quarta-feira, 4 de maio de 2011

Mês de Cybertron - Heavy Metal War


É, eu sei. Prometi esse artigo pra ontem, bla-di-bla-di-bla! A essa altura, você já devia ter aprendido que não deve confiar nas promessas que faço quanto ao blog.

E pra quem é novo aqui, BEM VINDO!!! Já entrou aqui descobrindo meu hábito de pisar na bola, um começo promissor!!!

Enfim, aqui inicio meu mês de Cybertron, o tradicional momento do ano em que passarei trinta dias falando unicamente de Transformers, aquela maravilhosa franquia de brinquedos que há quase trinta anos cativa nossas imaginações e nos faz torrar verdadeiras fortunas em bonecos!!!

Não sei os demais colecionadores, mas volta e meia eu olho pras minhas figuras e penso "Mas que diabos de babaquice, quanto dinheiro eu joguei fora! Devia ter gasto tudo em Tylenol!"

Claro, me deixa ter grana na mão que a primeira coisa que eu vou fazer é comprar os bonecos do terceiro filme, o que prova que certas pessoas nunca aprendem.

Ma bene, vamos dar partida neste mês tão especial! E aqueles dentre vocês que não gostam de Transformers, por favor vão para outros sites e não me encham o saco. Sério, eu não dou a mínima pra opinião de vocês, não gastem o seu tempo e o meu com comentários do tipo "Esse é o pior mês que o Amer escreve, ablué-ablué-ablué!"

Não vou mudar toda a programação do mês só porque você acha que eu devia escrever sobre a Multi Culturalidade Paulistana, seu sacripanta bestial!!!

E vou começar com um dos episódios mais lembrados da série clássica: Heavy Metal War, que se não me engano, ficou conhecido aqui como "A Guerra dos Metaleiros"!

...

É muito menos legal do que parece.


E nossa história começa com Brian Dennehy e Tom Selleck trampando em uma obra, provavelmente uma das muitas maneiras que os dois encontraram de complementar a renda, sendo que não conseguem trabalho em nenhum filme decente desde 1989.


Aliás, olhando pro Tom Selleck, me vêm uma coisa a mente: bigode!

Que aconteceu com os bigodes? Eles foram o símbolo MÁXIMO de virilidade por mais de quatro décadas, o que diabos se passou no mundo que hoje em dia só peões de obra, caminhoneiros e jogadores profissionais de boliche os cultivam?

E mais ainda, quem é que se atreve a dizer que é um "jogador profissional de boliche?" Boliche lá é esporte? É o mesmo que o cara chamar pescador de atleta! Onde que passar três horas dormindo e esperando um peixe idiota morder a isca é esporte?

E como todos podem perceber, minha mente divaga incrivelmente quando começo a falar de Transformers.


Mas Dennehy e Selleck não estão trabalhando em uma obra qualquer, não senhor! Eles estão instalando uma... tralha... que de alguma forma recolhe a luz solar e de alguma forma a transforma em... outro tipo de energia, pronta para o consumo.


Pois é, peões de obra foram incumbidos de cuidar do invento científico que vai resolver a crise mundial de energia. Eu não sei, mas esse tipo de coisa não devia estar cercado de proteção militar e tudo mais? Digo, Brian Dennehy mal conseguiu lidar com o Rambo e Tom Selleck precisou da ajuda do Mahoney e do Malone pra cuidar de um bebê... acho que eles não são as pessoas mais indicadas pra proteger algo tão importante.


De repente... VEÍCULOS DE CONSTRUÇÃO VERDES APARECEM EM CENA!!!



E roubam a... tralha... conversora de energia!!! OOOOHHHHH, A INFÂMIA!!!



Brian Dennehy fica puto e se pergunta que diabos de esbórnia é essa, enquanto Tom Selleck observa com uma carranca tão majestosa que deixaria Robert DeNiro orgulhoso.


Bom, obviamente os veículos ladinos são Decepticons, mais precisamente os Constructicons, a classe operária dentre os vilões. E eles precisam da tralha geradora de energia porque o roteiro ped... hãããããã... para mais um plano maléfico.

E esta cena levanta muitas questões, por favor, raciocinem comigo.

