domingo, 4 de janeiro de 2009

Crítica do Amer: Chrono Trigger


Muita gente me pediu para escrever sobre este game no ano passado.

Na verdade, "muita gente" é um termo relativo. Uns três ou quatro leitores pediram este review, mas como no geral este blog tem menos leitores e comentários que meu blog principal, posso considerar que três pessoas são "muita gente."

Ou eu posso encerrar esse monólogo que não vai à lugar algum e começar a falar do game de uma vez.

Assim seja!

Chrono Trigger foi lançado originalmente para o Super Nintendo em 1995. Foi produzido por Hironobu Sakaguchi, que como todos sabem, criou a série Final Fantasy, Yuuji Horii, que trabalhou na produção de diversos games da franquia Dragon Quest e Akira Toriyama, simplesmente o criador de Dragon Ball.

E a trilha sonora foi composta por Yasunori Mitsuda e Nobuo Uematsu.

Com um time desses por trás do game, acho que não preciso dizer que ele é uma obra de arte.

Mas vamos por partes.


Nossa história começa com Crono, um garoto que brinca diariamente com katanas (hábito ao qual sua mãe estranhamente não se opoe) indo visitar o grande festival milenar de seu reino. Lá ele conhece uma loirinha espevitada chamada Marle, que resolve usá-lo como guia do festival e os dois acabam se afeiçoando um ao outro.


Então, Crono e Marle vão assistir a apresentação do novo invento e Lucca, a menina gênio e melhor amiga de Crono: uma máquina de teletransporte. Marle se oferece de cobaia e a máquina reage ao seu pingente, fazendo a menina desaparecer.

Resta ao Crono buscá-la, afinal, ele é o herói do game. Mas sem que ninguém soubesse, a menina voltou quatrocentos anos no passado e deve ser salva antes que sua presença acabe alterando o tempo.

E assim começa Chrono Trigger, um dos mais perfeitos JRPG's de todos os tempos.

Ao longo da aventura, Crono, Marle e Lucca vão parar no futuro e descobrem que em um determinado ponto da história, um ser monstruoso chamado Lavos destruiu o mundo e toda a civilização humana. Dotados do poder de viajar no tempo, nossos heróis decidem fazer tudo que estiver em seu poder para impedir que tal tragédia ocorra.

O trio viaja através de diversas épocas, altera eventos históricos e conhece um monte de gente através dos tempos.

No futuro, conhecem R66-Y, um autônomo mecanóide (uau, falei bonito) a quem Lucca se afeiçoa tremendamente e rebatiza de Robo. O robozinho resolve então seguir o grupo e passa a exibir um comportamento cada vez mais humano ao longo da história.

Na Idade Média, descobrem que está sendo travada uma grande guerra entre os humanos e os seres mágicos (chamados de Mystics na versão Super Nes) e encontram Frog. Um cavaleiro medieval exageradamente educado e nobre, que no passado havia sido o escudeiro de um cavaleiro que foi morto pelo líder dos seres mágicos, responsável também por sua transformação em sapo.

Frog tem como objetivo na vida destruir o líder dos seres mágicos, encerrar a guerra e vingar seu amigo, mas precisa da ajuda os heróis e da lendária Masamune para isso.

Na pré-história, nossos heróis conhecem Ayla, a forte e pura líder de uma tribo de humanos que luta contra os Reptites, lagartos evoluídos e inteligentes que planejam se tornar a raça soberana da Terra.

Por fim, existe Magus. O soberano dos seres mágicos e responsável pela desgraça de Frog. Apesar de inicialmente ser o vilão principal, Magus possui um passado trágico que os personagens podem ou não conhecer, dependendo das escolhas que tomarem ao longo do game.

Chrono Triger possui um dos mais incríveis elencos de personagens da história dos games.

Os sete heróis são incrivelmente profundos e bem trabalhados. Lucca se tornou uma cientista porque na infância não conseguiu evitar um acidente doméstico que aleijou sua mãe e tenta compensar por isso, Frog carrega grande angústia e insegurança por acreditar que não é capaz de vingar a morte de seu amigo e Magus tem uma das histórias mais complexas já escritas para um personagem de games.

É impossível jogar Chrono Trigger e não se afeiçoar aos personagens. Mesmo Crono em seu papel de "protagonista silencioso" é extremamente carismático e gostável.


