que são os meus exemplos mais marcantes.

Mas isso não me impediu de arrumar um namorado nerd e ser feliz.

Aliás, o meu namorado sabe dos meus amores ficcionais e eu também conheço os dele (que não são pouco, e incluem a Frankie tbm).

E nem por isso bate ciúme. ^^

Se batesse, aí sim, seríamos dois "doentil".

Abraços a todos.

Katchiannya disse...

Comentário do meu namorado:"esqueceu de falar que ce tah namorando o generico medley do david"

Não deixa de ser verdade, mas só reparei nisso um tempo depois de começarmos o namoro.

E ele não é 100% David, tem muitas outras qualidades e diferenças que o ficcional não tem.

Amer H. disse...

Lezard ficou mudo por quê?

Ícaro disse...

Aliás, nem sabia que o Amer tinha feito jornalismo.
Algumas palavras que ele fala eu tenho que usar dicionários on-line pra entender. :/
Mesmo assim, quando fico sabendo o que ele tava falando acho super legal!
E como um certo alguém diz, saber é metade da batalha!

Ícaro disse...

Quanto aquela parte de "empedir os Decepticons de conquistar o planeta é como empedir um leão de comer sua carne."
Aposto que se a carne em questão fosse ela mesma a história teria sido muito diferente...

Marcelo Maciel disse...

Juzinha é uma pessoa que fala sobre coisas que não entende, logo, fala merda. Uma pena que pelo menos 95% das pessoas sejam assim, ela é quem deveria ser afastada do irmão pra não servir de mau exemplo, ver as coisas superficialmente, chegar a conclusões precipitadas e finalmente sair espalhando isso. Tomara que o irmão dela tenha personalidade pra perceber o quão errada ela está, não por não gostar de desenhos ou qualquer coisa do gênero, mas por falar sobre coisas que não sabe com tanta propriedade.

dida997 disse...

Quando era menor já cheguei a xingar um personagem (aco que era do digmon) por não ficar logo com uma menina de lá...
O carianha era muito lerdo...
mas a menina tambem não era grande coisa...tinha personalidade forte...é isso que é importante...personalidade...
Acho que o nome dela era Ruki e ela tinha um bichinho amarelo
Enfim...
Amer,não ia reclamar para caralho e fuder com tudo em com todos?

Line Pumpkin disse...

Ótimo artigo.

Acho normal e até saudável uma pessoa "se apaixonar" por um personagem.

Eu mesma tenho minha listinha de personagens que amo de paixão, como o Gambit e o Zoro de One Piece :3

Infelizmente vivemos em uma sociedade preconceituosa que pensa que quando as pessoas crescem, as suas mentes também devem crescer em matéria de gostos e hobbies.

Por isso algumas delas ridicularizam aqueles que ainda gostam de coisas que, em regra, são para crianças. O que é um pensamento medieval, pois nem tudo no mundo é feito para atingir apenas uma determinada faixa etária. É por isso que tanto adultos quanto crianças assistem desenhos. Pode-se pegar como exemplo a animação Shrek. Foi feita para adultos, mas atrai crianças.

Adoro sair com as minhas camisetas de banda ou com imagens de mangas, mas aqui no fim do mundo onde moro, onde o povo só pensa em cachaça e sertanejo, me torno uma pária. É extremamente difícil encontrar alguém com quem eu possa conversar sem medo de ser tachada ignorantemente. mas graças a deus, ainda encontro pessoas de mente aberta.

Independente de ser ou não certo se apaixonar por um personagem, é uma questão pessoal e ninguém tem o direito de questionar seus gostos.

renato disse...

Só pra constar, conheço essa comu que vc citou. Mas na verdade se trata de uma zuação com um cidadão que disse que batia uma jogando sf2 no fliperama na comu "Tiger robocop" e até hoje é zuado por isso. Portanto se trata de uma tiraçào de sarro e não uma declaração de onanismo.

dida997 disse...

Falou tudo Line!
...
...

Vulto Amarelo disse...

Muito bom A.

