sexta-feira, 13 de maio de 2011

Mês de Cybertron - Beast Wars: Possession


E hoje é Sexta Feira 13... ahhhh, que data tão especial! Pelo menos quatro canais de televisão vão entupir suas madrugadas com filmes de terror e podem ter certeza que metade deste conteúdo terá nosso querido Jason Voorhees estampado.

Claro, o dia de hoje é perfeito para se falar de diabos, fantasmas, cruz-credos e a Dilma... mas estamos no Mês de Cybertron e em uma franquia sobre formas de vida robóticas super avançadas não há espaço para o sobrenatural, correto?

INCORRETO!!!

Transformers já tiveram de encarar algumas doses de coisas inexplicáveis, como possessão por fantasmas malignos, tema do artigo de hoje.

Aliás, este artigo também é um marco por ser o primeiro texto sobre Beast Wars que publico, provavelmente uma das coisas mais pedidas pelos leitores. REJUBILAI-VOS!!!

Pra quem não conhece, Beast Wars é uma série de animação em compuação gráfica que foi ao ar em 1995, produzida pela Mainframe Entertainment (hoje Rainmaker Animation), responsável também pela série Reboot e por quilos e quilos de animações da Barbie.

Beast Wars era uma continuação direta da série original de Transformers e mostrava o futuro da espécie, muitos séculos após o fim da grande guerra entre Autobots e Decepticons. Quando o conflito acabou, a espécie passou pelo "Grande Upgrade", onde todos receberam novos corpos, com menor capacidade de combate e adquiriram também a capacidade de transformarem em criaturas orgânicas.

A série retrata o dia a dia de dois pequenos grupos de Maximals (descendentes dos Autobots) e Predacons (descendentes dos Decepticons) cujas naves cairam em um planeta desconhecido e que se viram forçados a reiniciar o conflito que seus ancestrais travaram por tantos anos.

Agora, sempre tive uma enorme resistência a escrever sobre esta série. Quando faço um artigo sobre Transformers, gosto de caçoar das pataquadas da franquia (o que não falta na G1), o problema de se produzir um artigo sobre beast Wars é que a série é tão boa...

... digo... TÃO SENSACIONALMENTE FANTÁSTICA...

... que é difícil fazer comédia as suas custas. Mesmo hoje, mais de quinze anos após seu fim, ela permanece como uma das animações para televisão com roteiro mais sólido e bem amarrado de todos os tempos.

DE TODOS!!!

OS TEMPOS!!!

De fato, Beast Wars ganhou um Emmy. Sabe quem mais ganhou Emmy? A Família Soprano! Desta forma, podemos concluir que Optimus Primal vale tanto quanto Tony Soprano... MELHOR, Tony Soprano não tem seu próprio brinquedo, tampouco consegue se transformar.

Sem mais perguntas, meritíssimo.

Hoje falarei do episódio que fisgou de vez os fãs da série clássica que ainda torciam o nariz para Beast Wars e que fez aqueles que já gostavam darem piruetas de três andares de altura.

Sim, batiamos a cabeça no teto constantemente e tivemos muitas concussões, mas isso não vem ao caso agora.


Como em um conto de Agatha Christie, a história começa em uma noite escura e tempestuosa. Claro, Agatha Christie nunca escreveu sobre Transformers, o que automaticamente a torna inferior a Simon Furman e Derrick J. Wyatt.

Para aqueles que não sacaram, foi uma piada. Não encham meu saco explicando o quanto Agatha Christie é importante, ou mandarei o Belo Ursinho Fritz atrás de vocês com um pote fechado de KY.

Pois bem, uma tempestade elétrica assola a região, o que é um grande problema se você é um robô construido com três toneladas de metal e que mora em uma nave construida com ainda mais metal.


Optimus Primal e Rhinox, os mais velhos dentre seu grupo, tomam a sábia decisão de esconder todas as armas no porão. Já que atrairão raios não importa o que façam, que pelo menos eles não atinjam nada explosivo.

Considerando que todos os Transformers possuem Centelhas em seu peito e que elas são relativamente instáveis se atingidas por energia, me questiono sobre a validade de tal plano.


Mas os Maximals não são os únicos com problemas. Os Predacons também estão pastando com a tempestade elétrica.


Por exemplo, bem na hora em que enfiava Crysis 2 no PC de seu patrão, o computador explodiu bem na cara de Waspinator. Não é uma boa instalar um jogo tão pesado enquanto Thor manifesta sua fúria do lado de fora da base.