Tecnicamente falando, Chrono Trigger é espetacular.


Os gráficos são impressionantes para a época, com um nível de detalhismo raro mesmo em games do fim da vida do Super Nintendo. Olhando com atenção para os personagens é fácil reparar detalhes em suas roupas e animações, em alguns casos, é possível perceber até mesmo sombras dos equipamentos sobre os heróis.

E eu nem vou começar a falar dos cenários pois são embasbacantes.

O som é um outro caso a parte. As músicas são belíssimas e se adequam com perfeição à situação. No presente, a música é simples e calma, pois são tempos mais pacíficos. Na pré-história a música se torna mais tribal e no futuro, a música é sombria e pesada, denotando a tragédia que se abateu sobre o mundo. Cada personagem tem seu próprio tema também, que combina perfeitamente com o personagem que retrata.

No geral, a trilha sonora de Chrono Trigger é uma das melhores já compostas para um JRPG.

Em termos de funcionamento, o game possui similaridades e diferenças com Final Fantasy. Por exemplo, o mapa do mundo funciona de forma semelhante. No é mostrado um grande mapa com determinadas áreas específicas onde é possível entrar. Uma vez lá dentro, o cenário se amplia e se torna uma cidade ou dungeon específica.

O combate é uma mistura daqueles vistos em Final Fantasy e Secret of Mana. Como no primeiro, a batalha ocorre em turnos, onde se espera a barra de ação do personagem encher para então podermos atacar, usar itens ou o que for preciso.

Como no segundo, os inimigos aparecem em tempo real pelo cenário e só ocorre batalha se os personagens do jogador tocarem nos oponentes. Um jogador habilidoso pode passar correndo por uma dungeon sem precisar enfrentar um inimigo sequer.

E os personagens tem um sem número e habilidades específicas que os ajudam a se virar em tais combates. Tais habilidades não diferem muito dos JRPG's tradicionais, onde temos um personagem forte com magia, um "healer", um tanque que causa muito dano e aguenta porrada numa boa e por aí vai.


Uma coisa que torna Chrono Trigger ainda mais excepcional é o quanto o game é aberto.


Para começar, existem doze finais.

DOZE FINAIS!!!

Cada um é ativado depenendo do momento em que o jogador deciir enfrentar Lavos.

Caso mate o monstro antes de resgatar Marle da Idade Média, verá um final, se o fizer antes de Ajudar Ayla a derrotar os Reptites, verá outro e se derrotar Lavos antes de resolver as pendengas da Idae as Trevas, irá liberar outro final diferente.

Nem preciso dizer o quanto isso aumenta o fator replay do game.

E mais, existem diversas Quests opcionais que servem tanto para fortalecer personagens específicos como para dar um desenvolvimento extra para a personalidade deles.

Por exemplo, você pode deixar Robo na Idade Média revitalizando um deserto e quando o re-encontrar no presente, o lugar terá se tornado uma floresta.

É possível também re-encontrar o fantasma de Cyrus, o amigo de Frog, que assombra um castelo. Levando Frog e a sagrada espada Masamune, o espírito de Cyrus finalmente irá descansar e a espada alcançará seu verdadeiro poder.

Por fim, você pode levar seu grupo de volta à Idade Média e re-encontrar os ex-generais de Magus, que decidem continuar a guerra sem ele após sua derrota.

Falando nisso, em um determinado ponto do game é possível decidir se o grupo destruirá Magus de uma vez por todas ou se permitirá que ele se torne membro do grupo.

Acho que não preciso dizer que 99% do mundo escolhe a segunda opção...

Aliás, Chrono Trigger foi um dos primeiros games a ter a função "New Game +", que permite recomeçar o game com todos os status, itens e poderes que tinha quando o terminou da primeira vez.

E se tem uma coisa que nunca fica chata é pulverizar os chefes iniciais do game com as magias que só se consegue lá pro final da história!


Chrono Trigger é um dos games mais queridos e elogiados de todos os tempos. Ele foi relançado para PsOne e Nintendo DS.


A versão de PsOne tem animações no começo e fim do jogo, além dos momentos mais importantes da história. Apesar disso, ela ficou bem mais lenta que a de Super Nintendo e sofre de um loading irritante quando se entra nas batalhas. Já a versão de DS parece não ter os problemas a versão do console da Sony. Se não tiver como conseguir o cartucho de Super Nes, jogue no portátil.

