quinta-feira, 22 de maio de 2008

Capas Horríveis de Games - Volume 1


Há um velho ditado que diz "Não se deve julgar um livro por sua capa".

Isto significa que um livro pode ter uma capa de merda mas o que está escrito em suas páginas pode valer ouro! Esta á uma verdade que se aplica a todos os livros da série Harry Potter!

Não que algum deles valha ouro... a maioria vale menos que seu preço original, mas que as capas da série são uma merda, isso é indiscutível.

O mesmo ditado é válido para os games, pois muitos games bons acabam sendo lançados com capas de merda e acabam sendo ignorados pelo público, o que prova que os comerciais da Sprite estão errados: imagem é tudo!

Pelo menos em marketing, deveria ser.

Hoje pretendo mostrar algumas das piores capas já criadas na história dos games, não se preocupe pois haverão mais destes artigos e poderei mencionar eventuais obras de arte de que tenha me esquecido.

E vamos nós!!!

Sim, vamos nós!!!



Phalanx

Se nunca jogou Phalanx, eu lhe desafio a adivinhar que tipo de game é.

...

Para os três que disseram ser um jogo de nave, porra, eu queria que alguém que não tivesse jogado respondesse! Seu trapaceiro! Você roubou! Tá feliz agora, heim? Tá feliz?

Canalha!

Bom...

Mas sim, Phalanx é um game de nave, um shooter lateral ao estilo de Gradius, R-Type e tantos outros clássicos. Não é nenhuma obra de arte que mereça destaque, mas também não chega a ser ruim.

Claro, você nunca adivinharia isso pela capa! O que um velho tocador de banjo tem a ver com um game de nave?

A trilha sonora nem sequer é country, se fosse, este game automaticamente seria uma das coisas mais sensacionais da história da humanidade!

Falo de country genuíno, estilo Willie Nelson, não os projetos de caubói gordo que existem no Brasil e acham que fazem música country.

Anyway, eu acredito que todas as empresas deveriam seguir a regra de NUNCA COLOCAR PESSOAS REAIS NAS CAPAS DE SEUS GAMES, A MENOS QUE AS DITAS PESSOAS TENHAM ALGO A VER COM O CONTEXTO DO GAME EM QUESTÃO!

Assim, em letras garrafais mesmo, pois é uma regra que deveria se tornar lei federal.

Eu juro, só vim a jogar Phalanx depois de velho, pois quando via este game na locadora eu me mantinha o mais longe possível dele. Eu não fazia idéia do que se tratava, mas um velho tocador de banjo em sua capa não podia significar boa coisa!

Eu estava errado, mas oras pipocas, você pensaria a mesma coisa!!!



Street Smart

Este é um game de que muita gente lembra de forma carinhosa e nostálgica, eu sinceramente não entendo porquê.

Um game de briga um contra um... ok... e daí? Já tinhamos Pit Fighter na época, quem precisava de Street Smart?

Bom, eu não entendo muito de técnicas de pintura, mas parece que esta capa foi feita com uso de airbrush e se quer saber, não acredito que seja uma técnica apropriada para uma capa de game.

Não me pergunte por que, a resposta seria muito sofisticada e faria sua cabeça explodir.

Analisemos então cada um dos acontecimentos desta imagem.

Primeiro os dois cavalheiros em destaque, onde o bonitão parece estar socando o loiro que voa em nossa direção devido ao impacto.

Eu disse "parece", pois não há nada que realmente prove isso. Veja que não há linhas de movimento, muito menos um daqueles balõezinhos pontudos muito usados nos quadrinhos de antigamente para demonstrar que algo havia recebido um golpe.

Sei lá, pra mim parece que o loiro tá prestes a espirrar! Algo mais convincente do que sua expressão forçada ser resultado do soco do bonitão, que verdade seja dita, não parece ser capaz de ganhar uma disputa de braço de ferro contra o Vovô Simpson.

Olhemos ao fundo agora e veremos um cara sendo arremessado na janela, mas espere... NINGUÉM O JOGOU!!!!!

Tá vendo algum meliante que possa ser considerado responsável pelo arremesso? A menos que seja o Elektron da Liga da Justiça ou a Mulher Invisível do Quarteto Fantástico, o cara se jogou sozinho, ou escorregou em uma casca de banana e levou o tombo mais desgraçado de sua vida.

Logo abaixo dele, temos um sujeito caído e cobrindo o rosto com uma das mãos. Olhando de perto, dá pra se perceber uma lata em sua mão então ou ele bebeu demais e tá prestes a chamar o Raul, ou é o dono do bar e chora a perda de sua janela de cristal novinha importada da Bavária.

Nunca saberemos ao certo... vamos torcer para que as gerações futuras encontrem a resposta de tal mistério...



El Viento

El Viento é uma de minhas melhores lembranças da época que jogava Mega Drive, um game de ação lateral com uma garota lindinha de cabelos verdes (ou azuis, dependendo da sua televisão)que explodia tudo e todos com seu bumerangue. A protagonista, Annet até foi uma menção honrosa em minha lista sobre as garotas mais duronas dos games.

