terça-feira, 5 de maio de 2009

Grandes Mães da História!


Ainda não comprei um teclado novo, portanto peço paciência com os erros de digitação.

E eis que o Dia das Mães se aproxima!

Sim, aquele dia em que devemos ser menos egoístas, dar presentes e não agirmos feito completos animais perto destas moças tão especiais que aguentam nossas loucuras e psicoses desde o momento em que nascemos.

Eu discuto muito com minha mãe as vezes, porque ambos somos dois enormes cabeças duras que detestam admitir que estão errados sobre algo, mas por mais que a gente brigue, tem algo que gosto e me lembrar como exemplo de um tipo de coisa que só mãe faz pela gente.

Quando eu tinha uns dez anos fiquei com a garganta inflamada, naquela época era um mal que sempre me afligia, diga-se de passagem. Estes eram momentos de terror supremo pra mim, porque eu sabia que ia ter de tomar uma Bezentacil pra melhorar.

Para vocês que nasceram na era em que injeções foram melhoradas o suficiente para não passarem de um leve desconforto, Bezentacil era uma injeção monstruosa, capaz de fazer o Darth Vader falar fino.

Enfim, após tomar a maldita injeção monstro, eu passava alguns dias de molho enquanto a inflamação ia embora e neste período, absolutamente qualquer coisa que eu injeria tinha gosto de lixo. Não apenas isso, mas eu ficava dolorido por causa da injeção imensa e não podia sentar confortavelmente.

Sim, eu levava injeção na bunda quando era pequeno, assim como todos vocês.

Enfim, sabendo que eu estava triste pela injeção e pela recuperação desagradável que viria, logo depois de ir ao médico, minha mãe me levou ao cinema pra assistir Tartarugas Ninja II, que eu estava insano pra ver. Lembremos que isso foi em 1990, auge da febre dos quelônios mutantes.

E pela uma hora e meia que fiquei no cinema, esqueci que estava doente, esqueci da injeção e passei o resto do fim de semana nem ligando pra minha bunda dolorida, porque eu tinha acabado de ver os Tartarugas dançando ao som de Vanilla Ice.

Sim, é ridículo hoje, mas na época... Deus meu!!!

Mas mais importante que o chilique que eu tive ao ver o cientista do filme colocar o anti mutagênio em um copo com o Bart Simpson estampado, é saber que minha mãe me fez esse dengo pra que eu me sentisse melhor. Esse é o tipo e coisa que só mãe é capaz de fazer.

Enfim, no artigo de hoje farei uma breve menção a todas as grandes mães que pude me lembrar do cinema, quadrinhos e desenhos, e o quanto elas foram importantes para os heróis que tanto gostamos.

Vem comigo!


Chi Chi

Resolvi abrir com uma das mães mais sociopatas de todos os tempos.


Pois bem, a Chi Chi casou com o sujeito menos atencioso de todos os tempos. O fato do Goku continuar com sua pureza de coração e ser capaz de usar sua Nuvem Voadora mesmo depois de velho, indica que ela sedou o rapaz pra conseguir fabricar o Gohan.

Não me diga que você nunca pensou nisso.

Enfim, sendo a esposa mais negligenciada de todo Japão que não estava morta, Chi Chi resolveu ocupar todo seu tempo livre em fazer de seu filho mais velho um aluno modelo e um membro produtivo da sociedade.

Porque verdade seja dita, de sujeitos cabeludos que demolem cidades no dia a dia, Dragon Ball já tava cheio.

Ela enchia o saco do Gohan e provavelmente o privou de muitas coisas boas da juventude, como assistir a estréia de Transformers - O Filme, ir em shows do Quiet Riot ou mesmo puxar um baseadão com o Piccolo na morada do templo. De fato, o menino não podia ir ajudar o Goku em uma luta sem que Chi Chi tivesse um ataque neurastênico e o mandasse estudar.

Mas no final valeu a pena, pois em Dragon Ball GT (e no finalzinho do Z) Gohan é o único membro masculino adulto do elenco que possui um emprego e não vive feito um cafetão, sendo sustentado por uma mulher.

Trunks trabalha na Capsule Corporation, mas ele foi intimidado pelo Vegeta (que não contente em ser sustentado pela mulher, passa a bola pro filho também) a assumir o cargo, enquanto Mr Satan é um lutador já aposentado.

No fim das contas, Gohan verá que sua mãe estava certa quando tiver uma aposentadoria confortável (já que mora no Japão e não no Brasil) e puder aproveitar as coisas boas da vida enquanto seu irmão mais novo vagabundo usa suas habilidades em artes marciais para descolar um troquinho aparecendo em filmes do Uwe Boll.

Aquele Piccolo é uma má influência, isso sim!


Betty Rubble

Eu poderia ter escolhido a Wilma, mas preferi a Betty.

Veja bem, Fred Flintstone pode ser um indivíduo grotesco, egoísta e mal cheiroso, mas pelo menos ele tem estatura normal e é capaz de produzir descendentes. Barney Rubble, além de ser anão e possuir uma voz que todo mundo tenta imitar com resultados debatíveis, é impotente ou fez vasectomia antes do casamento.

Vamos votar pela primeira opção, pois na idade da pedra não devia existir vasectomia. Sei que eles usavam mamutes como chuveiros, papagaios como vitrolas e javalis como processadores de lixo, mas acho que usar um tigre dentes de sabre para operar o saco ainda era muito arriscado.

Enfim, com um marido incapaz de manter uma ereção mesmo sendo casado com a mulher mais bonita do desenho, não restou outra opção a Betty exceto adotar um pimpolho, foi quando conhecemos o Bam Bam.

E o azar de Betty não acabou, pois ela queria um filho normal e recebeu um mutante da Marvel com super força, capaz de falar apenas o próprio nome, como se fosse um maldito Pokémon.

Isso faria muitas mulheres se entregarem a bebida, a religião ou ao Chico Buarque, nas não a Betty.

Betty desistiu?

NÃO!!! Ela perseverou!

Betty deixou seu marido impotente receber todo o abuso físico que vem com um filho tão forte quanto Pippi Longstocking e o criou para ser um rapaz decente e queixudo que respeita a decisão de sua namorada de só perder a virgindade após o casamento.

Qualquer rapaz que não tenha como prioridade entrar nas calcinhas de todas as mulheres que conhece, é porque com certeza recebeu uma ótima criação da mãe, mesmo ela sendo uma mulher bonita que permaneceu sexualmente insatisfeita a vida inteira e tinha todos os motivos pra ser uma megera.

