sábado, 14 de julho de 2007

Street Fighter - A Última Batalha: PARTE DOIS!!!


Finalmente, a tão aguardada conclusão do post de STREET FIGHTER, e vou retomar de onde parei.

Os heróis foram capturados e Guile e suas tropas avançavam para o confronto final com Gomez e o resto das tropas dos Addams, enquanto isso, nosso tirano favorito havia levado Chun Li para seu quarto e estava se preparando para enfiar a cara em suas calcinhas chinesas.

O que me lembra, alguém aí assistiu Street Fucker? Um filme pornô japonês baseado em Street Fighter, alguem viu? Eu vi, e devo dizer que é um dos pornôs mais legais que existe, pois nos mostra que o Vega é um puta voyeur e que sexo casual é uma forma inovadora de derrotar a Shadaloo.

Onde eu estava? Ah sim...


O vilão está se trocando, afinal não pretende deflorar Chun Li com sua roupa de luta. Enquanto isso, a chinesinha faz um discurso explicando que passou os últimos vinte anos se tornando uma jornalista para poder encontra-lo e mata-lo, para se vingar de quando ele invadiu sua vila e matou seu pai, de fato, ela conta em detalhes como foi a invasão.

Bison simplesmente responde que não se lembra de nenhum destes fatos, e que apesar deste ter sido o dia mais importante da vida da menina, para ele era uma terça feira.

Espera aí...se ele não se lembra de nada, como lembra que foi numa terça? Porra, para um tirano tão certo de si, ele é bem contraditório.

Bison dá uma aloprada em Chun Li, dizendo que ela não sabe lutar porra nenhuma...


...Chun Li arrebenta as suas correntes gritando YATAI!!!


... o que faz Bison ficar todo "MACOMO???"

Em seguida, ela começa a bater nele.


Viu? Ele tá apanhando!


Nesse meio tempo, Rayu e Ken Libertaram Honda e Balrog da masmorra, o que faz com que tenhamos os Trapalhões finalmente completos no filme.

Olhe a foto e me diga se não são a versão Estadunidense de Didi, Dedé, Mussum e Zacarias.

Como bons Trapalhões, eles atrapalham Chun Li e Bison se tranca em um quartinho com porta de vidro, ao mesmo tempo que joga gás na sala e nocauteia nossos heróis.


E ele dá uma risada satânica, só para termos certeza de que ele é o vilão.


Guile e seu exército de reservistas avançam de lancha contra o reduto de Bison, e durante a viagem, o coronel tira uma misteriosa fita betamax do bolso.

Aliás, caso não saiba o que é betamax, é um outro formato de video que existiu na época dos dinossauros e que era concorrente do VHS. Suas fitas eram menores, sua qualidade de imagem era supostamente melhor e... e é isso.


Na fita, temos um video de um encontro de Guile e Charlie...digo...deles com duas garotas. Se bem que Guile está demonstrando saudade demais de um amigo que ele não vê a menos de uma hora e meia, então talvez o encontro fosse entre eles dois mesmo.

Aliás, preciso comentar, por que raios ele precisava de um video betamax dentro de uma lancha? Quantas vezes ele levava fitas de seus filmes caseiros em missões importantes?

E por que um betamax? Por que não um VHS? Há treze anos me faço essas perguntas.

Bom, voltemos ao filme. Onde está Charlie?


Charlie...pobre homem, está sendo transformado em um monstro pelo doutor Dhalsim. Eu não havia mostrado o Dhalsim ainda, pois bem, aqui está ele.

Neste filme ele é um cientista que ao melhor estilo Comandante Cobra, foi sequestrado por Bison para fazer sua vontade. Ele recebeu a tarefa de transformar Carlos Blanka em um híbrido de Ted Nugent e Incrível Hulk, através de anabolizantes metabólicos e lavagem cerebral.

A lavagem cerebral é na verdade uma montagem de videos de mulheres queimando, nazistas e gente explodindo...ou seja, um episódio normal do Cidade Alerta.


Dhalsim aproveita o momento que guarda que o vigia vê o poster central de sua Playboy tailandesa, e muda o vídeo de Cidade Alerta para cenas de casamentos, golfinhos e Martin Luther King...é...isso deve salvar a mente dele... Claro...


Aqui vemos uma cena meio irreal...as câmeras do reduto de Bison captam algo avançando rapidamente...mas não vemos nada exceto ondas na água...

É aqui que descobrimos que a lancha de Guile é stealth...tão stealth que fica invisível quando pega pela câmera.

