segunda-feira, 19 de abril de 2010

Mês de Cybertron - A Decepticon Raider in King Arthur's Court


E cá estamos nós, dando prosseguimento ao Mês de Cybertron.

Hoje mostrarei a vocês mais um dos episódios idiotas da série clássica, desta vez, mostrando as desventuras temporais de nossos robôs favoritos.

Sim, porque na década de 1980, todo mundo viajava no tempo, mais dia menos dia. Marty McFly fez isso, aqueles dois idiotas de Voyagers faziam isso toda semana, até Bill e Ted atravessaram as eras.

Assim sendo, Starscream e mais alguns colegas viajam para a época que inspirou o melhor dentre todos os filmes de Monthy Python... com resultados questionáveis.

Mas chega de delongas, vamos ao episódio de hoje.

Vinde, Percy.


Nossa história começa em um morro onde os Decepticons estão parados, por nenhum motivo em especial, quando de repente são atacados pelos Autobots.

Se vocês bem se lembram, no episódio que discuti no artigo passado, a história também começa com Decepticons sendo atacados por nenhum motivo aparente por seus inimigos.

Não sei vocês, mas tou começando a achar os Autobots um bando de cuzões.

Ramjet (o robô com cabeça de pinto) decide contra atacar seus oponentes, transforma-se em jato e colide diretamente contra um deles...



... que no caso, seria Warpath, um tanque de guerra.

Logicamente, ele não planejou isso muito bem, colidir de cabeça contra um tanque nunca é uma boa idéia, não importa o que seus pais digam.

Aliás, ele é um jato! Por que picas não sobrevoou seu oponente e o bombardeou?

Resposta: porque isso faria sentido e estamos falando de Transformers.



Ignorando todas as leis da física, Ramjet é arremessado a um quilômetro de distância e derruba seus colegas de trabalho do morro.

Os Decepticons percebem que estão em desvantagem, principalmente por estarem em um desenho para televisão dos anos 80, lugar onde os heróis nunca perdem. Desta forma, decideem que o melhor curso de ação é fugir.

Eles iriam a desforra no longa metragem, então tudo bem.



Rumble encontra algumas ruinas e os vilões decidem se esconder alí.



Graças as sempre presentes (em Transformers) leis da conveniência universal, há um maquinário estranho dentro das ruínas.

Poderiamos nos indagar sobre o que ele faz, exceto que o título do episódio já estragou qualquer surpresa que poderiamos ter sobre seu enredo. Valeu, heim!

Se bem que esta não é uma falha exclusiva de Transformers, Dragon Ball Z (e praticamente qualquer outro Anime) faz a mesma coisa.

Quem pode se esquecer do episódio batizado simplesmente de "Freeza morre"?

Pois é.



Sem medo, Starscream começa a cutucar o negócio.

Aliás, esta não foi a única vez que Starscream mergulhou de cabeça em um artefato desconhecido na esperança de ganhar poder com ele, o que demonstra que ele tem o discernimento e o bom senso de uma criança que brinca na frente da turbina de um avião.

Ele também tem muita sorte, porque nunca morreu em todas as vezes que fez isso... não que a morte fosse servir de alguma coisa, pois Starscream é imortal.

Pois é... ele é um robô gigante que se transforma em jato e que ainda por cima é imortal.

TOMA ESSA, DUNCAN MCCLOUD!!!



O artefato estranho começa a soltar um raio, o que pode significar que Starscream sem querer evocou Gozer. Os outros Decepticons dizem "Droga, Ray" e vão até o lado de fora para ver se tem alguma opção que não envolva cruzar seus raios.



Enfim, nada de grandioso acontece. Não há Stay Puft, tampouco Sigourney Weaver e os Decepticons não sabem onde porras estão.

Ramjet sugere que talvez estejam em Hill Valley em 1955, enquanto Rumble assegura que eles não estão mais no Kansas.

Uma coisa é certa, não há Autobots atirando gratuitamente neles. Seja lá onde estiverem, isso já é um progresso, não?



Como robôs gigantes saindo de uma caverna são algo que chamaria a atenção em qualquer lugar do mundo, logo eles são avistados por uma morena com expressão abobada que estava escondida nos arbustos.

O que ela estava fazendo enfiada em arbustos no meio do nada?

Isso eu deixo para os autores de Hentai responderem.



Como eu disse, robôs gigantes no meio do nada chamam muita atenção e logo dois cavaleiros aparecem do nada e resolvem interrogar os fanfarrões de metal.

E logo os sujeitos estão a falar igual ao Thor, com coisas tipo "Quem sois vós?" e "Vós sois eréis!" ou "Bravatas da supercápsula, tu sois eréis!" e outros diálogos que seriam tremendamente apropriados no gibi do Groo.



Mas Starscream derruba um dos cavaleiros com uma patada, demonstrando que não gosta de Sérgio Aragonés.

Entendo ele, prefiro muito mais o Don Martin.

E é impressionante que um humano levou um tapa com toda a força de um robô de quatro mil toneladas e não sofreu inúmeras fraturas. As pessoas no passado eram bem mais fortes que hoje.



Ramjet não quer ficar atrás de Starscream e derruba um cavaleiro na cabeçada, porque bem... ele gosta de cabecear as coisas, como já deve ter ficado claro.

Aliás, uso um GIF animado desta cena como meu avatar no MSN. Quem já viu agora sabe de onde ela veio.



O cavaleiro (que doravante chamarei de "Sir Madruga") começa a falar "vós sois eréis" novamente para Starscream, que finalmente percebe que seus oponentes são humanos.

Sim, até alguns momentos atrás, ele pensava estar lutando contra Autobots.

