quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Doze motivos para você assistir Avatar!


Aqueles que lêem às respostas bestas que dou para meus leitores na parte dos comentários, devem ter reparado quando mencionei que faria um artigo oportunista essa semana.

No entanto, não mais o farei! Ficará pra semana que vem, quando já não será mais tão oportunista e poderei dar uma de íntegro aqui.

OH!

Enfim, assisti ao final de Avatar: A Lenda de Aang essa semana. A série já encerrou faz algumas semanas em seu país de origem, mas só agora vi sua conclusão e bem, meu queixo caiu com o final da série.

Na verdade, meu queixo ficou caído durante a saga inteira, mas essa não é a questão!

A questão é que Avatar permanece como um desenho largamente ignorado no Brasil. Muita gente ouviu falar mas poucos se deram ao trabalho de assistir e eu tenho algumas explicações para isso:

1) A Nickelodeon, canal a cabo que exibe a série faz questão de fazê-la parecer muito pouco interessante nas suas vinhetas. De fato, a Nickelodeon faz toda a sua programação parecer pouco interessante, nunca ví um canal com vinhetas tão ruins...

2) A Globo exibe também (ou exibia) se não me engano, mas Aang e sua turma pouco podem fazer com as Meninas Super-Poderosas e Liga da Justiça sendo exibidas no mesmo horário no SBT.

3) A primeira vista, Avatar parece um daqueles desenhos franceses de merda que tenta copiar animação japonesa. Você sabe, ao estilo de Três Espiãs Demais ou Martin Mystery, dois desenhos tão agradáveis quanto enemas.

Malditos Franceses... quando vão aprender que a única coisa que fizeram direito foi o Jean Reno?

Mas enfim, usarei o blog hoje para fazer um serviço de utilidade pública e enumerar as razões pelo qual você deveria abrir mão de seu precioso tempo livre usado na leitura, prática de esportes, confraternização social e masturbação compulsiva para dar uma chance à esta série.

E vou comparar direto com animação japonesa, uma vez que Avatar é definitivamente um anime (por mais que eu desgoste deste termo). Oras merda, "Anime" é um estilo de animação e narrativa, não é algo relacionado à nacionalidade do produto.

Muita gente diz que Holy Avenger é Mangá (embora o próprio autor discorde) e sinceramente, dado o estilo de desenho e narrativa, eu não acho que as pessoas que falam isso estão erradas.

Anyway, vou comparar Avatar com muito anime hoje, portanto se você é otaku radical, não mande recadinhos do tipo: "Mimimimimi, você comparou com Bleach e disse que o Ichigo é viado, você é um bobo cara de mamão!"

Sério, eu não vou dar a mínima e todos os outros saberão que você é uma bichinha de merda!

Yip-yip!



1 - A animação é soberba!

Não sei quantos de vocês se lembram daquele desenho cagão dos X-Men que passava na Globo no início da década de 1990. Aquele que o Wolverine tinha a voz do Esqueleto no início da série.

Pois bem, a animação era uma tragédia! Bastava prestar atenção ao rosto dos personagens e dava pra notar os olhos e marcas de expressão mudando constantemente de posição enquanto eles falavam.

Claro, a animação japonesa na maioria dos casos não fica muito atrás, com uma cena de dois minutos de ação, seguida de cinco minutos em que os personagens ficam totalmente estáticos e com cara de bobos enquanto fazem comentários totalmente óbvios sobre o altíssimo poder dos vilões.

Tá certo que a animação ocidental deu um salto de qualidade altíssimo desde a estréia de Batman Animated Series e a animação japonesa... continua praticamente na mesma...

O negócio é que Avatar é uma das séries animadas mais visualmente impressionantes que eu já vi. Cenas simples como os personagens fazendo compras ou simplesmente morgando no acampamento são animadas de forma excepcional.

Fora os detalhes! Cenas em que os heróis estão deitados esperando o tempo passar, preste atenção e verá que um deles tá coçando entre os vãos dos dedos dos pés, ou cutucando o nariz ou alguma outra coisa que passa despercebida se ficarmos desatentos.

Não senhor! Nada de gente parada e cobrindo a boca enquanto fala pra não precisarem animar os lábios se mexendo! Nada disso! Nope! Não senhor! Nenhum orçamento foi poupado com animação aqui!

Arrisco dizer que a animação desta série é superior à do DCAU e numa boa, esse é o maior elogio em que consigo pensar.



2 - A guerra é realista

A premissa principal da série é que há uma grande guerra acontecendo.

Existem quatro povos que representam os quatro elementos: A Nação do Fogo, a Tribo da Água, o Reino da Terra e os Nômades do Ar. Pois como é dito na abertura de todos os episódios, a harmonia dos quatro povos acabou quando a Nação do Fogo atacou e iniciou uma grande guerra visando tomar o poder total.

O negócio é que não é uma daquelas guerras típicas de desenhos japoneses.

Vocês sabe, aqueles em que dizem que tá rolando uma guerra, mas nada de fora do comum acontece até que um exército de robôs gigantes pilotados por uma biba (raça que prolifera em um ritmo alarmante nos Animes) derruba o castelo do herói e força todos a fugirem. O herói então parte em uma jornada de crescimento, onde descobre o verdadeiro amor, a amizade e o valor dos sapatos de mascar e lanchinhos amanteigados, para só então voltar num rompante de heroísmo e encerrar a guerra em uma única grande batalha de robôs gigantes.

Certo...

Porque o vilão tinha só uma tropa pelo mundo, que era a que o acompanhava para todos os lugares que fosse e se se derrotada, traria um fim a guerra.

Certo...

Pois bem, aqui a guerra é tratada como um conflito real que tem de ser vencido com estratégia.

Por exemplo, a primeira atitude da Nação do Fogo ao iniciar a guerra foi exterminar os Nômades do Ar, pois sabiam que o Avatar iria reencarnar entre este povo e que seria uma ameaça futuramente. Se você conhece um mínimo de História, sabe que genocídio foi algo muito comum nas guerras da vida real.

Quer mais? Na segunda temporada, boa parte do enredo se foca na grande cidade de Ba Sing Se (caso não saiba, o universo de Avatar é inspirado na cultura oriental e muito bem fundado), capital do Reino da Terra e um dos poucos lugares que ainda não foram tomados pela Nação do Fogo e nas tentativas da mesma em mudar essa situação.

A maneira que os heróis escolhem uma data e planejam um ataque à capital da Nação do Fogo também é sensacional. Nada de "Deus Ex Machina", ninguém fica Super Sayajin ou descobre o Sétimo Sentido e resolve em meio segundo um impasse que durou anos.

Bom, talvez nos últimos episódios, mas ainda é Deus Ex Machina se anunciam a série inteira que a descoberta de tal poder é uma possibilidade? Comentários!?!?!?!

E eu gosto de Dragon Ball e Cavaleiros, todos vocês sabem disso... mas a quantidade de vezes que os heróis saem de situações cabeludas usando somente a força da amizade e poderes inimagináveis e totalmente sem sentido... pelo amor do Costelinha.



3 -Os personagens são reais e muito bem construidos...

Uma coisa que eu abomino são aqueles personagens prontos muito usados em animação japonesa.

Como exemplo, cito a heroína ingênua. Sempre tem uma mocinha que é pura, inocente, casta e mais virgem que um gordo cabeludo de dezoito jogador de videogame e que veste camiseta do Slayer.