A esta altura da série, já era um fato conhecido que dois exércitos de robôs gigantes que se transformavam em veículos estavam usando nosso planeta como campo de batalha, qualquer acontecimento estranho envolvendo carros, caminhões, aviões ou carrinhos de pipoqueiro deveria levar a conclusão óbvia de "ok, são os alienígenas." Como Brian Dennehy não somou dois e dois é algo que não me entra na cabeça.

Claro, Michael Bay destruiu uma cidade no fim do primeiro filme, explodiu Shangai no início do segundo e em seu mundo, tudo isso passou despercebido pela população. Mas é o Michael Bay, o que se vai fazer?

Outra coisa, veículos de construção VERDE FOSFORESCENTES??? Qual era o problema dos Decepticons? Eu consigo entender um caminhão vermelho e um fusquinha amarelo, mas um jato militar azulão não é a melhor maneira de permanecer oculto, Megatron era daltônico por acaso?

Se bem que Brian Dennehy, supostamente um operáriod e carreira, demorou pra sacar que havia algo errado com veículos de construção verde fosforescente. Pra que se preocupar com um disfarce adequado quando você está em um planeta de retardados?

E só pra comprovar que é um completo imbecil, Dennehy ordena a seus funcionários que ataquem os invasores.


Em represália, Mixmaster dispara um jato de ácido que se assemelha incrivelmente a um laser...



... e derrete um rolo compressor no processo, só pra mostrar o quanto é foda.

E pelos próximos dois anos e meio de série, Mixmaster JAMAIS usaria este ataque tão letal contra um dos Autobots. A religião dele deve proibir o uso de armas químicas em guerras.


Os Constructicons se transformam, Scrapper (o vocalista da banda) agarra Brian Dennehy, o chacoalha e o joga longe. Desnecessário, pois eu duvido muito que ele continuasse a briga ao descobrir que seu oponente é um robô gigante de cinco mil toneladas.


Mas pelo menos ele pode alegar que sofreu um "acidente de trabalho" e descolar uma indenização obscena. Não é todo dia que um veículo de construção espanca um operário.


Então, de posse da... tralha... os Constructicons voam em direção a...


...

ELES VOAM??? POR QUE XAVASCAS ROBÔS QUE VOAM SE TRANSFORMAM EM CAMINHÕES??? ISSO NÃO FAZ PORRA DE SENTIDO NENHUM!!!

POR QUE EU ESTOU GRITANDO E RALHANDO COM ESSE EPISÓDIO PELA TERCEIRA VEZ SEGUIDA??? QUAL É O MEU PROBLEMA???


Os Constructicons chegam a base e são saudados por Megatron e os demais. O chefe os parabeniza pela missão cumprida e os recompensa...



... com mais doze horas de trabalho seguidos.


Hmmm, parece muito com meu último emprego.


Megatron se gaba e conversa com Starscream (que mudou de cor, pois é mágico) sobre seu novo plano, que está a um passo de ser completado!


Starscream responde: "Que plano? Você mandou os Constructicons roubarem uma tralha tecnológica que você nem sabe pra que serve e os mandou construir alguma coisa com ela! Não tem plano nenhum, você só tá indo com a maré e torcendo pros seus improvisos funcionarem."


Megatron se irrita com o fato de Starscream o conhecer tão bem e encerra a discussão com o argumento: "Cale-se e trema diante de minha monocelha!"


Ao ver a nojeira capilar na cara de seu chefe, Starscream opta por ficar em silêncio.


Enquanto isso, é um belo dia na base Autobot. Optimus e seus soldados decidem aproveitar o sol como qualquer bom Texano o faria: COM ARMAS EM PUNHO!!!



Para a surpresa de todos, Megatron aparece voando casualmente sobre a base de seus inimigos, um péssimo curso de ação se me permitem dizer.


Digo, Bin Laden se escondeu em uma mansão e os Americanos levaram uma década pra matá-lo. Dada a incompetência natural dos Autobots, eles levariam pelo menos 57 anos para lembrar que estavam em guerra caso o vilão permanecesse em sua base.


Eis que Bumblebee toma a dianteira e dispara seu "gás vítreo" contra Megatron...



... que instantaneamente fica preso em uma bola de neve.

Aparentemente, vidro e neve são a mesma coisa. VIVA a ciência dos desenhos animados!!!