Então você diz: "Amer, seu eunuco! A capa acima nem é ruim! Vá tomar no cu e morra seco e arreganhado!!!"

E eu respondo que de fato a capa acima não é ruim, eu a coloquei para mero efeito comparativo.

Esta é a capa japonesa, que faz tudo da forma certa, dá um close em Annet e mostra que a heroína do game é uma moça bonita de cabelo colorido e seu verso mostra que a vilã é uma loira sexy que usa uma roupa que mostra bastante pele.

Um garoto de 12 anos já teria sacado seu dinheiro da mesada e estaria comprando este game, apenas pela loirinha e suas vestimentas.

De fato, a capa japonesa não é ruim, mas e a americana?



Uau! É uma merda!!!!!!!

A personagem da capa não parece nada com Annet! De fato, parece mais uma coadjuvante de Rosa Selvagem, com esse cabelo bufante de mexicano dos anos 80!

E isso que ela solta pela mão não parece nenhuma das magias do game, o que picas é? A Aurora Boreal?

Aliás, ela atira muito mal, pois tem dois bandidos atrás dela e a moça está disparando para algum ponto indistinto do horizonte.

E onde diabos o gangster logo atrás Annet tá enfiando o cano da sua metralhadora? Pelo sorriso na cara da moça, em um lugar que dá a ela muito prazer!

Se bem que eles não deviam fazer isso em público, não senhor! Nosso senhor Jesus Cristo não gosta!

Mas sinceramente, o guardião/melhor amigo/amante de Annet se deu muito pior nessa história.

Da capa de seu game... não de ter sua namorada molestada em público pela arma de um gangster.

Se bem que sinceramente, não sei o que é pior.



Earnest Evans

Novamente coloco a capa japonesa para efeito comparativo.

Nela, o herói título está em uma posição triunfante e com um semblante de profunda concentração, pensando em como vencerá o próximo obstáculo ou mais provavelmente, em como vai convencer Annet a se vestir de empregadinha francesa quando chegar em casa e for hora de compensar dois meses em uma ruína asteca sem mulher por perto.

De qualquer forma, é a famosa pose heróica que nove entre dez personagens desenhados em estilo manga fazem na capa de seus games. nada original, mas também não é ruim.

Vejamos a capa americana.



E a primeira coisa que vem a minha mente é: "como George Lucas não processou a Sega por isso?"

Pensando bem, talvez tenha processado, por isso que a empresa quase faliu e só deu fora depois que o Dreamcast morreu.


Duvido que o artista sequer tenha visto o game antes de criar a capa, tenho quase certeza que um dos responsáveis pela arte chegou nele e simplesmente disse "é um jogo sobre um arqueólogo que usa chicote, tipo o Indiana Jones" e o artista fez o melhor que pode com esta interpretação dos fatos.

Imagino que ele deve estar procurando emprego até hoje.

E é interessante que eu esteja falando sobre isso justamente no dia em que Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal estréia no cinema!

Ha! O destino é uma coisa curiosa!


Astyanax

Astyanax é um joguinho bem bacana para o NES, que conta a história de um adolescente que vai parar em um mundo místico e que tem de salvar a princesa do lugar das forças do mal, tendo o auxílio de uma fadinha chamada "Cutie".

E a fadinha se veste como uma professora de aeróbica dos anos 80.

Fantástico!

Bom, na capa vemos que Astyanax não perdeu tempo em se adaptar a este mundo místico e apesar de suas bochechas rosadas, não hesita em segurar o braço do dragão para poder cortá-lo de forma mais apropriada!

E se reparar bem, verá que o dragão sequer tenta se defender, ele apensa fica boquiaberto e estupefato de horror ao ver um adolescente que decide aleijá-lo simplesmente para testar seus novos poderes.

Ou é dor mesmo, pois parece que Astyanax tá dando uma joelhada bem no seu saco.

Aliás, Astyanax não apenas abandonou sua civilidade ao ir para este mundo, como também abandonou o hábito de usar calças.


Por mais surreal que possa ser, esta capa é bastante fiel ao game, pois todos os elementos nela representados são encontrados conforme se joga.

A capa japonesa por outro lado...


... me ofende de muitas formas.

Começando por se chamar "Lord of King".

... sinto que preciso fazer operação de ponte de safena depois dessa...

Repare que aqui, Astyanax claramente é um daqueles playboys que vai na academia e injeta esteróide direto no biceps, pois seus braços são quase da largura de seu tronco.

Esse abuso de substâncias anabólicas claramente começou a afetar seu cérebro, pois ele não parece ter percebido que colocou fogo em sua cabeça ao segurar a tocha de forma totalmente inapropriada.

Mas tudo bem, ele parece ser durão, pode aguentar um crânio flambado!



Iron Sword - Wizard & Warriors III

Caso nunca tenha jogado Wizard & Warriors, era uma série horrenda em que controlavamos um cavaleiro tão ágil quanto uma placa tectônica e tão forte quanto Stephen Hawking e tinhamos de... salvar alguém, sei lá... nunca joguei o suficiente para saber.

