sábado, 30 de maio de 2020

Crítica do Amer: Mortal Kombat Legends - Scorpion's Revenge


Eu pretendia lançar uma lista sobre os melhores games do Master System hoje, então levei uma flechada no joelho.

...

Esse sou eu, usando memes com quase uma década de idade como se fossem algo relevante.

quarta-feira, 27 de maio de 2020

O Caso da Mulher Pelada na Capa de um Jogo de Mega Drive


“Amber, este é mais um artigo de incel punheteiro?”

Não! Eu juro que não!

terça-feira, 26 de maio de 2020

Os Personagens Esquecidos dos Tartarugas Ninjas


Esta manhã eu estava sentado na privada, esperando o Yakult do desjejum fazer efeito, enquanto dedilhava meu celular como se ele fosse uma prostituta francesa na esperança de encontrar algo que pudesse me entreter durante o tempo que levasse para meus intestinos funcionarem.

Eis que visitei um site que eu não acessava há muito tempo: Kid Fenris. Lá eu li um excelente artigo sobre dois personagens esquecidos da franquia Tartarugas Ninja.

Artigo este que roubarei na íntegra agora, com alterações e acréscimos suficientes para evitar acusações de plágio.

domingo, 17 de maio de 2020

Meus Crushers Obscuros dos Games


Hora de mais um artigo onde sexualizo, objetifico e manifesto meus desejos impuros por pixels em videogames antigos.

Muito pouca coisa mudou nesses 13 anos de blog.

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Crítica do Amer: One Night Stand


Aqui está a crítica decente que prometi fazer após o fiapo que foi o artigo passado, e vejam vocês, É OUTRO JOGO INDIE!!! QUEM DIRIA?

segunda-feira, 4 de maio de 2020

Crítica do Amer: Save The Date


Ultimamente, ando passando bastante tempo jogando games Indie, possivelmente porque me enchi do corporativismo barato das mega corporações, que apenas requentam o mesmo jogo, ano após ano, o entupindo de ideologia babaca e personagens ainda mais desprovidos de conteúdo que uma modelo do Instagram.

Felizmente, ainda temos produtores de games independentes, homens e mulheres valentes, que sozinhos, enfurnados em um quarto, se alimentando unicamente de Monster e farelo de Cheetos, criam verdadeiras pérolas narrativas, jogos que ficam em nossa memória por muito mais tempo do que aquele plágio de Dark Souls que você comprou só porque tinha um par de peitos na capa.

Save The Date é um destes games.