quarta-feira, 25 de maio de 2011

Mês de Cybertron - Make Tracks


Siiiiiim! Após duas semanas de espera, finalmente falarei de Tracks, o único Autobot gay de toda a franquia!

Mas como pode uma porra dessas, comissário? Muito bem, vamos por partes.



Este é Tracks, ele é um Autobot e se transforma em um Corvette Stingray. Tracks é um guerreiro bastante capaz, mas na maior parte das vezes ele evita entrar em confrontos, pois não quer que sua FA-BU-LO-SA lataria seja danificada. Ele também é um tanto misantropo e não gosta muito de estar na companhia de seus colegas Autobots.

A crença de que ele é gay surgiu pelo seu jeito de falar, que é um tanto... afetado. Seu dublador original, Michael McConnohie, não o interpretou como um homossexual mas sim como um "esnobe de Harvard", o que combina com a personalidade arrogante de Tracks.

Mesmo assim, milhares de fãs acreditam que Tracks é de fato gay e não há nada que os faça mudar de idéia sobre isso.

Eu considero Tracks gay, simplesmente porque acho espetacular a idéia de que um dos heróis tenha uma opção sexual que não seja a padrão. Oras pipocas, Transformers namoram e tem clara atração por seres do sexo oposto, algo que já foi provado por Arcee, Silverbolt e Blackarachnia e vários outros personagens que se envolveram romanticamente.

Teve aquela vez em Transformers Animated em que Starscream deu em cima da irmã, o que prova que Decepticons não vêem nada de errado com incesto.

E também aquela outra vez em que Skids praticamente transou com uma humana...

Enfim, uma vez que Autobots e Decepticons adoram um HOLLA-HOLLA-HOLLA, por que não haveriam robôs interessados em indivíduos do mesmo sexo? Pra mim é apenas lógico.

Aliás, quero aproveitar esta chance pra falar algo mais sério. Recentemente, tenho recebido comentários via Twitter e Formspring de algumas pessoas inacreditavelmente intolerantes, que acreditam que eu compartilho de suas opiniões. Infelizmente, pra cada leitor legal com quem tenho prazer de conversar e fazer amizade, atraio um sem número de cretinos que acham uma boa idéia pedir... ou melhor, mandar que eu "escreva um artigo detonando os viados, que viadagem é foda."

A todos os babacas racistas e homófobos que lêem essa merda de blog: eu não sou igual a vocês! Só porque eu uso humor escroto, não significa que eu seja um escroto! Por favor, morram de câncer no pâncreas, pois não faço a menor questão de que abominações desgraçadas como vocês leiam meus artigos!

E para todos os demais, só porque eu apoio o movimento gay e fico feliz com suas conquistas, não significa que deixarei de fazer piada com eles. ISSO é aceitação e inclusão, se eu fizesse humor com qualquer outro grupo e deixasse os homossexuais de lado, aí sim eu estaria reforçando a exclusão daqueles que possuem uma opção sexual diferente da minha.

Em outras palavras, pseudo moralistas, sejam contra ou a favor do movimento homossexual, por favor, vão todos pro quinto dos Infernos!

Agora, vamos ao episódio de hoje!


É uma noite escura e nojenta na cidade de Nova York. Dois punks estão vadiando, quando percebem um carro esporte dando sopa.

A dupla ignora a insígnia Autobot no capô do veículo e decide roubá-lo para descolar alguma grana e comprar a droga mais poderosa que existe: a caixa da segunda temporada de Sex and the City.

Kim Cattrall é uma cinquentona maravilhosa... mas a cara de pé de Sarah Jessica Parker estraga qualquer prazer que eu possa ter com essa série.


Orgulhosos de sua patifaria, os punks levam o carro até um desmanche e o vendem por 50 Reais, com isso terão Miranda até sair pelas orelhas. Os dois ainda descolaram um radião Boom-Box que estava no banco de trás do carro roubado. O fato do rádio também ter um emblema Autobot foi prontamente ignorado por estes punks, que claramente não são os bandidos mais brilhantes de Nova York.

...

Verdade seja dita, todo punk é imbecil. Em Final Fight, basta ficar dando socos no ar que eles caminham em sua direção e são nocauteados! Que tipo de pessoa faz isso? Bem, PUNKS FAZEM ISSO, eu lhes digo!

Mais ainda, o punk principal desse desenho... onde ele fez o cabelo? Ele enfiou a cabeça em uma máquina de algodão doce, em um ato de rebeldia e revolta contra a diabetes?


Pois bem, o óbvio acontece: o carro roubado se transforma em robô e ordena que os punks se rendam. Ao invés de obedecerem uma criatura metálica que pode espremê-los como se fossem tubos de pasta de dentes, os bandidos correm...