E esta mocinha SEMPRE acaba sendo o alvo de todas as investidas sexuais (intencionais ou não) de um dos outros personagens, quase com certeza o protagonista, que por sinal é apaixonado por ela mas nunca vai admitir, preferindo fingir que a detesta e gerando muitas brigas "cômicas" com a menina.

E tem gente que acha isso criativo...

Pois bem, em Avatar todos os personagens são bem criados e com personalidades bem definidas. Claro, todos mudam conforme a série avança, pois um dos temas do desenho é amadurecimento, mas falarei mais disso daqui a pouco.

O negócio é, não há clichês aqui, cada personagem é único e muito bem construído. Vejamos a menininha da imagem acima por exemplo, a Toph.

Na segunda temporada da série, Aang procura alguém que domine o controle do elemento terra para lhe ensinar a fazer o mesmo. Diga-se de passagem, metade do elenco de dominadores de terra são sujeitos enormes e musculosos que parecem ter saído diretamente da WWE.

E então, a pessoa que ele escolhe para lhe ensinar é Toph, uma catatauzinha de doze anos que bate na altura de seu ombro.

"Ah, que clichê! Uma menina super-poderosa ao invés de um bombado!"

Sim, seria... se isso fosse um desenho japonês comum... o que não é o caso.

Toph é cega e o que a torna especialmente capaz é que ela desenvolveu sua habilidade de dominação de terra ao ponto de poder "enxergar" as coisas através das vibrações do solo. Em outras palavras, há um motivo pra ela ser foda, ela treinou ao ponto de ser a melhor no que faz para compensar uma deficiência, algo que muitos deficientes do mundo real também fazem.

Claro, ela parece uma bonequinha de porcelana, mas se comporta como um menino: não gosta de tomar banho, tem pés sujos e alopra seus amigos sempre que eles dão abertura. Mas também há uma razão para que ela se comporte desse jeito, não é meramente uma fachada para uma garota doce e feminina que está em seu interior, esperando apenas o momento certo de florescer.

A frase acima foi totalmente gay, mas creio que explicou bem as coisas.

Aqui os personagens são desenvolvidos e muito mais reais que qualquer moleque traumatizadinho piloto de robô gigante roxo que o Japão possa lançar contra nós.

E por falar nisso...



4 - Há um amadurecimento real por parte do elenco.

Como eu disse acima, um dos temas da série é o amadurecimento, pois afinal de contas é uma história sobre crescimento pessoal, como tantas outras que existem por aí.

Senhor dos Anéis, Star Wars, Harry Potter, são todas sagas que bebem da mesma fonte e mostram o amadurecimento de seus personagens até se tornarem adultos de fato e Avatar não é diferente.

Os personagens principais são todos adolescentes: Aang e Toph tem doze anos, Katara tem quatorze e Sokka e Zuko tem dezesseis.

Você deve se lembrar bem de sua adolescência ou talvez até esteja passando por ela ainda. É um dos piores momentos da vida, pois você não tem certeza de nada (apesar do orgulho adolescente idiota o impedir de assumir isso), comete uma infinidade de erros e passa pelas mudanças que irão moldar seu caráter e transformá-lo na pessoa que você será pelo resto da vida.

Em suma, é um período de mudanças e amadurecimento.

Tá certo, conheço pessoas de mais de trinta anos que vivem em eterna adolescência e que cultivam a megalomania e senso de invulnerabilidade dessa fase da vida, mas essa não é a questão.

A questão é que aqui vemos os personagens amadurecerem e se desenvolverem conforme a série avança. E não aquele amadurecimento típico de animação japonesa, veja bem.

Você sabe do que eu estou falando! Todo santo desenho japonês tem uma cena em que o herói fecha os punhos, cerra os dentes e começa a fazer um solilóquio sobre o quanto é fraco e quanto desapontou a todos e que precisa deixar de ser um covarde. Então ele vê um de seus amigos apanhando (não importa o tipo de desenho, o amigo TEM de estar apanhando) e dizendo o quanto tem fé nele, é aí que o herói começa a chorar e ter raiva de si mesmo por ser um covarde e quando seu amigo está prestes a receber o golpe de misericórdia... o herói surge em seu resgate com uma música triunfante no fundo e um efeito especial barato lhe acompanhando!

E seu amigo fica muito feliz, abre um sorriso e chora, agradecendo pelo herói ter aparecido para lhe salvar... quando na verdade deveria estar puto pelo cara ter demorado tanto pra aparecer.

Poxa, se um amigo meu estivesse tomando uma surra bem na minha frente e eu não fizesse nada para ajudá-lo, com certeza ele não ficaria grato ao me ver entrar na briga só depois de dez minutos ponderando se era o certo a fazer.

Não importa o quanto meu discurso sobre a amizade fosse bonito depois.

Em Avatar, os personagens amadurecem com o tempo e aprendem com seus próprios erros assim como... eu e você fizemos em nossa adolescência.

Impressionante, não acha?

E nada supera o amadurecimento do Príncipe Zuko. Não vou passar nenhum spoiler aqui, quem viu sabe do que eu estou falando, se você não viu, vá assistir e depois volte aqui pra concordar comigo.



5 - Os personagens coadjuvantes tem importância de verdade

Algo que também é de praxe em alguns animes são os coadjuvantes desnecessários.

Você sabe, aqueles personagens que aparecem em meia dúzia de episódios, servem só pra encher linguiça, não acrescentam absolutamente nada à história e que as vezes, morrem em meio segundo, algo que traumatiza o herói pelo resto da série e uma memória a que ele sempre recorrerá quando estiver em momentos de apuro.

Os coadjuvantes aqui tem cada um sua devida importância, seja ela aconselhar os personagens com sabedoria (lembrando sempre que eles são adolescentes e precisam de toda orientação possível), lhes fornecer obstáculos para que se tornem mais fortes.

Nenhum coadjuvante é desperdiçado e sempre que um deles regressa, pode ter certeza que ele terá importância na história.

O Rei Bumi acima por exemplo, é um dos personagens mais legais da série e sua aparição se resumiu a cinco ou seis episódios em uma série com sessenta e um.

Olha só, eu até me lembro do nome dele!!! Tá vendo como ele é importante?



6 - Vilões de verdade

Já falei da Nação do Fogo e da guerra que ela iniciou, que usa de estratégias bastante realistas e brutais, mas de que adiantariam essas estratégias se os vilões fossem uma merda?

Desenhos japoneses tem muitos vilões tremendamente legais (como veremos em um artigo mais pro futuro), mas também tem uma quantidade inimaginável de merda. Você sabe, aqueles tipinhos arrogantes com um sorriso cínico que não são merda nenhuma mas falam um bocado e são cruéis "porque sim".

Aquele vilão que empurra uma criança no chão e começa a pisar nela enquanto a irmãzinha olha e chora, atitude sem função nenhuma exceto dar ao herói uma chance de aparecer e debulhar o vilão.

Claro... tem vezes que isso é legal, como sempre que ocorre em Hokuto no Ken. Mas aí é porque sabemos que o herói que vai aparecer é o Kenshiro e ele vai simplesmente reduzir os vilões a Patê Crem e isso é legal paca!

Ainda existe Patê Crem?

Algum de vocês lembra de Patê Crem? Bom, não importa.

Além deste tipo de vilão pisante de criancinhas, existe o vilão emo, que faz "hunf" e que sempre é queridinho das meninas, pois nunca é vilanesco de verdade. Nem pra pisar em criancinhas o maldito presta.