Bumblebee se transforma em Cliffjumper (porque ele também é mágico) e comemora o sucesso de seu ataque.


MAS MEGATRON NÃO PODE SER APRISIONADO!!! GRAAAAAARRRRR!!!


E legal ver que ficar preso em uma bolota de neve/vidro não fez com que a gravidade tivesse efeito sobre ele. VIVA A CIÊNCIA DOS DESENHOS mais uma vez!


Wheeljack então saca uma bazuca para alvejar Megatron em pleno ar...



... e ela explode bem na sua cara.


...

Não, sério! Como os Autobots planejavam vencer a guerra? Seu exército parecia composto unicamente de versões cibernéticas de Moe, Larry e Curly!


Megatron então diz que não deseja lutar, apenas conversar. Ele aterrisa e inicia um diálogo com Optimus, Ironhide e seus dublês, que não tinham saído de cena.


O vilão fala que está cansado da guerra e propoe uma solução de cavalheiros para Optimus, um grande duelo entre os líderes onde de acordo com a tradição de seu planeta, o perdedor seria forçado a se exilar nos confíns do universo com seus soldados.

Optimus, que é um camponês-nobre-de-puro-coração-que-vai-todos-os-dias-ao-bosque-para-recolher-lenha aceita e prepara-se para a peleja.


Megatron volta para casa e revela o plano que improvisou no caminho: ele pretende utilizar a máquina que os Constructicons montaram para absorver os poderes de todos os Decepticons e assim, ter uma vantagem imbecil na luta contra Optimus.



Starscream interrompe o discurso do chefe e avisa que de acordo com as leis de Cybertron, os lutadores devem utilizar apenas as suas próprias habilidades. Novas peças, poderes ou o truque de 30 vidas de Contra são proibidos no duelo.



Megatron apenas responde: "Cale-se e trema diante de meu capacete que de repente ficou duas vezes maior que o normal!!!"


Diante de tal réplica, Starscream ficou quieto e pensou que seria muito mais feliz se tivesse topado participar de Jem e As Hologramas.


Um a um, os Decepticons colocam suas "peças de poderes" dentro de uma bolota luminosa. De alguma forma, isso faz com que suas habilidades especiais...



... sejam transmitidas para Megatron via um efeito especial ruim dos anos 80.


Agora, o vilão possui a capacidade de teletransporte de Skywarp, o poder de causas estrondos sônicos de Thundercracker, a habilidade de Soundwave de distinguir Poison de Motley Crue e a técnica de Reflector de passar horas falando de Big Brother.

E assim fica claro porque Reflector foi limado da série na segunda temporada.


Como hoje foi possuido pelo espírito de Phoenix Wright, Starscream solta mais um OBJECTION e diz a Megatron que o computador dos Autobots pode detectar sua trapaça e que o melhor curso de ação é manter-se o mais longe possível da base inimiga.



Após ouvir isso, Megatron toma a decisão mais lógica: ordena aos Constructicons que cavem um túnel até desembocarem na nave Autobot e uma vez lá, destruam o computador deles.


Starscream aponta várias falhas no plano. Primeiro, é imbecil ordenar aos Constructicons que cavem até chegar ao lugar pois isso pode levar dias... a menos que sua base seja inexplicavelmente próxima a dos Autobots, o que indica uma decisão estratégica no mínimo falha de seu líder.

Segundo, os Autobots vão perceber que seu computador principal foi destruido e chegarão a conclusão óbvia de que Megatron não queria que eles descobrissem algo. O que manda por água abaixo o plano improvisado do líder Decepticon.

Starscream se prepara pra apontar ainda mais falhas...


... mas Megatron está ocupado demais olhando a própria mão pra escutar.


Só resta a Starscream esperar que Megatron tenha um ataque epilético com as luzes que está gerando e caia morto, deixando a vaga de chefe desimpedida para alguém um pouco menos incompetente.

Mas só um pouco, ou o desenho perde a graça.


Na base Autobot, Spike e Chip Chase perguntam a Optimus se ele realmente vai tomar parte no combate. Optimus diz que não tem escolha, que a honra e a justiça dependem de sua vitória e que se puder triunfar sobre Megatron, todos os sofrimentos da guerra se dissiparão.