... e são surpreendidos por um segundo robô gigante, que na verdade era o radião onde até alguns segundos atrás, eles escutavam música de fundo genérica.

Sim, o rádio que cabia na mão de um humano virou um robô de dois andares de altura. É Transformers, todos já deviam estar acostumados.

Enfim, os vilões correm desesperados para a saída, onde esperam encontrar inimigos menos perigosos como o BOPE ou Alex Murphy...


... e dão de cara com OPTIMUS PRIME!!!

Quando o líder dos Autobots aparece na porta do seu esconderijo, disposto a melar sua operação criminosa, é hora de pendurar as botas e dedicar-se a uma carreira mais nobre, como testador de laxantes, ator dos comerciais do Disque-Amizade ou jornalista de games.


Capitão Nascimento chega com reforços e agradece aos Autobots pela ajuda. A polícia e Optimus estão trabalhando em conjunto para tentar diminuir o número absurdo de crimes que acontecem em Nova York.

Sabe como é, não é como se Optimus tivesse outras coisas para ocupar sua noite de Sexta Feira, como por exemplo UMA GUERRA CIVIL QUE JÁ DURA CINCO BILHÕES DE ANOS!!!


Os Autobots voltam a sua base temporária, que é grande o suficiente para abrigar centenas de carros, o que demonstra o maior desperdício de impostos de todos os tempos.

Sério, você acha que foi o Optimus que pagou por esta base? Autobots não tem a menor idéia de como dinheiro funciona, eles pagam suas compras com Energon! Pra colocar em perspectiva, é o mesmo que você ir a uma concessionária e tentar financiar um carro com barras de Chokito e rocambole.

Aliás, os Autobots mantém Sparkplug trabalhando nesta oficina. Já que o governo tá pagando, por que não dar um emprego fantasma a um de seus camaradas humanos?


Na base... que por alguma razão que não tem nada a ver com economia de acetatos... é idêntica a sua base original, os Autobots se reunem e debatem a respeito dos roubos de carros.


Tracks declara que AMA Nova York, pois a cidade é um LU-XO e que se dependesse dele, jamais voltaria aquela nave fedida e apertada que eles chamam de casa, cheia de robôs operários HOR-RO-RO-SOS!

Concordo. Os robôs da primeira temporada são tão monocromáticos e sem graça.

E tentarei escrever Tracks de forma menos estereotipada daqui pra frente.


Optimus volta-se para Cosmos, Powerglide e Seaspray, então tem uma conversa muito séria com eles:

"Ok rapazes, seus brinquedos estão vendendo muito pouco, desta forma vocês terão de aparecer bastante no episódio de hoje, para quem sabe convencer as crianças que vocês não são um saco e merecem ser comprados. Eu duvido que dê certo pois francamente, vocês são uns merdas.

Digo... Seaspray, por que xavascas você fala como se estivesse gargarejando? Você não pode estar com a boca cheia de água o tempo todo... diabos, você é um robô, não pode ter água na boca em momento algum... de fato, nem boca você tem! Como pode gargarejar quando fala???

E Cosmos, como você pode ter sotaque Mexicano? Você se transforma em um disco espacial, pelo amor de Primus! Por acaso o México tem programa espacial? Danny Trejo é astronauta? Seu sotaque não faz o menor sentido e mesmo não tendo células de gordura no corpo, você consegue ser obeso! Santo fracasso!

Powerglide... eu nem sei por onde começar. Os Decepticons tem jatos militares e eu tenho VOCÊ!!! A NAVE DA XUXA CONSEGUE SER MAIS PERIGOSA!!!

Saiam da minha frente, os três... eu vou pro meu quarto chorar um pouco..."


Tracks decide dar um rolê pela cidade, pois o clima dentro da base ficou muito ruim de repente.


Tracks não se afasta nem des metros de casa quando é surpreendido por punks, que planejam roubar o carro e estuprar seu motorista, não importa se é homem, mulher ou o Snarf.


Tracks esquece momentaneamente que pode se transformar em um robô gigante com poder de fogo o suficiente pra explodir Guarulhos e tenta fugir. Em represália, os punks dão um tiro em sua cabeça com armas laser.

Não, eu não sei como os punks descolaram armas laser.


Após ser baleado, Tracks perde o controle, bate de cara em um poste e sofre uma concussão.


E como desgraça pouca é bobagem, outro punk o encontra. O rapaz percebe que tracks não tem motorista e isso é tudo que ele precisa para declarar que o carro é seu.

Lembra quando você era pequeno, um saco de balas arrebentava e você tentava pegar todas as que podia enquanto gritava "É MEU, É MEU"? Mesma lógica.