Pois é, ele já enfrenta seus oponentes robóticos há milhões de anos e mesmo assim, não consegue distinguir um humano deles por causa de ums simples armadura.

Aliás, anntes da guerra começar, Starscream era um cientista especialmente talentosos e brilhante.

...

Deve ser muito fácil entrar em uma faculdade em Cybertron.



Enfim, Sir Madruga faz amizade com os Decepticons porque de outra forma, não haveria episódio. Starscream e seus colegas prometem que o ajudarão a lutar contra o reino rival e conseguir a vítória.



Enquanto isso, a morena da cena anterior AINDA (Viu só, JVC? Pense nas possibilidades, NAS POSSIBILIDADES. E coloque a Elise junto pra todos ficarmos felizes) e ouve todo o plano dos Decepticons e de Sir Madruga.

Novamente, as leis da conveniência universal em Transformers se fazem valer e acontece que a moça é filha do reino que está em guerra com Sir Madruga.

Ela decide fugir e avisar ao pai, certa de que ele irá criar um plano que possa neutralizar a nova ameaça.

A princesa acha que um homem nascido em uma época onde não existia sequer penicilina poderá derrotar robôs gigantes do espaço? Ou esta menina tem muita fé no pai, ou ela é filha de Sir Jack Bauer.



Em sua fuga, ela pisa em um graveto...



... o que chama atenção de Ravage, que prontamente corre em direção a menina para transformá-la em sarapatel.

Mas é impressionante, sempre que um personagem precisa fugir ou avançar sem chamar atenção, o filho da puta me pisa em um graveto. Até o Han Solo pisou em um graveto quando estava na floresta de Endor e queria pegar um Storm Trooper de surpresa.

Que merda, essas pessoas são autistas? Não olham pro chão enquanto andam? Devem pisar em toda bosta de cachorro (ou nesta época, de cavalo) que aparece pelo caminho, não é possível!



Os outros Decepticons resolvem ajudar Ravage, mas Starscream diz "foda-se ele, eu tenho grandes planos!"

Basicamente, ele diz que já que estão no ano de 543 D.C, podem aproveitar e dominar a Terra eles mesmos, sem o Megatron para encher o saco. Ele ainda diz que tem pelo menos 1451 anos para fazer isso, antes que os demais Transformers despertem no futuro.

Exceto que... suas contas estão erradas. Os Transformers despertam em 1984 e pelos seus cálculos, isso só aconteceria em 1994... como um robô ultra avançado do espaço sideral é incapaz de fazer uma simples conta matemática está além de minha compreensão.

Aliás, como eu já disse antes... ele era um cientista em seu planeta natal.

Pois é, com mão de obra qualificada como Starscream, não é de se espantar que a civilização Cybertroniana tenha descambado para a guerra civil.



A princesa esbarra em Spike, que simplesmente surgiu do nada.



Com ele, vieram Hoist e Warpath, únicos Autobots presentes neste episódio.

Creio que fizeram isso porque seus brinquedos não estavam vendendo nada, e colocar um robô na época do Rei Arthur com certeza alavancaria suas vendas.

Sim, claro. Por que não?

A mera presença dos Autobots faz com que Ravage desapareça da cena, ou isso, ou o responsável pela continuidade do episódio não estava prestando muita atenção.

Falando em continuidade, Spike REALMENTE apareceu do nada, pois embora seja compreensível que os Autobots tenham voltado no tempo da mesma forma que os Decepticons, o garoto em momento algum apareceu com seus amigos robóticos enquanto eles estavam no presente.

Deduzo que novamente o responsável pela continuidade estava em coma no momento que viu esta cena. Outra explicação é a de que Spike apareceu de repente quando os Autobots preparavam-se para viajar no tempo e decidiu acompanhá-los, porque era um Sábado e ele não tinha nada melhor pra fazer.

E sabe qual a pior parte? Mesmo com estas crateras no roteiro (que irão piorar ainda mais), este episódio ainda é MUITO MELHOR que Revenge of the Fallen.

Maldito Michael Bay!



Enfim, Spike logo percebe que a moça é uma princesa e beija sua mão.

...

Não, não foi um ato cavalheiresco. Ele percebeu que as melhores opções românticas da moça são cavaleiros que morrerão nas Cruzadas, ou camponeses que morrerão por causa da Peste, e com concorrência assim, até ele pode faturar um pedaço de torta.

Você sabe... torta... tão cremosa e úmida e capaz de causar tanta alegria em um homem... TOOOOOOORTA.

E mostrando o que aprendeu assistindo aos filmes do Michael Bay...



... Spike enfia sua nova amiga dentro de Hoist.

A cena muda antes que algo mais aconteça, mas tenho certeza que ele deu uns malhos alí mesmo com a moça. De acordo com Michael Bay, garotas adoram dar amassos dentro (ou sobre) carros que são na verdade robôs inteligentes de outra galáxia.

De facto, passarei a chamar esta morena cheia de saliência de Lady Megan Fox. Me parece apropriado.

Spike e os Autobots então partem para...



CAMELOT!

Camelot...

Camelot...

"É uma maquete!"

"Shhhhhhhhhiu!"



Na verdade não é Camelot, pois Camelot é um lugar idiota. Estas são as terras do pai de Lady Megan Fox, o Sir Príncipe Adam de Barba.

Como é um grande pai que deposita total confiança em sua filhota, Sir Príncipe Adam de Barba aceita sem problemas a aliança com robôs gigantes e transformistas vindos sabe-se lá de onde.