Todos ficam tão atentos a seu discurso que ninguém repara que o rosto de Ironhide está aos poucos comendo seu capacete.


Os Autobots então partem em fila indiana para o combate. Se Optimus freasse de repente, veriamos uma das cenas mais hilárias de todos os tempos.



Finalmente, os Autobots chegam ao local da luta e Chip Chase, desnecessariamente exasperado, comenta sobre a platéia que já está no lugar.



Sim, de fato! Esse pessoal parece bastante barra pesada.



Chip puxa conversa com Ironhide e diz que o embate de Optimus e Megatron parece muito com as lutas de gladiadores da Roma Antiga. Ironhide responde que não faz a menor idéia do que ele está falando, que tem mais com que se preocupar do que as babaquices terráqueas.


Chip o corta e diz que não é o que parecia quando o pegou assistindo uma maratona de Jersey Shore. Ironhide lembra o garoto que da última vez que mencionou isso, ele sofreu um pequeno "acidente" numa escadaria e que é melhor ficar calado.


Do outro lado da arena, Soundwave ejeta Ravage...



... e prontamente lhe faz um cafuné, aaaawwwwnnnnnnn!!!


Que foi? Vilões também merecem ter gatinho!


Como bons competidores, Optimus e Megatron se cumprimentam no início da luta e o comandante Autobot não percebe nada de errado em seu oponente estar liberando eletricidade pela mão.



E a batalha começa, Megatron atira em Optimus...



... que bloqueia o disparo e ataca com um Big Bang Attack!!!



Spike, Sparkplug e Ironhide celebram o golpe de seu líder. Spike se empolga tanto de fato, que desloca a clavícula comemorando.


Chip Chase se mantém impassível, pois agora não consegue parar de reviver em sua mente o "acidente" que Ironhide mencionou.


Mas a alegria de Optimus dura pouco, pois Megatron o ataca com... um canhão que de repente brotou no lado direito de sua pança.


Numa boa Megatron, você devia ir num médico ver isso. Pode ser um tumor, sei lá.


Optimus leva o balaço no peito e não percebe nada de errado com a situação, apesar de NUNCA ter visto seu inimigo usar tal ataque cancerígeno ao longo de milhões de anos de guerra.



Logo, Megatron soca o chão e causa abalos sísmicos que criam uma vala.



E mais uma vez, Optimus não vê nada de errado com isso.



Após levar dois golpes sem a menor chance de defesa, Optimus abandona a pouca dignidade que lhe resta e como macaco em desenho da Hannah Barbera, arremessa uma rocha contra Megatron...



... que não se impressiona nem um pouco...



... teleporta-se para trás de seu inimigo...



... e o derruba com um tiro na bunda.



O dublê de Starscream comenta que Megatron está fazendo excelente uso dos poderes de seus soldados, inclusive daqueles que nunca apareceram na série e que jamais voltariam a ser mencionados.


Starscream apenas olha pensativo, se perguntando por que o diretor deste episódio não manda os dublês sairem de cena na hora de filmar.


Enquanto isso, os Constructicons continuam cavando.


Como fazem pra saber que estão na direção certa e não vão parar em Piracicaba, jamais saberei.


De volta a batalha, Optimus tenta derrotar Megatron com um boquete cibernético.


O que ele planejava com isso? Deixa Megatron tão desconfortável que o vilão desistiria da luta? Mais ainda, Optimus não tem boca, como ele pretendia consumar o ataque? Cacete, não planeja nada, só falta entregar a Matriz da Liderança pro Ultra Magnus quando mor... oh...

...

...

...

Ah bem, vamos em frente.


Como não é homofóbico, Megatron não se abala com o ataque oral que recebe. Ele apenas joga Optimus longe e acerta mais um tiro em sua bunda.



Os humanos ficam tão chocados ao presenciarem a repetida violação anal de seu herói, que seus queixos despencam.


Eles ficam tão boquiabertos de fato, que podemos ver que todos decidiram usar aquelas dentaduras de Drácula que compramos em lojas de 1 Reau... ou precisam visitar um dentista urgentemente.


Derrubado, humilhado e com uma hemorróida incrivelmente dolorida, Optimus entrega a vitória a Megatron.



E os demais Autobots ficam todos: "O QUE???", "MACOMO!!!", "COMO É QUE PODE UMA PORRA DESSA???"