Especialmente a analogia final sobre paixão por atores ser o mesmo que a paixão por personagens de ficção...

Muito bom mesmo.

Ícaro disse...

Poutz, a Line também falou muito bem alí em cima!
No final eu acho que cada um é cada um, não se deve julgar ninguém quaisquer que sejam as coisas que a pessoa gosta.
Tem um cara lá na minha sala que disse que ficou triste qundo a abominável novela "mutantes" da Record acabou.
Eu pessoalmente não sou muito chegado a novelas, ainda mais quando uma delas tem no mínimo... semelhança... com uma certa Hq que eu adimiro muito, mas não é por isso que eu vou chacotear alguém.

Jack, The Ripper disse...

To com preguiça de ler. Vou deixar pra outro dia.

João Miguel disse...

O incidente com a "Juzinha" é um caso emblemático do blog, e que só o tornou mais rico para o seu público.

Isso porque eu tenho CERTEZA de que todos nós que aqui estamos, que passam dias jogando video games, que já se masturbaram olhando um desenho, que já gastaram fortunas com cartas e VHS, e que ao mesmo tempo têm ou tiveram namoradas/namorados, que já ficaram bêbados, que já fizeram sexo e aprontaram alguma vez na vida, afinal, como toda pessoa no mundo, já passaram por situações parecidas.

Situações em que nossos estilos de vida (tão únicos quanto quaisquer outros!) são questionados por pessoas que, de maneira alguma, têm autoridade para fazê-lo. E nem todos nós tivemos a coragem ou a sapiência para responder à altura.

Desse modo, não posso evitar dizer que me senti representado pelo Amer, e que a minha admiração e respeito por ele e pelo seu trabalho cresceram ainda mais!

Quanto ao post do dia... Interessante, pois ele trata de um assunto que dá pra fazer muita piada e, mesmo assim, não tem a carga de humor que normalmente vemos. E isso, de maneira alguma, é ruim, visto que é um post excelente e que realmente me fez pensar sobre o assunto!

Cada vez mais, agradeço pelos bons serviços prestados à comunidade nerd!

Mr Costa disse...

caraca Amer
ja me apaixonei por varias tb e como vc tenho predileção por ruivas, achei d mais o artigo, quando eu era pivete eu tinha medo de ser doido por causa disso kkkkkk, mas hoje vejo que é tão normal quanto o exemplo que vc fez com a atriz global a qual eu tb nutria uma paixão no tempo que ele fazia Chiquititas kkkkkkkkkkkkk, cof cof...
pois bem, sim cara e que treta akela que rolou heim??????
dakela garota defensora da moral publica e dos direitos de ser igual a todos, fala sério.
talvez se tivessemos um cara tão gent boa que falasse de various temas tão marcantes na nossa infancia e nos nossos dias atuais a mais tempo naum teriamos tido tantas duvidas.
vlw Amer abraço

¡HardŃeck disse...

Eles ficaram assim por consumirem os produtos que consomem? Não, provavelmente ambos tiveram vidas solitárias e miseráveis e preferiram se fechar em um casulo de ficção esquizofrênica ao invés de procurarem ajuda e tentarem melhorar.

Prefiro pensar que como eu eles não encontraram nada nesse mundo que se encaixe no que eles esperam da vida.

Sou um nerd da Velha escola; E não há muita coisa nesse mundo se encaixa no que espero dele, as pessoas vivem por ter objetos e o deus deles é uma nota de cem reais, as pessoas que me são próximas tentam me ridicularizar, e eu devolvo dizendo que se o o mundo deles é tão perfeito por que eles tem que beber álcool ou fumar maconha para ver o mundo de uma forma diferente. eles tentam fugir da realidade do mesmo jeito então.
Para mim isso é preconceito mesmo de pessoas que fazem tudo para ser diferentes mais terminam sempre muito iguais, como shoppings sempre muito iguais.

¡HardŃeck disse...

PS: eu era apaixonado pala Apple de Zillion, e a Misa Hayase de Macross.

¡HardŃeck disse...

