quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Mês das Bruxas: É a Grande Abóbora, Charlie Brown!


Finalmente, dia 31! Halloween! Dia das Bruxas! Hooray!

Se morássemos nos Estados Unidos, estariamos nos preparando para distribuir doces para a criançada... ou para cagar em sua sacola de doces, exatamente como fez o Angry Videogame Nerd... bom não importa.

Para encerrar bem o mês de Outubro, decidi falar de um verdadeiro clássico da animação: O especial de Halloween de Charlie Brown e sua turma.

Devo frisar que se você nunca assistiu A Turma do Minduim ou leu os quadrinhos, você é um maldito. Caso planeje fazer uma dessas duas coisas e corrigir este erro, você é menos maldito mas maldito mesmo assim, até ler ou assistir o trabalho de Charles Schultz e ter esta sina removida de suas costas.

Arrependei-vos!

Ainda dá tempo!!!



Bom, o desenho começa com Lucy e Linus indo até o canteiro de abóboras. Lucy faz o irmão pegar a maior fruta (abóbora é fruta?) do lugar para fazer uma lanterna.

Claro, ela é a líder da dupla e não carrega a abóbora pra casa, ela só a transforma em lanterna...


... e parece se divertir um pouco demais ao esfaquear o indefeso vegetal...



... e removendo seu conteúdo.

Ao que Linus comenta "Eu não achei que você ia matar ela, OHHHHHHHHHHH!"



O dia prossegue como sempre. Lucy chama Charlie Brown para chutar a bola e ele reluta por alguns minutos, sabendo que ela é uma vadia e que vai tirar a bola na hora do chute, o que lhe causará mais uma concussão.

Lucy afirma que desta vez será diferente, pois ela trouxe um contrato assinado, afirmando que irá deixar a bola no lugar.



Mas já que Lucy é uma tremenda filha da puta, ela tira a bola assim mesmo, afirmando que o contrato não foi registrado em cartório e portanto não valia.

Vagabunda!!!

E por que eu tenho a impressão que o Charlie Brown comeu ela quando eles ficaram mais velhos?



Enquanto isso, Linus escrevia uma carta para a Grande Abóbora, pedindo presentes e afirmando que Papai Noel só é mais popular porque teve uma publicidade melhor.

É curioso notar que um monte de gente vem aloprar a carta de Linus: Lucy, Charlie Brown, Snoopy, aquela menina de cabelo castanho chanel e Sally, a única que não o trata mal.

A Lucy eu entendo, afinal eles são irmãos e moram na mesma casa, mas uma tremenda galera aparecer do nada? Eles nunca trancavam a porta da sala?



A cena acima não tem muita relevância na história, pois é só Linus levando a carta até o correio, mas veja quem está estampado na capa do Guia de TV de Lucy.

Isso se chamar "Derrubar a quarta parede" e quarenta anos antes de Billy e Mandy o fazerem.

Se não sabe o que este termo significa, procure pela net. Sou muito velho e cansado para explicar.



A garotada se fantasia para sair pedindo doces...



... e Snoopy com sua veste de Ás da Primeira Guerra, prepara-se para uma de suas batalhas aéreas ocasionadas pelo consumo de haxixe.

Aliás, quero comentar sobre o menino que abre a porta para ele. A primeira vista, parece ser Charlie Brown por causa da manga de camisa amarela, mas lembremos que o cabeçudo está com uma fantasia de fantasma multi-esburacada.

O misterioso ser acima é 555 95472.



Esse garoto aqui.

Sério, o nome dele é um amontoado de números.

É uma piada do criador da série: "555" é um prefixo fictício de números de telefone muito usado em quadrinhos, desenhos e filmes. 95472 é o código postal da área onde Schultz morava na época que produzia os quadrinhos da Turma do Minduim.

Woo-hoo! Trivia rules!!!



A garotada vai até o canteiro de abóboras, onde Linus pretende ficar esperando pela Grande Abóbora.

Lucy o chama uma última vez para ir pegar doces e o alopra violentamente quando ele nega. Todos vão embora, menos Sally que resolve esperar junto dele.

Se isso fosse um anime, com certeza haveria uma cena de sexo totalmente gratuita logo em seguida...



E chegamos a cena mais antológica deste desenho: Após pegarem doces nas casas durante a brincadeira de "Trick or Treat", as crianças conferem os espólios.

Cada uma ganha diferentes comidas capazes de causar cáries e diabétes, exceto Charlie Brown. Transcreverei uma das cenas para você sentir o drama:

Lucy: Eu ganhei balas!