Mas por mais eloquentes que sejam, não resta escolha exceto... O EXÍLIO. Todos se transformam e decidem voltar pra casa para reservarem passagens aéreas para a Bélgica.


Como a hemorróida de Optimus está o matando, Huffer, um Autobot de segunda categoria que se transforma no caminhão mais medíocre do mundo se oferece para carregar a carreta do chefe até a base.


Optimus agradece e se manda. É quando Huffer percebe que o trailer é DEZ VEZES maior que ele e aprende que é bom sempre lembrar da falta total de proporção dem Transformers antes de se oferecer pra carregar algo.


Do outro lado do país, os Constructicons finalmente chegam a base Autobot. Claro, eles fizeram um buraco no chão, mas Scrapper tomou o cuidado de trazer o tapetinho do seu banheiro para cobri-lo quando fossem embora.


Por isso que ele é o chefe do grupo.


Logo, eles se concentram em sua missão. Infelizmente, os Constructicons não fazem a menor idéia de com que deve se parecer um computador e decidem explodir um pirulito radioativo que foi deixado no meio sala.


Hey, é parecido o suficiente com um computador, não?

Então, sem nenhum aviso...


... OS DINOBOTS ATACAM!!!!!!


Pra colocar em perspectiva, imagine que você é um ladrão de calcinhas e entrou sorrateiramente na casa da Grazi Massafera na esperança de roubar alguma lingerie que ela tenha usado na noite anterior. Você acende a luz e é quando dá de cara com Sylvester Stallone, Arnold Schwarznegger, Bruce Willis, Steven Seagal e Danny Trejo.

É mais ou menos isso.

E só pra mostrarem que não estão brincando...


... os Dinobots explodem a lateral da montanha!


Não sério, OLHA O TAMANHO DESSE BURACO!!! Compara com a nave Autobot no canto direito da imagem! Pelo amor de Derrick J. Wyatt, os Dinobots são completos Joselitos!!!

E pior ainda, agora os Autobots tem uma entrada permanentemente aberta pra sua base. Não só é um convite a ataques Decepticons, como eles nunca mais serão deixados em paz por vendedores de seguro ou Testemunhas de Jeová.


Eis que os Constructicons unem-se e formam o Devastador... pela primeira vez na série. Isso fez milhares de crianças terem ataques histéricos e aporrinharem seus pais para que eles comprassem os cinco Constructicons que faltavam.


Acredito que 90% das crianças ganhou a coleção incompleta dos Constructicons ("Você já tem brinquedos demais, nem adianta chorar") e tinham de se conformar com um Devastador aleijado, que não podia fazer muito no campo de batalha. Os 10% restantes ganharam a coleção toda mas quebraram um dos bonecos ao tirá-lo da embalagem, o que as obrigou a usar um Devastador aleijado de qualquer forma.

É duro ser criança.


Os Dinobots então se transformam e preparam-se para a treta. Podemos observar que os Dinobots ainda estavam em fase de construção, uma vez que Grimlock tinha fantoches de meias como braços.



Os demais Autobots retornam da luta e Spike é o primeiro a notar que há algo estranho acontecendo perto da base.



Optimus ignora o fato de que um Decepticon de cinco andares de altura está lutando com seus dinossauros de estimação e mantém que é preciso arrumar as malas e partir. Sua honra exige isso.



Eu não teria dito melhor, Picard.



Em casa, Wheeljack e Ratchet consertam Optimus aplicando massagens sensuais em seu torax... algo em que o médico Autobot já tem alguma experiência.



De repente, o computador da base começa a gritar "PERIGO WILL ROBINSON, PERIGO!!!" e todos voltam-se para ele. Como Megatron é um gênio brilhante, ele seguiu os Autobots até em casa, o que permitiu aos sensores da nave detectarem sua trapaça.



Optimus fica mais puto que o Mazzaropi e declara aberta a temporada de caça aos Decepticons.


Há tanta alegria que a boca de Jazz some e seus braços ficam mais curtos de repente.


Lá fora, Megatron se gaba da vitória e diz que assim que os Autobots forem embora, ele vai abandonar a dieta e se entupir de MacNuggets. Antes que Starscream possa explicar que para isso é necessário um sistema digestivo, os Decepticons são surpreendidos por...