O fato é, como disse acima: PESSOAS REAIS JAMAIS DEVERIAM ESTAR EM CAPAS DE GAMES A MENOS QUE ESTEJAM RELACIONADAS AO TEMA DO GAME EM SI!

Não usei as mesmas palavras do início do artigo, mas o sentido permanece inalterado!

O herói do game não parece nada com o loirão da capa, é um cavaleiro em armadura completa, nem sequer vemos seu maldito rosto, goddammit!!!!

Mas acho que dessa vez dá pra relevar, pois o bonitão acima é o Fabio!


Um modelo italiano que apareceu nas capas de centenas daqueles livros de bolso românticos que nossas tias e avós costumam ler.

Ele é famoso lá fora e é um cara legal! Até respondeu cartas pra EGM americana por um tempo!

Eu juro!



Pac-Man

Ok, se você não sabe quem é Pac-Man, merecia estar morto ou na cadeia.

Bom, o visual de Pac-Man é simples: uma pizza de mussarela com uma fatia a menos, qualquer criança consegue desenhar.

Mas então, algum animal de teta na Atari achou que o personagem não devia ter apelo o suficiente e autorizou a criação da abominação acima.

Eu não creio que preciso dizer mais nada, exceto que o Pac-Man da imagem acima parece ser da quarta geração de uma família de caipiras que casam com as próprias irmãs!

E sério, precisavam ter feito o fantasma vermelho atrás dele lambendo os beiços? Já não basta o Pac-Man da imagem parecer fruto do incesto, o fantasma tem de parecer estar ansioso por violá-lo analmente?

Pelo amor da Senhora Pac-Man, viu!



Bomber Man

Outro caso de um personagem com visual tremendamente simples e que todos podem desenhar, mas que veio um cretino e deu sua própria interpretação artística.

Bomber Man é um robozínho espacial bonitinho que usa bombas para derrotar seus inimigos, que normalmente incluem outros robozinhos em forma de pião, fantasma ou coisas diversas e coloridas.

Pela capa acima, alguém que não conheça o personagem pode achar que se trata de um game onde sobreviventes de Chernobyl se tornaram uma força anti-terrorismo que bombardeiam seus inimigos em busca de vingança por sua terra destruída.

Bom, pelo menos não é pior que o que fizeram com o personagem em Bomberman: Act Zero.

Pelo que sei, a Konami se desculpou por isso depois.



Valis

Valis é um side-scroller clássico que aparentemente só é lembrado pelo meu chapa Luis Felipe e por mim, pois ninguém mais que eu conheço sequer ouviu falar.

Novamente, para efeito comparativo, coloco a imagem das personagens em seu traço original de manga. Ao centro temos Yuko, a heroína de cabelos azulados que recebe a missão divina de lutar contra as forças do mal semi-nua, a frente sua amiga menina-fera Cham e atrás, sua amiga feiticeira Valna.

Acho que dava pra jogar com elas também ao longo do game, não tenho certeza pois apesar de tudo, nunca terminei Valis e os jogos não envelheceram bem o bastante para que eu me sinta estimulado a fazê-lo hoje.

Embora nada excepcional, a arte é competente e bem agradável. Faz bem o serviço de apresentar as personagens ao público.

Vamos então para as capas americanas de Valis.



Ok, esta aqui não é tão ruim, apesar de Yuko não parecer nada com sua versão japonesa.

O artista fez questão de colocá-la em uma situação de morte certa, pois todos os chefes do game estão convergindo em sua direção ao mesmo tempo, e a menina não parece ter espaço ou tempo o suficiente para esboçar uma fuga. Ao invés disso levantando sua espada, gritando "LIBERDAAAAAAAAADEEEEEEEEE" como Mel Gibson ensinou e aceitando sua morte com honra.

Apesar de tudo, poderiam ter feito muito pior!



E de fato fizeram!

O artista parece ter imaginado como seria desenhar uma personagem que parecesse o Carlos Villagrán de peruca e biquini metálico combatendo um vilão totalmente fora de escala e resolveu colocar essa idéia no papel.

E apesar do horror mostrado acima, eu sempre digo que poderiam ter feito algo muito pior.



E pelo amor do bom Deus... eles fizeram!!!!!!!!

E desta vez não há mais dúvidas: Yuko é um cara!

Pelo que podemos deduzir com esta capa, as forças do bem se enganaram e ao invés de darem poderes a uma colegial japonesa bonitinha, deram a um roqueiro transsexual americano que tentou a vida toda fazer parte do Motley Crue.

Se esta imagem não lhe causar pesadelos, eu não sei o que mais fará.

E como um bônus, a capa de Valis X!



Que não é de todo mal, exceto por Yuko estar com peitos gigantescos e uma expressão enigmática que pode significar que a menina está com uma sensação ruim, ou que está tão entupida de heroína que mal consegue focar seus olhos em um ponto fixo.

Considerando que Valis X é um game hentai em que Yuko é constantemente estuprada, suponho que é um pouco das duas coisas.



Breath of Fire

BoF é um de meus games favoritos do Super Nintento! A entrada triunfal da Capcom no mundo dos rpg's, fazendo frente a Square e Enix, as duas gigantes nesse estilo.