E se considerarmos que no filmes ela foi interpretada pela Rosie O'Donnel, é ainda mais fácil entender porque o Barney jamais tocou nela.


Morticia Addams

Suponha que você é a matriarca de uma família de aberrações que bebem ácido como se fosse chá, acendem lâmpadas na boca, explodem pequenas partes da casa durante a semana e tem um mordomo que foi construído de pedaços de cadáveres, o que você faria?

NÃO ME INTERESSA O QUE VOCÊ FARIA!!!

Morticia resolveu viver bem humorada, levando a vida como uma grande brincadeira e cobrindo de mimos seu filho obeso e horrendo e sua filha bonitinha que se tornaria uma gostosa ao crescer.

A Vandinha da série antiga, não a Cristina Ricci. Dá pra projetar um filme na testa da Cristina Ricci.

Enfim, Morticia não é só a mãe de seus filhos biológicos, mas também age como tal para com todos os membros da família. É ela quem impede o Tio Chico de fazer metade das merdas que ele planeja (ou pelo menos lhe oferece uma solução que cause mais vítimas), ajuda o Tropeço em suas crises de identidade, impede a Vovó de envenenar os convidados por acidente e atende as taras de Gomez mesmo na frente das visitas.

...

Tudo bem, esta última não é lá muito maternal, mas enfim.

Morticia parece uma alienada que passa tempo demais em sua estufa, alimentando suas plantas carnívoras, mas na verdade ela é como o Batman, está sempre antenada em tudo que acontece pela mansão dos Addams e muito além de seu território.

É sempre ela que tem informações sobre o destino dos parentes distantes e informa Gomez sobre os parentes que estão vivos ou foram dizimados pela fortuna sombria que persegue a sua família.

E ela fala Francês. Todas as mulheres deveriam falar Francês!

Quando um homem fala Francês, é gay e repelente, mas quando uma mulher o faz, é lindo!

Faça o teste, peça para alguma mulher dizer "Voulez-vous coucher avec moi" e me diga se não soa lindo!!!

Claro, não diga pra ela o que isso significa.


Martha Kent

Seja franco, se um foguete viesse do espaço e caísse no seu quintal com um bebê espacial dentro, sua primeira atitude seria correr até em casa, pegar sua 12, dar um tiro na cara do enfante e então chamar as autoridades e virar uma celebridade que impediu uma invasão alienígena, sendo convidado pra aparecer no programa da Sonia Abrão na semana seguinte.

Bom, Martha Kent não liga para programas sensacionalistas e resolveu criar o pimpolho espacial sem ligar se ele era radioativo ou não.

E que bem ela fez!

Vamos ser francos, o Superman é um deus preso no corpo de um jogador de xadrez. Ele tem poder pra incinerar o planeta inteiro se quiser e nem mesmo a Liga da Justiça inteira poderia detê-lo se ele decidisse fazer isso.

Por mais que eu deteste admitir, o Superman pode chutar a bunda do Batman com facilidade se a necessidade surgir, exceto claro, se a história for escrita pelo Frank Miller. Mas enfim, em situações normais, há muito pouco que se possa fazer contra um cara que pode congelar as pessoas com um assoprão e que derrube prédios se mijar fora da pivada.

Felizmente, Clark teve uma mãe que o criou muito bem e o ensinou a ser o bom rapaz do interior que sempre ajuda a todos e que tem um altruísmo quase inexplicável.

Muita gente acha que o Superman é um bundão, simplesmente porque ele não mata os bandidos, mas sinceramente, é uma boa coisa que ele tenha aprendido o valor da vida humana com sua mãe, pois a última coisa que o mundo precisa é de um sujeito voador indestrutível decidindo quem deve morrer ou não.

Plus, novamente menciono o charme de bom moço e o indiscutível respeito para com as mulheres que o senhor Clark possui. Metade das vadias da galáxia queriam montar no Super, mas ele sempre se manteve leal a sua querida Lois Lane.

Imagine a seguinte situação: você é o Superman e está em uma missão espacial a milhões de quilômetros de casa, quando uma peituda ruiva de outro planeta começa a deixar bem claro que quer fazer um herdeiro com você.

Qualquer um trairia a esposa sem pensar duas vezes, mas não o senhor Kal-El, não ele! Ele recusaria educadamente, enfureceria a ruiva peituda e a espancaria com brutalidade só para não precisar transar com ela.

Eu já disse antes e volto a dizer, só um homem que foi muito bem educado pela mãe pode ser assim tão leal estando a galáxias de distância de sua namorada.

Principalmente nas vezes que ela se parece com a Margot Kidder e não com a Teri Hatcher.



Delia Ketchum

Aí vem um cara obeso e solitário, comendo uma torta e me diz com ar de sabe tudo: "Ora, como pode julgar a mãe de Ash Ketchum como uma bom exemplo? Ela mal aparece na série!"

E eu responderei a este sujeito que muito parece o Cara dos Quadrinhos dos Simpsons, que é exatamente essa a questão.

O sonho de Ash era viajar o mundo, capturar Pokémons, duelar com desconhecidos, dormir em albergues, experimentar cocaína, colocar seu pênis na boca da Misty enquanto ela dormia e fotografar para depois publicar no Orkut, enfim... o menino queria viver o Sonho Americano.

De certa forma.

E sua mãe nunca se opôs a isso. De fato, quando Ash completou dez anos, ela praticamente o botou pra fora de casa e mandou que ele seguisse seu sonho, viajando pelo mundo como um andarilho vadio, nunca tendo dinheiro e comendo o resto do que os outros jogam fora.

Digo, é preciso ser uma super mãe para apoiar o sonho de seu filho único, mesmo sabendo que ele pode acabar um viciado em crack que faz boquetes atrás de bares pra sustentar seu maldito vício.

E nas poucas vezes que se reencontraram, Delia agiu como toda mãe, cozinhando, lavando e passando para seu filho e seus amigos, que ela aceitava em sua casa como se fosse um albergue, com aquele coração enorme que só uma mãe é capaz de mostrar para totais desconhecidos.

Tem também o fato de que Delia é mãe solteira. Em Pokémon ninguem morre, não importa quão graves sejam os traumas físicos recebidos, então imagino que o pai de Ash abandonou sua mãe quando soube que ela estava grávida de um protagonista de anime.

Ou vai ver, Ash é o filho bastardo do Professor Caralho após uma noite em que ele e Délia tomaram um pouco de tequila demais.

O fato é que Delia fez como tantas mães da vida real e decidiu que "NÃO PRECISO DE UM HOMEM DE MERDA PRA CRIAR MEU FILHO" e o fez sozinha, eventualmente abrindo mão de sua única companhia no mundo para que ele pudesse viver a vida como queria.