E aí temos mais uma mostra de que as Nações Aliadas recrutam e promovem qualquer pessoa a coronel, pois a lancha estava sem ser detectada até que Guile resolveu destruir os radares de Bison. Eu acho que se você não quer ser detectado ao invadir um lugar, VOCÊ NÃO SAI EXPLODINDO PARTES DELE!!!


Aliás, é aqui que Guile se revela pra Bison e mostra que ainda está vivo.

Neste momento, Sagat comenta "Guile? Vivo?" e Bison o alopra retrucando "Claro, era um truque para infiltrar os homens dele nas suas tropas, mas acho que você não viu isso não é?"

Ok, foi uma senhora aloprada, mas Bison tá sendo um bocado cuzão, pois ele também achou que Guile tinha morrido. De fato, ficou todo sentimental...mas acho que posso explicar essa cena.

Sabe quando você tá vendo tevê com um amigo e passa alguma notícia que nenhum de vocês dois sabia? E em seguida seu amigo diz "Num tava sabendo disso, e você?" ao que você responde "Claro, já sabia faz tempo!" mesmo sem ter idéia alguma do que era aquilo que acabou de ver, simplesmente pra se sentir mais esperto que ele?

Pois é, foi isso. Para um ditador super poderoso, Bison é bem imaturo.

E não minta, porque todos já fizemos isso um dia.


Bom, Bison puxa um controle de Arcade e começa a jogar pra explodir a lancha de Guile. Por esta cena podemos ver duas coisas:

1) Bison tem dois controles para caso de uma visita também querer brincar de explodir invasores.

2) Ele prefere jogar com o player 2. Não o culpo por isso, ficar do lado direito da tela ajuda na hora de soltar certos golpes.

A lancha de Guile vai pro beleléu, e Bison comemora.

Enquanto isso, no laboratório, o guarda percebe que Dhalsim zuou a lavagem cerebral de Blanka, e resolve acabar com o cientista da yoga...


...o que é uma vergonha, pois o Destro nunca matou os cientistas que Comandante Cobra seqüestrava.

Neste momento...Ted Nugent Banner se liberta de sua cabine, vê Dhalsim levando a pior...


...E ATACA!!!!!!!!!!!

É por isso que Destro não matava cientistas...

E acabo de perceber que uso reticências demais...

...viu?


Guile, T.Hawk e Cammy sobreviveram a explosão da lancha, e conseguem adentrar na base, matando alguns Stormtroopers de merda no caminho. Depois, Guile se infiltra por um duto de ar...


...que pelas leis da conveniência universal vai dar no laboratório, onde ele se encontra com Blanka e Dhalsim e como tem tempo pra jogar fora, o militar acaba batendo um papo existencialista com o cientista.

Aliás, essa é a foto que uso na comunidade que criei pro filme no Orkut. Depois passo o link.


Bison descobre que o resgate de 20 bilhões não foi pago, e resolve acabar com os prisioneiros...não comendo eles com molho rosê...não, transformando eles em ração pro Blanka! Ééééé, não dá pra ser mais mau que isso!

Podemos ver aliás que ele só seqüestrou médicos e enfermeiras que interpretam de forma muito exagerada, o que mostra a falta de criatividade do ditador.

A cápsula que devia conter Blanka sobe...


...mas ao invés dele, quem sai é Guile, que dá um salto tão alto e rápido que é como se estivesse escapando de um peido que o Blanka deixou na cápsula.


A luta final entre Frank Dux e Chico Mendez começa, e percebemos que o biceps de Guile é propriedade dos Estados Unidos da América.

Tá, eu sei que o Guile do game tem essa tatuagem ridícula também, mas essa cena é tão gay que eu tinha que comentar.

Aliás, a luta é meio longa e Guile usa seu Flash Kick (facão, pente, ou o nome que você preferir) duas vezes seguidas, mas eu esqueci de capturar a imagem. Fico devendo.


O ditador cai em uma mesa e é eletrocutado, mas não é seu fim pois SEU UNIFORME COMEÇA A FAZER RESSUCITAÇÃO CARDIOPULMONAR NELE!!!

Eu juro, já vi muitas cenas de ressucitação em filmes, mas é a primeira e única vez que vejo uma roupa fazê-la, e não é só isso, o uniforme tenta ressucitar o vilão fazendo desfibrilização nele...minha nossa...

Mas o melhor estava por vir...