Lynn Minmay para mim era uma garotinha fútil que não sabia se que queria tudo ou nada ao mesmo tempo, como muitas patricinhas aqui de onde moro.

Edjefferson disse...

é amer eu gostei muito do seu artigo e realmente eu já fui apaixonado por várias mulheres dos quadrinhos. entre elas eu destacaria a supergirl. eu sou apaixonado por ela, não a supergirl que foi remodelada várias vezes, mas essa de agora, a loirinha ingênua que foi enviada para o século 31, realmente uma loirinha ingênua, meiga e com super poderes é tudo o que eu desejo haha.
mas quanto ao caso dessa menina ai, a juzinha, nossa que coisa mais idiota, olha só, eu tenho 24 anos na cara e acompanho quadrinhos de todo o tipo a mais de 15 anos, e games também, é meu estílo de vida que já me rendeu coisas boas e ruins também, mas nunca me anulou socialmente, muito pelo contrário, foi graças a desenhos como CDZ e Charlie Brown, ou Doug Fannie (acho que é assim que se escreve) que eu aprendi a importância de se ter bons amigos ao seu redor, e ser uma pessoa útil para a sociedade, e hoje em dia eu repasso esse conhecimento para crianças carentes em um trabalho social que eu e meu grupo temos aqui em minha pobre cidade. ai você me pergunta, você é rico, tem grana para ajudar os outros, e eu repondo, não tenho nem onde cair morto, mas eu sei o meu papel no mundo, e meus deveres como ser humano, já divaguei demais hahahaha, bom mas é isso Amer, valeu pelo artigo, parabéns.

Edjefferson disse...

há eu esqueci de falar que tenho uma paixão incondicional pela sakura de naruto, aquele cabelo rosa, a cara de nervosinha ingênua que ela tem... ai, ai..., minhas mãos estão começando a ficar suadas..., eu preciso tomar uma água, desculpem...

Unknownuser2 disse...

Gostei do artigo.

Não esquenta com os outros, lol

Já passei por isso no Deviantart.

Quando quiser entrar em contato meu e-mail no msn é: ttamers@live.jp

Deixa eu voltar a jogar Sparkster [Snes], estou quase no final.

Até mais. =03

Sinceramente: Unknownuser2
http://unknownuser2.deviantart.com/

Lezard valeth disse...

Apenas marcando presneça Amer


Nao tenho opiniao formada sobre o assunto.


Acho que cada um cada um

Ícaro disse...

Cara, to cada vez mais emplogado com o teu blog amer.
Aí, eu queria saber se você num da alguma dica sobre os próximos assuntos a serem debatidos aqui?
Tipo, eu to pensando em criar um orkut só pra entrar na comu do seu blog, mas eu queria saber se lá num tem nenhuma palhinha tipo "No próximo post vou falar sobre isso, isso, e isso..."
Desde já obrigado, um abraço ae

Guilherme disse...

o Ammer, o assunto não tem nada a ver com esse do post mas eu lembrei que como tu adora sempre falar DE UMA PORRA DE UM DRAGÃO! Vim te perguntar se tu conhece Eragon, baseado em idade medieval como Senhor do Anéis só que nesse caso tem os cavaleiros DE UMA PORRA DE UM DRAGÃO! E por favor, não se baseie pelo filme, aquilo simplesmente não foi nem razoavelmente bem feito.
Té logo!

Avalanche(Lance) disse...

O.õ

Guilherme disse...

que foi?
lembrei desse assunto agora e resolvi perguntar. Também tenho paixões platônicas do mundo virtual/animado, mas como todos já tinham comentado à respeito vi que não tinha porque falar do mesmo assunto, e lembrei desse que é um interesse e curiosidade que tenho pra saber do Ammer.
té mais o/

Julia disse...

Eu gosto de me apaixonar por personagens <3 pode parecer bobo, mas a sensação que sinto é a mesma de quando tenho saudades de alguem querido. Claro, com limites. Ainda não casei com personagens de videogame e levei meu DS pra se bronzear comigo numa praia na lua-de-mel (já fizeram isso).