E se isso não é uma mãe dedicada, eu não sei o que pode ser!

Squirtle, Squirtle!


Hyppolita

Hyppolita é um caso muito especial dentre as mães aqui descritas, simplesmente por ser a mãe solteira mais genuína do artigo de hoje.

Veja bem, ela não é como a mãe do Ash, que tomou um cachação daqueles, foi deflorada pelo seu mentor e resolveu criar seu filho sozinha para poupá-lo de sua vergonha, não não, Hyppolita fabricou sua filha sozinha MESMO, já que não havia um homem sequer na ilha onde ela morava.

Pois é, viver em um paraíso moderno cheio de mulheres com corpo escultural tem suas desvantagens.

Então, Hyppolita esculpiu uma menina no barro e através daquels poeres que só são compreensíveis para os deuses gregos e pro Masami Kurumada, deu vida a sua estatuazinha.

Sob o olhar cuidadoso de Hyppolita, a menina cresceu, se tornou a Princesa das Amazonas, teve uma série de tevê que fez bastante sucesso e durou bastante tempo e virou um símbolo feminino para todas as mulheres do mundo.

Agora, em um mundo dominado por homens de collant que usam a cueca por cima da calça e não vêem nada de errado nisso, a garota precisa ter uma tremenda dose de auto confiança e amor próprio para se destacar e ganhar sua própria série em quadrinhos.

Pois tenham certeza que Diana não seria a morena durona que tanto amamos se não fosse o pulso firme de sua mãe, que deve ter lhe ensinado que não é porque um cara veste um macacão vermelho e pode ganhar do Papa Léguas na corrida que ele é melhor que ela.

Todas as mães deveriam ser mais como Hyppolita, dispostas a ensinar suas filhas como serem fortes. O mundo já está cheio de patricinhas e princesinhas demais e o que precisamos hoje é de mulheres decididas que saibam o que querem!

E é exatamente de uma destas mulheres sobre o qual falarei a seguir!


Dona Florinda

Lógico, como eu poderia me esquecer dela?

Aqui temos mais uma mãe solteira. Pior ainda, ela é mãe do Quico!

Acredito que a maioria das mães faria uma expressão de horror e se jogaria do alto de um prédio ao descobrir que deu a luz a um Quico, mas Florinda Meza perseverou e o levou para morar na pior vizinhança de todo o México.

Dona Florinda tentou compensar a boa aparência e inteligência que a natureza tiraram do Quico e o entupia de presentes, para que ele tivesse pelo menos um motivo para causar inveja em outras pessoas.

Além disso, ela está sempre mais do que disposta a causar violentas concussões no Seu Madruga, simplesmente para defender seu inocente filhote dos abusos físicos que ele possa vir a receber.

Claro, mais da metade do tempo ela espanca o velho Madruga de forma gratuita, o que permitiria a ele formular um belíssimo processo por agressão, caso tivesse dinheiro para contratar um advogado... e caso a série não tivesse sido filmada nos anos 70.

De fato, a mulher consegue ser mais sociopata que a Chi Chi, ameaçando fisicamente qualquer um que lhe encha o saco, seja lá qual for o motivo. Dona Florinda é quase uma versão feminina e mexicana do Tony Soprano.

E a prova definitiva de que ela se importa incondicionalmente com seu rebento bochechudo, é que Dona Florinda o mandou para morar com sua madrinha, sabendo claramente que isso faria a audiência da série cair dramaticamente e que os telespectadores não estariam interessados em seu restaurante como estavam em ver as babaquices do Quico.

Esse é o tipo de sacrifício que só uma mãe é capaz de fazer.



Lois Griffin

Admiti em outra ocasião que a Lois me mete um certo medo. Não vou elaborar muito, quem assiste Family Guy pode imaginar porquê.

Enfim, não deve ser muito fácil estar na pele de Lois. Seu caçula é um megalomaníaco psicótico com uma tendência natural para o matricídio, seu filho do meio é semi retardado e quanto menos falarmos de sua filha mais velha, melhor.

E tem também o cachorro da família, que flerta com Lois abertamente, o que acredito eu, deve ser algo capaz de deixar a maioria das mulheres desconfortáveis.

Mesmo com todos estes percalços, Lois sempre se mantém otimista e disposta a dar apoio a sua família durante as horas de necessidade onde nenhum deles tem uma tirada sem relação com o roteiro que acaba se tornando um cena animada.

Plus, Lois é ruiva.

E mesmo me dando muito medo, ela ainda é superior a maioria das mulheres por este simples detalhe.

Nada mais tenho a dizer sobre ela.


Susan Richards

Aqui temos uma super mãe genuína.

Não falo apenas do fato de Susan ter tido dois pimpolhos com Reed Richards (um deles sendo o mutante mais poderoso da Marvel), mas sim de ser oficialmente a mãe adotiva de todos os membros do Quarteto Fantástico.

Temos Reed Richards, o homem mais inteligente do mundo, que se perde o tempo todo em meio aos mistérios do universo e que na maioria das vezes esquece que precisa comer como qualquer outro indivíduo apatetado e sem poderes.

Também tem o Johnny Storm, seu irmão mais novo, que está mais preocupado em aparecer em um video pornô com a Lindsay Lohan do que manter um bom comportamento digno de um herói, para não queimar o filme de sua equipe.

Por fim, há o Ben Grimm, que sempre cai nas encheções de saco do Johnny e causa inúmeros danos a propriedade no processo, o que sem dúvida deve obrigá-la a fazer muitas retratações públicas embaraçosas.

Pois é, Susan não cuida apenas dos filhos a quem deu a luz, mas também de três adultos super poderosos alienados que nunca assumem responsabilidade por nenhuma das merdas que façam e que a obrigam a ser a única cabeça realmente pensante da equipe.

E o que a torna realmente especial é o fato de que ela poderia largar toda essa esbórnia e ir viver com Namor no fundo do mar, onde veria concertos com o Carangueijo Sebastian todos os dias e poderia comer um hamburguer de siri sempre que quisesse.

O Namor nem tem um gibi próprio hoje em dia, então ela nem precisaria trabalhar.

Mas não, ela optou por ficar na superfície com um bando de adultos que não tem a mentalidade mais desenvolvida que uma criança de quatro anos e os ajudar no dia a dia além de enfrentar ameaças cósmicas com eles.

E ela ainda arranja tempo pra ficar extremamente em forma e dar esperanças a todos os nerds do mundo que sonham em um dia ter uma loira maravilhosa disposta a casar com eles.

Não sei se isso é bom ou ruim, mas...


