sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Transformers Kiss Players... por quê Japão???


É, faz algum tempo que não posto e isso se deve a minha atual falta de tempo: Fim de semestre, fim de faculdade, fim de ano e fim de saco... mas vou fazer o possível pro blog não ficar parado.

Hoje estou eu morgando e percebo que faz algum tempo que não posto nada de Transformers. Por que não então mostrar uma série praticamente desconhecida aqui e que demonstra porque JAPONESES NÃO DEVEM NUNCA FAZER DESENHOS DE ROBÔS!!!

Acima temos a imagem de Optimus ganhando um beijo de Marissa... e por isso a série se chama Kiss Players...

Ok, vamos por partes: Kiss Players foi uma série desenvolvida por volta de 2006 e que usou um método bastante único para contar sua história, por meio de mangás e de uma radio novela que se completavam em termos de narração.

O enredo de Kiss Players é o seguinte: A ação se passa logo após o Movie de 86. Ao final do longa, Rodimus Prime arremessa Galvatron pelo espaço e em KP, ficamos sabendo que ele ficou a deriva até cair na Terra e se chocar contra Tóquio, o que pulverizou a cidade.

Eu sei que isso levanta muitas questões, mas por hora continue lendo.

A destruição de Tóquio faz com que a humanidade se volte contra os Transformers, sejam eles Autobots ou Decepticons e todos os robôs acabam expulsos da Terra. O planeta se torna livre dos Transformers, mas a queda de Galvatron traz um problema maior: Ao ser vaporizado na reentrada e conseqüente explosão que destruiu a capital Japonesa, suas células se espalharam pela atmosfera e passaram a infectar diversas criaturas e coisas com a energia que possuiam e que provinha de Unicron.

Os seres infectados passam a criar vida como robôs com a cara de Megatron, chamados "Legion". As células também infectam humanos (especialmente meninas) que descobrem serem capaz de se fundirem com máquinas a partir de um beijo...

Calma, fica pior...

Uma agente do EDC (um grupo militar anti Transformers) encontra o corpo de Optimus e o beija, para se despedir de quando ele estava vivo e eram amigos... automaticamente, a menina se funde ao líder e o traz de volta a vida.

Sendo posterior ao Movie, Optimus estava morto ainda, mqas isso não muda o fato de que Marissa brincava com ele quando era criança.

Não pense muito a respeito, ou sua cabeça vai implodir.

Rodimus Prime, envergonhado por ter indiretamente destruido Tóquio, devolve a Matriz da Liderança a Ultra Magnus, volta a ser Hot Rod e viaja para a Terra para se redimir de seu erro. Ele conhece Shaoshao, uma chinesinha que também é uma Kiss Player e...

Bem, vocês já podem imaginar o que acontece.



Pois então, a série progride roteiros bobinhos e muita perda de tempo, como é esperado de um mangá com a temática descrita. Mas o enredo novo é no mínimo curioso, especialmente a parte de Galvatron destruir Tóquio.

O que aliás, não faz sentido algum... quando Rodimus o jogou pelo espaço, eles estavam na órbita de Cybertron e portanto MUUUUUUUUUUUUUUITO longe da Terra. Quais as chances dele cair especificamente no nosso planeta após ficar boiando no espaço por sabe lá Deus quanto tempo?

Se bem que todo lixo do espaço cai na Terra: Superman, Goku, o simbionte do Venom, os Transformers... nosso planeta é sem dúvida a lixeira do universo.

Sem contar que ele não tinha tamanho ou massa para pulverizar uma cidade do tamanho de Tóquio só de se chocar contra ela, mas vou deixar a física pra outra hora.

O problema principal de Kiss Players não é o fato de ter menininhas beijando Transformers... bom, isso é um problema também, mas muito menor do que o fato dos "Legions" serem pedófilos:



Sério! O que isso parece?

A série gerou muita controvérsia entre os fãs da franquia por mostrar robôs gigantes com línguas fálicas deixando meninas que parecem ter nove anos de idade cobertas de secreção branca enquanto fazem cara de choro e estão nuas ou semi nuas...

Ou pressionadas contra a parede e com os quadris suspensos no ar e pernas abertas...

Ou... bem, veja por si mesmo...



A língua já extremamente fálica dos Legions tem uma claramente desenhada URETRA!!! UMA MALDITA URETRA EM TRANSFORMERS!!! PRIMUS TENHA PIEDADE DE TODOS NÓS!!!

Se ainda não está chocado (e você precisa ser um monstro pra isso) deixe-me contar uma passagem da série que acho um excelente exemplo de quanto as coisas estavam indo errado.

Em um capítulo, o "fantasma" de Starscream se apossa do corpo de Atari Hitotonari, membro inútil dos Kiss Players. Tudo ok, na série clássica, Starscream se apossou do corpo de muitos personagens e se fosse apenas isso, não haveriam problemas.

Aqui, o plano dele era usar de seu disfarce para tomar o quartel general dos heróis sem ser detectado e seu plano teria dado certo não fosse sua ignorância da anatomia humana e dos costumes terrestres.



Veja bem, ele possuiu o corpo de Atari quando ela estava no banheiro e esqueceu de subir suas calcinhas.

Pois é.

De fato, a virilha de Atari parecia ser o lugar ideal para uma infinidade de coisas acontecerem.



Oh céus...

E teve um capítulo que sabe lá Deus como, uma bomba foi parar dentro dela (ou coisa parecida) e o companheiro robótico da menina encolheu e entrou nela para desativar o artefato.