Muito bem, aqui os vilões fazem jus a este posto!!!

Tomemos Azula, a moça bonita da imagem acima como exemplo. Ela é violenta, cruel, sádica e megalomaníaca, e só está realmente feliz quando tem todas as pessoas ao seu redor sob seu total e completo controle.

Sem contar que ela controla as pessoas através do medo, algo que se pararmos pra pensar, a transforma em uma terrorista.

Como a cereja do bolo, ela é uma estrategista brilhante que sempre está um passo a frente de seus oponentes e em batalha ela é prodigiosa.

Sinceramente, temos aqui todos os elementos necessários para se fazer um vilão de respeito!

Agora vamos lembrar que Azula é um dos principais vilões, mas que há um ainda pior: O Senhor do Fogo, Ozai.

E considerando que os heróis deste desenho não tiram forças da fraqueza nem descobrem um poder oculto que o autor inventou no último segundo para virar a mesa nas batalhas... bom... dá pra sentir medo dos vilões e do que eles podem fazer com os heróis quando eles se encontram.

E grandes vilões deixam qualquer história ainda melhor! Pergunte ao Darth Vader!



7 - O humor é realmente engraçado!

Vamos ser francos agora, desenhos japoneses raramente são engraçados.

Salvo raras exceções como Dr. Slump, Ranma 1/2 e Slam Dunk, que fazem bastante uso de humor non-sense, a maioria dos animes não tem graça nenhuma.

Pelo menos pra nós.

A maioria dos animes faz uso de piadinhas visuais que só os japoneses entendem e que os otakus FINGEM que entendem, como as famosas orelhinha de gatinho que pipocam em meninas em momentos aleatórios ou a famigerada "Gota no Cabelo".

Sério... isso deveria ser engraçado???

Não discuto que pros japoneses deve ser hilário, pois com certeza são piadas que devem evocar figuras de linguagem que são usadas no cotidiano por lá, mas aqui no ocidente elas são uma referência visual do quanto nossas culturas são diferentes e nada mais.

Claro, um especialista em cultura japonesa (ou alguém que se julgue como tal) pode te explicar o que as orelhinhas e a gota representam, mas parafraseando o Coringa: "se alguém tem de te explicar uma piada, é porque ela não tem graça".

Assim sendo, Avatar faz bastante uso de humor visual rápido e de tiradas verbais, além de uma boa dose de palhaçada. De fato, um dos episódios antes do Gran Finale da série foi dedicado apenas a fazer graça com as discussões que os fãs tinham em fóruns de internet, para quem não acompanhou as discussões e os "shippings" já foi bastante divertido, mas pra quem fez parte foi simplesmente hilário.

Sem contar que não há aquelas piadas óbvias que pegam uma característica de um personagem e cismam com ela por episódios e episódios a fio, como a burrice da Sailor Moon, por exemplo.

Ok, as seis primeiras vezes que a série fez graça com sua falta de Q.I foram divertidas, mas as outras duzentas e sessenta e oito vezes... nem tanto...

A Equipe Rocket é a exceção a regra pois já assumiu um valor meio... "meta" de caçoar de si mesma.

Mas sério, Avatar é uma série muito bem humorada, mas você tem de assistir pra achar graça. Eu contando não tem o mesmo efeito.


E se você não rir quando assistir, é porque é uma putinha!


8 - Criaturas Fantásticas

Uma das coisas mais originais da série é sua fauna.

Todos os animais são cruzamento de dois tipos de bichos diferentes, como um Urso-Ornitorrinco, que eu acredito que não preciso explicar o que é...

Acima por exemplo temos o Appa, o bisão voador do Aang e que prova que um bom designer pode criar um mamífero flutuante de seis patas sem que fique um bicho inverossímil. De fato, o Appa foi inspirado no ônibus gato do desenho "Meu Amigo Totoro", também conhecido por "Meu Vizinho Totoro", da autoria de Hayao Miyazaki.

Você sabe, o gênio que fez "A Viagem de Chihiro".

Não assistiu Chihiro?

Então vá pro caralho! Sua putinha remelenta e chocolatante que libera pro Valdemar!!!

Enfim, todas as criaturas de Avatar são curiosas, nem que seja somente pro espectador tentar adivinhar quais bichos da vida real foram usados em sua concepção.

E foi algo que gerou humor também uma vez, quando os personagens acharam estranho que o Rei do Reino da Terra tinha um "simples urso" como mascote e não um urso-ornitorinco, ou urso-tigre ou urso-esquilo.

Ha! Essa série me mata de rir!

E me permite dizer a frase "espero que você seja estuprado por um urso-ornitorrinco."

Preciso escrever uma carta de agradecimento aos autores!



9 - Os romances não são um saco

Nunca escrevi um livro (pretendo chegar lá ainda... e plantar uma árvore e fazer uma filha) mas imagino que escrever romance deve ser difícil pra cacete.

Digo, as relações homem-mulher na vida real são tremendamente complicadas porque ambos os lados dificultam as coisas mais simples e relacionamentos que poderiam durar acabam morrendo prematuramente.

Ou se esticam por décadas mesmo estando mais mortos que o Kenny... mas mais uma vez estou divagando.

O negócio é que aqui, os relacionamentos são feitos de forma bem mais natural que na maioria das vezes. Os personagens demoram pra "se encontrarem", acertam, erram, acertam de novo e depois erram mais uma vez... e por aí vai.

Você pode dizer que a abordagem não é tão profunda quanto poderia e não vai estar totalmente errado, pois lembremos que é uma série animada e não um filme escrito por duas solteironas que querem ganhar o Oscar, mas mesmo assim, é algo muito mais bem trabalhado que na maioria dos desenhos do estilo.

Diabos, eu nem vou falar dos relacionamentos toscos que me acostumei a ver em desenhos japoneses pra esse artigo não ficar muito ranzinza.



10 - Os combates são espetaculares

Agora, tem uma coisa que até o mais fanático dos otakus deve concordar comigo: muitos desenhos japoneses de ação tem combates tremendamente maçantes.

O herói e o vilão avançam um pra cima do outro, trocam alguns golpes, vemos uma explosão ou coisa assim e um deles cai pra trás com um hematoma no lado do rosto, para então ponderar sobre a força de seu adversário e o quanto ele ouviu falar do sujeito, mas não tinha idéia de seu poder.

E novamente, um combate difícil muitas vezes é vencido por uma solução muito pouco crível e totalmente de última hora, como o herói descobrir um poder latente em seu interior e o usar contra o vilão de forma impecável e infalível.

Ah, pelo amor de...

Pra começo de conversa, os estilos de manipulação elemental nesta série são todos baseados nos movimentos reais de formas diferentes de Kung Fu.

Ba Gua para a dominação do vento, Tai Chi para água, Hung Gar para a dominação da terra (embora os movimentos de Toph sejam do estilo do Louva-Deus do Sul) e finalmente o estilo Shaolin do Norte para a dominação de fogo.

Pode pesquisar, são todos estilos reais de luta.

Claro, algo que busca inspiração tão pesada em artes marciais só pode gerar cenas de combates espetaculares! Imagine-se assistindo a um filme de pancadaria com Jet-Li e Jackie Chan enfrentando Bruce Lee e Chuck Norris até David Carradine entrar em cena e começar a lutar com todo mundo ao mesmo tempo.