Sarah Connor

Eis que você descobre que no futuro, os humanos travarão uma guerra terrível contra as máquinas e que sua liderança é a única coisa que representa alguma esperança para a sobrevivência humana.

E mais, você terá de enfrentar um exército de Arnolds.

Tal previsão seria o suficiente para fazer metade de nós cagar nas calças e cantar "I Will Survive" enquanto se recolhe em um canto com suas fezes e seu medo, a outra metade diria "Du caralho" e se jogaria de cabeça na batalha.

Claro, esta outra metade morreria em segundos e somente aquele que foi treinado por Sarah Connor teria alguma chance de dizer "Você não vai voltar porra nenhuma" para algum dos Arnolds.

Pois é, Sarah Connor passou por uma vida dura.

Conheceu o amor de sua vida enquanto era perseguida por um andróide assassino, passou apenas uma noite com ele e então decidiu treinar seu filho para que ele fosse o salvador da humanidade.

Claro, ela não poderia fazer isso sendo uma princesinha de merda e se tornou o equivalente feminino do Rambo no processo. Digo, quantas outras mulheres vocês conhecem que ficam tão bem carregando uma 12 e descarregando na cara do Robert Patrick?

Pois é.

E a prova cabal de que Sarah Connor é uma mãe tremendamente durona, é que ela criou seu filho tão bem que ele cresceu e virou o Batman!

Quero ver qualquer uma de vocês fazer melhor!

Mas verdade seja dita, toda mãe tem um pouco de Sarah Connor. Se o Arnold aparecesse aqui e quisesse me matar, tenho certeza de que minha mãe seria capaz de transforma-lo em sarapatel sem maiores problemas.

A sua também seria, não duvide.



Pamela Vorhees

Um belo dia, o pequenino e fofinho menino Jason estava sendo atormentado por outras crianças, provavelmente por ser o gorducho do acampamento, ele acabou caindo no lago e se afogou.

Ele morreu ou ficou retardado, dependendo de pra quem você perguntar.

E os monitores do acampamento, o que faziam na hora que não estavam vigiando? Fornicavam!

Então, a senhora Vorhees fez aquilo que qualquer outra mãe faria em sua situação: saiu esquartejando os malditos adolescentes irresponsáveis que foram responsáveis pelo acidente de seu pimpolho, aqueles malditos fornicadores.

FORNICADORES!!!!!

Podem dizer que foi psicose ou coisa do gênero... e não estarão errados, mas acredito que qualquer mãe teria a mesma atitude de sair matando adolescentes caso os mesmos fossem culpados pelo afogamento de seu guri.

E sinceramente, se tem uma coisa que o mundo não precisa é de adolescentes maconheiros, bêbados e desgraçados que ficam fornicando em todo e qualquer lugar que haja um teto e uma cama.

Ou colchonete.

E mais, ela ensinou seu garotinho especial que a melhor maneira de viver é continuamente voltando do túmulo para mandar estes malditos fornicadores para o Inferno.

FORNICADORES!!!

PARA O INFERNO!!!

E lembra o quanto o Jason ficou puto quando Freddy se passou pela sua mãe? Pois é, ninguem fode com a mamãe Vorhees!!!

Mais mães deveriam ensinar seus filhotes a enfiar objetos pontiagudos em adolescentes maconheiros de merda!

E aliás, é a Betsy Palmer abraçando Kane Hodder na foto. Ela foi a atriz que interpretou a mamãe Vorhees no primeiro filme da franquia original enquanto Hodder é o cara que vestiu a máscara de Jason em metade dos filmes e aterrorizou Arsenio Hall em uma ocasião muito especial.

Admita, você achou a foto do Jason com sua mamãe muito adorável, não achou?


May Parker

Ok, tecnicamente ela não é a mãe do Peter, mas ela o criou e isso é o que importa. Mãe não é apenas quem tem o filho, mas quem o cria, educa, protege e o prepara para o mundo.

Sim, pois é! E ninguém poderia ter criado o senhor Parker melhor do que a Tia May.

Sem ela, ele não teria aprendido o que é a verdadeira força de carregar o peso de suas escolhas sem nunca titubear, nem saberia como ser um herói de verdade ou o cara bobo e bem intencionado que todos amamos.

E mais, sem ela não haveria a frase "Com um grande poder, vem uma grande responsabilidade" que todos nós adoramos falar nos momentos mais inconvenientes, como se fossemos donos de grande sapiência e conhecimento do universo.

Tá bom, eu sei que foi o Stan Lee quem criou esta frase, mas não despoetize meu texto, seu babaca.

Tia May também é tão durona que aloprou o Wolverine enquanto morava na cobertura dos Vingadores e lhe deu uma bronca por viver andando por aí sem camisa. Deus te abençoe Tia May, por dizer aquilo que todos queriam mas não tinham coragem.

Por fim, foi ela quem apresentou Mary Jane Watson, a ruiva suprema, para o Peter.

Por meses ela tentou fazer os dois se conhecerem, mas Peter sempre evitava. Uma garota apresentada pela sua tia deve ser um tremendo jaburu, correto?

Incorreto! Mary Jane Watson é a mulher mais linda já desenhada em uma história em quadrinhos e não fosse a insistência de May, Peter ainda estaria dando em cima de Betty Brant e esperando conseguir alguma torta com ela.

Boa, Tia May! Mais mães deveriam arranjar "torta" para seus filhos!



Marge Simpson

Ela apareceu na imagem de abertura, claro que estaria no artigo.

Marge é o exemplo mais perfeito de uma mãe de verdade. Sua vida é dedicada a cuidar de seus três filhos encapetados (Lisa também não é nenhuma santinha) e de seu marido inepto, grosseiro, burro e que mal presta atenção a ela.

E na maior parte das vezes, ninguém dá valor ao que ela faz.

Pois é, exatamente como a maioria de nós fazemos com nossas mães de verdade.

Apesar de ficar deprimida as vezes, Marge é a cola que une a família, pois sem ela, os outros Simpsons ficam total e completamente perdidos. Assim como ocorre em muitas casas na vida real, onde a mãe é a real cabeça por trás de tudo.

E mesmo que as vezes fique insatisfeita, Marge sempre arranja tempo pra mimar o Bart, defender as crenças muitas vezes incompreendidas de Lisa, ser a principal companhia da esquecida Maggie e ainda ter um bocado de paciência com seu marido que é uma criança grande.

E mesmo sem super poderes, ou sem ter criado um herói ou salvador da humanidade, acho que todas estas qualidades fazem e Marge a melhor mãe dentre todas as que mencionei hoje.