O rapaz, que é Mexicano e chamarei de MACHETE daqui pra frente, empurra Tracks até um beco com a ajuda de um cara que simplesmente desaparece no ar na cena seguinte e começa a trabalhar nele para deixá-lo novo em folha.


Neste momento, Tracks grita "Tire as mãos de mim, seu latino seboso e imundo! Se precisar de um mexicano, eu chamo a Consuela!

Machete retruca: "Ese, que racismo é esse? Soy um membro produtivo da sociedade, por que você está me julgando assim? Não o estou criticando pela sua etnia e olha que você é um carro!"

Tracks então diz: "Não estou te julgando por ser mexicano... MAS SIM POR TER ME ROUBADO, SUA ANTA!!! Mas tem razão, eu fui um pouquinho racista... pode me desculpar?"

Machete se mantém irredutível e rebate com: "Não ese, devo te consertar e vender pros irmãos Ravioli. Preciso muito do dinheiro."

Tracks encerra a discussão com: "Precisa mais de dinheiro do que... de um amigo?"


OH!!!


AMIZADE!!!


Então, a noite passa na cidade de Nova York, que por algum motivo tem um prédio chamado "Banana."


Machete e Tracks se entendem e trocam idéias. Ambos gostam muito dos filmes de Robert Rodriguez e concordam que Salma Hayek é a mulher mais linda do cinema atual, enquanto Cameron Diaz se tornou a versão feminina do Esqueleto.


Machete abre o capô de Tracks e se espanta. Ele nunca viu um motor tão impressionante e sensacional quanto este.

Considerando que passou as ultimas três horas conversando sobre cinema com um carro, Machete não deveria se surpreender com o quanto o interior de Tracks é diferente.

Enquanto isso, os demais Autobots patrulham a cidade em busca de mais punks ladrões de carros...


... e fica claro porque nenhuma criança se interessa pelos seus brinquedos.

Diabos, Seaspray FLUTUA acima da água! Tudo bem que ele é um hovercraft, mas nenhum deles viaja a UM METRO acima da água... eu acho.

Pessoas que entendam de hovercrafts, me corrijam se eu estiver errado.


Cosmos, que é uma PORRA DE UM DISCO VOADOR, flutua rente aos carros para confirmar que há um engarrafamento em Nova York numa Sexta-Feira a noite.

NÃO!!! JURA???

Já Hoist e Huffer...


...

...

...

Imagine que você tem um metro e sessenta e cinquenta quilos, e resolve carregar seu amigo de dois metros e duzentos quilos nas costas por um quilômetro.

Não consigo fazer analogia melhor para esta cena.


De volta ao beco, Machete terminou de consertar Tracks e agora está dando uma polida no amigo...

...

Isso soou muito mal...

Mas então, Machete não se sente mais a vontade pra vender Skids. Ele nunca teve um amigo como ele, com quem pudesse conversar sobre cinema e que não tentasse comer sua namorada ou esfaqueá-lo enquanto não estava olhando.

Neste momento de genuina reflexão e sinceridade...


... os irmãos Ravioli aparecem e como estereótipos iItalianos que são, ameaçam espancar Machete e o jogar no fundo do rio! Ele prometeu um carro para as 12:00 e já são 12:01, que papo é esse?

Uau, esses mafiosos devem ser muito inseguros pra encanarem com um atraso de um minuto. Imagino como eram na escola quando convidavam garotas pra sair: "Oh meu Deus, ela se atrasou um minuto e meio... ELA ME ABANDONOU!!! VOU MORRER VIRGEM!!!! EU... ah... oi Isabella, você demorou e... o quê? Você ouviu esse chilique? Isso não foi nada, eu... espera, volta aqui... NÃO, ELA SE FOI!!! VOU MORRER VIRGEM!!! EU... hã? Oi mãe! Quer saber por que eu tou gritando? Bom..."


Consertado e indignado, Tracks se transforma, aponta um canhão pros italianos e diz que ficou extremamente decepcionado com o final de Familia Soprano e que se os dois não deixarem seu amigo em paz, descarregará toda essa frustração neles.

Eu juro, o final de Família Soprano leva ao ódio contra italianos.

Os mafiosos fogem e Tracks decide persegui-los...


... VOANDO!!!

...

...

O QUÊ???


Machete fica indignado e questiona Tracks. Se ele tem asas e pode voar, por que raios não escolheu um jato como modo alternativo de uma vez?

Tracks se mostra igualmente confuso e responde que foi idéia da Hasbro. Se entrarem em contato com a empresa, talvez tenham uma resposta satisfatória.

Então ambos se lembram que a Hasbro achou uma ótima idéia colocar Transformers nas mãos do Michael Bay. Neste momento, se conformam que nunca receberão uma resposta que faça sentido.