Na verdade, não é bom instalar um jogo tão pesado assim em situação alguma. Espere a versão pra console e jogue Sexy Beach 3 no PC enquanto isso.

Que foi? Sexy Beach 3 é legal!


Megatron pergunta se está tudo bem. Waspinator responde que sente uma leve enxaqueca e que a explosão provavelmente o deixou estéril, mas que fora isso, ele está ok.


Megatron o corta enfaticamente e diz que não está nem aí pra sua saúde ou seus descendentes. Ele quer saber se o PC está ok, pois não tem intenção de passar a Sexta feira a noite assistindo o programa da Luciana Gimenez.

Oh Megatron... como eu o entendo.

Aliás, este Megatron não é o mesmo personagem da G1. Ele é um criminoso Cybertroniano que assumiu o nome "Megatron" como uma forma de homenagear o original, que de acordo com ele, foi o último grande líder que sua raça teve.

Isso mesmo que você leu: "grande líder."

Acredito que os livros de história de Cybertron devem passar por revisões pesadas antes de serem liberados ao público.


Mesmo temendo por sua vida, Waspinator volta ao PC e tenta cumprir as ordens que lhe foram dadas. É difícil arranjar emprego como protagonista em Transformers e o rapaz decidiu não arriscar seu cargo.

Neste momento... UM PAR DE OLHOS FANTASMAGÓRICOS BROTA NO MONITOR!!!

"Venha para a luz, Carol Anne! Nós te amamos, Carol Anne! Venha conosco, Carol Anne!"


"Eles estão aquiiiiiiiiiiii."


Então, antes que possa se defender, Waspinator é possuído pela estranha força que entrou no PC de seu chefe.

Pelo visto, nada de Crysis 2 para Megatron esta noite.


Há uma grande explosão na base. Em meio a fumaça e a tosse, Megatron ordena a Scorponok que traga Waspinator até ele, pois quer chutar a cabeça de alguém.

Em momento nenhum Scorponok questiona como seu líder pode tossir sem ter um diafragma, ele simplesmente foca-se na missão que recebeu. Isso que é um bom funcionário.

Eis que...


... Waspinator entra na sala, todo tremendão.

Um relâmpago corta o ar e...


... PAN-PAN-PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANNNNNNNNN!!!


Os Predacons se reunem na sala de jantar e questionam o que aconteceu. Claramente, Waspinator foi possuido por uma entidade maligna e seus companheiros se questionam se devem chamar um exorcista ou se tentam entender como um fantasma se apossou do corpo de um robô.

Antes que a história comece a fazer sentido, Waspinator revela que ele agora é Starscream, comandante da brigada aérea Decepticon.

Blackarachnia o interrompe e diz que não pode ser, Starscream foi transformado em torrada há séculos atrás.


Waspin... hãããã... Starscream explica que sim, ele foi vaporizado há muito tempo atrás, mas nunca deixou de existir. E mais, ele conta as circunstâncias heróicas em que morreu: protegendo seu líder Galvatron de um ataque do monstruoso e obeso Orson Welles.

...

...

...

Digo, Unicron.


Aqui tá o Unicron. Viram?


E aqui, Starscream sendo pulverizado e reduzido a massa de bolo.

Graças a esta cena, metade da comunidade fã de Transformers sofreu de ejaculação precoce simultaneamente em 1995.

A outra metade reclamou, chamou o desenho de gay e foi pra internet... ou aquela piada que consideravamos intenet na época... pra xingar as mães dos criadores de Beast Wars e alegar como a G1 era muito mais inteligente e madura.

Madura, claro. 


Como ESTE Megatron é um indivíduo inteligente e púrpura, sua resposta para o monólogo de Starscream é basicamente "E eu com isso?" Em seguida ele questiona o que raios um robô velho dos anos 80 tem a oferecer nos 90.

Digo, com certeza ele nunca ouviu Nirvana, que utilidade pode ter?

Starscream explica que irá auxiliá-lo na luta contra os Maximals e o ajudará a ganhar a guerra.

Como?


"Aqui, este lado da base está desprotegido!!! É só atirarmos e eles logo perecerão!"

Eis que Megatron responde:

"Isso é uma televisão, seu mongolóide! Não é assim que ela funciona!"

"Ok... então vamos até lá e os deixemos mais cheios de chumbo que Al Pacino na cena final de Scarface, que tal?"