Pois é, não tenho muito mais a acrescentar não.

E por enquanto é só.

Quando o Dia das Mães chegar, dê um abraço bem apertado e um beijo nela. E faça algo legal pra ela também. Leve-a para jantar fora, ou dê algo que ela goste, ou mesmo dê o dia de folga para ela e cuide de todo o serviço de casa.

Porque diabos, ela merece e você sabe muito bem disso, peregrino!

Cheers!!!

59 comentários:

Felipe disse...

Hell yeah Amer. Assino embaixo.

Cafaggi disse...

Depois de ver a Martha Kent e a Mulher Invisível, tava me perguntando se a tia May ia aparecer.. boa Amer!

Leo Matheus disse...

Muito boa Amer! Estou rindo com a Betty, não sabia que o Bam Bam era adotado...

Thyago disse...

muito boa amer!
mas quanto a parte de "mães arrumarem tortas para você", no meu caso não dá muito certo.
minha mãe tem a habilidade de ser um ser que lhe deixa sem jeito até em funeral, quanto mais na frente de uma garota XD

Scariel disse...

Nossa eu tbm já tive q tomar Bezentaci pelos mesmos motivos.Acordei sem sentir as pernas ai minha mãe me levou pra toma essa coisa.
Estou aqui imaginando minha mãe encarando o Arnold...xD

Paulo_HT disse...

muito bom o artigo.
imaginei que seria algo do tipo

Caio C. Kapps disse...

muito bom hammer,

"Digo, quantas outras mulheres vocês conhecem que ficam tão bem carregando uma 12 e descarregando na cara do Robert Patrick?"

Minha mãe é claro!!!!

Abraço

Nalyanne disse...

Amer!!!!! Que artigo lindo.... *-*

Ok, talvez eu esteja sendo fofele e tals, mas é que eu sempre amei minha mãe e nunca escondi isso de ninguém, até no momento em que ela briga comigo sem razão aparente (Nunca se esqueça, sua mãe tem sempre razão, isso garante sua vida) e eu ainda a admiro profundamente! Bem, minha mãe ficaria meio esquisita com uma 12, pois ela tem um metro e meio (Sim é baixinha, isso a torna muito perigosa) e é ruiva... E sim, ela é esquentada, mexa com a cria dela e vc vai descobrir porque sente medo nessa vida, eu mesma já temi minha mãe, e eu fiz certo, ficar quieta e ouvir. E minha mãe tem um pouco de cada, sempre a admirarei, é meu exemplo, minha Mama é de mais, pena que ela não acredita muito quando eu falo isso... Enfim, só nós que fazemos as cagadas sabemos o quão importante elas são na nossa vida, eu mesma não viveria sem a minha e não sei como a minhã vive sem a dela. Sim, minha mãe me criou mimada e meio "esperta". ^^

Nhaii, a quem quero enganar, a minha mãe é meu tesouro.

E um mais... eu estava pensando em escrever um artigo para o dia das mães, mas vc se adiantou Amer. E o pior é que eu estava pensando igualmente a vc... Agora terei que bolar outro presente pra mim velha.

Ahh, bem, que seja.

Beijos Povo!

Ro Nunes disse...

desculpe a invasão
mas adooorei o post, toda mãe tem um pouco de cada uma q vc escreveu ... de uma certa forma
eu hoje em dia dou muito mais valor a minha mãe pq eu naum moro com ela :/
mas com certeza dia das mãe vou pra casa dela e fazer um almoço heheheheh

bjuu

Nalyanne disse...

Ahh, me desculpe Amer, vou abusar do seu espaço.

Embora eu tenha caçado arduamente no Youtube, a indação foi a melhor, e tenho certeza que é um bom video, que mostra Mãe. Me emocionou e talvez não devesse, mas.... bem, fica a gosto de quem quiser ver.

Beijocas!

http://www.youtube.com/watch?v=nRBtBIaEfrE

E mais uma coisa, a música é linda. ^^

Hannibal disse...

O melhor texto q já vi aki... e olha q os outros são excelentes...

Avalanche(Lance) disse...

É niver da vovó Avalanche então não deu pra ler,mas aqui:

" usar sua Nuvem Voadora mesmo depois de velho, indica que ela sedou o rapaz pra conseguir fabricar o Gohan."

E como todos sabemos o Gotekes é na verdade o filho do Gohan com sua mãe!

Thais B. disse...

"Dá pra projetar um filme na testa da Cristina Ricci."

Achava que só eu pensava isso! :D

Avalanche(Lance) disse...

Das testudas:

http://celebhairstyle.files.wordpress.com/2008/09/christina_ricci.jpg

http://media.photobucket.com/image/ellen%20page/Fairydust81/EllenPage.jpg

Só me não pegaria essa coisa aqui:

http://images.google.com.br/images?hl=pt-BR&rlz=1C1GGLS_pt-BRBR294BR313&ei=obEASoSANZiyMZqujdUH&resnum=1&q=Reese%20Witherspoon&um=1&ie=UTF-8&sa=N&tab=wi

guilherme.kinni disse...

"então imagino que o pai de Ash abandonou sua mãe quando soube que ela estava grávida de um protagonista de anime."

É, isso já acontceu comigo, eu entendo as razões dele.

Lance: Esquecerei que você falou isso.

Mães são demais, e nada pode substituí-las, eu poderia continuar falando mas você sintetizou muito bem no seu artigo, valeu Amer!

Nanda disse...

""então imagino que o pai de Ash abandonou sua mãe quando soube que ela estava grávida de um protagonista de anime."

É, isso já acontceu comigo, eu entendo as razões dele."

Sua mãe tava grávida de um protagonista de anime?!? Geeeentch!!

Enfim!
Pra mim, o melhor do artigo inteiro (depois da testa da Cristina Ricci, que já foi comentada!!) foi isso:

"E o que a torna realmente especial é o fato de que ela poderia largar toda essa esbórnia e ir viver com Namor no fundo do mar, onde veria concertos com o Carangueijo Sebastian todos os dias"

HAHAHAHAHAHAHAHAHAH!! Eu adoraria ver concertos com o Sebastian!

Agora, que foto que vc escolheu pra Susan, hein?
Aposto que todo mundo 'adoraria' uma foto da mãe NESSA posição exposta em publico! ahhahahahahahahaha!!

Brincadeiras à parte, parabéns pras mamães!!
E eu tenho que concordar com vc, Nalyanne... Falo tudo isso que vc falou da sua mãe pra minha (com exceção que a minha não é ruiva! ahhahahah)
Mães são o máximo!!

Beijo pra todo mundo!