Hoist pergunta a Sir Príncipe Adam de Barba qual o motivo de sua rusga com Sir Madruga? Com certeza é um motivo nobre como a diminuição de impostos ou abolir a escravidão, correto?



Errado. Eles estão brigando por causa de vacas.

Aparentemente, as vacas de Sir Madruga entraram no terreno de Sir Príncipe Adam de Barba e causaram alguns estragos. Sempre um diplomata, Sir Príncipe Adam de Barba manteve as ruminantes como reféns até que Sir Madruga pague integralmente por tudo que elas comeram ou estragaram com suas cagadas.

Assim, ambos estão em guerra e provavelmente já gastaram muito mais e desperdiçaram mais vidas do que se um deles aceitasse pagar pelos estragos.

Boa, rapazes!



Spike decide ajudar Sir Príncipe Adam de Barba (meu Deus, vou enlouquecer até o fim do texto de tanto escrever esse nome) e para provar sua convicção, veste uma armadura e prepara-se para batalha.

A armadura mais mal planejada de toda a Inglaterra, diga-se de passagem, pois sua virilha está praticamente desprotegida, um golpe bem aplicado e toda a linhagem de Spike estará acabada.



Hoist percebe que armaduras do passado são uma merda e forja uma em meio segundo usando uma chapa de aço, o canhão em seu braço direito e as mágica da conveniência de Transformers, ao qual já estamos todos acostumados a esta altura do campeonato.

Aliás, a armadura está molhada de água (antes que vocês pensem besteira). Hoist não daria uma vestimenta de metal incandescente para seu amigo vestir, por mais hilário que isso pudesse ser.



Como Spike tem menos coordenação motora que um anão cheio de anfetaminas, ele cai de bunda com o peso da armadura.

Lady Megan Fox, saliente como sempre, vai até Spike e diz que ele é o herói por quem esteve esperando e que se salvar o reino de seu pai, irá limpar sua lança com a língua e deixará que ele espete um bom pedaço de torta nela.

E de repente, ouvimos um som de "DING" vindo da cueca metálica do Spike.



Então Hoist e Sir Príncipe Adam de Barba olham um pro outro e dizem "YEAH!!! McLOVIN!!! É ISSO AÍ!!!"

Queria ter amigos robôs que vibram assim quando eu faturo as gatinhas...

...

Queria é faturar alguma gatinha... aí eu não passaria meus Domingos falando de robôs gigantes vindos de desenhos com mais de duas décadas de idade.

...

Ai, que solidão...

Vamos em frente.



Os Autobots decidem que é melhor Spike treinar, pois mesmo sendo um Engenheiro que trabalha em uma plataforma petrolífera (o que automaticamente o torna muito mais durão que qualquer um de nós), ele nunca participou de um duelo medieval antes.

Hoist usa seu guindaste para colocar o menino sobre um cavalo. Se ele não consegue nem subir em sua montaria sozinho, tenho sérias dúvidas sobre sua capacidade para participar de um duelo.



E Warpath entrega a Spike sua lança, pois aparentemente, ele não consegue segurar uma enquanto é erguido em um gindaste.

O reino de Sir Príncipe Adam de Barba está fodido.



Seu rival de treino será Sir Gema de Ovo.



Spike avança furiosamente, pela honra, pela justiça, pela lealdade e pelo direito de arrancar as calcinhas de Lady Megan Fox com os dentes.

Pobre e tolo Spike, tenho certeza que ela não usa calcinhas.



No fim das contas, não importa, pois ele é derrotado de forma humilhante e perde todas as chances de provar a torta real de Lady Megan Fox.

Aliás, Spike se esqueceu totalmente que tem uma namorada (universitária e mais velha, yeah baby) no presente. O que demonstra que ele não aprendeu nada sobre honra ou lealdade com o Optimus.

E não me venha com o papo de "Transformers não entendem o conceito da fidelidade conjugal" pois tenho certeza de que Optimus nunca traiu sua namorada.

Sim, Optimus tem uma namorada, ela se chama Elita-1.

...

Que solidão avassaladora, meu Deus...



Enfim, Sir Madruga aparece e desafia Sir Príncipe Adam de Barba para um duelo. O tolo aceita sem verificar quem será seu oponente.



Logo ele descobre que serão Ramjet e Rumble. Sir Príncipe Adam de Barba então aprende uma valiosa lição sobre se informar melhor antes de aceitar duelos ou fazer negociações.



A platéia fica surpresa e estupefata, mas não fala nada. Não é todo dia que vemos um nobre ser trucidado por um robô do futuro, então por que não aproveitar a chance?

Aliás, como podem ver, um dos membros da platéia roubou as roupas do Hank, da Caverna do Dragão e as está usando. Podemos perceber que em sua pressa, ele esqueceu de pegar as calças do rapaz.

Provavelmente, ele aproveitou enquanto Hank fornicava com a Sheila (claro, a Diana era do Presto) e roubou suas vestes. Assim que o rapaz percebeu a ladroagem, o gatuno se mandou, pois não é sábio enfrentar a fúria de um sujeito com um arco e flecha de energia que teve seu coito com uma ruiva interrompido.

Mas bem, onde eu estava?



Rumble monta em Ramjet...



... e Sir Príncipe Adam de Barba monta em Warpath.



Ramjet mostra que não aprendeu nada com a cena de abertura do episódio e mais uma vez bate de cara com Warpath. O resultado é bem aquilo que esperamos.



Lady Megan Fox fica toda feliz e cheia de saliência ao ver que seu pai venceu o representante de Sir Madruga. Ela não percebe no entanto que não poderá fornicar selvagemente com o vitorioso, como planejava.

Ou... será que pode? É a Inglaterra medieval... nunca se sabe.