A terceira tentativa de ressucitação é com uma injeção de adrenalina, como podemos ver pelo computador. Esse tipo de tratamento é literalmente feito com uma seringa cheia de adrenalina, e que possui uma agulha bem grossa, pois tem de chegar no coração, onde a substância é diretamente injetada.

Então, sim...a roupa de Bison usou uma seringa pra injetar adrenalina em seu coração.

Esse uniforme devia trabalhar em Plantão Médico.


Aliás, Bison ressucita com super poderes, como podemos ver.

E como podemos ver também, o sistema nervoso de Guile é meio lento, pois ele demora a sentir o choque.


Ele voltou não apenas com poderes, mas com um All Star que acende...


...e que o faz voar!!!

Diabos, preciso de um desses!!! No Mercado Livre deve ter!!!


Nesse meio tempo, Rayu e Ken se reencontram com Sagat e Vega, e resolvem acertar as diferenças de uma vez por todas, e o fazem como verdadeiros mestres do Shotokan-Trapalhão!


HADOUKEN!!!


SHORYUKEN!!!


TAK-TAK-TUGET!!!


TE KEIMO A KARA NO FORNO!!!

...não...esse não é um golpe oficial da série, se bem que deveria.


Hora de encerrar. Bison voa em direção a Guile, e o Coronel usa o mesmo chute giratório que já vimos pelo menos 50 outras vezes em O Grande Dragão Branco, Soldado Universal, O Alvo e tantos outros filmes.

O chute pega Bison em cheio...


...o arremessa no seu caríssimo monitor gigante composto de 40 mil televisores CCE...


...e isso é o suficiente pra base toda ir pro saco.

Os heróis libertam os reféns e os levam até a saída. Quando todos estão para ir no entanto, o único portão da base se fecha. Tudo parece perdido quando DE REPENTE!!!


Zangief muda de lado após descobrir que trampava de graça pra Bison, e segura o portão!!!

VIVA!!!


Rayu e Ken ficam segurando também, só pra aparecer e poderem dizer depois "Viu? Nós ajudamos! Seguramos o portão junto do Zangief!"


Guile ao laboratório pra salvar Charlie, mas ele não quer ir embora. Dhalsim, que agora está careca e semi-nu (só Ganesha sabe por quê) decide ficar junto para morrer com sua criação.

O coronel então diz "Beleza, fodam-se vocês dois!" e se manda!

Na verdade ele não diz isso, mas tenho quase certeza que pensou.


Como em todo bom épico, a base explode.


E nossos heróis se protegem da explosão, enquanto se preocupam com General Uile. Terá ele saído de lá a tempo?

Aliás, repare em como Zangief se apoia no Ken durante este momento, como se fossem tremendos amigões. Os Street Fighters o aceitaram bem depressa, o que nos ensina uma coisa: Se quiser ficar amigo de alguém rápido, segure um portão pra ele! Funcionou com Zangief.


Dee Jay e Sagat fugiram juntos carregando um malão de dinheiro. Como Vega não está com eles, imagino que ele entrou em combustão espontânea após perder pra Rayu.

Sagat abre o malão na porrada, e podemos ver que ele definitivamente tá fora de forma para uma lenda do Muay Thai.


Quando não havia mais esperança de que Guile voltasse com vida, eis que ele surge no meio da fumaça, sem ligar muito para o fato de uma base terrorista ter explodido ao seu redor.


Ao melhor estilo dos heróis Estadunidenses, ele passa uma cantada na Cammy, outra na Chun Li, tenta Alistar Rayu e Ken, e termina de converter Zangief para o lado do bem. Boa, Willian!!!


Quanto a Sagat e Dee Jay...eles descobrem que roubaram dólares bisônicos, e enquanto o caolho sai rindo de sua própria patetice, Dee Jay faz beicinho e lamenta por todas as prostitutas que não poderá contratar.

A base termina de explodir de vez...


... e os Street Fighters comemoram a vitória da justiça, da verdade e com responsabilidade!!!!!

FIM!!!!!!!

NOTA DO AMER: 10

Agora, alguma considerações.

SF é um bom filme de ação. Papo sério, é uma ótima diversão para aquelas tardes ociosas de sábado que todos encaramos uma vez ou outra.

O problema é que todo mundo tenta ver esse filme através da ótica de um filmes sérios, o que é uma puta bobagem. Street Fighter não é um filme sério e sabe disso. É como se o diretor soubesse que o que estava fazendo jamais fosse ser considerado um filme de ação do quilate de Jogo da Morte, e descambou de vez para um filme de ação com comédia.