BoF faz jus ao velho ditado das capas de livro, pois minha nossa, que capa de merda!


Pode não parecer tão ruim a primeira vista, mas tem um bocado de coisas acontecendo simultaneamente, olhe com atenção.

O herói parece uma versão piorada do Conan que está dando sua espada para seu amigo peixe segurar enquanto pondera sobre a mancha escura que apareceu subitamente em sua mão, enquanto isso, Bleu escorrega de bunda pela encosta da montanha após perder o equilíbrio lá no topo e estica sua mão em desespero para que alguém a segure, mas o herói está muito ocupado esperando que seu peixe pegue a espada e cabe a Nina tentar voar em direção a Bleu e socorrê-la.

E pela distância que estava, suponho que fracassou miseravelmente!

Comparemos com a capa japonesa.


Muito melhor!

E não, o herói não está faltando, ele está no centro da imagem transformado em dragão! Não dá pra ser mais cool que isso!


Vejamos a capa japonesa de Breath of Fire II agora.


Uma imagem simples e muito bonita, com todos os personagens principais do jogo, o herói em sua forma humana e um dragão ao fundo, que é um dos personagens coadjuvantes mais importantes da história.

Certo, mas e a capa americana de BoF II?



Novamente temos um dos piores dublês de Conan de todos os tempos e todos os heróis avançando furiosamente contra um inimigo invisível que está na mesma posição de quem olha a capa.

Talvez eles queiram matar o indivíduo que está segurando a caixa do jogo, não tenho certeza.

Mas espere... nem todos estão avançando. Bow, o homem-cachorro está parado com um sorriso malicioso em seu rosto... por que será que...

OH NÃO!!! ELE VENDEU SEUS AMIGOS PARA O MAL!!! É CILADA PEDRO!!!!!!!

Ah bom... tarde demais...



Rival Turf

Este é um dos maiores quebra galhos da história, pois sempre que íamos na locadora e Final Fight não estava lá, acabavamos levando Rival Turf em seu lugar.


Era como um prêmio de consolação, mas bem mais embaraçoso.

E vou confessar pra vocês, este foi o primeiro game que joguei quando ganhei meu Super Nintendo! Antes mesmo de colocar Super Mario World no aparelho!

É, eu sei... sou um fracasso...

Mas o importante aqui é a capa!

E o que ela evoca?

Dois membros de gangue posando de machos e deixando bem claro que vão foder sua vida se você se meter com eles!!!!

Aí eu imagino que o cara que desenvolveu essa capa não devia assistir nada mais violento que Blossom, pois achar que esses dois rapazotes conseguem se passar por membros de gangues violentos e drogados é forçar um pouco demais a fábrica da realidade.

Sério, o da esquerda parece uma versão mais patética daqueles caras que frequentavam a casa do Jazz no seriado do Will Smith e o da direita parece um rapaz de classe média alta se esforçando ao máximo pra parecer durão.

E o melhor de tudo, nenhum deles parece NADA com os personagens do game!

E a esta altura, você já sabe da regra de se usar pessoas reais em capas de games e acredito que a imagem acima reforça que esta regra deveria se tornar uma lei.


Mega Man

Mega Man é um dos games que definiu os 8 bits, com sua jogabilidade precisa, desafio supremo e trilha sonora inesquecível! Se você não jogou Mega Man, sua vida é incompleta!

É impressionante que Mega man tenha se tornado tamanho sucesso com a capa acima.

O personagem retratado não parece nada com o Mega Man, mas sim com um octogenário que não recebeu atendimento devido na loja de fraldas geriátricas, cagou nas calças e foi até em casa pegar sua arma para matar o dono da loja que o tratou com tamanho desrespeito! E sua fúria é tanta que ele esqueceu até de se trocar!

E pelo seu olhar de confusão e a cidade futurista ao fundo, ele esqueceu o caminho para se chegar na loja também.

Esta é a capa americana, será que os europeus fizeram melhor?



Não muito...

O Mega Man aqui não parece o menininho azul adorável que todos amamos, mas sim um adolescente cosplayer com muita raiva do mundo.

E o Dr. Wily ao fundo parece incrivelmente deprimido. Talvez tenha descoberto que tem alguma doença terminal e queira apenas aguardar o fim em paz, mas não pode pois esse maldito adolescente de pijama azul fica atacando sua casa.

Ou talvez ele seja na verdade o pai do adolescente vestido de Mega Man e sua depressão seja causada por ter um filho cosplayer.

Assim como no caso da capa de Street Smart, jamais saberemos ao certo.

Vamos para Mega Man 2.



Onde nosso herói é retratado como um cosplayer gordo com a pior pontaria do mundo.

Como ele pode errar um disparo a essa distância??? Ele tem hipermetropia estigmática por acaso??? Não apenas isso, mas o Mega Man dessa ilustração parece ter perdido o juízo e quer matar seu criador! Repare que o Dr. Light está escondido atrás de Crash Man e apontando para o azulão como quem diz: "ó, é ele aí, é ele, tá vendo?".

Se olharmos com mais afinco, podemos reparar que Mega Man está pisando de forma muito estranha com seu pé direito, o que pode significar uma fratura em seu tornozelo.