De saco cheio de seguir as regras, Starscream sequstra Lady Megan Fox e exige que Sir Príncipe Adam de Barba lhe entregue todas as suas terras, ou sua filha será currada por dez homens e o Adam Sandler.

E aliás, é o cano do canhão de Warpath que aparece na imagem acima. Sir Príncipe Adam de Barba não ficou excitado ao ver sua única filha sendo manuseada como uma boneca Barbie por um robô gigante.

Ou... será que ficou? É a Inglaterra Medieval... nunca se sabe.



Hoist e Warpath nada fazem, exceto dizer "caraio, precisamos de um plano!" e nem percebem a coruja que os observa.



Coruja que pertence a um mago porque afinal de contas, é a Inglaterra Medieval. Sempre tem um desses por lá.

O mago fica muito interessado em saber da presença de robôs gigantes ajudando dois senhores feudais babacas e desocupados a prosseguirem com suas brigas e decide ir até o local dos conflitos para ver o que pode fazer.

Aliás, chamarei o mago de Dumbledalf daqui para frente.



Na fortaleza de Sir Madruga, Rumble tranca Lady Megan Fox na torre. Com certeza porque odiou Garota Infernal.

Ele não foi o único, garanto.



Sir Madruga acha isto abominável e acredita que Rumble deveria ao menos assistir Jonah Hex antes de condenar Lady Megan Fox a uma vida inteira presa em uma torre sendo parceira sexual de Adam Sandler.

Starscream aparece do nada, diz que Sir Madruga não manda em mais porra nenhuma no castelo e manda ele calar a boca, ou será comido por Rob Schneider.



Após isso, Starscream descola macarrão...



... e uma daquelas rodas que vimos no filme do Conan, que precisam de um monte de vagabundos a girando pra fazer alguma coisa.



Com o macarrão e os vagabundos, Starscream descobriu a ELETRICIDADE!!!

HOORAY!!!

Graças a isso, ele pode se re-energizar. Sem contar que ele alterou toda a história humana como a conhecemos, descobrindo a eletricidade quase mil anos antes do tempo.

Só nos resta torcer para que a continuidade falha de Transformers faça com que tal fato seja esquecido ao final do episódio. Só assim, a história de nossa civilização permanecerá segura.

...

Considerando o que conhecemos da continuidade da série, acho que vai acabar tudo bem.


No castelo de Sir Príncipe Adam de Barba, Spike está chateado, porque não conseguiu salvar Lady Megan Fox e perdeu a chance de saber como é a torta de uma princesa da Inglaterra Medieval.

Warpath aparece e diz a seu amigo humano que ele não deve se abater e se acha que ir atrás da princesa é o mais correto, ele deve seguir o seu coração.



E assim ele o faz.

Warpath só esqueceu de lembrar a Spike que não apenas ele enfrentará o exército de Sir Madruga, como também a três Decepticons.

Ou Warpath tem a pior memória do mundo, ou é um puta babaca que quer ver Spike morto.

Se fosse Shia Lebouf eu entenderia... digo... bom, o Spike é um saco também. Acho que a única humana interessante em toda mitologia de Transformers é a Sari.

Sari detona!



De volta a fortaleza de Sir Madruga, uma andorinha caga na cabeça de Starscream, o que lhe dá uma grande idéia.

Se era uma andorinha Africana ou Européia, jamais saberemos.



Sir Madruga percebe que sua briga com Sir Príncipe Adam de Barba era uma bobagem e resolve libertar lady Megan Fox.

Viu? E só bastou uma tropa de robôs gigantes alienígenas do futuro tomarem seu reino para ele perceber que brigar por vacas era uma bobagem.

Falando em vacas, Lady Megan Fox parte para cima de Sir Madruga com uma fúria inconcebível.



Ela facilmente subjulga o sujeito, o que explica por que Sir Madruga não quis lutar diretamente com Sir Príncipe Adam de Barba. A princesa logo se detém, quando ele diz que quer fazer as pazes com o pai dela e derrotar os Decepticons.

Lady Megan Fox fica muito feliz com isso... e com o fato de ter ouvido um "Ding" vindo das calças inoxidáveis de Sir Madruga.



Do lado de fora, Spike escala as trepadeiras da torre de Sir Madruga para tentar salvar Lady Megan Fox. Mal sabe ele que em alguns segundos, será o maior empata-fodas medieval de todos os tempos.

Interessante que as trepadeiras aguentam seu peso. Era de se esperar que rompessem, uma vez que ele está vestindo uma armadura de aço e...



... oh.

UAU! TRANSFORMERS FOI COERENTE UMA VEZ NA VIDA!!! HALLELLUJAH!!!

O único problema é que vestindo uma armadura de aço, Spike vai afundar como uma pedra e morrer sem deixar vestígios.



Uma vez debaixo d'água, o rapaz faz a versão oposta da "FORÇA EXTREMA" dos Centurions e arranca sua armadura.

Ele está pronto para escalar a torre de novo. Embora sem armadura suas chances de sobrevivência sejam muito baixas, sua chance de interromper a foda de Lady Megan Fox e Sir Madruga ainda é alta.



Neste momento, Rumble volta ao castelo com todo material de andorinha que encontrou.

E como está coberto de bosta, podemos ter certeza que ele não é o rei.



O que Starscream quer com tanta bosta? Cozinhar, claro!

Ele mistura a merda de andorinha com enxofre e mais algumas coisas caóticas e o resultado disso tudo é... PÓLVORA!!!



Para provar a eficácia de seu produto, Starscream tenta explodir um gordo que estava alí, parado, vendo-o cozinhar.