E devo elogiar a atuação de Raul Julia. Ele claramente sabia que tinha uma merda de roteiro em mãos, e tentou fazer de Bison um déspota que se enxerga como salvador, dando alguma dignidade ao papel. E em minha humilde opinião, ele cumpriu muito bem a missão.

Em suma, adoro esse filme. Tanto que paguei 40 reais pelo DVD sem pensar duas vezes, e isso se chama "dedicação", meus filhos.

E se você também acha esse filme muito foda, entre pra comunidade que criei no Orkut: "Street Fighter Movie é foda", tá aqui o link: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1650340

Ufa...post longo. Não sei bem como encerrar, portanto vou desejar muito Alex Full pra vocês antes de me despedir.

Muito Alex Full pra vocês.

E agora adeus.

Cheers!!!

7 comentários:

Jeniffer disse...

Caracaaaa!! Meu, mto bom o post, adorei!! Assisti ao filme e tb tenho a mesma opinião que vc! Raul Julia é o cara, o Gomes Addams... Ele é demais... Como não aguento levantar portões de ferro prefiro criar laços de amizade no papo mesmo hehehhe... Mto boa a resenha, adorei mesmo!
Parabéns!
"Cheers"...

Arildo disse...

Meu grande erro no início foi também julga-lo de forma exigente e crítica.De fato,ja disse a alguns que esse não é um filme sério e sim filme de ação bem light pra sessão da tarde..realmente,pra uma tarde de sabado.Eu também paguei um preço próximo pelo DVD,foi uns R$ 34,00 e valeu a pena pois sou fã assumido de SF.

leandro moraes disse...

Sou mil vezes esta versão de Street Fighter do que a versão de Mortal Kombat do anderson.

Não que Street seja uma maravilha, pois não é, mas é mais divertido (e não estou colocando o divertido no sentido de "tosco" - como aquele garoto que diz gostar de algo, mas chama de tosco só para demonstrar que está acima).

Mortal Kombat é mais fiela aos perosnagens (exceção de Raiden), mas nem sempre vestir o pessoal igual, achar pessoas parecidas ou ter um cenário igual ao do jogo não criam uma ótima diversão e sim uma ótima cópia carbono.

W disse...

No começo também vi esse filme com olhar crítico pra filme sério, mas depois de ler essa resenha mudei minha forma de pensar. Agora, sempre que vejo o filme (e/ou releio a resenha) fico rouco de tanto rir... kkkkkkkk
E concordo plenamente com sua opinião sobre o saudoso Raul Julia. Tanto reproduziu muito bem a insanidade do vilão original, como incrementou com algumas das melhores piadas do filme (a da terça-feira dispensa comentários). Aliás, não sei se percebeu, mas quando o Guile tira a jaqueta de guerra lá, o Bison esbugalha os olhos - essa cena pareceu um tanto gay... xD
E Amer, esqueceu também de mostrar a cena do Dee Jay contando a verdade pro Zangief, aquela é demais ("o general me pagava uma nota preta, seu cabeça-de-ovo!").
Finalizando, eu tenho uma imagem do Flash Kick do Guile. Posso mandar se quiser. (Y)

Caetano disse...

genial!
o/

você deveria juntar forças e fazer um review daquela diarréia do filme da Chun Li, Amer.
aquilo, como este, não deve ser encarado como um filme sério.

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

Quando eu, meu irmão e amigos ouvimos falar desse filme, ficamos na expectativa...tipo, será que o filme do Street Fighter seria melhor do que o Mortal Kombat?

quando vimos que o Guile era o protagonista e Ryu usando Terno...nós mesmo moleques, já tinhamos a certeza que não seria um bom filme.

e quando acabou, sabe a sensação de ter visto algo constrangedor e prefere ficar calado para não dar opinião? foi bem por aí. eu e os amigos fomos nós divertir na rua e não tocamos mais no assunto...ao contrário do filme do Mortal Kombat, onde passamos dias falando do filme.

é que nem aquele ditado: o que acontece em Vegas, fica em Vegas.

lucas goseling leite disse...

sinceramente gostei deste filme,mas o que não entendi como bison é narcisista o suficiente para criar o seu próprio dinheiro com a imagem do seu rosto estampado mas não é esperto o suficiente para perceber que o seu dinheiro criado não tem valor econômico real sem antes oficializa-la no banco mundial ele poderia muito bem ter que feito ter oficializado sua moeda como valor econômico real no mercado do banco mundial antes de dominar o mundo