Digo, ele encolheu e ela teve de engolí-lo.

E ela disse que não tinha certeza de que "algo tão grande caberia em sua boca", enquanto o robô, cujo nome não me lembro agora, disse que "nunca imaginou o quanto Atari era tão apertada, úmida e quentinha por dentro".

Sem mais perguntas, meritíssimo.

Por incrível que pareça, a série foi execrada até mesmo por muitos fãs nipônicos de Transformers, que tinham medo que o público ocidental acreditasse que os japoneses acham normal ver este tipo de coisa.

Tarde demais Japão, nós já achamos.

Aparentemente a série foi encerrada um pouco antes do anúncio do Transformers de Michael Bay e o mundo se tornou um lugar um pouco melhor por causa disso.


De repente, Transformers Armada não parece tão ruim.

E eu disse uma vez e digo de novo: JAPONESES NÃO DEVIAM FAZER DESENHOS COM ROBÔS!!!

Acho que depois dessa, pouca gente vai discordar de mim.

Cheers!!!

15 comentários:

Victor disse...

Bom... o que esperar de uma terra onde a PEDOFILIA é aceita como GÊNERO FICCIONAL e apelidada de "Lolicon" (de Lolita Complex)?? Onde vendem-se vaginas de plástico imitando as verdadeiras... COMO ENCONTRADAS EM GAROTINHAS DE 6 ANOS?

Enfim... mesmo tirando-se a parte sexual...

Menininhas beijoqueiras em Transformers?! Blaaaargh...

Fabiano disse...

Estou tão pasmo que nem sei o que dizer, mas senti que tinha que dizer algo, então vim dizer que não sei o que dizer...
...
Será que isso é um tipo de plug-and-play?
XD

VRDMatrix disse...

DAMN!
japoneses são psicopatas!!

Two Metros Freak disse...

Hammer seu filho da puta

videnciole disse...

Foi mal Victor , mas vc falou besteira. Lolicon não é um Gênero Ficcional , vendido por aí , mas sim um fetiche , como sadomasoquismo , que infelizmente vende muito tanto lá quanto em outras partes do mundo.

sabendo que Lolicon é fetiche , você não vai encontrar Lolicon aberto em qualquer revista que compre , lolicon explicito é Hentai e vc vai encontra-lo em mangás hentai....assim como estupro , incesto , zoofilia , furry (mistura de gente com animais) , homossexualismo ... coisas que parece de outro mundo mas existem. E que você vê até mesmo no ocidente. Vá em alguma Sex Shop e peça um intem SM para ver se não é atendido.

Agora , que existem referências a ele em muitas obras existem , assim como aos outros que eu citei acima. Quanto a isso , somente posso dizer que graças a Deus não são maioria as obras que se encontre lolicon implícito.

Bem , é isso. Desculpe se falei de mais Hammer , mas dá desgosto ver este tipo de preconceito.

Quanto à matéria... série escrita por gente com problemas mentais.

Barão disse...

Concordo plenamente com tudo.

Aproveitando, o nome do robô policial era Autrooper:

http://transformers.wikia.com/wiki/Autrooper

Lancaster disse...

Os japoneses fazem muita coisa boa em termos de robôs, mas isso é uma porcaria mesmo. Não deixe Kiss Players dar uma má impressão da produção japonesa para você.

Ah, sim, excluí porque não prestei atenção no comentário que o videnciole falou, se dirigindo ao victor.

Mas realmente kiss players é indefensável e é esse tipo de coisa que pode manchar a impressão do resto do mundo quanto ao que se faz no Japão. E tem muita coisa boa lá, vai por mim.

Gabriel Lez disse...

Agora meus pesadelos ganharam uma nova inspiração... pobre de mim.

Leonardo_Cloud disse...

tenho somente uma palavra a dizer.



TEEEEEEEEEEEEEEEENSO!!!!

Hique disse...

Vai condenar toda a indústria cinematográfica por causa das últimas bombas, hecatombes, desastres que chamam de adaptações quadrinhísticas-literárias também?

É uma tremenda bosta mesmo esse desenho... concordo. E nem precisei ver.

Mas vai devagar nessa avaliação colega...

Toma um suco de maracujá, come um bolo de chocolate (bom pra serotonina) e pega um capítulo da série original pra relaxar e ver que ela ainda está lá...

Amer H disse...

E que tal você aprender a entender uma PIADA antes de me dizer como devo agir? Que tal isso?

Marcello TH disse...

japoneses desisitirem de fazer desenhos japoneses? bom,teriamos só GOBOTS. ja os japoneses fizeram ,Gundam,Macross,Jay Deker,e uma enfinidade de robos legais,que outros robos os ocidentais fizeram? quanto a pedofilia...isso é mais normal que se imagina.

nngor disse...

Existe algum desenho de robôs decente feito no Ocidente? Não! Se os japoneses não fizessem desenhos com robôs não teríamos Astroboy, Evangelion, etc. E para quem já jogou Persona 3, como não se apaixonar pela robozinha Aegisu, na sua busca por tornar-se humana (como um pinocchio hightech). Existem desenhos ruins de robôs, mas nunca julgue o particular pelo geral, já reza a boa filosofia.

Rafael disse...

Eu nunca vi este anime mas, pode ser que seja legal. Vou ver se eu baixo. Se alguém tiver um link me mande.

Ace Of Spades disse...

Americanos fizeram o robo mais supremo de todos... MEGAS XLR!! SEM MAIS!