Sim, explodir gente gorda é um método bastante científico de testar armamentos.



Enquanto Starscream castiga os obesos, Spike consegue terminar de escalar a torre e está prestes a salvar Lady Megan Fox.



Exceto que ela e Sir Madruga já se entenderam e até ficaram noivos.

...

UAU!!!

Esse cara realmente sabe satisfazer uma mulher, quero ser que nem ele quando crescer.



A Spike nada resta exceto fazer "oh" e se contentar que não lambuzará a cara com a torta de Lady Megan Fox.

Talvez seja melhor assim, Spike. tenho certeza que Sir Madruga agora carrega todas as bactérias conhecidas pelo homem em seu bigode.



Do lado de fora da fortaleza, as tropas de Sir Príncipe Adam de Barba se organizam para o ataque.



Rumble vê aquela gente toda e diz: "Starscream, estamos sendo atacados... ou são um bando de Testemunhas de Jeová muito bem equipadas e que não aceitarão um "não" como resposta! O que faremos?"

Starscream decide fazer aquilo com que todos já sonhamos ao sermos acordados as seis da manhã em um Domingo por Testemunhas de Jeová:



Atirou bombas neles.

Boa Starscream, de verdade! Ao menos uma vez você tinha que dar uma dentro.

Os Autobots por outro lado, tem papéis bem menos dignos durante a batalha.



Hoist serve de ponte.



E Warpath recebe uma chuva de pedregulhos na cachola e fica repetindo "Ahhh, se eu subir aí você vai ver!



Não que Sir Madruga esteja se dando muito melhor, ele é arremessado longe por aquele gordo que Starscream quase explodiu.



Sem armadura, sem espada, sem dignidade, mais ainda disposto a lutar, Spike pega um banquinho e decide encarar Sir Gordo que quase foi Dinamitado.



Como tem as aptidões de luta da Vovó Mafalda, Spike quase é transformado em salame. Felizmente, Lady Megan Fox utiliza causa uma concussão em Sir Gordo e salva a pele do rapaz.

Isso que é emasculação, não só Spike não salvou Lady Megan Fox e a perdeu para Sir Madruga, como precisou ter a bunda salva por ela. A moça não conseguiria deixar mais claro que o acha um arremedo de homem nem que quisesse.

Mas veja o lado bom, poderia ser muito pior...



... Hoist é um robô gigante e continua servindo de ponte.

Pois é.



Warpath por outro lado, está tretando com Ramjet.

Por que eles usam árvores mortas como espadas ao invés de suas armas futuristas... jamais saberei.



De repente e sem nenhum motivo, Dumbledalf aparece na cena.

Ele será importante daqui a pouco, vocês verão, mas por enquanto, voltemos a treta no castelo.



Starscream sobe no parapeito do castelo e grita "Vocês nunca levarão me Cálice Sagrado, seus ingleses filhos de um cretino, agora vão embora antes que eu os ofenda mais!"

Hoist e Warpath decidem construir um texugo de madeira e o dar de presente a Starscream para enganá-lo a noite, mas tanto tempo no passado sem gasolina ou Energon os deixou fracos para isso e eles não tem macarrão e escravos para repor suas energias como os Decepticons.



Dumbledalf então evoca os poderes do deus J.R.K Tolkien Rowling e causa uma tempestade elétrica.



Um raio cai sobre os Autobots e lhes devolve sua energia! VIVA!

Estou quase certo que um relâmpago que atinja um mecanismo, não importa se alienígena ou não, irá causar sérios danos no mesmo... mas esta foi uma descarga de energia elétrica causada por mágica, então...

... hã...

...

Não consigo inventar uma desculpa para isso...

Vou passar para a próxima cena antes que minha credibilidade como jornalista desocupado seja manchada.



Com as forças renovadas, Hoist e Warpath transformam-se e começam a bater na parede do castelo.

Ok, entendo Warpath tentar derrubar a fortaleza na marra, afinal de contas, ele é um tanque de guerra, mas Hoist é uma caminhonete. Ele não devia destruir sua dianteira a cada batida?

Ou ele está tão aceso pela descarga de energia mágica que nem percebe o dano que causa em sí mesmo? O que tinha naquele relâmpago? Cocaína?



Eventualmente, eles abrem uma fenda na parede, Hoist prende os Decepticons à catapulta de Starscream...



... e arremessa o artefato contra seus inimigos, causando uma enorme explosão e muita alegria.

Interessante que os Decepticons são apenas tonteados com a explosão, mesmo tendo pólvora o suficiente pata abrir um buraco no mundo.

Ahhh, a mágica da violência sem vítimas dos desenhos dos anos 80...



Lady Megan Fox abraça o pai e diz que se casará com Sir Madruga, pois ele fez dela uma mulher como nenhum outro homem conseguiu.

Sir Príncipe Adam de barba ignora a última parte do que sua filha falou e aceita que haverá paz. Vacas começaram uma guerra e outra vaca a encerrou, parece apropriado.



Warpath chega em Spike e o anima dizendo "Não se preocupe, você é amigo de robôs gigantes! Ainda vai descolar muita torta enquanto andar conosco!"

Se acha que estou exagerando, Spike só descolou namorada na série clássica porque a menina se interessou pelo Bumblebee. Você não fica amigo de um Transformer sem aguentar a companhia chata do Spike.

Tudo tem um preço.



Ravage misteriosamente reaparece no episódio e tenta comer o cadáver de Rumble antes que ele esfrie.

Já que os dois moram no mesmo lugar (na caixa toráxica de Soundwave), Ravage deve achar que sobrará mais espaço para elee suas coisas caso Rumble "desapareça".