Enfim, nada mais me resta a dizer. Em minha humilde e singela opinião, Chrono Trigger é um dos melhores game de todos os tempos e nada nem ninguém vai conseguir me convencer do contrário.

E sei que muitos concordam comigo!

Se você nunca experimentou este game, tente. Garanto que logo será um de nós!

Um de nós!

Um de nós!

Cheers!!!

64 comentários:

Bruno disse...

Mais um jogo que eu não joguei.

Caaraca, eu tô começando a me odiar, acho que vou cometer suicídio.

Alexandre Arthur disse...

hum. tenho esse jogo pra snes mas não gostei muito não, nada pessoal, mas não sou muito fã de rpgs (exceto phantasy star IV, he he)

perdoe a ignorância, amer, mas o que exatamente é um jrpg?

Amer H disse...

JRPG = Rpg Japonês.

JRPG's funcionam de forma muito diferente dos Rpg's americanos, por isso muita gente (eu incluso) usa essa sigla pra diferenciar os dois estilos.

Nanda disse...

Chrono Trigger é simplesmente genial!!

*lágrima de emoção*

E a música do Frog é simplesmente SENSACIONAL!!

Não tem o que dizer desse jogo... não tem defeitos!!
Bruno de Deus, vc pode ser perdoado se não jogar nenhum dos jogos que o Amer fala, MENOS CHRONO TRIGGER!!!

Ficou ótimo o review! Pena que é um jogo tão complexo que não tem como vc contar toda a história como vc faz com os outros!

E eu fui uma das 3 leitoras atendidas por esse review! \o/
Brigada! ^____^

Beijo!

David disse...

Amaer,com certeza esse é um dos 3 melhores jogos que já joguei na vida.Na verdade tô jogando agora pois só no final do ano passado consegui pegar uma rom descente.Nunca, digo novamente, NUNCA achei esse jogo pra alugar(assim como secret of mana, que tive que pegar emprestado)que todos os meus amigos falavam!!
A espera foi longa mas hoje posso jogá-lo tranquilamente!
Começamos 2009 com energias positivas falando desse jogo.
abraço

Sergio disse...

concordo contigo amer.um dos melhores jogos que ue joguei.

só não sei se chrono cross é tão bom quanto pois nunca joguei ( mas planejo jogar um dia)

Cajun explosion disse...

Chrono Trigger é um dos jogos mais fantásticos da história e vai continuar sendo mais ou menos pra sempre.
O único jogo que considero tão bom quanto ele é Final Fantasy VI. Mas ainda tenho que jogar os Dragon Quest's pra comparar.
Só uma coisa, Amer, no Secret of Mana a batalha começava quando vc chegava perto dos inimigos e o seu personagem entrava em modo de batalha. Mas se vc estava falando de CT e eu não percebi, desconsidere.
Continue com os reviews, gosto de ler mesmo sem ter muito contato com a geração mais atual de games.

Cajun explosion disse...

Só um adendo: existe um disco com versões jazzisticas da trilha de CT, tomando liberdades que é muito bom. Chama "A Brink of Time", recomendadíssimo.
Até!

Tony Maclaod disse...

Chrono Trigger é incrivel, fantastico, sensacional!!!!
joguei muito no super nes e depois em emuladores. eu tenho ele no ds e ficou muito 10. sou super fã deste jogo
apenas lamento ter conseguido apenas 7 finais do jogo

Diogo Dornas disse...

Opa, adicionei 2 coisas a minha lista do que fazer esse ano agora....

1- Jogar Chrono Trigger DENOVO para matar a saudade.

2- Re-acender as fogueiras da Santa Inquisição para punir Alexander Arthur por tamanha heresia (falar que não gostou de CT). Não esquecendo da longa, dolorosa e debilitante tortura.. err... quer dizer, do serissimo processo de investigação....

Amer H. disse...

Chrono Cross é tão bom quanto Chrono Trigger, mas o sistema de luta e customização dos personagens é muito diferente do padrão dos JRPG's.

Muita gente não curte CC por causa disso. Eu acho que é só questão de se acostumar.

Quanto ao menino Alexandre, bom, gosto não se discute. Não matem ele!