Assim sendo, talvez Dr. Light estivesse abusando da Roll, Mega Man tenha visto e a defendido e então o velho pecador fraturou o tornozelo dele com uma chave inglesa e fugiu pra casa do Dr. Wily em busca de proteção em troca de favores sexuais.

Sei lá, dois velhos que não fazem nada da vida a não ser ficar construindo robôs, devem ser dois tarados enrustidos.

Mas novamente, a capa européia de Mega Man 2 leva o troféu.



Aqui Mega Man parece saído diretamente do filme Tron!

*Referência obrigatória a Simpsons*

Hãããã, algum de vocês assistiu o filme Tron?



Strider

Strider é um dos personagens mais legais já criados na história dos games! Nem preciso falar muito pois ele entrou na minha lista de melhores ninjas dos games.

E então, me fazem uma ilustração onde Hiryu parece o Charlie Sheen vestindo um colante roxo e usando a espada de um dos vilões do desenho da She-Ra.

Acho que é isso que ele faz durante a semana, quando o Jake não vai pra casa dele.

Sério, essa capa parece uma daquelas imagens genéricas criadas pra filmes de ficção científica ruins dos anos 70, algo na linha de "Capitão Uau contra o Exército do Planeta Jujuba" ou coisa assim.

Seja como for, permanece como uma das imagens mais bregas da história desde a Maria Betânia!



Superman

Aqui temos a prova de que pelo menos UMA pessoa no mundo não sabe quem é o Homem de Aço ou com que ele se parece.


Que coisa triste... nem tenho vontade de caçoar disso...

Vamos para o próximo.


Ninja Golf

Ok, um ninja... carregando um porta tacos... com armas e tacos de golfe... e brandindo uma espada ao luar... em um campo de golfe...


Tem tantas coisas erradas nessa imagem que se eu fosse uma pessoa mais fraca, eu já teria comido a mim mesmo de desespero.

É um ninja em um campo de golfe, duas coisas que combinam tão pouco quanto batatas fritas e diarréia e mais chocante que isso... bom... não mais chocante quanto batatas fritas cobertas de diarréia, mas chocante mesmo assim, ele está brandindo uma cimitarra.

Não apenas joga golfe, como usa a arma errada! Mas esse ninja é um imbecil!!!!!!

Embora verdade seja dita, o game realmente consista de ninjas jogando golfe, então não creio que houvesse uma maneira de fazer uma capa menos imbecil.

O game a seguir entretanto, não tem esta desculpa.


Street Fighter II

Não há o que dizer, SF II é um dos games mais importantes da história! De verdade! Este game moldou a mim e a muitas pessoas! Sou o que sou hoje por causa dele!


E mesmo assim, sua capa é uma das piores imbecilidades já criadas na história!

Ok, temos um beco, Ryu caido no chão com cara de quem está lutando para se manter consciente, Chun Li pega de surpresa e Blanka com cara de assassino de gatinhos.

Tenho inclusive minhas próprias teorias sobre o que está acontecendo nesta cena.

Ryu foi até o beco comprar sua dose semanal de crack com Blanka, fumou tudo e caiu no chão, tão infestado da droga que não conseguiria soltar hadouken nem que sua vida dependesse disso. Chun Li foi atrás dele, o encontrou a beira de uma overdose e foi atacada por Blanka, que vai matá-la pois não quer testemunhas de suas atividades ilícitas, mas pretende estuprá-la antes para descontar os anos que ela o olhou como se ele fosse uma aberração de circo.

E como ele fornece drogas pro Ryu, o karateca jamais irá vingar a honra da amiga!

A capa de SF Turbo é igualmente ruim, mas bem mais inocente.


Nela, Honda e Sagat estão lutando e em seu desespero para fugir do golpe do mestre do sumô, o campeão de muai thai não percebeu um sabonete no chão e escorregou nele, não podendo evitar agora uma vergonhosa queda de bunda no chão.

O sabonete não mais aparece pois deslizou para fora da imagem e se olhar bem pra cara de Sagat, verá que seu rosto está tomado pelo puro e total constrangimento, o que prova minha teoria do sabonete.

Pode não parecer tão ruim, mas novamente compare com a ilustração japonesa.



É... pois é...



Winning Eleven 6

Esta nem é tão ruim e meio que quebra um pouco uma das regras que venho pregando desde o início do artigo, mas... preciso colocá-la nessa lista.


Ok, desde o começo do texto, falei que PESSOAS REAIS NÃO DEVEM APARECER EM CAPAS DE GAMES A MENOS QUE TENHAM RELAÇÃO COM O GAME EM SI!

As exceções são atores quando o game é baseado em algum filme e atletas quando é um game de esporte. Assim, tecnicamente, não está errado colocar este camarada (que não faço idéia de quem seja) na capa de WE.

Mas custava colocar uma camisa no cara?

Como só o vejo da cintura pra cima, fico com a ilusão de que ele tá completamente pelado e se tem uma coisa que eu não quero ver jamais em uma capa de game é um japonês pelado!!!!!