E você achando que sua casa era pequena.



Dumbledalf então deduz que os robôs não pertencem a esta época (Não! Jura?) e os leva ao lugar onde poderão voltar para casa.



Todos caminham até a caverna onde nossa história começou.

Sim, todos, até os Decepticons, que não estão algemados nem nada.

Tudo bem que os Autobots são os mocinhos da história, mas este é um voto de confiança grande demais, não é verdade? Bom, já é tarde e quero encerrar logo este artigo, não vou ficar discutindo isso.

Nossos heróis, vilões e humanos caminham em direção a caverna quando...



... são atacados por UMA PORRA DE UM DRAGÃO!!!

Dragões em Transformers... agora eu já ví de tudo nessa vida.

Dumbledalf diz que tem uma fórmula que é tiro e queda para deter dragões e a entrega para Warpath.



Warpath agarra o saco do mago e...

...

Uau, isso soou muito mal...

Enfim, Warpath agarra o saco do mago e o arremessa na PORRA DO DRAGÃO...



... que então explode.

Para quem quiser saber, o saco continha pólvora, coisa que somente um mágico ou o Starscream seriam capazes de criar naquela época.



Hoist e Warpath comemoram a vitória sobre o dragão com um "bate aqui, mano!"

Algo que deve ser muito estranho de fazer quando um dos envolvidos possui um canhão no lugar da mão. Se ela disparar por acidente, ninguem nunca mais irá querer cumprimentá-lo.

Seja como for, os Transformers voltam ao seu tempo.



E são recebidos a bala assim que chegam.

Ninguém menos que Megatron está disparando, pois aparentemente, o líder Decepticon não tem mais o que fazer exceto ficar do lado de fora de cavernas esperando pra ver quem sai para decidir se deve passar fogo nos indivíduos ou não.

Starscream vê que é seu estimado líder quem atira, corre e se joga em seus braços.



E você achou que eu tava brincando.

Megatron fica puto, pois a carência afetiva de Starscream permite que os Autobots fujam. Starscream não entende a revolta de seu chefe e lhe pergunta "O que foi, Megatron? Não está feliz de me ver?"

E Megatron responde de forma muito apropriada.



"AAAAAAAAAAAARGH!!!"

E apesar do título do episódio, o Rei Arthur não apareceu em momento algum, o que o torna oficialmente o Sir Que Não Aparece Neste Filme.

Nota do Amer: O que o Megatron disse.

E por hoje é só. Semana que vem tem mais.

Cheers!!!

40 comentários:

Cristiano G. disse...

Eu me lembro de só ter visto UM episódio de Transformers na vida e, santa conveniência cósmica, era justo o episódio do artigo passado...

Agora eu lembro o porquê de nunca mais ter assistido nada do desenho clássico...

E eu ri pra caralho das citações ao Monty Python nesse artigo/review!

× Helena disse...

Minha nossa, eu lembro desse episódio!! Lembro também de ter ficado uns 10 minutos rindo depois de ver a cara do Megatron falando esse "AAAAAAAAAAAAAARGH" no final. XD

Aliás, faz um tempão que não comento no seu blog. Me perdoe. ._. Mas você sabe que ando bem ocupada com os estudos... Mas aqui estou, tirando uma pequena folga (e atrasada pra academia) pra ler seus artigos! Sou a melhor amiga ou não?! YAY!!

Vou tentar acompanhar esse Mês de Cybertron, e espero ver mais artigos legais como esse. E poxa, não esqueça de Beast Wars! Faça pelo menos 1 artigo sobre o desenho, por favor! (sou chata, eu sei 8D)

Ah, e que enquete é essa que só tem mulheres? Exijo uma enquete mais diversificada! XD De preferência que tenha o Silverbolt, Dinobot, Starscream, Megatron, Rodimus Prime, Jet Twins, Prowl... Ah, lindos robozinhos. Ahn, você entendeu... XD

Beijos! =*


P.S.: Seus bonecos de Animated já chegaram? =D

C disse...

Realmente bom, embora tenha me deixado deprimido a quantidade de referencias ao Calice Sagrado que eu consegui identificar no texto - o que garante que as chances de eu conseguir uma namorada são muito baixas até que alguma profecia maia apocaliptica se realize...

lilycarroll disse...

Cara, o que colocavam no café desses roteristas?

Algo que sempre me decepcionou em Transformers é justamente esse lance do passado do Starscream como grande cientistas e um dos mais brilhantes membros da academia de Cybertron. Mas ele sempre é um tapado nos episodios, esperando Megatron tropeçar para gritar que é o novo lider dos decepticons! Nem nos quadrinhos peguei uma boa historia que abordasse isso.Só em fanfics que encontro historias com esse enfoque do personagem.

Oh, desculpe, me empolguei...

E concordo com a Helena! Também queremos uma enquete mais diversificada!

GuilhermeKinni disse...

Droga, fica muito difícil comentar nesses artigos por não ter visto transformers, mas posso dizer que com a sua ajuda qualquer episódio fica engraçado. Ótimo artigo Amer( o comentário mais clichê da história).

Rodrigo disse...

Amer, uma pergunta antes de mais nada, não tem muito a ver com o tema... mas eu preciso tirar esse peso do peito... O JVC que você cita várias vezes seria João Vicent Company da fanzine Hyper Comix?

Gabriel \õ/ disse...

caraioooooo
minha barriga , ta doendo de tanto ri !!
ashuasuhasuhashusauhasuh
alias tu me respondeu como comentario ??
num achei nao !
eu uso o blog do
PUTZ!!

DENDEROTTO disse...

Desculpa ae Amer, num ponho mais Spam!!!