Ele sempre pode vender a cópia de Super Nes dele pra vocês, aproveitem.

Hunter disse...

Chrono Trigger é MARA,na minha santa opinião,em história de jogo ele só perde para Seiken Densetsu 3 (vulgo Secret of Mana 2),com 6 histórias separadas,e dois personagens com um mesmo objetivo. Fora que o modo com os inimigos dos personagens estão interligados com a história principal é perturbadora,até pra mim,que sou "insensível",mas em JRPGs,Chrono Trigger humilha mto FF de hoje. Parabéns Amer por ter feito mais um post de fã para fã (ou seria de louco para fã??),post maravilhoso,agora falta vc fazer um review de ou FF III ou Seiken Densetsu 3. Cheers!!

lance disse...

Porra Bruna tu nunca viu ou jogou nada-_-'


Er...chrono é o único JRPG que eu joguei até o final.

Sei la...eu nã o curto o estilo de jogo apesar de adorar as histórias...mas o Chronno é demais mesmo.


E sim...eu matei o magnus....dai voltei no loading pra desfazer a cagada-_-'

Só a magia do buraco negro te obriga a deixar o magnus na equipe.

E a melhor coisa no jogo que sei la pq tiraram do chrono cross é os ataques em dupla e em trio...era demorado pra fazer, não tirava tanto dano quanto dois ataques singulares...mas era algo que se tinha que fazer em batalhas^^

Amer H. disse...

Magus!

Não "Magnus"!

Eu sou muito chato com nomes!

Amer H. disse...

Aliás, os ataques em dupla e trio continuam no Chrono Cross.

Só tem que fuçar direito, uma vez que tem uma tonelada de personagens.

Bruno disse...

Caraca, esse artigo ganhou bastante comentários hein?

E meu nome é Bruno, não Bruna, se tá viajando.

Nanda disse...

É que ele é ruim em datilografia, Bruno!

hahahahhahahahah!!!

E eu também ADORO os ataques em dupla e trio! São tããão legais!! *__*

Elson disse...

Chrono Trigger realmente é muito bom. Joguei ele tarde, se não me engano foi em 2000 e pouco e foi bem na época que tinha comprado meu ps2, mas o jogo te prende tanto que mesmo já o tendo terminado (pelo menos do ponto de vista da historia original) e com um ps2 com 2 dias em casa não consegui jogar mais nada até fazer todos os finais.

BAH disse...

Carnaval, carnaval, carnaval. Fico tão triste quando chega o carnaval...

Lembro que foi durante um feriado de momo chuvoso (no milênio retrasado) que joguei uma fitinha que aluguei no escuro na locadora.

Foi um dos melhores carnavais da minha vida.

Bruno disse...

Pois é Nanda, concordo plenamente com você.

Sem ofensa Lance.

Paulo_HT disse...

eu também considero Chrono Trigger O MELHOR jogo da história do mundo.
e acho o Frog um dos personagens mais legais de games também.
nunca joguei esse jogo no SNES mas a uns 6 anos joguei ele num emulador.
ainda me lembro da minha aflição quando eu cheguei numa parte no futuro e dava um erro no emulador que a tela ficava preta e nao tinha como continuar o jogo.
e eu tinha 10 anos, eu nao sabia ir num fórum perguntar qual era o problema, mas uns 5 dias depois, descobri no gamefaqs que era só mudar uma configuração no emulador e voltei a ter amor pela vida.
vlw pelo review e espero que um dia lancem outro RPG tão bom quanto esse..

Elson disse...

Bem Paulo, lancaram Xenogears né :). Alias Amer, você já pensou em fazer um review sobre ele ou nem o curte?

lance disse...

"Blogger Bruno disse...

Pois é Nanda, concordo plenamente com você.

Sem ofensa Lance."


Como me ofender?
Se fui eu quem disse isso e a Nanda só lembrou disso.

UnderHell86 disse...

Esse é um dos jogos que eu sempre quis jogar e nunca pude - principalmente porque nunca tive um SNES.

E jogar RPG em emulador não tem graça, antes que perguntem!

yan disse...

Poxa... eu nunca tive um snes, e sempre quis jogar esse jogo mas nunca pude, pois com tantos ''chrono'' não sabia qual era o primeiro,obrigadão por mostrar qual eu deveria começar!