As lutas de Avatar são boas assim!

... ok... talvez não tão boas assim, especialmente porque se esses cinco lutassem, o universo cessaria de existir.

Mas sério, os combates da série nunca são repetidos e sempre são tremendamente empolgantes, especialmente porque os personagens fazem bastante uso do terreno para obter vantagens durante as lutas.

Exatamente como... sim, Jet Li, Jackie Chan, Bruce Lee e diversos mestres de artes marciais do cinema fazem em seus filmes.

Se isso não for um motivo mais do que justo pra se assistir a esta série, eu não sei o que é!



11 - Nada de Fanservice

Ok, não vou negar que sou um certo apreciador de fanservice.

Quando uma empresa decide lançar um desenho, ou quadrinho ou game com uma personagem que se vista por exemplo... assim, quem sou eu pra reclamar?

Mas tudo tem limite!

Mostrar uma peituda de trinta e dois anos em uma roupa pouco maior que um guardanapo é uma coisa, mas fazer o mesmo com (pré) adolescentes é outra.

Acima, temos uma cena do episódio "Tales of Ba Sing Se", onde Katara e Toph resolvem passar o dia num spa para meninas. Nada de mal, apenas duas meninas tirando um tempo para serem meninas e se divertindo bastante com isso. A história é bem leve, divertida e revela um lado mais frágil da personalidade da durona Toph, ou seja, serviu pra dar desenvolvimento à personagem.

Se esse desenho fosse produzido no Japão, pode ter certeza que um dos meninos do grupo iria atrás das meninas na esperança de "descobrir o que elas fazem quando estão juntas" ou pra "ter certeza que não estarão falando mal dele" ou alguma outra desculpa imbecil e pode ter certeza também que durante as DIVERTIDÍSSIMAS CONFUSÕES (uau, meu detector de sarcasmo está mostrando leituras altíssimas) que ele arranjaria, alguma das meninas acabaria pelada.

Talvez a Toph, pois os japoneses adoram nudez de crianças, ou a Katara, que é mais desenvolvida e geraria uma DIVERTIDÍSSIMA CENA (o detector de sarcasmo não aguenta, Jim! Estou dando tudo que posso!) em que algum dos meninos... provavelmente seu irmão, agarraria seus peitos.

Ok, Japão... sério, é hora de parar com essas coisas...

E se você acha que estou sendo muito severo com os japoneses, lembre-se sempre que foram eles que nos deram isso!!!

Nada de fanservice em Avatar e eu agradeço aos céus por isso.



12 - O final é perfeito

Sabe quando você assiste à uma série inteira, a ama de paixão, fica total e completamente aflito com a temporada final pois quer saber como os rolos que foram surgindo com as temporadas anteriores vão ser resolvidos e então... a série acaba de forma morna?

Você já passou por isso, todos passamos. Se era fã de Arquivo X, se lembra muito bem da sensação de querer dar um tiro na cabeça com cada episódio novo da última temporada...

O negócio é, o final de Avatar é perfeito e não deixa nada a desejar. Não vou ser cuzão e dizer o que acontece, mas pode crer que os autores tiveram um belíssimo trabalho de amarrar boa parte das pontas soltas e presentear os fãs com um encerramento mais do que satisfatório.

Claro, não resolveram todos os assuntos que estavam em aberto, mas isso é um sinal óbvio de que pretendem lançar um ou dois longa-metragens em DVD no futuro. Os próprios criadores já admitiram que querem fazer mais coisas com o universo que criaram.

E enfim, é isso! Assista Avatar que você provavelmente vai curtir muito!

Os games são uma merda aliás, só jogue depois de conhecer bem a série, ou poderão influenciar negativamente sua opinião. Sério, são ruins a esse ponto!

E aliás, se ficou realmente interessado na série, faça um favor a todos nós e compre os DVD's que já foram lançados no Brasil! Se tiver boas vendas, quem sabe eles trazem o resto e diferente do que aconteceu com Liga da Justiça Sem Limites, podemos ter a série inteira bonitinha em DVD, heim?

Sonhar é de graça!

E semana que vem, me artigo que não mais será tão oportunista, antecedido por um artigo curtinho e engraçado.

Dois artigos em uma semana? Será possível? Pois é, quem diria!

E apesar de tudo que disse, eu não odeio desenhos japoneses! Sério! Vou provar isso no futuro, aguarde e confie!

Cheers!!!

70 comentários:

Nando disse...

Parabéns Amer,
ótimo post, me deixou curioso para assitir a série...
Ajudaria um pouco se apacer por aqui a série completa em DVD ou Blue-ray :)

patrickpereira disse...

"3) A primeira vista, Avatar parece um daqueles desenhos franceses de merda que tenta copiar animação japonesa. você sabe, ao estilo de Três Espiãs Demais, Martin Mystery e Oban Star Racers.

Malditos Franceses... quando vão aprender que a única coisa que fizeram direito foi o Jean Reno?"

Martin Mystery e 3 espiãs demais... com certeza os piores desenhos que já vi na vida! nem sabia que eram franceses! Ótima curiosidade! e eu ri alto na parte do Jean Reno... concordo plenamente....


Curiosidade:

Por um bom tempo pensei que esse carequinha com flecha na cabeça fosse o Naruto O.O e é aí que você meu conhecimento com animes XD

Amer H. disse...

Tudo bem! Pessoas saudáveis e com vidas sociais normalmente não fazem a menor idéia de quem picas é Naruto.

E que bom que consegui te deixar curioso pra ver a série! Se mais três pessoas disserem o mesmo, posso considerar minha missão de vida cumprida!!!

... uma delas, além de ter minha casa de ouro maciço e meu carro de currida!

=] disse...

Avatar só dei uma olhada pela Globo mesmo e realmente não me interessei. Porém pela internet li vários comentários ótimos sobre ele e agora com esse post... PORRA, começando a baixar agora.

Viva a minha vida social!

(conheço Naruto)

E nem comentei a antiga postagem por realmente não saber nada daquele estilo de jogo.

"Melhor ficar quieto e pensarem que você é um idiota do que abrir a boca e acabar com a dúvida."

x___x

E continue Amber, esse e mais dois blogs estão nos meus favoritos!

Aliás, esse negócio de te ajudar a ficar rico está dando certo?

DHASUEHUhuaehHUHDUAHauHEUHAE

=] disse...

Amer*

-_-

patrickpereira disse...

... uma delas, além de ter minha casa de ouro maciço e meu carro de currida!



boa tirada com sua foto do perfil :D

Amer H. disse...

É, e quando tiver minha casa de ouro maciço e meu carro de currida, não vou precisar de mais nada!!!

MAIS NADA!!!

Cayo disse...