Marco Antonio disse...

Primeiro post que li e minha primeira visita ao blog.

Voltarei sempre, o post foi sensacional.

Parte que mais gostei foi da mãe do Jason...o "FORNICADORES" soou totalmente Abe Simpson gritando alguma balburdia desconexa, simplesmente excelente.

Amer H. disse...

Veja bem, achar foto pra Susan foi um problema. Ela só é desenhada de duas formas:

1) Parecendo o Cornelius do Planeta dos Macacos, ou...

2) Como a MILF mais saborosa da Marvel.

Não tinha muito que decidir aqui, falemos a verdade.

E todo mundo curte uma mãe gostosa! Lembra do Virgem de 40 Anos e como ele ficou feliz por estar namorando uma vovó gostosa?

Mesma coisa.

Claro, os filhos podem não ficar felizes de saber que suas mães são consideradas gostosas pelo resto do mundo, mas o que se pode fazer?

E eu acho a Reese Whiterspoon bonitinha.

Principalmente perto da Cristina Ricci, com sua testa digna do Cabeça de Martelo e mãos gigantes capazes de estrangular Hulk Hogan.

E aliás Nanda, o Kinni disse que entende como o pai do Ash se sente e que isso já aconteceu a ele.

Acredito que ELE engravidou uma protagonista de anime e deu no pé quando ficou sabendo.

Coisa feia!

Avalanche(Lance) disse...

E perdi um pouco de respeito pelo amer...

Edu xD disse...

Hades + Hyppolita = WonderWoman

Kesianne disse...

hauhauahauha
ADOREI O POST!!!!!!
"Barney Rubble, além de ser anão e possuir uma voz que todo mundo tenta imitar com resultados debatíveis" muito bom!!!
A parte da dona Florinda tbm tá perfeita!!!!

Nanda disse...

"E aliás Nanda, o Kinni disse que entende como o pai do Ash se sente e que isso já aconteceu a ele.

Acredito que ELE engravidou uma protagonista de anime e deu no pé quando ficou sabendo."

AHHAHAHAHAHAAHAH!!
Cade o Kinni pra dar a versão dele da historia???

Oi Kesy!!! _o/
Oi Lance!! _o/

Raven disse...

Delicioso post, Amer! Pena que minha mãe não está mais aqui para lê-lo - ainda que ela não curtisse muito coisas nerds, fazer o quê?...

Suas mães foram muito bem escolhidas, mas eu tenho que admitir: Mamãe Voorhees foi a melhor! AMEI aquela foto pra lá de meiga!!!

Um feliz dia das mães para a sua mãe, Amer, e também para todas as mães do pessoal que visita seu blog!

Avalanche(Lance) disse...

Oi amor^^

*escondendo as fotos das testudinhas que ele pegaria*

Katchiannya disse...

Adorei a lista, ficou realmente muito bem escolhida.

Eu tinha me lembrado de alguém para acrescentar qdo li ontem, mas não deu para comentar e agora esqueci :P

Mas se fosse tão importante qto as dignissimas que vc mencionou, eu me lembraria.

Edu xD :Hades + Hyppolita = WonderWoman APENAS no desenho da Liga que eu me lembre.

Depende da cronologia que vc pegar. Nos quadrinhos ela é gerada imaculadamente, moldada pela Hipolita e imbuida de vida pelos deuses - pelo menos na original do William Moulton Marston, eu acho, pq com tantas crises na DC me perco na linha cronologica e sobre o que é oficial atualmente.

No novo desenho da Wonder Woman (eu RECOMENDO muito, e olha que ela nem é minha personagem favorita dentre os super-heróis), eles voltaram a essa origem de ela ser moldada pela Hipolita.

Alias, devo ressaltar que nessa animação, tem outro motivo para a Hipolita ser presença obrigatória na lista de mães nota 10 do Amer.

Que outra mãe tema a capacidade fodástica de decapitar um gárgula (ou monstro similar) com uma tiara, subindo em em alta velocidade tendo o laço preso nas patas do tal monstro.

E ainda cair em pé e partir para cima do Ares?

Hipolita é A RAINHA das Amazonas, com todo o direito!

Paco D. Lee disse...

Porque o Barney não pode simplesmente ser infértil? o_O

Nanda disse...

Ou a Betty, oras!! oO

Amer H. disse...

Porque o Barney fuma muito e isso faz o pinto cair.

Rogério disse...

Porra Amer! Mandou bem!!
Ultimamente eu estava me perguntando se por um acaso, nós éramos frescos quando crianças, porque eu me lembro que aquelas malditas bezetacil eram dolorosas para diabo!
Quanto às melhores mães, foi muito bem, colocado, especialmente Susan Richards,Tia May (que teve seu nome mal utilizado naquele desenho dos anos 90, lembra?)e Délia Ketchum. como tudo não são flores, bem que você poderia fazer um adendo para Yui Ikari de Evangelion; afinal quem mais poderia desistir da vida para mover uma robô gigante apenas para salvar a humanidade, para seu filho ter a chance de se dar bem com uma ruiva. E quando descobriu no quê seu marido tinha transformado seu rebento, ela o devorou-o! Isso deve contar alguma coisa.
De qualquer modo, o artigo como sempre, foi perfeito e os erros do teclado não comprometeram em nada.
Nos vemos em uma semana!

guilherme.kinni disse...

Nanda: Não quero falar sobre isso, melhor mudar de assunto.

Katchiannya, Nanda, Feh, Raven, Nalyanne, Euclydes, Lance, Franco e o resto do pessoal que eu esqueci o nome, como vão vocês?

RF Victor disse...

Bom artigo!

Er... agora... ESSA é a Martha Kent em Smallville?! WTF?!?!? O.O

Nalyanne disse...

Hunm.... Guilherme e suas histórias, o que há por trás destes seus oculos fundo de garrafa??? Bem... acho melhor não saber..

E eu vou bem, obrigada pela lembraça. E me preparando para o dia das mães, já que sou pobre o suficente, irei fazer o presente da minha mãe. É, eu posso fazer isso. Aliás todos podem, acho que esta pergunta foi a que faltou na enquente desta semana.

E bem, acho que minha velha irá gostar, já que ela aprecia o trabalho duro. ^^

Bem, fica a dica para quem ainda não mexeu o trazeiro da cadeira do pc.

(Se alguém quiser saber, eu conto a reação dela)

Beijos ô/

Raven disse...

Eu estou bem, Guilherme, valeu pela lembrança!

Avalanche(Lance) disse...