Alias Amer já pensou em fazer um Review do "Dissidia final fantasy" que lançou para PSP a mais ou menos 1 mês ? (Isso é ... se você já não disse algo sobre ele, não costumo ler muito os comentarios ...)

Amer H. disse...

Dissidia eu só vou jogar quando sair americano.

Thyago disse...

Esse jogo é foooooooooda, de longe meu favorito como RPG, me pergunto como os japas safados não fizeram uma continuação ainda (Chrono Cross não é algo a se considerar, lixo aquilo)

Avalanche(Lance) disse...

RPG de emulador é o unico bom pq não se perde nada da jogabilidade...eu hein...


Olha vamos ser justos...o unico rpg mesmo é o Fallout, apesar do Chrono ter uma história mais envolvente e ser bem mais divertido, no quaseito RPG ele esta abaixo.

Avalanche(Lance) disse...

Ahh Amer, esqueceu de falar que o Chrono foi uma das primeiras amostras do declínio sexual doJapão...afinal a Flea é um homem travesti.

Amer H. disse...

Essa questão do Fallout ser melhor ou deixar de ser é uma mera questão de opinião.

Chrono Trigger é o MEU jogo favorito de todos os tempos, ninguém precisa concordar comigo.

Mas dizer que um jogo é "mais rpg" que o outro, é uma bobagem enorme.

Ambos são games tremendamente diferentes, não tem nem como comparar.

Não entendo qual quesito você usa pra definir que Fallout é "mais rpg" que Chrono Trigger.

Thyago disse...

Simples Amer, seria mais RPG se você pudesse beber água da privada, heuaeheauheauaeh

Diego Henrique disse...

Amer, é a primeira vez que comento no seu blog.
Acompanho os dois blogs e quero parabenizá-lo pelo incrível trabalho que você está desenvolvendo.
Sou nostálgico para essas coisas de animação e games, gosto de velharias!
Sua review do Chrono ficou fantástica. Esse foi o primeiro RPG que eu joguei e rejoguei, e quando saiu a versão de playstation eu quase tive um infarto do miocárdio.
Akira Toryama é um artista e tanto e já nos provou isso com suas várias empreitadas pelomundo da arte. Graças ao trabalho soberbo desse japa Chrono Trigger e Dragon Quest VIII figuram na lista dos meus rpg´s preferidos.
Bem, só queria mesmo elogiar seu trabalho e seu esforço em trazer sempre o melhor para seus leitores.
Grande abraço e espero que esse comentário seja o primeiro de uma série!

Fernando disse...

OMG
vc atendeu o pedido /o/
CT é simplesmente o melhor game de todos os tempos

com esse artigo ganhei forças e vou fazer todos os finais do game /o/

ta de parabens amer, eu esperei por esse artigo desde o ano passado XD

e agora vou pegar minha magnum .357 e acabar com a vida dos infelizes que nao gostam ou que nunca jogaram CT

Thyago disse...

Agora que reparei, Marle jogando fogo na espada do chrono, WTF?

Amer H. disse...

A ilustração da capa provavelmente foi feita num estágio bem inicial da produção do jogo, quando ainda não tinham definido qual personagem ia usar qual elemento.

Isso, ou o Toriyama se enganou feio ao desenhar.

Fernando disse...

hey amer

Aproveitando
Bem que vc podia fazer um artigo sobre o jogo CONTRA
Conhece ele ?

É simplesmente um dos jogos mais fodas de zerar =P

mas realmente, o que era de se esperar de um jogo em que o heroi vai pra guerra só de calças achando que tem peito de aço (ignore o fato das balas serem bolinhas laranjas) =P

Andrews Nycollas disse...

\o/ Caramba, alguém finalmente concorda comigo. Tenho algumas coisas a adicionar, mas só vou falar uma coisinha:

São 18 finais, pois existem oito finais diferentes a mais quando você recomeça o jogo depois de zerar, por exeplo: matei o Lavos depois de completar todas as missões e de fazer tudo que tinha pra fazer e fui testar o modo new game + deu pra matar o Lavos denovo em menos de uma hora e o final foi inédito. Meu amigo me disse que dependendo de quando você mata o Lavos e começa o novo jogo com os estatus antigos é um final diferente, sendo ao total oito novos como eu disse.

Só isso a acresentar.