Erm.. apaguei meu outro post, tava mal feito >_>

~~~~~~~~~~

Descobri esse blog por acaso no Chat da comunidade "Avatar: A Lenda de Aang" e comecei a ler frenéticamente todos os artigos xD
[esse é o único blog que eu leio x)]

Então... Ótimo artigo, Amer. Se eu já não fosse viciado em Avatar eu com certeza começaria a assistir. Mostrou todos os pontos bons da série. ^^


Ah, concordo com você 100% quando diz que o final foi perfeito. Agora vai lá na comunidade falar isso pra alguns noobs! :P

Tenho uma coisa a acrescentar. É só uma observação mas já é algo.

Se forem assitir, assistam legendado. A dublagem de Avatar em português é muito ruim [se comparada com a original] e com alguns erros. A voz da Toph, por exemplo que no original encarna a personagem perfeitamente, na versão brasileira a torna uma menininha de 12 anos fraca e com voz irritante;

De qualquer forma. Se quiserem mais informações sobre a série podem dar uma passada lá na comunidade ou no site MundoAvatar [que é da comunidade tb]

E desculpa pela propaganda...
E pelo posticídio..
E pelo post giantesco.

>__>

Vicente disse...

Excelente matéria, Amer! Sem dúvida nenhuma Avatar é uma das melhores séries de animação já produzidas no Ocidente, deixando muito anime famoso por aí no chinelo. E que final! Empolgante é o mínimo. Também estou comprando os DVDs oficiais, e espero que a Paramount não nos deixe na mão...

Amer H. disse...

Damn, cara! Nem vou discutir com os moleques. Se cismaram que a série acabou mal, não importa o que eu diga, eles não vão mudar de idéia.

Já ví lá o pessoal dizendo que "queria que a terceira temporada fosse mais sombria e violenta" e sinceramente... esse pessoal não sacou o espírito da série.

Devem achar que One Piece é uma série sombria e violenta... mas nem vou discutir isso.

Tou impressionado do meu blog ter ido parar em uma discussão da comunidade! Se você tiver o link disso eu realmente gostaria de ver!

Quanto à dublagem... acho que acertaram com as vozes de boa parte dos personagens, mas erraram não só com a Toph mas com a Azula também.

A tradução da série é horrenda, foi feita sem nenhum cuidado. Definitivamente recomendo o audio original com legenmdas, o Sokka é muito mais engraçado desse jeito.

E podem escrever o quanto quiserem aqui, não tem problema algum!

E parece que concordamos em número gênero e grau Vicente! Pode ter certeza!! Que bom que você colocou suas "Heartbenderes" no seu blog!

Maldito deviantART e suas viadagens...

Uma ilustração sexy de uma menina de desenho não pode, mas deixam fotos de closes de virilhas femininas peludas porque é "nú artístico".

Bando de...

BAH disse...

Nunca vi Avatar. Na verdade, nem sabia que existia.

Poderia assistir depois dessa recomendação, mas pagar 30 pratas em um dvd com 90 minutos de animação, sendo que ele é apenas o volume 1 de um total de aproximadamente 247 volumes é desanimador.

Vou esperar cair do céu um dvd com pelo menos os 10 primeiros episódios para ver se assisto.

Cayo disse...

Eu não tenho link de onde vi o blog pq, há pouco tempo, um ex moderador ficou louco e apagou três páginas de tópicos xD

Realmente, o Sokka é muito mais engraçado no original. Acho que outras cagadas de voz foram Zuko e Ozai.

O Zuko, nos primeiros episódios parece um cara de 30 anos revoltado da vida e depois vamoes que não é bem assim. A voz dele não encaixa com o personagem na minha opinião.

Quanto ao Ozai, pouca gente notou, mas antes, quando não aparecia a cara dele ele tinha uma voz que parecia ser do capeta em pessoa. Quando mostram a cara dele, cade aquela voz demoniaca? Oo

xD

Cayo disse...

Esqueci de dizer.

Sãi 12 volumes com 5 episódios de 20 e pouco minutos cada, + extras.

E ainda, ao final de cada temporada tem um volume com todos os outros DVD's dessa temporada.

Eu acho que vela a pena ^^

Marcelo disse...

Muito bom post AMer, também fiquei curioso para assistir ao desenho.
Fale tmabém sobre séries como DRagon Ball, Cavaleiros do zodíaco, Shurato e outros que fizeram nossa infância na extinta Rede Manchete (aquilo é que era emissora!)

Thanks a lot and Justice for all.

Heverton disse...

Olá Amer, tudo bom??

Conheci seu blog esses dias, via recomendação do Patrick da PSP Brasil e estou encantado. Você disserta muitíssimo bem sobre games e cultura nerd, por assim dizer.
Está de parabéns!
Sempre tive vontade de escrever sobre games mas tenho 2 grandes empecilhos. O primeiro é não ter o dom com a palavra e o segundo é não saber aceitar críticas (fora as construtivas) rsrs.
Enfim, continue esse seu ótimo trabalho!

Abraços.

lance disse...

Bom ue via Avatar ma sna boa acompanhar pela Nicklodeon é um lixo pq a bagaça fica flutuando na programalão...nems ei em que temporada estamos...
Mas na boa...sempre achei ele diferente dos outros animes.

Tipo o traço era bem japones, e o estilo "épico sequencial" que o Ocidente abandonou a anos,mas o roteiro em si sempre me pareceu bem ocidental.

Ele é produzido em qual pais?


Voltando aos francesses...como raios o altor de Martin Misteré aprovou aquele desenho qque nem alguém chapado com LSD entende?

Amer H. disse...

Bom, se não quer esperar pra ver via lançamento dos dvd's originais, você pode sempre recorrer ao deus da internet, se é que me entende.

Honestamente, eu acho que vale conhecer dessa forma e depois comprar os dvd's conforme forem saindo no Brasil. Vale a pena, pois são muito bem feitos.

Quanto á dublagem, eu acho que a voz do Zuko foi uma das que encaixou bem, e de fato, a escolha do dublador do Sokka não foi bem feita. O dublador original tem um "timing" perfeito pra comédia, algo que o dublador daqui não pegou.

Quanto ao Ozai... o povo daqui não tinha muita idéia de com que ele se parecia e quando viram que não era um velho satânico, mas um coroa bonitão, acho que decidiram mudar a voz dele.

Antes ele tinha a voz do Isaac Bardavi, dublador do Esqueleto que deixa tudo absolutamente sensacional com sua voz.

Quanto à produção, Avatar é produzido nos Estados Unidos, fruto da imaginação de Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko.

Os dois são grandes fãs de anime, Star Wars e artes marciais e Avatar é meio que a obra dos dois que declara amor à todas essas coisas.

Se me permite o comentário, quem dera todos os escritores declarassem amor às coisas que gostam de forma tão bacana.

Quanto ao Martin Mystery, tenho uma única palavra que com certeza foi a responsável por convencer os autores a liberarem o uso de seu personagem para um desenho tão ruim: GRANA!!!

Heverton disse...

Amer, não achei um lugar aonde postar minha dúvida então vai aqui mesmo... espero que você me responda.

Sou fã de Dragon Ball apesar da idade um pouco avançada, se e que isso conta alguma coisa, e pelo visto parece que você também é.

Então vai minha pergunta:

Se o Goku a partir de Dragon Ball Z, ou seja, mais velho e casado, o que traduz em dar no couro constantemente, fosse atingido pelo Akuma ito Kousen, ele explodiria?

Amer H. disse...