Lih * disse...

Me identifiquei com o post...
Tenho paixonite pelo Inuyasha...
Por ele ser meio yokai e ter personalidade agressiva... ai ai
kkkkkkkkk melhor eu ficar queta

Deco disse...

Olá Amer, gostaria de saber se tem interesse me fazer parceria(troca de link). Sou do Street Fighter Web Site - www.streetfighter.com.br e seu blog é muito bacana. SE topar, me envie, por gentileza, um buton do seu blog de 88x31 pixels, para que eu possa colocar um link em meu site. Grande abraço!

Franco disse...

Amer bom poste....

Mas eu sei como um jornalista pensa ( pelomenos como deveria pensar ). Pois o que vc fez nesse poste foi uma simples combinação do que vc aprendeu na faculdade e com a vida (principalmente a vida da faculdade ) é claro com as mensagem que cada autor coloca em seus personagem que por mais parecidos, nunca são iguais.

Presta atenção nas qualidades dos herois e personagens do mundo não real, e se indentificar com elas aponto de criar laços fortes com os quais... é uma coisa feita a muitosss seculos no brasil e no mundo, quem teve aulas de literatura sabe do que estou falando, se a gente trazer para agora só mudaram os personagens é algumas caracteristicas.

A pessoa que critica vc por isso é no minimo... qual e a palavra... Com pouca nosão vamos falar assim ( nosão e inteligencia são coisa diferentes)

Gostei do fato de vc fazer um texto aberto a discusões amigaveis em um assunto no minimo dificil ( mas acho que vc ja conhece bem seu publico a essa altura não é mesmo ?)

Se não aparece alguem difamando com 7 pedras na mão e um uzi na outra vc não estaria satisfeito não amer ? eu sei.... nem jesus agradou a todos....


Se eu não tivese um dificuldade proposital em portugues talvez eu faria jornalismo tambem ja que agora estou trabalho em um lugar rodeado deles por todos os lados com alguns advogados tambem um clima recheado de discursoes e ideias que me fizeram respeitar um profissão que ate apouco eu desconhecia.

Sobre o fato da primeira paixão por meninas mais velhas essa e classica todo mundo ja pasou por isso so que dão sorte ate o primeiro beijo se da nessa fase... com sorte...


Sobre o rapaz que casou com sua naromada virtal na minha opinão, o jogo foi feito por um gama de super nerds que juntaram todas as idealizações de mulheres perfeitas que se possa imaginar com todas as situaçoes possiveis imaginaveis, vc apresenta isso para um jovem solitario desperado é com possiveis problemas familiares ou sociais no algem do despero afetivo vcs queriam o que ?
falar mal do rapaz assim e facil mas ter noção do que o cara passa e outra historia, se ele conhece alguem legal largaria o DS na mesma hora pode apostar.Mas casar foi o fim da picada para esse jovem não é mesmo ? talvez uma gama de vilões de baixo escalão viram vilões por não ter sua mulher amada ao seu lado o que eles fazem ? constroem algum a coisa que possa subtituir ou ate mesmo roubão elas mas isso varia muito... então podese dizer o que o jovem fez vai mais ou menos nesse sentido... ou não.... só se ele for um vilão... ou não... descosirem o que foi escrito acima e sigam com suas vidas em paz estou com preguisa de apagar isso tudo...

Pra finalizar tambem ja tive minhas paixões mas engraçado que em todas elas eu tive desiluções Com fato delas sempre abandonarem o segundario e ficaram com o heroi mas acontece...isso me ensinou que nada na vida e como a gente quer é isso amigos e uma coisa boa de certa forma

Ate + é boa madrugada a todos....

(Sabia que não devia ter tomando cafe expreso @.@)

Descupem os erros de portugues mas não so fã da nossa lingua patria e por causa da hora eu não vou revisar nada então se acharem alguem pode zoara vontade.

Ícaro disse...