Megatron dá um tapa na testa e pondera que se essa era a mentalidade dos Decepticons, não é a toa que perderam a guerra. Mas bem, como não tem mais Crysis 2 pra jogar, ele concorda em seguir o plano de Starscream.


Na base Maximal, Optimus e os demais estão consertando os estragos causados pela tempestade elétrica. Como farão isso sem caixa de ferramentas ou placas de metal sobressalentes para o teto é um mistério.


De repente, OS PREDACONS ATACAM...


... os Maximals revidam e o pau come solto.


Os Predacons tem a vantagem na batalha, pois agora contam com as habilidades de Starscream, que demonstra uma competência nunca vista na série original.

Digo, o universo de Beast Wars sempre fez questão de demonstrar que os personagens da G1 eram incomensuravelmente mais poderosos, mas é difícil acreditar nisso quando lembramos que todos os robôs levavam 50 tiros por semana e o máximo de dano que sofriam era cairem de forma apatetada no chão.

Claro, tinha canhão de cocô de Ironhide, a melhor arma da história do universo... mas creio que era uma exceção.

Enfim, Dinobot é seriamente ferido no duelo e os Maximals são forçados a fugirem da base, o que leva Megatron e seus asseclas a...


... VITÓRIA! SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM!!!

O comandante Predacon celebra que após 21 episódios, finalmente teve êxito em algo e que aggora seus planos estão um passo mais próximos de se concluirem.

Scorponok o interrompe e pergunta por que raios ele tem um vibrador enorme e roxo acoplado a seu braço esquerdo.

Megatron olha para o braço e repara que sim, tem um vibrador acoplado a ele. Antes que possa inventar uma desculpa pouco vexatória, Terrorsaur comenta que pior que isso é ele ter uma cabeça de Tiranossauro como a mão direita.

De fato, Terrorsaur se indaga como o chefe planejava jogar Crysis 2 assim. Diabos, se ele não tem sequer dois dedos na mãos direita, como poderia manipular o mouse? PRA QUE PORRAS SERVE UMA MÃO NO FORMATO DE UMA CABEÇA DE TIRANOSSAURO AFINAL???


"RETIRO O QUE DISSE!!! RETIRO O QUE DISSE!!!"


Megatron congratula Starscream, que alegremente responde que deseja apenas servi-lo como fez a seu comandante anterior.


Blackarachnia comenta "Pft... falou", algo ignorado por todos ao seu redor, pois não costumam dar atenção a acompanhantes de luxo.


Bem, todos exceto Megatron, que como eu já disse, não é débil mental como seu antecessor. Ele manda Scorponok ficar de olho em Starscream, pois se tem algo em que ele não confia, é um brinquedo que tenha menos de 10 pontos de articulação.


Longe dalí, Os Maximals improvisam um acampamento e cuidam de seus feridos.


Como o adolescente intragável que é, Cheetor reclama que "neste exato momento, deve ter um Predacon em seu quarto, mexendo em todas as suas coisas." Rattrap, como bom Italiano, responde: "Ma vá reclamar sobre isso com alguem que se importe, seu punheteiro!!!"

Mais adolescentes deviam escutar isso no dia-a-dia... raça intragável...


Optimus checa Dinobot e chega a conclusão de que o grandalhão vai se recuperar sem problemas dos danos sofridos. Como ele conseguiu tratar o amigo sem nenhum equipamento médico é outro fato digno de nota. Os Maximals devem ser tão pobres que se acostumaram a fazer reparos complexos e a realizar cirurgias com pouco menos que uma lixa de unha, queijo prato e grama.


Como Dinobot é o único do grupo que fez faculdade, ele conta a verdade sobre Starscream: ele era astuto, ardiloso, lanfranhudo e não lavava o sovaco.


Optimus então imita o Amer, coça o queixo e pondera sobre como podem usar isso a seu favor.

Não, sério! Eu coço o queixo assim direto, mesmo quando não estou pensando em absolutamente nada... o que acontece a maioria do tempo. Me sinto mais inteligente quando faço isso.

De fato, vendo o Optimus assim, eu acho que gorila conseguem coçar o queixo com muito mais classe e dignidade que humanos... diabos, agora eu queria ser um gorila, eu...

...

...

...

Desculpem o devaneio... é a privação de sono.


Em outro lugar, Airazor e Tigatron se encontram. A garota avisa ao tigre que seus brinquedos estão vendendo pouco e que precisarão entrar em ação logo, na esperança de mudar isso.