O que é Akuma Ito Kousen?

Heverton disse...

eita, akuma ito kousen é a técnica do akkuman la em 1 episódio do dragon ball, quando o goku precisa passar pelos 5 lutadores da uranai baba, para só assim ela achar a dragon ball para ele.

É a técnica onde o akkuman pega os pensamentos impuros de 1 pessoa e faz com que ele cresça até a pessoa explodir.

Na época ele usou a técnica 2 vezes contra o goku porém não aconteceu nada com ele porque ele não tinha nenhum pensamento impuro.

fellipe disse...

avatar eh legal, assisti umas 3 semanas apenas, mas a globo burra paro de passar, bom o que nao ia adiantar pois estudo de manha,

ein amer algum dia vc pensa em fazer
um post sobre o bucky (jibaku kun)?
tipo eu acho massa que ao contrario de outros desenhos, ele nao tem um sonho e sim uma ambição ele nao esta nem ai para os outros,nem seus amigos,ele eh mal educado, e nao respeita seus oponentes,sei la gostei desse estilo egocentrico, ele so quer conquistar o mundo, sei la pouca gente gostou desse desenho diz ai o que vc acha

lance disse...

ATENÇÂO!!!!
NÃO Vão Assistir o Star Wars guerra dos clonessssss


Fujam disso!!!!

david disse...

Bom post Amer e foi bom ler sobre esse desenho que eu tanto gosto!
Vi a 1ºtemporada completa, depois disse me enrolei todo com o horário pra assistir e nao vi mais.
Não sabia que cada elemento era um arte marcial.Pensava que todos eram Ba Gua.
A dublagem não é tão ruim assim, até achei legal a voz de pamonha do Soka.
Eu adorei a voz do tio do Zuko, acho uma das mais legais.
To doido pra ver o resto da série, mas tem uma que eu queria baixar antes(uma que eu pedi sua opinião,Hokutono ken!!!).
A acão do desenho é incrivel.Muitos animes de acão que eu já vi nem chegam perto.
O único porém é que na versão dublada o som deixa a desejar.Tem cenas que o som das vozes ficam mais baixos que a música.
Quem não conhece, veja; e quem conhece veja de novo!
abraços

Vicente disse...

Eu tenho só mais duas observações, me avisem se eu estiver ficando muito chato... :D

Sobre os "animes" franceses, mesmo me divertindo com as bobagens de 3 Espiãs Demais, admito que a maioria deles é fraquíssima, não só pela execução como também pelas promessas não cumpridas... Oban prometia ser um marco na animação em CGI (lembram daquele primeiro trailer, MollY Star Racer?). Mas a produção atrasou, os caras meteram os pés pelas mãos e acabaram se aliando aos japoneses para criar um híbrido frio, sem graça e repleto de clichês. Tendo dito isso, fico triste só de imaginar o que devem ter feito com o Valerian, um ícone da FC francesa que também sofreu o destino de virar mais um animezinho de segunda...

E sobre Avatar, no fim das contas acabou rolando um fanservição na 3ª temporada - no episódio "A Praia". Quem diria que a fofinha Ty Lee era a garota mais "robusta" da série, hein? Bryan e Mike sabe direitinho como prender seus fãs... :D

Amer H. disse...

Ok, vamos por partes.

Acho que o Goku não ia explodir de qualquer forma. Mesmo depois de adulto e de ter feito dois filhos, ele continuou tont... inocente que só...

Quanto ao Bucky, achei a série até interessante quando comecei a ver, mas depois ela cai nos mesmos clichês e bobagens que uma tonelada de outros desenhos japoneses. Ok se o cara queria dominar o mundo e derrotava os vilões para evitar que o fizessem antes dele, porque assim que o grande vilão fo vencido ele não se voltou contra seus aliados e tentou matar todo mundo pra poder dominar o mundo em paz?

Era pra ter ficado bem mais sombrio depois de um trecho da série, dada a motivação do "herói", mas é só minha opinião.

A voz do tio Iroh detona mesmo! Domício Costa é rei!

Aliás, pra quem quiser conhecer os principais dubladores da série, táqui o link:

http://www.avatarbrasil.hostguardian.com.br/forum2/viewtopic.php?f=4&t=475

E pode baixar Hokuto no Ken sem medo, pois é foda! O Vicente concorda comigo que eu sei!

É, os animes franceses são muito toscos. Acho aque o único que se salva um pouquinho é "Três Espiãs Demais", mas só porque somos tarados e ficamos imaginando as possibilidades em hentai envolvendo as personagens.

Diabos, eu sou um pervertido e não tenho vergonha de assumir!

Quanto à Ty Lee, nao vi verdadeiro fanservice alí. Foram só os personagens aproveitando um dia na praia e se vestindo de acordo.
E em turmas de adolescentes sempre tem uma menina que se desenvolveu mais que as outras, acho que os criadores novamente tentaram só manter o realismo.

Especialmente porque, nem Azula, Mai ou Ty Lee são magrelas, as três foram desenhadas bem atléticas, o que faz muito sentido considerando que todas são lutadoras de alto nível.

Fanservice seria se a Ty Lee fosse nadar e o mar levasse a parte de cima do biquini dela... o que invariavelmente aconteceria se o desenho fosse produzido no Japão, pois esse é o destino das peitudas por lá.

videnciole disse...

Tenho que dizer que fiquei muito louco o fim de Avatar. Realmente foi muito bom Amer.

Mas que eles podiam ter colocado ao menos um pouco mais alí podiam... acho que , considerando o projeto de filme , a única coisa que podia ter sido mais bem trabalhada era

[SPOILER , NÃO DIGAM QUE NÃO AVISEI]

A loucura da Azula , afinal , ela pirou rápido de mais e houve pouco enfoque no enlouquecer dela.

[FIM DO SPOILER]

Mas fora isso , realmente , tudo que você falou sobre a série é verdade. Avatar impressiona.

Amer H. disse...

Acho que eles trabalharam bem essa parte, pois não foi uma coisa que aconteceu em um episódio, eles desenvolveram ao longo do final da temporada.

E eu tenho certeza que vão lançar um ou dois longas em dvd da série lá pro ano que vem, então os assuntos mais pendentes vão ter o devido fechamento.

Nanda disse...

Nossa! Quantos comentários!!!

Eu assisti a primeira temporada, mas depois não consegui mais acompanhar... Vestibulares e faculdade, e muito rolo! Mas eu gostava bastante!

E o post tá excelente! Realmente dá vontade de assistir, pelas características que vc listou!!

E vc vai me fazer esperar mais 1 semana pelo post oportunista-mas-nem-tanto? hahahah! Vc é mau!
E 2 semanas pro post nostálgico dos anos 90?! Vc é cruel, Amer!!!

Mas eu agradeço pelo aviso da atualização e mudanças de postagem! aahahhaahahha!! Me senti lisonjeada!

Beijão! Uma ótima semana!

lance disse...

O carinha que dirigiu corpo fechado que(nãos ei escrever o nome dele).

ta com o projeto de fazer o Avatar em Live Action.

Amer H. disse...

Yeah, o Shayamalan! Ele mesmo!

Eu já ví fotos dos criadores da série conversando com ele, mas até o momento nada foi muito bem definido.

Exceto que OBVIAMENTE vai ser uma trilogia. Tudo que Hollywood faz hoje em dia é em três partes... não que isso seja ruim.

Cayo disse...

Disseram que o último filme dele, "The Happening" [que eu esqueci o nome é português] foi muito ruim. Eu não gostei de "A Vila", mas Seto Sentido é legal.

Espero que ele trabalhe muito bem no filme "A Lenda de Aang" [não vai ser Avatar pq fizeram um filme, esse ano se não me engano, com o mesmo nome]ou eu vou ficar mt bolado.