... HULK HOGAN!!!!!


MAH GAWD!!! HOGAN ESTÁ AQUI E VAI MOSTRAR A ESSES ESTRANGEIROS MALUCOS UM POUCO DA BOA E VELHA JUSTIÇA AMERICANA!!! U.S.A!!! U.S.A!!! U.S.A!!!

Optimus decide aproveitar que os Decepticons estão chocados demais com o brilho laranja quase radioativo da pele de Hogan e nocauteia o Devastador.

Como, você pergunta?


Com um tiro no saco.



Nunca falha.



Indispostos a serem vítimas de mais uma circuncisão involuntária, os Constructicons optam por um suicídio rápido e se jogam em um abismo convenientemente próximo.



LAVA!!!!!!!


Eu queria ter algo inteligente pra dizer aqui, mas LAVA foi a única coisa que me ocorreu.


Com armas em riste, os Autobots começam a mandar chumbo grosso nos Decepticons...


... que caem todos na lava também.


Desfecho interessante, considerando que ABSOLUTAMENTE TODOS OS DECEPTICONS podem voar.


Os Autobots se posicionam dramaticamente a beira do precipício e não sofrem absolutamente nada com o calor, o que comprova a teoria de Super Mario que lava só é perigosa se você tocar nela.

É neste momento que Optimus fica inspirado e inicia um solilóquio:

"E então, nossa milenar guerra contra os Decepticons se encerrou. Toda a dor e devastação do passado, finalizada em uma única troca de tiros. Agora devemos aproveitar a paz vindoura e estreitar os laços de amizade com nossos novos aliados, os humanos. Eu sou Optimus Prime e deixo esta mensagem para as futuras gerações, para que aprendam com nossa história e não cometam os erros de nosso passado..."

Chip Chase vira-se para ele pergunta com quem diabos Optimus está falando. Prime responde apenas: "Com o Moe..."

Senilidades de Optimus a parte, seria este o fim da guerra civil dos Transformers?


NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!


Nota do Amer: Bom... é melhor que B.O.T.

E aqui vai um pouco de trivia, este episódio foi originalmente planejado como o último da série. Até então, os produtores não sabiam se Transformers daria certo e deixaram o final em aberto, caso não conseguissem renovar o contrato para a segunda temporada.

Felizmente para eles, Transformers foi um mega sucesso. Crianças pelo mundo inteiro estavam segurando a respiração até ficarem roxas pra ganharem os brinquedos e cancelar a série teria sido uma decisão inacreditavelmente burra por parte da Hasbro.

Mas por hoje é só. Voltarei em breve com um mais um FANTÁSTICO episódio de Transformers.

*Ironia Off*

Cheers!!!

31 comentários:

Hikaruon Dekabase disse...

Aew Hammer, só acho que saiu do Megatron não acho que seja um tumor, mas na verdade é.....um.....deixa pra lá....

Kaum disse...

Seus textos de análise de episódios/filmes são os mais engraçados.

Ainda estou me recuperando do ataque de risadas que eu tive.

É incrível o nível da qualidade dos episódios de Transformers!
Se os brinquedos deles não fossem tão bacanas todos os envolvidos neles iriam ser exilados do mundo..

Lucita disse...

Bom, eu não sei quase nada sobre Transformers, mas ri for the win e até me engasguei com a água....sou normal?

Eddie disse...

"Enfim, aqui inicio meu mês de Cybertron, o tradicional momento do ano em que passarei trinta dias falando unicamente de Transformers, aquela maravilhosa franquia de brinquedos que há quase trinta anos cativa nossas imaginações e nos faz torrar verdadeiras fortunas em bonecos!!!"

Pois é cara, o novo Masterpiece(MP-10) vem aí custando U$ 250,00!

E ri muito com o "ataque oral" e os tiros na bunda! =D

Abração Amer!

Adelheid K. disse...

HOORAY!!! eu estava esperando um artigo novo faz tempo!

esse artigo ficou hilário, a parte do "boquete cibernético" me fez escangalhar de rir xD

Raven disse...

Oi, Amer!!

Adoro o mês do Cybertron, porque você fica mais inspirado que o normal para escrever e nos dá de presente pérolas hilárias! Estou passando mal de rir, aqui!