Aliás, Tigatron e Airazor eventualmente começam a namorar na série. Você acha estranho que uma águia e um tigre façam par romântico? Pois no Japão, os produtores acreditaram que uma mulher era desnecessária entre os Maximals e transformaram Airazor em um cara.

...

DROGA JAPÃO!!!


Na base Maximal, Starscream oferece 20 reais pra Blackarachnia lhe fazer uma massagem Tailandesa, ela recusa e diz que seu cachê é de 200 reais. Starscream não gosta muito e diz que paga no máximo 25 e uma bala de coco, mas é melhor rolar um final feliz ao fim da massagem.

Blackarachnia manda ele pagar os 200 paus de uma vez, pois assistiu ao longa metragem de Transformers e sabe muito bem que ele é um pestilento, sarnento e gato polar que não morreu protegendo Galvatron porra nenhuma.


Certo de que é melhor não irritar mais a moça, ele concorda com seu preço, mas ainda planeja negociar um final feliz antes do fim da noite.


Neste momento, Scorponok aparece, demonstrando poderes de empata fodas incrivelmente desenvolvidos. Há movimento do lado de fora da base e ele quer saber o que fazer caso sejam Testemunhas de Jeová.

Starscream responde: "Diabos, você dispara mísseis pelas mãos, eles são Testemunhas de Jeová... faça as contas!"


Mas não são Testemunhas de Jeová e sim os Maximals! O grupo traz Dinobot em uma padiola improvisada, que dada a capacidade Maximal de consertar e construir coisas com nada, deve ter simplesmente se materializado no ar enquanto Optimus coçava o queixo e pensava nela com força.


Optimus se rende e explica que Dinobot está muito ferido e precisa ser colocado em uma câmara de regeneração. Em troca, ele fará tudo aquilo que Starscream mandar.

O Decepticon pondera e olha bem pra Blackarachnia, que o informa: "Menage vai te custar mais 200." Ele então olha para Optimus, que responde "não tenho grana nenhuma" e destrói seus sonhos de jogar Jan-Ken-Po com alguem sobre as costas de uma garota enquanto a coloca numa posição de Rotisserie.

Mesmo sem Menage, Starscream aceita os termos de Optimus.


Eles colocam Dinobot em uma câmara regeneradora...


... e Starscream dá sua primeira ordem: para Optimus limpar toda a sujeira que ele e Blackarachnia fizeram no quarto mais cedo, bem como trocar os lençóis que estejam molhados de suor e... "algo mais."

Depois que fizer isso, ele deve ser acorrentado até ter mais o que limpar.


Enquanto Optimus dá uma geral nos lençóis de Starscream, o vilão vai até os demais Maximals e ordena que ataquem a fortaleza Predacon.


Tigatron explica que isso é loucura, mesmo que destruam os Predacons, eles sofrerão baixas terríveis no processo.

Starscream diz que sim, essa é a intenção. Tigatron responde "Ah, então tudo bem" e parte pra batalha com seus companheiros.


Scorponok, que como o resto do elenco de Beast Wars, nunca assistiu a G1, se ofende com a traição de Starscream e prepara-se para atacar. Neste momento, Starscream e Blackarachnia resolvem brincar de "capturar o Osama" e o enchem de chumbo.

Diga-se de passagem, esta cena dignifica Scorponok muito mais do que tudo que lhe aconteceu na segunda temporada.


Dentro da base, Optimus está imobilizado. Ele já arrumou toda a esbórnia causada por Starscream e Blackarachnia e fica se perguntando por que xavascas eles teriam usado óleo de figado de bacalhau e plástico bolha.

Seja como for, Starscream o prendeu, pois não pode desperdiçar mão de obra gratuita. Ele só esqueceu de um pequeno detalhe...


... Optimus é UMA PORRA DE UM GORILA!!! Starscream achou que uma barra de aço o seguraria? Sério? Ele nunca assistiu Animal Planet?


Optimus então abre a comporta do porão, onde ele e Rhinox guardaram as armas no começo do episódio. Quem se previne nunca é pego de surpresa por um megalomaníaco homicida.


Na sala de comando, Starscream e Blackarachnia assistem ao infrutífero ataque Maximal à base Predacon. O comandante Decepticon vira-se para a garota e diz que esta cena lhe deu uma idéia e que é para ela pegar carne moída e uma ovelha inflável que ele vai buscar mais 200 reais no banco.