Perdi o post do Wolverine o filme então:

Na boa...como adaptação ele é uma merda, personagens adaptados devem pelo menos manter características que os fazem ser reconhecidos, nem que seja numa olhada só:

Você reconheceu o Bico?A maioria das pessoas nem o viu no filme.(ele é exemplo)

Como filme de ação, na boa se não tivesse o nome "Wolverine" as pessoas nem iam no cinema.

Os diálogos em alguns momentos deixariam o Kurt Russel orgulhoso,mas em muuuuiiitooo ia fazer o Burt Reinolds chorar.

Particularmente toda a cena dele criança é mal atuada ao estremo, com diálogos ridículos e cenas piores(e era a cena mais facil de fazer, pq nos quadrinhos ela meio que existia e era foda).

Outra cena legal dos quadrinhos e no filme é um lixo é a fuga do Arma X, que no filme ele só sai por uma porta e encontra a família Kent.

Outra coisa....sério deu vontade de ver a versão pirata que diziam não ter todos os efeitos especiais, pq na boa apesar da invasão na nigéria ser boa, algumas cenas como o Wolverine andando de moto, ou a primeira vez com as garras de metal são uma bela porcaria falsa até pro universalhorror, os filmes de 1930-50)
Inclusive...pq raios foi preciso fazer uma cena falsa dos prisioneiros indo pro helicoptero do Xavier?Acabou a verba pra levar o povo até um parque?

Os combates são meio sem sentido e na boa...o Logan já era indestrutível antes do adamantil, porra uma tora caiu nele e ele foi atropelado sem escoriação nenhuma.

Avaliando como um filme de ação só, não falei da história .

Por fim, essa bosta não é pra leigos como os defensores de péssimas adaptações dizem, sequer explicam oque é mutante, que é uma palavra que todos os personagem usam com naturalidade.

Personagem mais legal: BLOB!(divertido memso quando tava magro)
Melhor atuação: Will i Am(não foi forçado, estava bem natural e a vontade).

A FOX devia aprender com os erros, esse filme foi pior que o Justiceiro e o Demolidor.

;_. B.r3y ブレンダ ;~ disse...

rsrsrs ;D amei tbm ..^~
eu gosteii ...são mães diferentes com atitudes...quase iguais sauhshausa xD coisa de mãe ^^XD

Leandro disse...

Amer, lendo o post em que vc participa no gameblog, surgiu uma dúvida: seu nome é amer mesmo ou é só um apelido?

Franco disse...

Só mandando saudações a Kinni pelas lembranças.

Se alguem ja parou para obiservar que os meninos são mais apegados com as mãses e as meninas com os Pais.

Pode não ser com vcs mais com alguns pessoas( e não são poucos) existe isso.

Sobre o poste achei divertido e um bom passa tempo para um sexta anoite.

Amer vc devia ter frizado no artigo que não importa a cagada que um filho faça para a mãe dele sempre tem perdão.

He eu quero lembrar daquelas pessoas que não tem uma mãe para dar um presente( seja qual for o motivo),que passem um dias das mães feliz e se tiver boas lembranças dela,lembre...

Nanda disse...

Oi, Gilherme! Eu vou bem e vc??

Desculpa se vc ficou ofendido/chateado/qualquer coisa do tipo com minha brincadeira! Não foi a intenção, viu? =*

Fabiano disse...

Cara, queria ter metade da sua imaginação!...
Agora, foi uma ótima lembrança ter incluído a Tia May! :)
Abraço!

Amer H. disse...

É meu nome, Leandro.

Mah Gawd, se eu ganhasse um Real pra cada vez que alguém me faz essa pergunta...

Raven disse...

Amer, sinto muito mas não resisti e, hm, me "apropriei indebitamente" daquela sua foto do Jason abraçadinho com Mamãe para fazer uma homenagem também ao dia das mães... Espero que você não fique bravo comigo, mas... foi incontrolávei!

Ah, fui asssitir Wolverine ontem, e é o pipoca que eu esperava que fosse... Mas não imaginei que seria, também, o samba do mutante doido! ^^

Edson disse...

Feliz dia das mães pra todo mundo! =D

Ontem assisti STAR TREK e posso dizer que o filme me surpreendeu! Foi bom não ter lido NADA sobre a trama porque estragaria MUITAS surpresas do filme!

Legal o fato desse novo episódio não ser simplesmente um prequel, mas um "reboot" que presta grandes homenagens ao passado, porém sempre voltado para o futuro (vocês vão entender quando assistirem).

Esse sem dúvida merece review!

Abraço!

Franco disse...

Feliz dia das mães para todas as mães que tem filhos, é que nao ganharam presentes ( meu caso)

É feliz dia das mães para as que ganharam também

É feliz dia das mães, para as que pensaram que iam ganhar alguma coisa é que não ganharam nada...

É feliz dia das mães para aquelas que pensaram que não iam ganhar nada e ganharam alguma coisa inutiil

É feliz... a vcs ja entederam...


FELIZ DIA DAS MÂES A TODAS AS MÂES DO MUNDO!!!!!!!!!

Avalanche(Lance) disse...

E acabou-se o dia das m~es^^

:: Luthy Lothlorien :: disse...

Putz, meu monitor queimou e só hoje que eu consegui um emprestado, mas acho que esta semana compro o meu novo... it doesn't matter, consegui postar finalmente! *_*

Amei o post, ri litros em algumas partes e concordo com tudo que foi dito sobre as mães!!
Esses últimos dias não foram nada fáceis, eu te contei, né, com a minha mãe doente e tal, mas ela já está... hmmm...98% *O*! Ao menos pôde fazer o almoço do Dia das Mães, porque se sobrasse pra mim, acho que todo mundo estaria internado! ahauahauhauahauahaua...
E eu nunca tomei bezetacil! lalalalalalala! =)

Amer H. disse...

Vejam bem pessoas, resolvi dar mais uma boiada pra vocês.

Vão até a comunidade do Blog no Orkut e vejam o tópico que criei hoje para saberem do que eu estou falando.

E depois não digam que eu não sou legal.

Cheers!

Paolalá disse...

Amer,

Eu sou estudante de jornalismo e se tudo der certo, me formo neste semestre. Meu projeto de conclusão de curso é sobre blogs e gostaria de saber se posso te enviar as perguntas de uma entrevista que estou fazendo com blogueiros. É super simples de responder e me ajudaria bastante!

Meu e-mail é pamonhafresca@gmail.com

Paolalá disse...

Amer, já mandei o questionário por e-mail. Muito obrigada!

Paola.

GuH :~~ disse...


a da mulher maravilha é nojenta bagarai

lancealves disse...

essa fotação é a primeira unaminidade da net.