(Ao cara de cima)
É cara, erros gramaticais todo mundo comete :)
E foi legal você ter tocado no assunto do cara com um DS, por que desde que o Amer falou, eu comecei a sentir pena dele, ao invés de achar engraçado...
Eu não sou nenhum grande fã de psicologia, mas provavelmente ele deve ser algum cara que tem problemas em se socialisar com as pessoas, ou alguém com um padrão de exigencia muito alto, por isso deve ter perdido oportunidades de amigos... amigas... em fim...

Amer H. disse...

Vou te dar um conselho Franco, nunca diga "eu sei como Jornalistas pensam".

Aliás, não diga isso sobre nada nem ninguém com o qual você não tenha convivido por alguns anos.

Eu estou no meio há algum tempo e mesmo assim, não posso afirmar que sei como uma classe profissional inteira pensa.

Cuidado, soa inacreditavelmente arrogante quando fala isso.

(((ATHOS))) disse...

Parabéns meu caro.

Somente isso que tenho a dizer

Abraços

Sasoriman disse...

Ahn, lembro que minha paixão mais estranha foi a Lin de Hokuto No Ken.

...NÃO SOU PEDÓFILO!

Caio disse...

Nota 10! Polegar com espiralzinha pra ti!

Guilherme disse...

O Ammer, já ouviu falar em fairy tail? Esse também tem A PORRA DE UM DRAGÃO! (sim, sim eu adorei essa frase!) E ta meio no inicio ainda e tal, mas bem... tem DRAGÃO!(agora imitando o personagem de Dennis Quaid no filme Coração de Dragão! E tu ainda não comentou(ou respondeu)sobre a minha outra pergunta, se tu conhece Eragon, conhece?
Abraço e se eu ainda não disse, me divirto muito com o teu blog, os dois.

Caique disse...

Você escreveu "de facto", isso significa que você é de Portugal?
Ou escreveu errado mesmo?

Sasoriman disse...

Notei a mesma coisa que o Caique mas...

...Precisa falar dum erro desses? Todo mundo sabe o que significa. ._.

Amer H. disse...

Não, sou do Brasil mesmo. Escrevo "de facto" porque acho engraçado.

jairo_bilaa disse...

Amer acho q vc devia mudar a imagem denovo e botar um troll alimentado de juniper-lee

Walmir disse...

Hey, Amer, não sou eu o sujeito "quarentão" que desliga o MSN na sua cara quando fala de TF, né?

Até porque ainda não cheguei lá, e estou abandonando os TF como quem abandona um primo ruivo.

Aliás, se vc quiser comprar mais TFs meus, vamos conversar!

Avalanche(Lance) disse...

Séri...pq o povo tem tanto tesão pelo banner?O.o

Nanda disse...

Oi gente!!!! _o/

Voltei de viagem! hahahaha!
E que belezinha de post!!! Eu sou suspeita pra falar, me apaixono por um personagem de cada "coisa" que assisto/leio... Então a lista é beeeeem grande! ahahahah!

Post excelente, como sempre, Halley!!
Beijao!

dida997 disse...

Humero,qdo sai o próximo artigo?

dida997 disse...

Humberto,Janeiro acabou e vc não reclamou pra caralho !

Max disse...

hahahahaha eu acho que tenho mais paquerites imaginárias do que reais :P

o troll eh goku kkkkkkkkkkkkkkkkkkk mas ficou legal :D

ue amer eu sempre achei que as moçinhas amavam o hugh jackman e não o wolvi.. mas eu conheço amigas que gosta do camus e de outros cavaleiros (do zodiaco) então tá..

Amer H disse...

No fim de semana agora eu atualizo.

Avalanche(Lance) disse...

100 osts!

Sasoriman disse...

AÊ! Temporada 2010. /o/

Zigga disse...

Santo macarrão! A temporada 2010 já começou... E a imagem dela é a mesma que foi o meu 1º papel de parede do desktop!

FUCK YEAH!

Thyago disse...

pro amer nao ter atualizado o blog, ele deve estar na campus party XD

Victor disse...

o pior que por mais que eu deteste adimitir ja tive varias Paixões personagens fictícios animados ou não

Ryo disse...