Eu juro, essa capa me dá calafrios, até agradeço aos piratas que em suas milhares de versões hackeadas de WE optaram por colocar uma (ou mais) mulheres peladas na capa de seus jogos.

Aí você diz: "Amer, seu porco chauvinista! Homem pelado não pode, mas mulher pelada sim?"

Ao que eu digo: sim!!! Está pegando o espírito afinal!!!

E vamos à última capa de hoje!


Trojan

Não é exatamente uma capa, mas sim um flyer de fliperama, mas é tão imbecil que precisei colocar mesmo assim.

Temos um herói que parece uma versão humana do Capitão Boeing, com um olhar determinado em seu rosto e tão decidido a lutar contra as forças do mal que esta intenção se manifesta em forma de texto na sua frente.


O único problema é que ele não percebeu que o mal que tanto deseja destruir está logo atrás dele.
Pois é...

E aqui encerro esta lista de capas ruins de games! A qualquer momento volto com o volume 2!

Cheers!!!

22 comentários:

Fabiano disse...

Olha, não sei o que foi pior, nesse post todo, mas... "Ninja Golf"...
Não, não sei expressar o que senti ao ver isso...

BAH disse...

Putz, se for parar para pensar, esse artigo será infinito. Como existem capas feias de games! Mas lembrar delas vai ser f8%@.

Mas o primeiro prêmio tem que ir pra já citada "Phalanx". Eu lembro desse jogo na locadora e quando você chegava lá, numa véspera de feriado prolongado, era o único jogo de Super Nes disponível. Por que será? Sim, eu sabia que era um jogo de nave, mas me recusava em gastar um centavo sequer naquele jogo devido a revolta com a capa (e por não gostar muito de jogo de nave).

E pode me incluir no seleto grupo dos que já ouviram falar de "Valis". Um amigo tinha o 3 para Mega Drive e, como durante muito tempo, foi o único jogo que ele tinha (Altered Beast não conta) o jogamos muito. E adorava as vinhetas entre as fases, principalmente aquelas em que aparecia a Yuko com sua micro saia e pernas de fora. Vou até procurar esse "Valis X" para relembrar as minhas taras de mais de 15 anos atrás...

doggma disse...

Cara... a capa do "Super Man" é inacreditável...

Amer H. disse...

Hehehehehehehe, infinito será!

Já encontrei uma tonelada de abominações pra escrever o Volume 2! Esperem pra ver!

A do Super é inacreditável, de fato! Tem o game do Popeye, também pra Atari, que aparentemente foi desenhada pelo mesmo indivíduo, pois digamos... que o personagem saiu totalmente diferente do que costumamos lembrar.

Aguarde e confie.

Ian disse...

Puta merda Amer, ri demais nesse XD.
Muito bom mesmo =p.

Curiosidade inútil: Keiji Inafune, criador do Megaman, desenhou boa parte dos artworks do primeiro Breath of Fire XD

Amer H. disse...

Uau! Quem diria? Não sabia dessa!

darthjoao1 disse...

muito legal.
já vi fita do famoso x-man atari com ilustração do pac man.
essa do super man acho que foi pra não pagar direitos autorais.......
Os Cartuchos do Odyssey tinham uma artwork muito bonita. Eu tenho aqui o Freedom fighters e o senhor das trevas que são lindos.
(amer, porque vc retirou as outras maneiras de postar comentários? só tem google e open ID ?)

Amer H. disse...

As artes do Odyssey eram legais mesmo! Senhor das Trevas é muito legal!

Bom, fiz isso pra evitar anônimos que entrem aqui pra me xingar.

Embora pessoas ainda possam entrar aqui e ofender minha honra de maneiras inimagináveis, elas terão de se identificar se quiserem fazer isso.

É o mínimo que posso exigir no meu blog, se quer me xingar ou me criticar, que tenha pelo menos bolas de mostrar quem é.

david disse...

Esse artigo foi excelente.
quanta capa horivel que eu não conhecia ou nao lembrava!
O 1º game que joguei para o SNES(o video game que mais babei quando criança)foi Rival Turf!Quando fiquei sabendo que um primo meu tinha comprado esse modernissimo console fui logo conferir.
E que supresa eu tive quando descobri que o jogo que veio no console tinha sido esse.
Meu primo rapidamente tratou de consertar a burrada trocando o cartucho com um colega.
Na troca ele levou o Home Alone...fiquei muito puto, pois sempre gostei de Final Fight e esse era parecido.
Que capa é essa do Megaman II?o Megaman tentando matar o Dr. Light??Outra boa versão sua para o ocorrido.
E tem mais:O Dr.Light é um viado desgraçado, pois antes de pedir ajuda ao Dr. Willy ele estraga o canhao do Azulzinho e ele é obrigado a usar uma pistolinha michuruca!!!
A capa do Bomberman vira uma obra de arte om sua interpretação, Amer.E ainda por cima o carinha da frente poe a mão esquerda no peito, dando a impressao de declamar versos de protesto contra as nações rivais.
Blackbelt nem lembrava mas da capa.Adoro esse jogo.Sempre alugava quando era pirralho.Tambem alugava Vigilante!!!
Sobre o sabonete na capa americana do SFII me parece que ele tá do lado do balde atrás do Honda.
Valeu Amer, me enrolei um pouco com essa historia de nao poder mas escrever meu nome(DAVID)no comentario, mais sua razão é correta.Agora vou usar esse email.
Abraços

Marcelo disse...