Violet: Eu ganhei chocolates!
Chiqueirinho: Eu ganhei chicletes!
Petúnia: Eu ganhei um saco de pipocas!



Charlie Brown: E eu... uma pedra...

Eu juro, nós não deviamos rir disso! É trágico!

Mas tem vinte anos que faço troça do pobre Chuck, por que mudar agora?



Enquanto isso, Snoopy está sobre sua casa, cheio de LSD, Haxixe e sabe lá o que mais, tendo alucinações sobre ser o Ás da Primeira Guerra.

Esse trecho é meio longo, mas como eu sempre achei as alucinações de Snoopy um saco, não vou descrever a cena aqui.



Após recolher doces pela vizinhança, a criançada passa no aboboral (essa palavra existe?) para aloprar Linus mais uma vez e em seguida vão para a festa de Halloween que está sendo dada por... sabe lá Deus quem.



E lá, todos participam de brincadeiras como humilhar Charlie Brown mais uma vez, fazendo-o de modelo para uma lanterna de abóbora.

Como esse menino não virou um assassino serial depois de crescer eu não sei.



De volta ao canteiro, Linus e Sally finalmente escutam algo e ponderam calmamente sobre o que pode ser...



... quando um vulto se ergue das abóboras e Linus prontamente desmaia!!!

Não preciso dizer que o vulto era Snoopy e que Linus é um tremendo borra-botas, não é?

Se fosse a verdadeira Grande Abóbora, acho que ele teria tido um derrame, ou teria cagado na calça com tanta força que o jato o teria jogado em Marte.



Sally fica puta por ter passado a noite no canteiro junto de Linus a troco de nada e o chacoalha violentamente, dizendo que ele lhe deve uma noite de doces.

O que é injusto, pois ninguém a obrigou a ficar no canteiro. Não é culpa de Linus ser idiota, mas é culpa dela e unicamente DELA por ter resolvido ficar lá ao lado dele.

Mulheres...



Lucy demonstra que apesar de tentar aleijar Charlie Brown diariamente, ela ainda possui alguma humanidade. Isso ocorre quando a menina vai até o canteiro de abóboras e resgata Linus que estava a um passo de morrer congelado.

Mas tenho certeza que ela deu uma surra de vara de marmelo nele no dia seguinte.



No fim, Charlie Brown e Linus voltam ao seu muro das lamentações e... lamentam: Chuck por ter ganho uma tonelada de pedras e Linus por não ter visto a Grande Abóbora.

Não lembro o que Charlie diz, mas foi contra a Abóbora o que deixa Linus enraivecido e o faz lançar um solilóquio infinito durante os créditos finais.

FIM

Nota do Amer: 10

Digam o que quiserem, esse desenho é um dos maiores clássicos da animação de todos os tempos.

O fato de ter sido produzido em 1966 e poder ser assistido hoje sem ter deixado de ser atual é uma prova cabal do gênio de Charles Schultz.

Caso nunca tenha assistido, procure pela net pois vale a pena. Talvez não signifique tanto para você quanto para mim afinal cresci assistindo isso, mas com certeza vai ser uma meia hora muito bem aproveitada.

E aqui termino o Mês das Bruxas. Embora não tenha feito tantos posts quanto gostaria, me diverti bastante e espero que vocês também tenham gostado.

A seguir, voltamos com nossa programação normal, mas não estranhe se o próximo post demorar um pouco.

E para todos que vão participar das orgias a fantasia... digo, das festas a fantasia do Dia das Bruxas que são realizadas hoje em dia... bom cuidem-se, ok? Levem sempre proteção na carteira, bolsa ou o que quer que seja que vocês usem.

Nunca se sabe quando aquela loirinha gostosa ou aquele cara lindão de sorriso Colgate é na verdade um demônio das profundezas ou um vampiro, portanto levar um cruxifixo na carteira ou na bolsa é sempre uma boa.

Hã? Que foi? Achou que eu tava falando de quê?

Pessoa ingênua... eu heim!

Cheers!!!

2 comentários:

Felipe disse...

Belo post, até a música Helloween da banda Helloween que citei em meu fotolog cita a Grande Abóbora Linus e Chuck, eu sempre lembro de quando o Charlie Brown ganha uma corrida de motocross e o prêmio é um ano de corte de cabelo de graça, e ele diz que o pai é barbeiro....

Grande Schulz....

Aline disse...

Nem preciso assistir, já que você passou ele todinho aqui. Adoro Charlie Brown! Sou fã do Woodstock =P

Sou fã tbm de um certo menino e seu cobertor, pq eu também arrasto um cobertor...Só não saio na rua com ele \o/