Hummm...pois é, Amer. Gostei deste artigo. Devo confessar tenho uma paixão fictícia pela Cassandra Alexandra do Soul Calibur. Cheguei a pensar que eue era o único.

Juzinha disse...

HAHAHA Meu irmão acabou de me mostrar a parte que me toca. Achei engraçado!

Enfim, façam o que quiser. Realmente posso ter forçado a barra, sempre respeitei a opinião de todo mundo.
Talvez eu estivesse entediada, mas o principal motivo foi a preocupação com meu irmão porque somos eu minha irmã mais velha, e ele o caçula. Não sei se é coisa de homem, mas ele é o único que lê sobre videogame aqui em casa e é assustador, pelo menos pra mim. Até porque quando eu nasci não tinha essas coisas. Tinha o super nintendo e só. Eu então não cresci com isso como ele.

Sra. StarScram disse...

Eu sou mai um, alias mais uma nesse universo imcompreendido.
Incompreendida apaixonada por um personagem. StarScream Um deceptcom, desde os anos 80, meus 15 anos, e nunca mais mudou. Dane-se o mundo. Porque sou feliz, sou bem sucedida, Fora de casa sou uma promotora de venda exemplar, fecho autos negócios com os meu clientes, as empresas que represento estão sempre me solicitando para irem a todos os lugares levar seus nome, já fui ao exterior por elas. Mas ao fechar o meu quarto vivo o meu amor. sou feliz assim. Porque esse, não me bate.

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

muito legal esse artigo.

adorei a foto da mulher Hulk, eu curto umas musculosas as vezes. ao invés do meu primo gordo dizer que prefere a Britney ou a beyonce...

sinceramente...

e eu já ouvi falar desse carinha com um travesseiro...bizarro, eu admito que curto tanto mulheres em games quando em mangás e HQ, mas ter um travesseiro dela e sair por aí com ele...nada ético, mas não estou o criticando, quem dera eu ter um travesseiro desses de corpo inteiro da Lightning. mas não ia sair com um desses por aí

amo essa heroína do game FFXIII, mas de forma saudável. no máximo tenho umas fotos dela aqui no PC.(e nenhuma delas é hentai(uma benção e uma maldição) ou mesmo está de biquini, ela está bem vestida e as vezes com roupas sociais mesmo.

e de mulheres reais, sou mais a Mariana Ximenes. desde que fez o papel da Ana em chocolate com pimenta sou apaixonado por ela. e pela Fernanda Nobre que fez a Bia de malhação lá pelos anos de 1999 a 2001 acho.(sou um POUCO noveleiro) pena que a globo não a quis e agora está na Record, onde o canal não pega na minha tv...

José Magalhães disse...

Eu to gamadinho na Jordan Two Delta
do filme A ILHA interpretada por Scarlett Johansson. Mas o pior de tudo é que vi outros fimes com a Scarlet depois de A ILHA e não de despertou emoção.
Para quem nao conhece o filme conta a estória de clones que vivem aprisionados num bunker com a promessa de uma viagem para uma Ilha mas quando ganham a tal viagem são mortos para doar orgaos para seus originais
Jordan Two Delta e Lincoln Six Echo são um casal de clones que conseguem escapar.
Jordan é uma garota linda, meiga, com valores morais e corajosa.

C veloso e D soares disse...

sou apaixonada pelo Ulquiorra!! que estranho :s

C veloso e D soares disse...

me identifiquei muito com o artigo, sou apaixonada pelo Ulquiorra, me sinto uma estranha :s

Fragata disse...

Wafus, Wafus everywere xDD

E a Fernanda Souza eu já achava ela gostosa desde criança... ... tipo... quando eu também era criança xD

Sabrina de Lima disse...

ao contraro de muitos daqui eu meio que me apaixono pelos personagens ficticios psicoticos violentos e que com essa bagagem trazem uma beleza fisica muito grande!!!!

Gabriele Filmes Desenhos e Jogos disse...

Eu sou apaixonada por♡Chris Kratt♡