Mas antes que qualquer negociação adicional possa ser feita, Optimus salta em cima da mesa e manda bala no casal saliente, puto com a imundície sexual e pouco Cristã que foi obrigado a limpar.

E para piorar as coisas...


... ele liberta Dinobot, que não precisa de nenhum motivo em especial pra estar de mau humor e eviscerar seus inimigos.

Diante da possibilidade de ser transformado em sarapatel espacial, Starscream coloca em prática tudo que aprendeu com seu comandante na década de 1980...


... e foge.

Uma vez Decepticon, sempre Decepticon.


Blackarachnia, irada e agora insatisfeita, fica puta com a situação e foge também.


Optimus então parte para resgatar os demais Maximals, mas antes ordena a Dinobot que encontre outras salas que Starscream e Blackarachnia tenham "usado" e faça uma faxina nelas.

O quê? Acha que ele vai fazer limpeza agora que recuperou o cargo de chefe?


Do outro lado do mundo, os Maximals estão mandando bala na fortaleza Predacon e sim, Rhinox usa DUAS metralhadoras giratórias na hora da briga.

E você achando que Duke Nukem era o máximo.

Enfim, os Maximals logo buscam abrigo, pois percebem que cinco pessoas atirando em uma instalação militar não é o melhor jeito de acabar com uma guerra.


Starscream chega a cena e começa a berrar para os Maximals continuarem o ataque, que ele não os paga pra se esconderem feito o Lombardi.

Antes que qualquer Maximal possa dar uma resposta adequada a isso...


Optimus aparece e derruba Starscream com um SHORYUKEN!!!


Como Clint Eastwood e Lee Van Cleef fizeram muitas décadas antes, os dois se encontram em um impasse Mexicano.


É quando Blackarachnia aparece e Starscream pede sua ajuda. Ele promete pagar 400 reais e deixá-la fazer um "Vaporizador de Cleveland" nele se a moça neutralizar Optimus.

Mas ela não perdoou sua traição e não se venderá por dinheiro nenhum do mundo.

...

...

...

Desta vez.


Sem perceber, Starscream rastejou até um cristal de Energon bruto, o que o faz ter um ataque como se fosse um garoto diabético que esqueceu de tomar sua insulina.

Aproveitando-se disso...



... Blackarachnia dispara um míssil no Energon...


... e todos dizemos em coro "até mais, Starscream!"

Maximals e Predacons concordam que tiveram um dia bastante cheio e decidem voltar pra suas casas, a fim de assistirem The Wire e relaxarem um pouco.


Em um raro ato de gentileza, Megatron conserta Waspinator, certificando-se de que não ficou nem uma dose de Starscream em seu corpo.

Já Waspinator só consegue dizer que "está com dor de cabeça no corpo todo", aaaaawwwnnnnnn...


Blackarachnia aproveita o momento para explicar sua traição: ela "fingiu" ajudar Starscream para descobrir seus verdadeiros planos e poder se aproximar o bastante para eliminá-lo... o que acabou fazendo no fim das contas.


Megatron solta um resmungo de "Grfunblegarbestdoksp" e jura que nunca mais irá contratar uma prostituta com nível universitário.

Enquanto isso, na base Maximal...


... Optimus e os demais estão arrumando a imundície que Starscream e Blackarachnia deixaram na base. Dinobot não deu conta de tudo sozinho, pois vomitou e desmaiou após encontrar uma sela coberta com ovos de peixe em um dos alojamentos.

Toda a galera está fazendo faxina, exceto...


... Cheetor, que como bom vagabundo juvenil, prefere olhar para o céu e procurar novas estrelas.

"Estrelas." "Starscream."

Sacaram? Wakka-wakka-wakka!!!


E ao espírito de Starscream só resta viajar pelo tempo e o espaço, enquanto grita que um dia irá voltar e se vingar... como todos os vilões da história da humanidade já fizeram antes dele.

Mas querem saber de uma coisa? Ele de fato voltou!


Em condições bem menos honradas... mas voltou.

Só que essa é uma outra história... que já contei em outra ocasião.

Nota do Amer: 11.0

Nada mais tenho a dizer, exceto que amo esse episódio e essa série. Se não gosta de Beast Wars... diabos, nem consigo pensar em um xingamento adequado pra alguem como você.

Chega, vou dormir. Semana que vem tem mais.

Cheers!!!

42 comentários:

Raphael disse...

Agora terei que baixar Beast Wars...
Que saudade dessa série, era tão boa, tão... mas tão #nostalgia

Enfim ótimo artigo e que venha o próximo.