Avalanche(Lance) disse...

Cacete...isso sim que é algo randomico...

Até esqueci oque ia ocmentar...

Black Barth disse...

Muito bom! Fora as citações de Holy Grail que são sensacionais... Faltou o killer rabbit...

evil monkey disse...

CARALHO!!!

QUE MERDA É ESSA!?

Mas qual é "menos pior", esse ou B.O.T.?

E btw, porque o outro episódio se chamava BOT? Era o nome daquele robozinho que a Elise construiu?

Isa disse...

Poxa cara...a cada artigo deste mês eu fico me culpando por nunca ter visto transformres antes...quantas risadas eu poderia ter dado com uma coisa tão tosca quanto essa série... Obrigada Amer!!!!
PS.: Concordo com vc, vi transformers animated e a Sari arrasa!

Marshall disse...

Olá Amer!

Se vc reparar, no quadro em que aparece um cara com as roupas do hank de Caverna do Dragão, tem também uma moça que parece estar usando o manto de invisibilidade da Sheila.

Qual seria a a explicação para isso?

Amer H. disse...

Sim, é o João Vicente Cardoso, que também lê o blog e vez ou outra comenta aqui.

E que aliás, é um dos melhores artistas de Hentai que eu já ví. Quem tiver mais de 18 anos, pode procurar "Vicente Gallery" na lateral do blog.

A menina vestida como a Sheila... bem, ela não lembra TANTO a Sheila quanto o cavaleiro lembra o Hank, mas sim, são parecidas.

O negócio é que Transformers foi animado pela Toei, mesmo estúdio que animou Caverna do Dragão. Imagino que as mesmas equipes de animação cuidaram dos dois desenhos e colocavam esses "Easter Eggs" pra ver se alguém notava.

Alguém notou.

E sim, Sari detona, ela é uma fofura e espero que minha filha seja como ela.

Amer H. disse...

Aliás, B.O.T é o nome oficial do robô que Elise (maravilhosa) construiu.

Mas acho que Cartman-Bot combina mais com a forma esferica do mecanóide e sua personalidade sociopata e destrutiva.

Raven disse...

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!

INSPIRADÍSSIMO!

Sério, estou passando mal de rir, hehehehehehe!...

E, para variar, concordo com o Senhor Megatron: AAAAAAAAAAAAARGH!

Bração procê e obrigada pelas boas risadas! ^^

João Miguel disse...

Esse é o melhor mês temático, sem dúvidas!

gshgsh disse...

Bah Amer, nesse artigo tu te superou, as referências ao Holy Grail são simplesmente impagáveis! Será que eles usavam pólvora para fabricar a Holy Hand Grenade of Antioch?

Jée'h xisdê disse...

po cara para de falar o mes inteiro do mesmo assunto seu blog ta ficando muito chato.

Black Barth disse...

man, tem gente que não se toca mesmo... Cara, o blog é dele, ele fala do que ele quiser! Se o próximo mês ele quiser fazer temático dos Smurfs ele vai fazer e quem não gostar vai pro twitter!

Zweist disse...

Shh...Estão ouvindo esse barulho? É Mark Twain se revirando em sua tumba. Por que não deixam "Um ianque na corte do rei Arthur" em paz?

Vicente Cardoso disse...

Amer, você vai gostar de saber que já estou produzindo fanarts da Elise e da Princesa Nimue (também conhecida pela alcunha de Lady Megan Fox). :D

Desculpe não ter comentado antes. Esse mês promete ser o mais divertido do ano, com tanta (mais?) cretinice que você anda desencavando dos nossos queridos robozões. Já pensou em fazer uma resenha de G.I. Joe? Alguns episódios conseguiam ser tão inacreditáveis quanto esses dos Transfomers...

Avalanche(Lance) disse...

Vicente...

Vc achou os GI Joe pra baixar?

soh ocnsigo ver o primeiro.

Danilo disse...

Maluco, não saco nada de Transformers, só assisti episódios aleatórios de Beast Wars e Transformers Animated na televisão além de ter visto o primeiro filme mas mesmo assim morri de rir com os dois últimos artigos.
O pior de tudo é esse Hoist, que robô bisonho. E pensar que isso é o design de um brinquedo, imagina a "felicidade" da criança que ganha um desses de presente.

Leandro disse...

Ráá, então eu baixo o episódio de House da semana que fala de uma feira Renascentista e venho aqui no blog do Amer e tem um episódio dos Transformers no período Renascentista...

Santa coincidência, Batimá!

Btw, ótimo artigo Amer. Muito bem escrito e muito engraçado... ^^

Vicente Cardoso disse...

Oi Lance, as únicas coisas que tenho aqui comigo são os episódios do Resolute que saíram pelo Youtube. Não tenho nada da série clássica, mas ainda me lembro de tosqueiras como o Snake Eyes travesti e a máquina de raio dos Cobras para desintegrar dinheiro... :D

Katchiannya disse...

Não tive tempo de ler o post inteiro.

Adorei o da semana passada. XD Pqp de rodinha, fiquei com medo do final e com pensamentos macabros sobre o que aconteceu com a menininha de óculos.

E apoio um review de Jen. Adorava aquele desenho, apesar de admitir que rosa da cabeça aos pés é brega pra caramba.