Mas de volta aos demais Autobots...


... Powerglide localiza Starscream sobrevoando Nova York. Assim que avisa Optimus, o líder dá a ele a ordem de atacar.

Powerglide lembra Optimus que sua arma mais poderosa é a capacidade de fazer bolhas de sabão, enquanto o Starscream tem armamento poderoso o suficiente pra transformar a Bruna Surfistinha em evangélica.

Optimus pondera por meio segundo e manda Powerglide atacar assim mesmo, pois: "Não tem como isso acabar errado... pelo menos pra mim..."

Powerglide se questiona sobre o real significado das últimas palavras de Optimus e engaja em combate com Starscream...


... que como uma bicha chocolatante, foge das bolhas de sabão e aterrissa em Times Square... MAS O QUÊ???????????

Ok, Times Square é uma avenida enorme, com provavelmente o dobro do tamanho de qualquer grande cruzamento encontrado no Brasil... MAS UM JATO MILITAR PODE ATERRISSAR NELA COM FOLGA DE ESPAÇO??? PELO AMOR DE GOOBER!!! COM MIL DEMÔNIOS!!! PELAS LANTEJOULAS DO CEDRICO!!! EU...

...

PRONTO!!! FIQUEI CEGO DE UM OLHO!!! TÃO SATISFEITOS, TRANSFORMERS??? TÃO FELIZES???


Starscream se esconde em um shopping center e é prontamente seguido por Powerglide e Cosmos. Claro, o shopping é grande o suficiente para abrigar robôs de cinco andares de altura e nenhum dos compradores da a mínima pra presença deles.

De fato... o shopping ainda está lotado de gente. Se levarmos em consideração que quando os irmãos Ravioli encontraram Machete era 12:01, agora deve ser por volta de uma da manhã. Que diabo de shopping é esse que funciona durante a madrugada???

Enfim, há luta, Starscream derrota os dois Autobots e foge voando.


Powerglide e Cosmos voltam a base e relatam o que aconteceu a Optimus, que pergunta "Por que picas vocês não o seguiram? Vocês voam também, não?"

Os dois fracassos em forma de robô olham um pro outro com cara de "Ah é!" e Optimus decide passar as próximas sete horas dando cabeçadas na parede.

De volta ao astro do episódio...


... Tracks e Machete seguiram os irmãos Ravioli até uma instalação no meio do nada.


Aparentemente, os mafiosos são responsáveis por todos os roubos de carros ocorridos nos últimos meses. Sua intenção era adquirir 500 veículos e trazê-los até esta base.

Mas por quê? Para quem estão trabalhando???


Para ninguém menos que MEGATRON!!!

PAN-PAN-PAAAAAAAAAAAAAAAAAAANNN!!!


Luca Ravioli diz que já cumpriu sua parte no acordo. Agora é hora de Megatron fazer o mesmo e pagar o que lhe deve: UM MILHÃO DE DÓLARES!!!

*Tema do Dr. Evil ao fundo*


Megatron responde: "Claro, tá aqui seu dinheiro!"

...

Numa boa, eles aceitaram trabalhar pro Hitler espacial! O que esperavam?


Todos os carros roubados são alinhados em uma esteira que os leva ao interior da instalação.


Em um momento de genialidade incomparável, Tracks decide fingir que é um carro comum, para ser colocado na esteira e ver aonde ela vai dar.

... e nenhum Decepticon repara que ele é um Autobot...

Ok, ele tá disfarçado... mas se eu vir dois caras fantasiados de cavalo, eu vou perceber que não é um animal real. Não é a mesma coisa pra um Transformer?


Dentro da usina, os carros são cortados ao meio por Bonecrusher, que usa uma... espada medieval???

Seria uma lembrança que Starscream trouxe de CAMELOT?

CAMELOT!

CAMELOT!

É uma maquete!

Shhhhiu!!!


Machete percebe que Tracks está em perigo (pois por motivos que não valem a pena ser explicados, ele se desligou) e decide peitar os Decepticons!

ORALE!!! BOLAS DE AÇO!!!

Machete diz que tem uma bomba em Tracks e que se os Decepticons não o deixarem levar o carro, ele explodirá todo mundo até a puta que pariu!


Megatron então elegantemente pede a ele que, por obséquio, desative a bomba.


Machete aproveita a deixa, reativa Tracks...


... e o rapaz comemora disparando mais balas que um Texano alcoolizado que acabou de ver um casal interracial lutando pelos direitos da mulher.


Como Tracks fez pontaria no chão, a dois metros de distância dos Decepticons, seus tiros não causam dano algum e logo Megatron e os demais retornam o fogo.