P.S: o Tigron sempre me lembra o power ranger branco...

Heder disse...

Post MUITO foda. Eu adorava Beast Wars e tenho certeza que só não curtia mais por não lembrar muito dos Transformers da minha infância. Eu não cheguei a assistir nem esse epísódio e nem o longa metragem, muito do meu conhecimento sobre Transformers vem mesmo do seu blog, e mesmo assim, meramente IMAGINAR como deve ter sido o impacto desse episódio em quem cresceu vendo a G1(e lembra dela), faz meu cérebro se não EXPLODIR, pelo menos alcançar uma pressão elevadíssima! Legal e parabéns, Amer!

Adelheid K. disse...

poxa, se me lembro bem, só vi Beast Wars uma vez. Mas não tenho certeza se era Beast Wars

só me lembro que eles se transformavam "brilhando" (sabe, quando um anel de energia passa pelo seu corpo e a parte por onde ele passou muda), tinha uma aranha que quando se transformava, virava uma mulher com 8 olhos (sendo que 6 deles ficavam a maior parte do tempo fechados) e havia uma cena onde um gorila (que eu garanto que era o Prime, pois tinha a voz dele)estava caindo de um precipício, quando o braço dele faz a famosa transformação por brilho e ele diz "me transformei!", isso no 1º episódio =D

mas enfim, nunca imaginei uma possessão em Transformers =D

Rafael Sampaio disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ótimo artigo,Amer!!
Me deu até vontade de assitir Beast Wars de novo

Mas mudando de assunto,quando é q voçê vai falar das continuações do Vingador Tóxico?

Já faz um bom tempo q voçê prometeu esses artigos

Enfim, ótimo texto

Giovanni disse...

sempre me perguntei tambem porque raios o Megatron tinha a PORRA DE UMA CABEÇA DE TIRANOSSAURO NO BRAÇO! com mil trovões nem ao menos dá pra limpar a bunda com ela!!

fora isso, POST SENSACIONAL COMO SEMPRE Ó GRANDE MESTRE AMER!!
já to ansioso para ler o próximo!

Caio Catarino disse...

Tem episódios completos de Beast Wars remasterizados em HD no youtube, facinho de achar. Pena que não é dublado...

Mas esse é de fato um puta episódio, pra quem era fã da G1 principalmente! Valeu, Amer!

Luiz Paulo disse...

AHHHHH!

Eu pensava que nunca tinha visto Trasformers na minha vida, mas parece que já vi.

Esse desenho (ou estou confundindo com outro) me lembro que passava na record.

Só me lembro de algo de alguém ter que desligar o escudo de força ou algo assim...

Pedro Braga disse...

Poxa ammer, valeu mesmo pelo artigo, achei que você ia fazer o artigo do episódio em que o Silverbolt e a Blackarachnia vão "brincar" no lago.

Mais por fim, excelente artigo, adoro o mês de cybertron, é meu fpreferido :D Praticamente você que me viciou em transformers

Vicente Cardoso disse...

Amer, eu não conhecia muita coisa do Beast Wars original, mas você é uma das muitas pessoas que só elogiam essa série... achp que nunca dei muita bola porque eles viravam bichos, não carros ou gravadores... :D

Agora, eu duvido que você tenha algo de bom a dizer sobre "Beast Wars II", a "continuação" em anime onde Optimus era um leão branco (Kimba?), Starscream era uma bicha louca e todo mundo se transformava gritando "toransufooomu!" ...

D.N. Ledas disse...

Legal, esse episodio. Agora Amer, pra vc que é fã de verdade, Qual realmente é a melhor?
A G1 ou BEAST WARS?
Eu acho que em materia de roteiros e historias, é a BEAST WARS, parece que os produtores a levaram mais a sério.
Mas a G1 é clássica, e marcou uma geração, e por mais que contenha furos, é a G1...
o ideal é que fizessem uma serie no estilo de historia de BEAST WARS, mas que os personagens se transformassem em veiculos...mesclando as duas em uma só, bom é minha opinião..

D.N. Ledas disse...

E um novo desenho aí que fizeram dos transformers, Vcs estão sabendo? Parece bem interessante..
Aí AMER, visita lá meu blog,é www.oanjodasruas.blogspot.com
a sua opinião será muito bem vinda.
Todos aqui tambem estão convidados...
Valeu e um grande abraço!!

Pedro Braga disse...