Não se sinta estranho, eu também tenho o péssimo hábito de tentar achar sentido em enredos de desenhos animados.

Ok, mas... cadê os Metaleiros??? XD

Beijocas e obrigada pela diversão!

Pedro "Hypérion" disse...

MWAHAHAHA, ri demais kra, tava com saudades dos seus textos, sempre riu (estranho essa palavra ...) demais com seus textos. Suas devagaçoes no meio do texto tb sao exekente, poste mais vazes blz? ^^

Avalanche(Lance) disse...

ahahahah valeu Amer \o/

Rodrigo disse...

MELHOR MÊS TEMATICO DE TODOS! Acho que perceberamq ue eu adoro Transformers... Valeu Amer!

Black Barth disse...

Aeee!!! Mais um Mês de Cybertron!!! Acho que é um dos seus melhores meses onde vc escreve os mais engraçados e empolgados artigos :D

Mais o mais engraçado ainda foi o do rei arthur...

Isa disse...

"Starscream apenas olha pensativo, se perguntando por que o diretor deste episódio não manda os dublês sairem de cena na hora de filmar."
pois é, continuidade devia ser um luxo para a época...

Sempre rio muito com esses artigos, mesmo não sendo fã de transformers.Valew Amer!

Pedro Braga disse...

Aê Ammer! Você fez eu ficar viciado em transformers a um tempo e quando soube desse novo mês de Cybertron praticamente tiver Orgasmos.

É isso ai,
Há braços.

lilycarroll disse...

Uia, eu estava crente que não veria o Mês Cybertron antes da estreia do 3º filme!Vamos ter somente resenhas ou vc vai comentar sobre TF:Prime, Animated e trivias dos personagens no geral?

Heavy Metal War é um dos meus favoritos. Starscream sendo um mala apontando os erros dos planos, Soundwave fazendo cafune no Ravage, Wheeljack explodindo , Dinobots mostrando quem manda e agora ataques orais e anais!Valeu Amer!


(E não me lembre do preço dos bonecos...foi só eu ganhar um troquinho que comprei dois novos bebes para a coleção ...)

Caio Catarino disse...

Uau, já imaginaram se Transformers tivesse realmente acabado nesse episódio? O mundo seria um lugar completamente diferente!

E talvez os DinoRiders (http://www.youtube.com/watch?v=tpuhLkh358Y) tivessem seu próprio filme com dinossauros em cg...

Anyway, ótimo review. E que venham os demais posts do melhor mês do blog /o/

Lord Anderson disse...

Opa, finalmente mais Transformes.

Tava demorando, rs

Eu lembro desse episodio muito bem. O achava foda pela luta, ainda mais com a aparição do Devastador.

Muitooo foda.

E que venha mais um mês Cybertronico.

Matthew disse...

Permita-me rir disso:

"Os Autobots então partem em fila indiana para o combate. Se Optimus freasse de repente, veriamos uma das cenas mais hilárias de todos os tempos."

Puta que pariu. UHAUSHAUASHASUASA

OK,eu digo de antemão que eu não era nascido quando passava esse desenho, meu pai que comentava da existência dele enquanto eu via Beast Wars e eu simplesmente não aceitava o fato de que o Optimus PrimAL não fosse um gorilão e o Megatron Predacon não fosse um predacon nem virasse um tiranossauro/dragão na versão original.
...Ele virava um dragão mesmo ou isso era só em Beast Machines, que não conta? D:

De qualquer forma...Eu simplesmente não consigo acreditar que esses episódios sejam reais.

Sério. Tem que ser mentira uma porra dessas. É a prova máxima que é só botar robôs se explodindo que já é o suficiente pra meninada...

U DOR disse...

Aeee! Artigo no meu aniversário! Eu adoro ver os seus reviews. São os melhores.

Vicente Cardoso disse...

Não sei o que foi mais hilário: os dublês roberts, a fila indiana que poderia acabar com uma simples freada, os "planos" improvisados do Megatron ou a contínua violação anal do Prime. Só sei que não conseguia parar de rir do início ao fim da resenha! YOU'RE AWESOME, Amer! Continue assim!!! :D

Lord Anderson disse...

Aliais.