Tracks e Machete fogem...


... até que Tracks fica sem fôlego e manda o amigo fugir sem ele. Machete pergunta como é possível que o robô esteja sem fôlego, já que não tem pulmões.

Mas antes que o Autobot possa responder...


... a cavalaria chega!!! HOORAY!!!


Machete corre em direção dos Autobots para agradecê-los. Ao vê-lo, Sideswipe grita "AI, UM MEXICANO!!! ME DEIXA EM PAZ, A BOLSA É MINHA!!!"

Tracks manda o amigo deixar de ser uma bicha histérica e explica que Machete é legal. Tudo esclarecido, eles voltam para a base.


Em casa, Tracks explica que Megatron estava por trás da onda de roubos em Nova York, mas por que raios ele precisava de tantos carros, ninguem faz idéia ainda.


Mas graças as leis da conveniência universal, os Autobots vêem no computador que NESTE EXATO MOMENTO, todos os carros roubados estão atravessando a ponte do Brooklyn.

Mais do que depressa, Optimus ordena a seus homens que sigam para o local...


... e lá eles chegam, ANTES que os carros tenham a chance de atravessá-la por completo.

Ou a ponte do Brooklyn tem extensão de 5000 quilômetros, ou os Autobots são feitos de mágica.


Os Autobots mandam chumbo grosso nos carros, que explodem...


... transformam-se em robôs...


... e prontamente são explodidos de novo.

Por algum motivo, mesmo enfrentando robôs de papel-machê, Optimus chega a conclusão de que eles estão em desvantagem.

...

...

...

Claro.


Enquanto isso, na cidade...


... os robôs de papel-machê detonam os prédios...


... Tracks fica puto com essa mandiocagem...


... e detona os inimigos, pra deixar claro que ninguem zoa Nova York na sua presença.

Esses inimigos explodem com pouco menos que um espirro. Qual era o plano de Megatron? Deixar os Autobots tão cansados de matarem coisas que não se sentiriam estimulados a lutar quando os verdadeiros Decepticons atacassem?


De volta a ponte, embora esteja causando mais destruição que o Stallone no Brasil, Optimus decide que precisam de um novo plano.


Como os robôs de papel-machê não tem cérebro (de verdade, eles pegam a cabeça de um deles e vêem que é vazia), Optimus chega a conclusão de que são rádio controlados. Ele manda Blaster usar uma frequência sonora específica para desativá-los...


... e o plano dá certo! HOORAY!!!

Tudo bem que esse episódio se passa em 1986... mas uma raça de robôs gigantes que existe há bilhões de anos deveria conhecer formas de transmissão melhores, como Wi-Fi, não?


Com a cidade salva, Tracks leva seus amigos até a instalação Decepticons.


Do lado de fora, Megatron tá dando uma comida de rabo em Starscream e Thundercracker. Um deles mexeu em seu Save de Tropico e fodeu com todo o jogo que ele passou meses organizando. Megatron quer descobrir quem foi pra apagar seu Memory Card de Playstation 2 como castigo.

Antes que cheguem a uma decisão...


... OS AUTOBOTS CHEGAM ATIRANDO EM TUDO!!! OOOOOHHHHH, OS MEUS SAAAAAAISSSSS!!!


Machete aproveita a deixa para destruir a base Decepticon com um pedaço de pau.

...

Otimista esse menino.


Mas infelizmente, Machete é capturado por Megatron. O tirano ordena aos Autobots que se rendam, a menos que queiram vê-lo arrancar a pele do garoto com os dentes.

Então Megatron lembra que a G1 é a ÚNICA franquia em que nenhum dos Transformers possui dentes, língua ou demais órgãos totalmente inúteis para um robô.

...

Minha nossa, a G1 fez sentido!!! Nunca pensei que viveria pra ver esse dia!!!

Mas antes que Megatron possa pensar em algo igualmente horrendo pra fazer com seu refém...


... Machete aperta um botão na barriga do vilão, que expõe todos os seus circuitos internos. Então, com a lata de spray MAIS LARANJA DO MUNDO, borrifa uma saudável dose de tinta dentro de Megatron...


... que tem uma diarréia cerebral por isso.

MACHETE IMPROVISA!!!


Os Decepticons apanham seu líder, que inexplicavelmente foi derrotado por uma lata de spray e fogem. Para encerrar a noite com chave de ouro, Tracks dá UM tiro na base Decepticon, que explode feito as calças de alguém que passou a noite se entupindo de Curry, Burritos e Tamales.

Agora sabemos que o exército de Megatron não é a única coisa feita de papel-machê.


De volta a base Autobot, Optimus explica a Sparkplug que TODOS os carros roubados por Megatron devem ser consertados e devolvidos a seus donos sem demora.