Essa matéria foi d+. A primeira capa dessa matéria, Black Belt, era um jogo muito bom, eu cheguei a ter o cartucho e depois matei a saudade com o emulador de master system. A capa não tem nada a ver, porra o cara tá chutando o quê? Ou será um daqueles efeitos que significa que o babaca enfiou um prego no pé por andar descalço em todas as fases? Valeu pela excelente matéria.

doggma disse...

Em tempo... se Ronaldo Fenômeno ver essa capa de Valis 3 vai ficar doido pra jogar...

Amer H. disse...

Yeah... e depois pra desmentir tudo e dizer que não jogou.

Ou que não sabia de que se tratava o jogo, que achou que era uma moça comum de biquini de metal.

Rodrigo disse...

A melhor de todas as capas é a do Superman... Me deixou realmente muito triste, é um sacrilégio, quem desenhou essa capa merece queimar no mármore do inferno por toda a eternidade. Esse Superman só não é pior que o Super de mullets e o Super de pele azul...

Amer H. disse...

Super de pele azul? Mas como???

Rodrigo disse...

Super de pele azul assim:

http://westindi.blogspot.com/2007/06/
superman-blue-color-jev.html

É triste, mas infelizmente é verdade...

leandro moraes disse...

Algumas capas estão nesta lista (creio que houve um site americano que fez um artigo sobre isso também - porém menor e com menos capas e informações), mas "Ninja Golf" tem uma coisa que não foi sacada aí no texto.

Lógico que se trata de uma paródia portanto nada mais lógico que colocar o ninja no campo de golfe e com a mochila nas costas.

O fato de ser noite é uma brincadeira com os ninjas sempre estarem associados à noite (imagem sempre usada nos filmes)

Há apenas de se explicar essa cimitarra.

--------------------------------

Essa capa de "mega man" europeu mostrou o que todo mundo no cinema quer fazer agora: Fazer os personagens serem mais realistas (o novo Batman é um exemplo)

-------------------------------

a explicação do strret fighter é a mais óbvia. rsrs

Ryu caiu ao ser golpeado por Blanka que vai na direção de chun-li. A postura dela perante Blanka demostra o chute frágil (logo inseguro de que Blanka, pelo seu tamanho ali retradado quase invencível)

Simples como amar.

Foi uma matéria bem melhor que a americana.

Romário disse...

Eu CLAMO pelo volume 2!

Muito bom!

Bruno Mattes disse...

Nota mental: Não ler mais posts do Amer de madrugada, sob risco de acordar as pessoas de toda a casa, e talvez do quarteirão todo...

Huahsuahsuashaush. RACHEI!!!
Fazia muito tempo que não ria tanto.
E mostro por que:

"Já não basta o Pac-Man da imagem parecer fruto do incesto, o fantasma tem de parecer estar ansioso por violá-lo analmente?"

" desta vez não há mais dúvidas: Yuko é um cara!"

"O personagem retratado não parece nada com o Mega Man, mas sim com um octogenário que não recebeu atendimento devido na loja de fraldas geriátricas, cagou nas calças e foi até em casa pegar sua arma para matar o dono da loja que o tratou com tamanho desrespeito! E sua fúria é tanta que ele esqueceu até de se trocar!

E pelo seu olhar de confusão e a cidade futurista ao fundo, ele esqueceu o caminho para se chegar na loja também."

"nosso herói é retratado como um cosplayer gordo com a pior pontaria do mundo.

Como ele pode errar um disparo a essa distância???"

"Não apenas isso, mas o Mega Man dessa ilustração parece ter perdido o juízo e quer matar seu criador! Repare que o Dr. Light está escondido atrás de Crash Man e apontando para o azulão como quem diz: "ó, é ele aí, é ele, tá vendo?".

Se olharmos com mais afinco, podemos reparar que Mega Man está pisando de forma muito estranha com seu pé direito, o que pode significar uma fratura em seu tornozelo."

"Aqui temos a prova de que pelo menos UMA pessoa no mundo não sabe quem é o Homem de Aço ou com que ele se parece."

"Tem tantas coisas erradas nessa imagem que se eu fosse uma pessoa mais fraca, eu já teria comido a mim mesmo de desespero.

É um ninja em um campo de golfe, duas coisas que combinam tão pouco quanto batatas fritas e diarréia e mais chocante que isso... bom... não mais chocante quanto batatas fritas cobertas de diarréia, mas chocante mesmo assim, ele está brandindo uma cimitarra.

Não apenas joga golfe, como usa a arma errada! Mas esse ninja é um imbecil!!!!!!"

"Temos um herói que parece uma versão humana do Capitão Boeing, com um olhar determinado em seu rosto e tão decidido a lutar contra as forças do mal que esta intenção se manifesta em forma de texto na sua frente."

HUAHSAUHSAUSHAUSHAUS!!!!!!
Eu continuo lendo o blog TODO sem falhar nenhum post, e essas piadas foram um ABSURDO de tão engraçadas!