Passei aqui por dois motivos. O primeiro é que me passaram o link de um post que me lembrou um que vc escreveu tempos atrás, se quiser conferir:

http://vidaordinaria.com/2010/04/o-lado-negativo-de-viver-nos-mundos-de-fantasia/

O outro é um pouquinho de cara de pau minha e fazer propaganda de um trabalho de uma quadrinista brasileira, atualmente morando nos Estados Unidos, o nome dela é Leticia Abreu Silva. Embora eu seja suspeita por ela ser minha prima, a Lele tem um traço delicado e expressivo e é uma excelente storytelling. Ela está precisando de ajuda para publicar a Graphic dela, se puderem dar uma ajuda, basta visitarem o site da Lele e contribuirem com o que puderem:

http://www.kickstarter.com/projects/lele/into-the-shadow-mini-graphic-novel

Depois volto para comentar o post.

bjs a todos

Amer H disse...

Então, Vicente, achei G.I Joe pra baixar... A SÉRIE INTEIRA!!!

Mas é um arquivo de 40 giga...

*GASP*

Vou formatar o PC e colocar internet mais veloz aqui em casa, então baixarei tudo e farei um mês dedicado aos G.I Josés. Se tudo correr bem, talvez em Junho ou Julho.

Aliás, fanarts de Elise e Lady Megan Fox? VOCÊ É UM HERÓI E MERECE ESTÁTUAS ERGUIDAS EM SUA HOMENAGEM!!!

Jen virá no mês que vem, possivelmente o primeiro artigo de Maio.

Katchy, bem bacana o trabalho da sua prima. No próximo artigo, coloco esse link e faço um pouco de merchandising pra ela.

Yeah.

Edson disse...

Quando criança, eu esperava a semana inteira na maior expectativa pra chegar o domingo e poder assistir os desenhos dos Thundercats e Transformers. E mesmo apesar dos furos, eu nunca deixei de gostar dos robôs (e fico pensando que o filme de 86 tenha sido fundamental pra isso).

O fato é que nos anos 80 a linha divisória entre o 'non sense", o "tosco" e o "legal" não era muito clara.

A maioria gosta de malhar Transformers, mas hoje em dia há desenhos piores sendo exibidos (cof,cof... Naruto, Pokemon... cof, cof) e qual seria a desculpa da molecada pra assistí-los?

Sobre os Comandos: Na última Fest Comix vi um colecionador expondo seus itens e descobri que o General Hawk, ao contrário dos demais Joes, não tem um codinome escrito em sua base. A única coisa escrita nela é "General Joe Hawk", o que me fez perceber que o nome "G.I. Joe" tenha a ver com ele (eu sei que "Joe" é como uma alcunha pra soldado, mas nunca tentei descobrir porque o grupo dos Comandos se chamava assim). Então, se o artigo sobre os Joes for escrito, seria legal explicar a origem do nome deles e porque eles gritavam "Yoooooooo Joooooeeeeeee!!"

Abs!

Wings disse...

Hamer, vc bem que podia falar sobre o beast wars, neh?

tipo uma analise dos robos que tomaram a forma de animais. otimus que ficou como um urangutando peladao e tal.

Ou aquela historia(ou filme sei la) em que os beast wars voltam para o planeta deles.


Devo dizer que adoro o robo que vira falcao e da uns pegas naquela robo aranha.

Wings disse...

um pequeo erro, o cara (ou robo) que pega a BlackArachnia é o silverbolt.
Um lobo misturado com aguia.


Vou aproveitar e dizer que beast wars foi phoda. Teve uma historia muito boa e as formas dos robos tinha haver com sua personalidade.

E teve reviravoltas, nunca esquecerei o dinobot que foi de inimigo a grande aliado para traidor e para robo de sacrificio heroico.

Avalanche(Lance) disse...

Edson

Cara...Naruto e Pokemon são desenhos ruins, mas nem de longe são os piores...temos o imortal Bakigan.

Mas note uma coisa diferente, um desenho ocidental tem começo meio e fim em 20 minutos.(Note que isso se aplica ao Avatar que é Fraces)

Os desenhos orientais não caem nessa regra, muitas vezes temos um episodio inteiro aonde começa no meio de uma batalha e termina sem ela ter fim, e só vimos um golpe em 20minutos.

Edson disse...

Sim, Lance. Outra característica que difere os desenhos ocidentais daquela época é a inexistência de continuidade ou inter-ligação entre episódios. É possível assistir a segunda temporada de He-Man, por exemplo, e depois a primeira, sem prejuízo nenhum. =P

amanda1974 disse...

Um dos episódios mais trash de TF e você conseguiu fazer ele ficar...mais trash ainda!!rsrs... Ficou perfeito mesmo, nem acredito que amo essa série mesmo com tantos defeitos. E achei um desperdício, um episódio todo com o meu TF favorito (Starscream) que é uma meleca!!
E bota uns robos do sexo masculino nas enquetes, nós meninas tbem lemos teu blog, Amer!!
Amanda

Leandro disse...

Hey!

Vi hoje no twitter:

A equipe @TheTuunz tem as 3 temporadas de Beast Wars pra disponibilizar, legendadas. Depende do número de pedidos no twitter dos caras, então...

borá lá né... ^^

Vicente Cardoso disse...

Lance, só uma pequena correção: Avatar não é francês, foi criado e produzido nos EUA.

Avalanche(Lance) disse...

Sério?

Sempre me disseram que ele era dos estudios franceses que fazem o Martin Mystere e as Super-Espiãs D+.

Felipe disse...

uma guerra que começou por vacas terminou com uma....
hahahaha essa foi de mais ammer sou deu fã cara!!!!!

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

hahahahahha, um dos melhores post seus Amer. me fez ri litros aqui, huhuahauahuahuahau.

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

só queria saber porque o Amer odeia tanto a Megan Fox. tudo bem que gosto de atriz favorita não se discute, mas prefiro mais ela do que a loura genérica do terceiro filme.

sério, que porra foi aquela?