Confesso que sou meio cético quando ao filme ser bom. Pra dar certo, além da adaptação ser muito boa, os efeitos especiais vão ter que ser über. E não me contento com nada menor que isso u.u'

Amer H. disse...

Imagino que ele se atenha ao produto e não resolva se colocar na história, como fez com A Dama da Água.

Mas imagino que os efeitos especiais serão bons, é marca registrada dos filmes de fantasia hoje em dia.

Nanda disse...

"Muitas coisas de duplo sentido nesse post... levanto uma sobrancelha e olho para a senhorita..."

HAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH!!

Juro que esse comentário tornou o post um dos melhores do blog! ahhahahahahahah! ADOREI isso!!

Beijo, Amer!

Amer H. disse...

Minha sobrancelha continua erguida enquanto olho pra senhorita...

Bejão!

Nanda disse...

hahahahahaha! Tô até me sentindo inibida!!

Cayo disse...

[ignorem meus erros de digitação u.u']

Amer H. disse...

Bom que fique e se comporte mais de acordo com uma dama inglesa!

E não me questione sobre o fato de não estarmos na Inglaterra!

E seus erros de digitação estão perdoados, mas tente evitá-los daqui em diante, pois todos estamos contando com você!

Para que? Não sei!!!

Cayo disse...

Me sinto importante o/

[o que eu to fazendo é considerado flood? hm*]

Nanda disse...

Of course, sir!! hahahahaah!!

I'll be a good girl!

Good Night!

Amer H. disse...

Seria flood se isso aqui fosse um fórum, mas como não é, não esquenta a cabeça.

Bom mesmo que se comporte... hunf!

Gabriel disse...

Se aquela parte aonde o Aang
[spoiler]
bate com as costas na parede e libera o 7° chakra
[/spoiler]
não é Deus EX Machina é o que então?

Amer H. disse...

Ok, o Chakra do Aang tinha sido bloqueado e até aí tudo bem.

Ter sido desbloquado como foi no episódio final foi mero acaso, uma sorte, prova de que o destino estava ao lado dele nessa hora.

Nada impossível ou conveniente. A série tem esse lado bem místico e constantemente menciona o destino dos personagens.

É meio filosófico, mas é por aí.

Deus Ex Machina teria sido se o Aang sozinho descobrisse no último segundo um poder supremo que nem ele sabia ter e o usasse na luta.

Como o Goku sempre faz em quase todas as lutas difíceis que participa.

E o Chakra, seu bloqueio e consequente desbloqueio, além do estado Avatar já eram temas que vinham sendo tratados na série e sempre eram possibilidades em aberto.

Quer ver algo Deus Ex Machina?

Que tal o final de Sailor Moon Sailor Stars? A vilã limpa o chão com todo mundo e no fim a Serena derrota ela com um poder inexplicável.

Ou o Majin Buu, que se regenerava mesmo quando era desintegrado, mas que o Goku conseguiu matar com uma Genki-Dama mais carregada.

E você vem me reclamar de Avatar?

C'mon!!!

Marcelo Guardsman Green disse...

Avatar e melhor q meia duzia de Animes q tem por ai Ou UM duzia msm!!!!!
digo graças aos artigos de street fighte e de avatar o blog entro pra o numero 1 da minha lista

tira-lata disse...

Descobri que sou uma putinha, mas não uma remelenta e chocolatante que libera pro Valdemar.

Enfim, concordo com quase tudo. Gostei muito da série, mas não tão loucamente como você. Talvez valesse a pena uma lista de 12 defeitos.

De todo modo, torço para que alguém se dê conta do potencial do tema e faça mais temporadas, talvez em outro momento histórico (admita, as possibilidade são infinitas.)

Alef disse...

minhas saudaçoes
vc consegui perfeitamente
explicar o quao maravilhoso eh
Avatar parabens!
todos seus post sao perfeitos em
relaçao A descrever algo e
esse do Avatar cara foi perfeito!
assisto avatar e naum achei nada nele que naum me agradou e com este post so passei a gostar mais ainda parabens!
muito bom serviso PERFEITO!!!

Bruno disse...

Eu vi só um pedaço de um episódio na globo e eu achei que seria uma série infantil. Mas como o amer disse que é bom o mínimo que eu posso fazer é ir lá ver e comentar depois^^ Aliás amer, descobri o seu blog recentemente e ja li pelo menos 80% do conteúdo. Sou seu fâ incondicional agora^^

rugaldd disse...

hoje em dia muitos desenhos do ocidente se inspiram em animes, principalmente no detalhes dos olhos.
Avatar está nesse quadro, todos os personagens tem os olhos ao estilo anime.

Eu gosto de anime como tambem gosto de desenhos, porem os japoneses não copiam nada de desenhos do ocidente...

Amer H. disse...

Se você realmente acha que os Japoneses não copiam nada do Ocidente, tenho uma informação que vai derrubar seu mundo.

Sabe por que personagens de anime tem olhos grandes?

Porque Osamu Tezuka, o pai do Manga moderno desenhou seus personagens assim.

E sabe em que ele se inspirou para fazer personagens com olhos grandes?

Nos personagens da Disney.

Ou seja, TUDO QUE JÁ FOI PRODUZIDO EM MANGÁ E ANIME FOI "COPIADO" DA DISNEY.

Ok?

Pense nisso.

Adm.Mtk disse...

ja vi essa serie e faço as suas palavras as minhas, uma serie totalmente desvalorizada... imho a melhor serie barrando todas ate mesmo naruto entre outras muito assistidas

Pinho disse...

Haha, só fui encontrar seu blog agora (o Cayo ali me passou :P) e tô achando o máximo!

Enfim, ótimo post sobre o Avatar. Sou o dono da comunidade lá que o Cayo falou, e mesmo que não tenha nada a ver, me sinto muito lisonjeado vendo artigos assim sobre o desenho.
Ultimamente a comunidade anda muito parada, mas logo logo, com o filme se aproximando, espero que ela volte a se movimentar.


Enfim, parabéns! Curtindo muito seu blog.

Hemily disse...

\o/
Quã bom seria o mundo se todos gostassem de Avatar e HP -Q
Recomendo.
Parabéns aew :3

ThaissS disse...

Olá!
Amer, parabéns pelo seu artigo. Encontrei só agora por um tweet de um follower que sigo no twitter. É. Só agora. E amei, demais. Simplesmente, engloba tudo o que há de bom no desenho (mesmo tendo outras várias coisas boas). Estou enviando o link desse artigo para outras pessoas. Todas estão gostando. Você realmente está passando um review verdadeiro e inteligente do mundo de Avatar.
Meus parabens. ^^
Vou dar uma olhada no seu blog a fora. Estou certa que esse artigo não é o único ótimo aqui...
adios.

May disse...

Meeeu Jesus.
Meus parabens pelo artigo, está simplesmente fantástico! Como fã de Avatar eu concordo com voce: a Nick e nem a Globo fizeram jus a série. A Nick queria se livrar logo do seriado pra dar mais espaço ao Bob Esponja e a globo simplesmente cortou a série! Mas tudo bem, dá pra baixar os episódios em um site de Avatar, a gente sobrevive assim mesmo. Mas sério, muito obrigada pelo artigo, foi realmente um colírio para meus olhos (tá, exagerei). Beijos.

Adriano disse...

oi eu tenho a série completa em dvd (mais só que eu comprei lá na pajé) mais ta lançando em dvd normal só que demora muito
tenta ver pela net nando

Noossa era disso q eu precisava
Avatar eh a minha série favorita e eu simplismente aaaaaaaaaamooooooo as vezes assisto até 15 episódios por dia e é realmente fantástica

Adriano disse...

série FANTÁSTICA
AAMO