E... Só eu notei ou aquele Starscream em CG é incrivelmente feio?

Pedro Sales disse...

Você simplesmente NÃO vai nos deixar esquecer de Transformers Kiss Players, vai?

All hail Beast Wars!

Raven disse...

Falando muito francamente???

Eu não entendo praticamente NADA de Transformers, mas sou apaixonada por esse mês do Cybertron!!

Wings disse...

Finalmente
Beast Wars foi fantastico até a segunda temporada.


Adorei o artigo

Caetano disse...

Beast Wars!
Ah, velhos tempos...
(velho pra mim, claro, já que provavelmente não era vivo quando passava o G1...)
nem lembro se chegou a passar tudo na Record..
mas aí veio Beast Machines.
: p

Hikaruon Dekabase disse...

Ótimo post Hammer,e o Aspinator sempre se Ferrando no final XD.
Eu li em um outro artigo que você está procurando referências a Transformers (No caso era o Soundwave em Family Guy).
Se quiser posso te ajudar, falando nisso teve um novo Decepticon em Family Guy, o "Negatron".
Se quiser, meu twitter é @Hikaruon sou um dos seus seguidores.

Matthew disse...

Eu li o artigo todo e no final percebi que eu não entendi nada.

Sério... Eu não entendi nada. Pelo visto Beast Wars não era muito melhor que a tal G1 em termos de roteiro... Aliás, eu não lembrava que os gráficos eram tão ruins. Mas puta que pariu, o Rhinox é FODA. E eu sempre fazia meu bonequinho do Megatron Predacon (É delírio meu ou chamavam ele assim 70% do tempo? Tipo nome e sobrenome.) morder a cabeça dos outros bonequinhos que não eram o Megatron Predacon, que nostalgia.

Amer H. disse...

Beast Wars era MUITO superior a G1. Eu que fiz um resumo enorme do episódio, em nome do humor.

Se não entendeu, lhe falta foco.

E o visual não é ruim, ele envelheceu. Não podemos esperar que uma computação gráfica de 15 anos possa se equiparar as de hoje.

Matthew disse...

Eu tenho TDAH, e bem forte, dizer que me falta foco é meio que um eufemismo... Aliás, muda o que eu disse só pra "Eu não lembrava como eram os gráficos". É claro que pra época era a ultima bolachinha do pacote.

Amer H. disse...

Se você tem TDAH, que tal pensar melhor antes de dizer que as coisas são ruins?

E só se usa o termo "gráfico" quando se fala do visual de um video game. Beast Wars é uma série animada, mesmo que criada por computadores, você está usando a palavra da forma errada.

Eddie disse...

Olá Amer! Finalmente um artigo sobre Beast Wars! =D

Será que nesse mês teremos um post sobre aquele episódio com o Rhinox tendo problemas gastroestomacais por causa da ingestão indevida de feijões? =P

Abraço!

Matthew disse...

Cara, relaxa. Eu só quis dizer que a lembrança da série não ficou à altura das minhas expectativas, o que é óbvio sendo que quando passava isso eu era criança; É claro que eu não entendia nada e ainda assim achava o máximo. Inclusive eu lembro que eu associava o Dinobot com o Wolverine, que na época era meu elogio supremo a um personagem. Pra ficar à altura disso só voltando a infância mesmo...

Bruno Müller disse...

Sei que é um pecado para um fã de transformers, mas nunca assisti a série Beast Wars (vergonha)! Tõ downlodeando a série clásica para ver de novo e Acho que vou aproveitar o embalo!
Pra variar, ri muito do artigo!
Por falar em Sexta-feira 13, fiz um post inteiramente dedicado a um dos filmes no meu blog! Dê uma visitinha quando puder!
http://analisedecena.blogspot.com

Absss

Black Barth disse...

Grande artigo Amer!!! Realmente, como a série Beast Wars é mais bem feita é mais dificil fazer humor em cima dela, mas vc é o excelente!!!

luan disse...

olá amer...muito bom o post(já li TODOS os seus posts)eu já tinha baixado pra assistir os episódios(meu personagem preferido de beast wars,foi e sempre será o rattrap)mas no episódio que o dinobot morreu eu fiquei bravo e parei de assistir...aahh si, foi por sua causa que eu baixei Transformers animated e assisti todos os episódios(concordo com você, o Cartoon network não passa em um bom horário)...enfim graças a você eu vou voltar a assistir beast wars.

Avalanche(Lance) disse...

Caralho Amer, nem avisa que postou?