Isabelle de lioncourt disse...

HAHAHA...como sempre mais um ótimo artigo! Concordo plenamente Amer, estas são mães que,depois das nossas, merecem ser ovacionadas.
òtimo post!

○ Larissa disse...

também já tive que tomar muita Bezentacil, mas, mamãe sempre ajudava...
elas são demais !

Moises disse...

Ah, foi mal estar postando com tanto tempo de atraso mas.. bom é a minha primeira postagem em algo e eu realmente me empolguei com esse blog (até porque acho que os comentários o ajudam não é?) AMER você fez o que eu queria ter feito (mas é claro que a preguiça e a falta de um blog de futuro não permitiram nada ¬¬)

Primeiramente fiquei muito feliz em ver que você lembrou de Sarah, a mãe suprema do cinema, não existe filme melhor pra dias das mães do que Exterminador 2 (e a foto ficou sensasional :D), com uma história que parece fazer referência a um novo messias (John Connor - Jesus Cristo // JC - JC) ela seria a Nossa Senhora (ou Maria para os não católicos, apesar de que nessa lógica o pai de Connor seria uma espécie de junção do Anjo Gabriel com São José.. que coisa ridicula..) estrela do primeiro filme, da série e tão protagonista quanto arnoldão no segundo movie, SHOW!!!! \o/

Quanto as outras.. eu sempre tinha raiva de ver a Chi Chi não querer deixar o Gohan salvar o mundo porque tinha que ficar estudando, mas fazer o que, ela estava certa né.. (diferente da maluca da Bulma que levava o bêbe Trunks pra perto dos androides assasinos ¬¬)

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, amer (com todo respeito) você é um grande filho da MÃE,
em vez de colocar uma foto da "vovó" Kent colocou de uma gostosa ;)

Katchiannya, quer dizer que Hades não é pai de Diana.. eh sempre estranhei isso, até
porque o desenho não confirmou nada..

A história de Jason é essa? eu achava que a mãe dele era malvada.. quer dizer malvada com ele.. : /

eu só senti falta de alguma mãe gamistica, mas aí lembrei de LISA a mãe de Alucard do game Castlevania, a moça além de ter se casado com Dracula ainda conseguiu fazer o filho não seguir as maldades de dominar e destruir o mundo diabolicamente que nem o pai e (aparentemente) ela lia a bíblia para o conde vampirão (ou vai ver ele mesmo tinha essa prática curiosa..)

qualquer coisa amer, você menciona ela no post do ano que vem (e a moça de evangelion que o Rogério falou aí também), qualquer coisa ainda comenta sobre a mãe de Yusuke de Yuyu Hakusho, tá bom que ela é uma viciada em cana e tabaco, não parece ligar para o filho e ainda criou um deliquente, mas apesar de todos os defeitos vimos o quanto ela o amava quando ela morreu.. ;)

- ah, foi mal o textão, foi como eu disse no inicio, me empolguei com o blog :P

Max disse...

Ah, foi mal estar postando com tanto tempo de atraso mas.. bom é a minha primeira postagem em algo e eu realmente me empolguei com esse blog (até porque acho que os comentários o ajudam não é?) AMER você fez o que eu queria ter feito (mas é claro que a preguiça e a falta de um blog de futuro não permitiram nada ¬¬)

Primeiramente fiquei muito feliz em ver que você lembrou de Sarah, a mãe suprema do cinema, não existe filme melhor pra dias das mães do que Exterminador 2 (e a foto ficou sensasional :D), com uma história que parece fazer referência a um novo messias (John Connor - Jesus Cristo // JC - JC) ela seria a Nossa Senhora (ou Maria para os não católicos, apesar de que nessa lógica o pai de Connor seria uma espécie de junção do Anjo Gabriel com São José.. que coisa ridicula..) estrela do primeiro filme, da série e tão protagonista quanto arnoldão no segundo movie, SHOW!!!! \o/

Quanto as outras.. eu sempre tinha raiva de ver a Chi Chi não querer deixar o Gohan salvar o mundo porque tinha que ficar estudando, mas fazer o que, ela estava certa né.. (diferente da maluca da Bulma que levava o bêbe Trunks pra perto dos androides assasinos ¬¬)

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, amer (com todo respeito) você é um grande filho da MÃE,
em vez de colocar uma foto da "vovó" Kent colocou de uma gostosa ;)

Katchiannya, quer dizer que Hades não é pai de Diana.. eh sempre estranhei isso, até
porque o desenho não confirmou nada..

A história de Jason é essa? eu achava que a mãe dele era malvada.. quer dizer malvada com ele.. : /

eu só senti falta de alguma mãe gamistica, mas aí lembrei de LISA a mãe de Alucard do game Castlevania, a moça além de ter se casado com Dracula ainda conseguiu fazer o filho não seguir as maldades de dominar e destruir o mundo diabolicamente que nem o pai e (aparentemente) ela lia a bíblia para o conde vampirão (ou vai ver ele mesmo tinha essa prática curiosa..)

qualquer coisa amer, você menciona ela no post do ano que vem (e a moça de evangelion que o Rogério falou aí também), qualquer coisa ainda comenta sobre a mãe de Yusuke de Yuyu Hakusho, tá bom que ela é uma viciada em cana e tabaco, não parece ligar para o filho e ainda criou um deliquente, mas apesar de todos os defeitos vimos o quanto ela o amava quando ela morreu.. ;)

- ah, foi mal o textão, foi como eu disse no inicio, me empolguei com o blog :P

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

bom texto Amer.

realmente a Lois me dá medo. só do fato dela até hoje estar casada com o infame Peter Griffin, já é motivo de horror. qualquer mulher no minimo levaria os filhos(tirando o Stewie) e moraria bem longe. Marge tem aturar o Homer que é mais burro quanto uma porta e o Bart tem tudo para ser terrorista sociopata no futuro.

tudo bem que essas são compreensivas e tudo mais, mas tem um limite pra tudo, até paciência.

Adriano Erico Gonzaga disse...

Tô descendo nesse amontoado de merda que são os nerds pra berrar: CARALHO! NUNCA LI TANTA MERDA REUNIDA!!!

Adriano Erico Gonzaga disse...

VOCÊ SE MATA DE TANTO TRABALHAR POR ACASO? É SÓ UM MONTE DE BOSTA OBESO DA PORRA QUE MORA COM A MÃE!!!

Adriano Erico Gonzaga disse...

FILHO DA PUTA! FILHO ĐA PUTA!! FILHO DA PUTA!!!

Adriano Erico Gonzaga disse...

SEU FILHO DE UMA PUTA!!!!