Mas adorei o post. ^^

Amer H. disse...

Isso é balela, meu caro.

Chrono Trigger tem 12 finais apenas. 13 se você contar a cena que rola caso você perca pro Lavos.

Cada final depende unicamente do momento em que você enfrenta o Lavos no New Game +, não tem nada a ver com o final anterior ou seus status.

Aqui vai uma lista que vai facilitar sua compreensão:

http://www.rpgclassics.com/shrines/snes/ct/endings.shtml

E sim... eu conheço Contra! Pretendo fazer um review desse game agora em Janeiro.

Por que raios as pessoas aparecem aqui e perguntam se conheço games que são clássicos?

Diacho! Eu escrevi sobre Gun Nac! Vocês acham mesmo que eu não vou conhecer Contra e Onimusha?

Me dêem um pouco mais de crédito, pelo amor de Jonathan Frakes!

Fernando disse...

Ora bolas Amer
Eu posso esperar qualquer coisa de um cara que nunca jogou zelda oot =D

E sobre o CT
Na versao do ds tem um final extra
contabilizando 14 finais =P
é um final extra estupido, serve apenas para forçar uma ligaçao de CT com chrono cross =P

Amer H. disse...

Não joguei Ocarina of Time porque nunca tive Nintendo 64.

Mas isso não quer dizer que nunca tenha ouvido falar do jogo.

Entre conhecer e jogar, tem uma grande diferença.

E eu analisei CT pro Super Nintendo, os finais extras do DS não tem nenhuma relevância pro artigo.

Fernando disse...

sem duvida
eu apenas comentei que tinha um novo final na versao ds, eu imaginei que os fãs gostariam de saber dessa curiosidade =P

e sobre zelda, eu tbem nunca tive um N64 e mesmo assim ja zerei os dois zeldas pra ele, usei um emulador de n64 =D

mas vou parar de te encher o saco por causa de zelda =D
tu ja deve tar cansado de ser crussificado por isso hauehuaehaueheauaehuea

por fim, gosto é gosto, vc nao deve sentir vontade de jogar zelda assim como eu nao gosto de final fantasy
por mais que todos digam que é uma obra de arte eu recuso FF =P

ja to esperando o proximo artigo =D

Nanda disse...

44 comentários por aqui???

Uau! hahahahah!!

E sinto muito, Amer, mas eu tenho que concordar com essa colocação:

"Eu posso esperar qualquer coisa de um cara que nunca jogou zelda oot"

aahahahahahahahahah!!

Beijo pra vc!

Mog disse...

"Em minha humilde e singela opinião, Chrono Trigger é o melhor game de todos os tempos e nada nem ninguém vai conseguir me convencer do contrário."


Somos 2, meu caro.

luiz disse...

fala sobre o chrono cross amer

Satoshi disse...

Realmente, um dos melhores jogos que eu já joguei em toda minha vida, junto com Xenogears e Final Fantasy VI (pau no cu dos fanboys do VII só pelo Sephie).


Apesar de que eu achei que o review foi incompleto (mais pela complexidade do jogo do que pela habilidade do redator, mind you). Faltou alguns mencionar aspectos do jogo que são ótimos, como, por exemplo, os ataques duplos e triplos.

Mas é tudo perdoável.

Melhor jogo de todos os tempo!

Barão disse...

Esse é um dos jogos que me fazem nunca me livrar do meu Super Famicon (Super Nintendo japonês).

Alias, tenho até um ROM em português no meu PC que jogo de tempos em tempos.

Guilherme disse...

Esse jogo marco minha infância apesar de não ter um super nintendo.Logo com lançamento do emulador de supernintendo fui apresentando a essa obra prima ,oque me custou horas apartir da meia noite na frente do pc para conseguir baixar o rom com uma coneção de 2a3kb/s de download.Valeu a pena cada segundo que gastei jogando ,inclusive o tempo extra gasto para realizar os 13 finais =P.Otimo review mas tem um problema se a escala é de 0 a 10 pra mim o jogo merecia 11

o melhor jogo de todos disse...

chrono trigger tenho q concordar eu amei esse jogo fizis uma besteira mesmo emprestei a minha fita do chrono trigger e ele ssumiu com minha fita onde sera q ele foi??? eu adoro aquele robo gato cantor

tira-lata disse...