E o Rinox era o mais fodãodessa série...pena que o boneco dele era mal feito.

Wings disse...

Rhinox só era phodao na primeira temporada. Depois aparece silverbot que deve ter cativado meio mundo.

E aparecem tambem aqueles mega apelões. Um de cada lado.

Me lembro que um era tipo um trator, sai arrastando tudo.

lilycarroll disse...

Wow! Eu estava esperando o artigo sobre o Tracks que vc tinha comentado, mas dar de cara com Beast Wars e de quebra rever o Screamer foi uma surpresa legal pra caramba!
Valeu ainda mais pela nova roupagem e perversões sexuais com a Blackaracnia S2

Uma duvida: o Starscream não foi ressucitado pelo Unicron em algum momento da G1?

Amer H. disse...

Tem um episódio da G1 em que o espirito do Starscream possui o Cyclonus e tenta reativar a cabeça do Unicron.

Não me lembro em detalhes, pois esse é um dos poucos episódios que eu fiz questão de não assistir.

tiago neko disse...

sobre a mina que viro homem, achei uma vingança justa dos japas, vira e meche algum personagem de anime como o zoicite de sailor moon ou o kurama do yu yu hakusho ( serio, ao menos em um pais ele virou ela) tem o sexo trocado por causa da censura idiota

D.N. Ledas disse...

Amer, aproveitando o mês de cybertron, Qual o episodio mais legal da série G1 na sua opinião?
Taí cara, vc podia fazer um post sobre o episodio mais foda de transformers, que tal?

Scariel disse...

Deixando um comentário bem atrasado mas...
Finalmente o Amer postou alguma coisa sobre o Beast Wars! Valeu Amer! Ficou muito bom!
Foi a primeira animação de Transformers que acompanhei, me bateu uma saudade, acho que vou baixar pra ver de novo.

... disse...

Leio seu Blog a anos e agora novamente vc me fez mergulhar na nostalgia Amer xD

Bons e Ótimos tempos de Beast Wars e Beast Machines...
Ate hj revejo a abertura de Beast Wars pra matar a saudade rs

Lord Anderson disse...

Amer, vc sabe mais sobre esse Grande Upgrade?

Pq e como aconteceu?

E porra, vc tem que fazer uma resenha do melhor episodio ever que á a batalha final do Dinobolt.

Para mim, essa luta consegue se equiparar a batalha entre Optiums e Mega no filme de 84.

Arthur Malaspina disse...

O Código do Heroi!

Sem mais!

... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cláudio R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isa disse...

Ei Amer, sem querer ser chata, e quanto aquela história do Tracks, o autobot gay?Parece ser bem bizarro!

Evo disse...

Putz, acabei d conhecer seu blog. Gostei. Nunca me liguei mto em BW, mas lembro do gorila-cubo-magico liderando outros bonzinhos mecanicos nas tardes da Record... Ah, fugindo do assunto, pergunto ao Mestre dos Magos e dmais Unis: ond infernus eu encontro um site com todos os personagens (e respectivas imagens) dos Transformers americanos G1 da TV? Os japas sao um lixo... Grato. Frelix.

Leandro disse...

Fiquei com tanta saudade de Beast Wars que toh baixando os episódios pra reassistir

Nappa_ disse...

Até que enfim, post de Beast Wars, garanto que você fez uma legião de fãs muito feliz. =D
Como era de se esperar, todos os que sentiram na pele o que foi Beast Wars tiveram vontade de assistir de novo agora, depois de um post tão bem escrito.
Sim, Beast Wars acho que é quase unânime que é a série de Transformers mais coerente, óbvio que tem sua comédia, e os episódios estilo aquele que eles vão explorar a ilha e passear e fazer, mas sim, continua sendo supremo. A essa altura do campeonato também lembro pouco da trama/enredo/história de Beast Wars, mas uma coisa é certa, sempre associei: Optimus com Optimus e Megatron com Megatron (claro), cheetor com bumblebee, dinobot com starscream, rhinox com ironhide. Talvez seja viagem minha, ou talvez eu esteja certo, ou quem sabe você possa fazer comparações mais dignas.

Enfim, a desculpa de Blackarachnia para megatron no final de episódio foi digna de Madame-O dos 6 biônicos, que sempre vinha com uma daquelas pro escaravelho.

Cara, sinceramente, apesar do fraco potencial para humor, pelo fato de ser uma série muito boa. Espero ver muito mais Beast Wars por aqui. o/