Sparkplug faz cara de desespero, pois terá de virar noites a fio para conseguir cumprir esta ordem. Pior ainda, ele é engenheiro de plataformas petrolíferas, não faz a menor idéia de como consertar um carro.

Optimus finalmente entende porque nunca viu o amigo consertar um carro e também porque ele usa um capacete de obra até quando entra em um restaurante de luxo.


Tracks sugere que Machete pode ajudar, afinal ele tem mãos maravilhosas e sabe acertar os pistões de um carro como ninguém.

Como escutou a palavra proibida (trabalho), Machete tenta se mandar...


... com muito pouco sucesso.


Puto, Machete reclama que Tracks não é o bom amigo que ele acreditava ser.

Tracks rebate: "Pelo menos você não precisa voltar pra sua casa e aguentar aquela porca imunda que é sua esposa e aqueles três animaizinhos barulhentos que você chama de filhos!"

Machete pensa a respeito e agradece Tracks, afinal de contas, ele é o melhor amigo que um homem poderia querer: um que o mantém BEM LONGE da família!

Nota do Amer: MA-RA-VI-LHO-SO!!!

E por hoje é só, mas antes de ir, darei a vocês um pequeno bônus. Lembram que no começo do artigo mencionei que Skids transou com uma terráquea? Pois agora vocês verão a cena na íntegra.

CONTEMPLEM!!! UMA CENA DE SEXO EXPLÍCITO ENTRE UM TRANSFORMER E UMA HUMANA:


Ahhh Skids, seu canalha sortudo...

Cheers!!!

36 comentários:

kurumingba disse...

Amer, sempre gostei da maneira que você conta episódios e filmes! Mesmo de Transformes G1 que poucas vezes assisti, eu gosto de ver!

Uma duvida: você pensou em alguma vez contar algum episódio ou filme de Hokuto no Ken? Eu curto muito a série, mas gostaria de ver uma "versão" sua!

Warnius! disse...

Eta skids taradao!

Lucita disse...

A-D-O-G-O!!!
Ahhhh, esses Transformers safadeeeenhos! Depois dessa foto de sexo explícito entre um humano e um carro nunca mais verei os fanáticos lavarem seus carrinhos tunados da mesma forma!

mr.Poneis disse...

Cara... Amer X Hokuto no Ken seria épico...

até mais ver
mr.poneis

Gabriel Lez disse...

Baita pegador, o Skids!

Vicente Cardoso disse...

Mas... er... peraí! O Megatron MATOU os irmãos Ravioli? Como a censura deixou esse episódio passar? Ou foi um daqueles lapsos momentâneos, tipo os Thundercats peladões no primeiro episódio?

Hades disse...

Estou DE FACE em saber q tem um robô do badado!!!
Adoro essas curiosidades, mas tô meio triste q o mês tá acabando.

Passou Spawn no SBT ontem.
Não parei de pensar um minuto em "como seria ótimo q o Amer escrevesse um review dessa bomba".

Bruno He disse...

Excelente Amer, ri meu cu fora aqui.

Mas mudando um pouco de assunto, no começo do artigo vc disse que Transformers e humanos podem sentir coisas um pelo outro.

Certo.

No filme do Transformers 3 tem uma loirinha que vai ser a nova atriz principal, vc acha q TALVEZ ela possa ser uma Transformer q vai se apaixonar pelo Sam e o Sam irá se apaixonar por ela e assim irá começar uma nova era?

Avalanche(Lance) disse...

Porra Amer, era o MACHETE, é claro que ele ia conseguir destruir uma base com um pedaço de pau.

Amer H. disse...

Não Bruno, a loirinha existe só pra mostrar que o mundo não precisa de Megan Fox.

E lamento estragar sua alegria Vicente, mas eu que editei as cenas a parecer que o Megatron matou os italianos. No desenho mesmo ele só atira no chão e eles fogem.

Porque quando um canhão de fusão nuclear acerta o chão a um metro de distância de você, nenhum dano será sofrido e você poderá correr normalmente logo em seguida.

Isa disse...

Muito bom o artigo Amer, parabéns!Conseguiu escrever um artigo engraçado e sem apelar para piadas homofóbicas estilo zorra total...
Quem dera as pessoas fossem mais como você.

Victor Alm disse...

Eu acho os seus textos os melhores de todos os blogs que eu acompanho. Os em que você fala de Transformers são sempre bacanas.

Esse Tracks possui um belo visual. Se o tivesse visto quando eu era mais novo provavelmente eu teria tentando comprar um boneco dele.

Leandro disse...

Muito bom, Amer!