O Lider Optimus tinha esse poder especial de desmontar o Devastador com um unico tiro.

Aconteceu em outros episodios tb.

E uma duvida, os Constructicons eram Cybertronianos mesmo ou foram montados na Terra?

Se vieram na Nemesis onde porra eles estiveram todos os episodios anteriores???

Amer H disse...

Então Lord, esse é um ponto de discussão "séria" (pffffft) entre os fãs da franquia.

Nesse episódio, Megatron diz que eles foram construidos na Terra, mas em um episódio futuro (não lembro se da primeira ou segunda temporada) vemos que os Constructicons já existiam em Cybertron e foram ELES que construiram Megatron.

Na dúvida, faça como eu: ignore tudo isso, coma um burrito e seja feliz.

Makoto Bakura disse...

Vai ver eles tiveram que ser desmontados pra virem até a Terra...

Assim, Megatron estaria certo ao dizer que eles foram construídos na Terra e também poderiam ter feito Cybertron

Ou as peças deles enferrujaram na viagem e precisaram ser trocadas quando chegaram na Terra

Caetano disse...

o desenho realmente é mais tosco do que eu imaginava.
ri com o artigo até não poder mais; congratulações, Amer.
xD
tem pra baixar em algum canto?

Lord Anderson disse...

Verdade Amer.

Acabo de lembrar que teve um episodio em que o Omega Supreme conta sua historia ao Optimus e diz que os Constructicons em amigos que depois foram capturados e reprogramados por Megatron.

Só para deixar a coisa mais insana...

Nappa_ disse...

Caramba, percebeu que na imagem que os robôs voam roubando a tralha, os operários são um exército de clones de Brian Dennehy.

Enfim, bom artigo, estarei acompanhando também este mês.

Dan disse...

Ai pessoal beleza? Caramba Amer vc demora, mas quando finalmente escreve um artigo... manda ver...
Gostei, e me lembro deste episodio, pro Megatron vencer o Optimus só com trapaça, lutando mais dois capangas como no TF 2, ou se alguem atrapalhar o Optimus...
Amer sou muito seu fã, e tambem crio historias em quadrinhos, vc me motivou a criar meu primeiro blog, e portanto gostaria de te convidar a dá uma lida, e prestar sua opinião. O mesmo vale para todos os amigos aqui presentes. Valeu Amer! Não pare de escrever artigos, pois eles divertem agente pra caramba. Um abraço

Dan disse...

Ah! o meu blog é:
www.oanjodasruas.blogspot.com
visitem lá pessoal! Estão todos convidados! Um grande abraço e um bom fim de semana pra todos!!!

nicholas disse...

nessas horas que vejo que fiz muita cagada quando criança, serio, tinha uns 5 anos e ganhei os 6 constructicons, tinha o devastator coprtissimo para montar, mas como era um encapetado desgraçado na época, quebrei os 6 e perdi as peças do devastator, hoje tenho eles em algum estado de vida que lhes restou , não acredito que era tão dificil ter os 6 constructicons, como fan de transformers, isso me deixa em um estado de arrependimento profundo até hoje

BrunoCaesarBC3 disse...

Caraca Amer , eu ri muito com esse post. Principalmente com a parte do HOOOOOOOOOOGAN

Phinderblast disse...

Tremei diante de minha monocelha!

Bruno disse...

Lembro que assisti esse episódio a muuuuito tempo, e não lembrava quase nada dele. Valew por refrescar nossas memórias, Amer!!
Cara, tenho um blog sobre cinema bastante inspirado no seu (sei que já ouviu isso antes), quando puder dá uma passada lá! Abraços

http://analisedecena.blogspot.com/

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

É neste momento que Optimus fica inspirado e inicia um solilóquio:

"E então, nossa milenar guerra contra os Decepticons se encerrou. Toda a dor e devastação do passado, finalizada em uma única troca de tiros. Agora devemos aproveitar a paz vindoura e estreitar os laços de amizade com nossos novos aliados, os humanos. Eu sou Optimus Prime e deixo esta mensagem para as futuras gerações, para que aprendam com nossa história e não cometam os erros de nosso passado..."

Chip Chase vira-se para ele pergunta com quem diabos Optimus está falando. Prime responde apenas: RONALDO!!


faria muito sentido, se me perguntassem.