QUEM quiser tem em dvd na galeria pajé
eu tenho todos os 61 e é muuuito bom

Leviathan disse...

Caraca> É bem isso mesmo o anime.
Muito boa sua crítica.
Tio Iroh rulez!!!
Curto demais a toph.
Meus parabens!

Binha disse...

Cara gostei muito do seu post.

Comecei a assistir a Avatar pela Globo imediatamente me interessei pela série (personagens, enredo e imagem no minimo perfeitas), mas os bocos da Globo começaram a reprisar os episodios e cara devo admitir assistir um mesmo episodio 3 vezes seguidas por semana stressa. Fui para a tv a cabo mas como vc mesmo disse a vinheta deles é pessima e os horarios de exibição inconstantes. Me estressou em dobro. Porém iluminados os que fazem uploads de animes, encontrei a série completa e já estou baixando essa série de foder. Um nota dez para Avatar!

Adan Ribeiro disse...

Agora temos oportunidade de assistir ao filme que foi baseado no desenho. Você já assistiu Amer?

Saeros disse...

Terminei de ver Avatar nessa quarta!! MUITO BOM!! Com certeza vou comprar os DVDs... uma pena não terem fechado alguns pontos como o encontro do Zuko com a mãe dele ou a Toph com a sua família... que droga, eu queria ver demais essas duas cenas, além de saber oq aconteceu com a Azula depois q ficou louca, ela era muito foda para não recuperar o controle depois... e o pior é que não saiu nada para mostrar tomara que em "Avatar - A Lenda de Korra" mostre essas coisas... broxante demais fazer a gente gostar de um personagem e nem mostrar um dos momentos mais marcantes na vida dele...

Cassidy disse...

Nem o Jean Reno os franceses fizeram direito.
O ator é marroquino e filho de espanhóis...

Petra Leão disse...

No dia que Oban Star Racers for um "híbrido frio e sem graça", Avatar poderá ser chamado de "desenho de fundo de quintal".

Só digo uma coisa pra você, fulano que comentou isso: SE LIGA. O que faz um desenho bom ou ruim não é só a animação. Por mais que talvez VOCÊ quisesse que o desenho fosse todo em CG, a história é FANTÁSTICA. Oban Star Racers, além de ter uma animação EXCELENTE, tem uma história INCRÍVEL.

Oban FOI um marco no CGI, porque TODAS as cenas de corrida foram feitas em CG e mixadas ao desenho com técnica de cell shade, e foi um bagulho revolucionário.

O autor comeu o pão que o diabo amassou pra conseguir fazer a série. Aquele primeiro curta, "Molly Star Racer", foi feito em CG porque era mais barato e acessível pro "estúdio" -- que nada mais era que a casa do autor.

E mesmo assim, SÓ pra manter a personagem principal como uma menina ele teve que recusar diversos patrocínios, porque ninguém queria pôr dinheiro numa série de aventura com uma personagem mulher! "Meninas não assistem séries de aventura e meninos não querem séries de aventura com meninas no papel principal", era o que diziam. Mas ele bateu o pé pra contar a história que queria, e era essencial que a personagem fosse uma menina, e uma menina fora dos padrões fanserviceiros que tem por aí.

Pra isso, o autor quebrou muitos paradigmas culturais -- só pra começar, Molly foi a primeira personagem principal com tatuagens e piercings a estrelar um desenho em um canal da Disney (o Jetix, que botou dinheiro em Oban junto com mais dois estúdios japoneses, era da Disney).

Então pense um pouco antes de chamar um desenho como Oban de "híbrido frio". A história de Oban, tanto o roteiro quanto a história de como o desenho se tornou realidade, é uma história emocionante de luta, esforço e triunfo de multi-culturalidade. Chamar de híbrido frio é ser, no mínimo, preconceituoso.

E tenho dito.

Júlio disse...

Muito obrigado Amer, se não fosse você nunca teria assistido a essa série completa, umas das melhores coisas que já assisti na vida.
Parabéns pelo ótimo trabalho!

Arthur Bárbaro disse...

Olhaí, rapaz! Um tópico bom todo que eu já devia ter lido há mais tempo. o/
Vou aproveitar pra te avisar, embora você provavelmente já saiba: os DVDs finalmente terminaram de sair aqui no Brasil. Todos eles, com grande alegria. \o (Eu sou um feliz proprietário de todos eles.)
Agora é só esperar A Lenda de Korra.

Luiz Guilherme disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Guilherme disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Guilherme disse...

Meus parabéns ao seu blog e principalmente a este artigo fantástico. Outro dia estava pensando em criar um texto similar a este, e caso eu o faça, pode ter certeza que irei colocar você nos créditos.

Estou assistindo novamente o Avatar nos DVD's que adquiri com um preço muito bom (talvez seja esta uma das vantagens de não ser tão procurado quanto Harry Potter para elevar o preço). Fui um dos viciados que assistiu a maratona dos episódios finais.

Sou fã de História Militar e principalmente de assuntos relacionados com a Segunda Guerra, e se tem algo que o Avatar me prendeu foi justamente um enredo bem elaborado (que traz um conflito nos moldes das guerras da realidade) assim como os personagens, algo que só vi em um anime japonês (um tanto pesado por sinal) chamado Evangelion, no qual infelizmente não foi transmitido no Brasil e dificilmente será.

Quanto o desenho ser colocado de lado aqui no Brasil, eu concordo e discordo. Nos meses finais do livro 3, uma das coisas que eu mais via em sites de desenhos e blogs, era sobre o Avatar e como ele iria acabar (bem estilo Video Show). No entanto o único público que parece assistir Avatar ainda, na sua grande maioria, são de estrangeiros.

Para as pessoas que ainda assistem Avatar, em Janeiro do ano que vem será lançada uma comic chamada de "Avatar The Promise", no qual vai ser uma espécie de continuação do desenho. Isso é uma boa visto que a Lenda de Korra parece ter sido adiada e o Avatar Last Airbender ter terminado com algumas pontas soltas.

Shadow Geisel disse...

Cara, odeio postar comentários rasgando seda mas, depois dessa, fica difícil resistir. Toph (seu nome é um trocadilho com a sua personalidade? Tough em inglês = forte, durão) é a personagem mais foda de todos os tempos. adoro a forma como essa moleca é forte e se vira sem ajuda de ninguém. o episódio da biblioteca enterrada é um dos meus favoritos. pena que fizeram uma merda ridícula de filme com o anime. é incrível com vc Amer, consegue sempre ver a qualidade que uma coisa tem. só por gostar de Avatar e ver a qualidade que esse desenho tem vc pode ir pro céu sem passar por São Pedro...

DU0 disse...

França já acertou 3 vezes. Assista Oggy and the Cockroaches.

Edinan Tomlinson disse...

eu ja assisiti avatar intero nao sei quantas vezes!!e ela é simplesmente a melhor saga animada q existe!! meus parabens Amer,foi o melhor artigo sobre avatar q eu ja vi!! e tudo oq vc disse esta 100% certo!!

Perseu disse...

Avatar é um anime Fantástico! Suas colocações reforçam ainda mais o meu gosto em relação a esse anime. Eu tenho uma amiga que tbm curte, tanto que ela tentou fazer o cosplay do Zuko. Se não for pedir muito, dar uma olhada e diga o que achou, já que tanto gosta de Avatar. https://www.youtube.com/watch?v=DUlRihl5Kdk