Tem uma parte onde você chama o Tracks de Skids, logo antes dos italianos aparecerem. Fora isso, perfeito. Ri pra caramba...

Outro dia eu revi os filmes do Michael Bay, aquele cretino, e agora, com suas piadas com o Machete, penso que se o Bay ler seu artigo, ele fará uma reprodução do Machete nos filmes. Só que ele não estará brincando, hahaha.

lilycarroll disse...

Como eu adoro esse episodio!E admitir isso, acredito, faz com que eu perca ainda mais pontos no quesito dignidade.

E vendo a imagem da base provisoria dos autobots, me pergunto pq eles tem essa fixação com laranja. Nessas horas prefiro os decepticons. Ao menos a Nemesis é roxo!

Tibo disse...

Amer, eu sei q é mÊs de cibertron e e tudo, mas acho que vc como fã de luta livre, poderia fazer um post sobre o "Macho Man" Randy Savage, que infelizmente nos deixou essa semana

Hikaruon Dekabase disse...

òtimo artigo Hammer, mas só por curiosidade, existe alguma Autobot/Decepticon que seja lésbica?

D.N. Ledas disse...

Muito massa! Mas aí Amer, qual é o episodio mais foda que vc acha de transformer G1? Achei legal, esse personagem machete, PÔ o cara peitou os decepticons, e ainda derrotou o Megatron, na malandragem, ele podia ter virado personagem fixo na serie...
mais um excelente artigo..

Pedro Braga disse...

Como sempre rindo dos artigos do Ammer,mais sério, achei que você tinha desistido de fazer o post do Tracks.

E como adendo, acho que o polimento e todo o trato que o Machete deu ao Tracks foi mais ou menos do mesmo nível do Skids e a garota... Isso soma como mais evidências não?

E raios, eu estou cansado desses Punks ignorando as ínsigneas Autobots, é a segunda vez em um artigo seu que tentam roubar o Tracks. E a ínsignea sumiu quando ele tava no desmanche dos Decpticons, isso é normal da natureza dos Transformers ou foi erro mesmo?

Zigga disse...

Sim, o final de Família Soprano, além de ser uma merda, copiou Todo Mundo Odeia o Chris!

Agora estou macumunado uma ideia... Se o Skids sendo lavado pela MILF é sexo Humano/Transformer, então aquela cena no final do 1º filme onde o Bublmebbe tá de boa enquanto o Sam e a Megan Fox tão se pegando em cima dele é um threesome entre humanos e transformers?

E dêem uma aliviada pros punks burros! Tenho certeza que muitos idiotas colam insígnias Autobots em seus carros mesmo que eles não façam parte da população da Arca, tentando evitar roubos. Eles só esqueceram que eram os punks dos desenhos dos anos 80, que não conhecem medo nem lógica.

Old_Nash disse...

Muito hilário^^
é só uma pena que vc demora muito pra escrever.

MORRAM HOMOFOBICOa!!!!!!!!!!

Zweist disse...

Bwahaha Eu ainda tenho, em algum lugar essa edição onde o Skids dá uma buzinada na mina, a Charlene.

Tem uma das coisas mais cretinas do universo, o RoboMaster e foi a primeira aparição nos quadrinhos do fodástico Omega Supreme!

No mas.

kayrus disse...

Haaaa!!

è a primeira vez que vou postar um comentario aki.
eu sempre tive vontade de postar mas sempre... Me dava preguiça...
Acho muito massa as suas postagens Amer, ja li todas, Posso dizer que sou um grande fã. Ja mostrei pra muitos amigos, e sempre tem 100% de aprovação.

Ri muito da parte sobre a bruna surfistinha. não sou muito fã de transformers, mas todos os posts sobre eles são legais e me fazem aprender mais sobre eles, curtia muito Beast wars, Beast machines pra mim foi um chute no saco.

Mas, entre essas e outras Continue sempre com a boa qualidade do blog,E sempre um bom lugar pra rir, quando estou deprimido, ferrado, ou quando simplesmente paro pra vegetar um pouco XD

Eddie disse...

Não sabia dessa controvérsia sobre o Tracks, mas o fato dele ter um repaint feminino (Road Rage) não ajuda muito aqueles que defendem a masculinidade dele... =P

Amer H. disse...

Diabos Zigga... eu nunca mais vou conseguir assistir ao primeiro Transformers da mesma forma agora...

Kelvin Matheus disse...

Amer, sou um grande fã seu, agora pouco criei um blog e é o primeiro artigo que eu publico na internet.
Enfim, não quero pedir propaganda, é que meu estilo de escrever tá muito parecido com o seu, já que eu sou seu fã de longa data e só queria saber se você se incomoda com isso ou se tenho sinal verde pra continuar.
botecojedi.blogspot.com

"J" disse...