É mesmo o melhor de todos os tempos, o Cidadão Kane dos games. Nem Ocarina, nem The Dig, nem Twinsen chegaram tão próximos à perfeição.

tira-lata disse...

Putz, Amer, só li agora o lance de Zelda. Que sacrilégio, cara. Não só por zelda, mas por nunca ter tido um 64. Como um cara que saca tanto de game não teve o videogame mais divertido de todos os tempos?

E Mario 64? Mario Kart? Mario Party? Perfect Dark? Goldeneye? Smash Bros!?!?

Se você for muito contra emuladores eu te empresto meu N64. Sério, você tem de jogar Zelda...

Pamela disse...

Veja...
tenho apenas 11 anos e achei esse jogo de bobeira.Eu tava começando a gostar e hoje sou fã desse jogo.Adoro os personagens,os fatos são cheios de mistério e descobertas,a trilha sonora é o máximo...enfim o melhor jogo que já joguei.

*__*

parabens você escolheu o tema certo p/ esse review

jairo_bilaa disse...

danm amer kkkkk escrevi seu nome e a sugestao era arem (zona pros ignorantes) mais em fim CT pra mim e o melhor rpg de todos os tempos

Ramone disse...

Ótimo artigo, Amer!
Me deu uma nostalgia sem tamanho e uma vontade colossal de jogar novamente!
Nunca terminei Chrono Trigger, mas tenho um amor tão grande pelo Cross, que creio ser pouco provável que eu vá gostar mais, hehe.

Kanashiro disse...

Amer, é impressão minha ou essa sua foto é do Frost Jack Frost, do SMT Devil Summoner? *-*

Mas enfim, deixa eu fazer um comentário que preste. XD

Sou mais um que acha que Chrono Trigger é o melhor jogo de todos os tempos, mas discordo que FFVI esteja à altura dele. A única coisa nele que se equipara ao CT é a história.

Chrono Cross é lindo também... Mas queria ter jogado Radical Dreamers pra conseguir ligar CT a CC mais eficientemente. D:

Ah, e jogue os Zelda de N64, Amer... Nem que seja num emulador. Você não vai se arrepender. *-----*

- disse...

Hey, Amer, desculpe reviver um post tão antigo, mas, existe uma notícia que é capaz de colocar um sorriso em seu rosto, se você já não souber dela, é claro.

Lembra do Crimson Echoes? Aquele Hack que ficou anos sendo feito, foi usada engenharia reversa e tals, que tentava conectar Trigger com Cross (Pra mim, Cross não é continuação e nada muda isso :P), mas que acabou recebendo um triste fim por uma carta de Cease and Desist? Então, a versão 100% (Sim, 100%, todos os finais e itens completos, ao contrário daquela 98% que tinha vazado) vazou. Eis o link : http://www.reddit.com/r/gaming/related/f3n5h/never_before_leaked_chrono_trigger_crimson_echoes/

Bob Mota disse...

Desse eu posso falar e concordo totalmente com o Amer! Cara esse é um dos melhores jogos da história!

REY! disse...

JOGA CHRONO CROSS, MANO! Com certeza vai ser melhor que qualquer jogo dessa geração "mais ou menos" dos infernos que estamos hoje... Afinal, foi melhor Jrpg que joguei na vida, e olha que sou fanboy de FF 6,7 e Chrono Trigger. *-*

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

acabei de zerar Chrono Trigger e concordo com tudo dito nesse post. o jogo é incrível, quem se diz fã de rpg, tem que zerar esse game. ou no minimo joga-lo.

e dos personagens só não gostei do Magus, ponbosso demais para o meu gosto.

Frog é foda!

e a Lucca é a mais gostosa. pronto falei!

Rafael disse...

Jogaço!!! Eu gosto muito deste jogo e me interesso por tudo sobre ele. Ele é o melhor jogo do Super Nintendo.

Rafael disse...

Jogaço!!! Eu gosto muito deste jogo e me interesso por tudo sobre ele. Ele é o melhor jogo do Super Nintendo.

Rafael disse...

Nanda, você é mulher mesmo? Não, não é por nada não! E que, uma mulher que também gosta de Chrono Trigger é bem legal!

levi walison disse...

Eu amo esse jogo já zerei varias vezes

levi walison disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
levi walison disse...
Este comentário foi removido pelo autor.