Ola Amer. Primeiro gostaria de dizer que sempre acompanhei seu blog desde muito tempo. Sempre adorei sua maneira de escrever, e seu jeito de fazer uma review ou um Top. Gostei tanto que resolvi criar um blog onde eu falo mais ou menos parecido com seu jeito de falar. Porém esse blog é um pouco recente e precisa crescer ainda.

Eu gostaria de saber se não poderia rolar uma parceria entre nós. Meu blog é bem legal, e fala sobre animes e mangás. O endereço é este:

www.otakuinsides.blogspot.com

Pense no assunto. Meu sonho é um dia ter um blog tão legal quanto o seu XD!

Kelvin Matheus disse...

Man! Valeu pelo apoio! É como mostrar uma luta sua para Shawn Michaels e ele te dar um dedão positivo!

Pedro Braga disse...

Poxa Ammer, tá pipocando a galera que usa do seu estilo para escrever (não posso falar nada, também faço isso lol)

Daqui a pouco dá pra gente fazer uma liga de copiadores do ammer :O

Lezard valeth disse...

E ai Amer tudo certo?


Cara tenho uma pergunta.


Como seria o tipo de reproduçao dos transformers? no filme fala de um cubo


mas ficou meio vago


se alguem tiver uma resposta bacana por favor ilumine as trevas da minha ignorancia


obrigado


bom final de semana

Eddie disse...

Amer, você já assistiu Transformers Prime? O que achou?

Abs

"J" disse...

Pedro, no meu caso é mais uma mistura de Ammer + Desciclopédia XD!

Adriana Rodrigues disse...

Amer, brinde-nos com sua infinita sabedoria: quem pode ser esse transformer não-identificado?

http://bit.ly/iUQDpa

Amer H. disse...

Provavelmente é o Ravage em versão doméstica, Adriana.

Lezard, cada versão de Transformers tem sua própria história sobre como eles são criados.

Transformers Animated e Beast Wars diz que eles nascem como protoformas, corpos que são "folhas em branco", até que eventualmente despertam e se tornam robôs plenamente funcionais.

Transformers Prime usa a filosofia de que eles literalmente "brotam de um buraco" no centro de Cybertron. Lembrando que o planeta é Primus transformado e é aceitável que ele próprio esteja concebendo novos personagens.

No filme é o cubo e por aí vai. Recomendo que você dê uma olhada no TF Wiki pra descobrir mais.

Finalmente, eu gostei de Transformers Prime. Não é nenhum Transformers Animated, mas dá pro gasto.

Gustavo Ballin disse...

Dia 21 deste mês eu completo DOIS anos que acompanho este blog!!!!

Joseph disse...

Mto legal o texto, mesmo pra mim q nunca assisti Transformers me identifico com os erros de roteiro típicos dos desenhos da época (q agora estão mto piores por sinal)! Notei q vc tá postando cada vez mais raramente, agora são 2 ou 1 post por mês. Antigamente isso seria um mês em q vc ficou sem luz, viajou e quebrou o pc.
Se é falta de tempo eu não tenho solução, mas se for falta de assunto eu tenho uma sugestão: Comente os filmes (OVA) de DBZ! Eles são horríveis e contem tantos erros de roteiro q sinceramente acho q se fosse feito por fãs com canetas bic seriam melhores. Isso sem falar em DBGT q mostrou q os caras literalmente nem conheciam a história de DBZ (Gohan vira SSJ, Vegeta de bigode, etc)
Quem sabe comentar até os filme DBZ evolution, a maior bomba do cinema internacional.
Enfim, gostaria de mais artigos sobre Dragon ball! Abraços e boa sorte!

Joseph disse...

Mto legal o texto, mesmo pra mim q nunca assisti Transformers me identifico com os erros de roteiro típicos dos desenhos da época (q agora estão mto piores por sinal)! Notei q vc tá postando cada vez mais raramente, agora são 2 ou 1 post por mês. Antigamente isso seria um mês em q vc ficou sem luz, viajou e quebrou o pc.
Se é falta de tempo eu não tenho solução, mas se for falta de assunto eu tenho uma sugestão: Comente os filmes (OVA) de DBZ! Eles são horríveis e contem tantos erros de roteiro q sinceramente acho q se fosse feito por fãs com canetas bic seriam melhores. Isso sem falar em DBGT q mostrou q os caras literalmente nem conheciam a história de DBZ (Gohan vira SSJ, Vegeta de bigode, etc)
Quem sabe comentar até os filme DBZ evolution, a maior bomba do cinema internacional.
Enfim, gostaria de mais artigos sobre Dragon ball! Abraços e boa sorte!