QUASE ME CAGUEI POR UMA SEMANA DE TANTO RIR!!!! HAUSHAUSHAUS

Abração, Amer. E parabéns pelo seu trabalho.

Bruno Mattes disse...

Nota mental: Não ler mais posts do Amer de madrugada, sob risco de acordar as pessoas de toda a casa, e talvez do quarteirão todo...

Huahsuahsuashaush. RACHEI!!!
Fazia muito tempo que não ria tanto.
E mostro por que:

"Já não basta o Pac-Man da imagem parecer fruto do incesto, o fantasma tem de parecer estar ansioso por violá-lo analmente?"

" desta vez não há mais dúvidas: Yuko é um cara!"

"O personagem retratado não parece nada com o Mega Man, mas sim com um octogenário que não recebeu atendimento devido na loja de fraldas geriátricas, cagou nas calças e foi até em casa pegar sua arma para matar o dono da loja que o tratou com tamanho desrespeito! E sua fúria é tanta que ele esqueceu até de se trocar!

E pelo seu olhar de confusão e a cidade futurista ao fundo, ele esqueceu o caminho para se chegar na loja também."

"nosso herói é retratado como um cosplayer gordo com a pior pontaria do mundo.

Como ele pode errar um disparo a essa distância???"

"Não apenas isso, mas o Mega Man dessa ilustração parece ter perdido o juízo e quer matar seu criador! Repare que o Dr. Light está escondido atrás de Crash Man e apontando para o azulão como quem diz: "ó, é ele aí, é ele, tá vendo?".

Se olharmos com mais afinco, podemos reparar que Mega Man está pisando de forma muito estranha com seu pé direito, o que pode significar uma fratura em seu tornozelo."

"Aqui temos a prova de que pelo menos UMA pessoa no mundo não sabe quem é o Homem de Aço ou com que ele se parece."

"Tem tantas coisas erradas nessa imagem que se eu fosse uma pessoa mais fraca, eu já teria comido a mim mesmo de desespero.

É um ninja em um campo de golfe, duas coisas que combinam tão pouco quanto batatas fritas e diarréia e mais chocante que isso... bom... não mais chocante quanto batatas fritas cobertas de diarréia, mas chocante mesmo assim, ele está brandindo uma cimitarra.

Não apenas joga golfe, como usa a arma errada! Mas esse ninja é um imbecil!!!!!!"

"Temos um herói que parece uma versão humana do Capitão Boeing, com um olhar determinado em seu rosto e tão decidido a lutar contra as forças do mal que esta intenção se manifesta em forma de texto na sua frente."

HUAHSAUHSAUSHAUSHAUS!!!!!!
Eu continuo lendo o blog TODO sem falhar nenhum post, e essas piadas foram um ABSURDO de tão engraçadas!

QUASE ME CAGUEI POR UMA SEMANA DE TANTO RIR!!!! HAUSHAUSHAUS

Abração, Amer. E parabéns pelo seu trabalho.

Bruno Mattes disse...

Nota mental: Não ler mais posts do Amer de madrugada, sob risco de acordar as pessoas de toda a casa, e talvez do quarteirão todo...

Huahsuahsuashaush. RACHEI!!!
Fazia muito tempo que não ria tanto.
E mostro por que:

"Já não basta o Pac-Man da imagem parecer fruto do incesto, o fantasma tem de parecer estar ansioso por violá-lo analmente?"

" desta vez não há mais dúvidas: Yuko é um cara!"

"O personagem retratado não parece nada com o Mega Man, mas sim com um octogenário que não recebeu atendimento devido na loja de fraldas geriátricas, cagou nas calças e foi até em casa pegar sua arma para matar o dono da loja que o tratou com tamanho desrespeito! E sua fúria é tanta que ele esqueceu até de se trocar!

E pelo seu olhar de confusão e a cidade futurista ao fundo, ele esqueceu o caminho para se chegar na loja também."

"nosso herói é retratado como um cosplayer gordo com a pior pontaria do mundo.

Como ele pode errar um disparo a essa distância???"

"Não apenas isso, mas o Mega Man dessa ilustração parece ter perdido o juízo e quer matar seu criador! Repare que o Dr. Light está escondido atrás de Crash Man e apontando para o azulão como quem diz: "ó, é ele aí, é ele, tá vendo?".

Se olharmos com mais afinco, podemos reparar que Mega Man está pisando de forma muito estranha com seu pé direito, o que pode significar uma fratura em seu tornozelo."

"É um ninja em um campo de golfe, duas coisas que combinam tão pouco quanto batatas fritas e diarréia e mais chocante que isso... bom... não mais chocante quanto batatas fritas cobertas de diarréia, mas chocante mesmo assim, ele está brandindo uma cimitarra.
Não apenas joga golfe, como usa a arma errada! Mas esse ninja é um imbecil!!!!!!"

HUAHSAUHSAUSHAUSHAUS!!!!!!
Eu continuo lendo o blog TODO sem falhar nenhum post, e essas piadas foram um ABSURDO de tão engraçadas!

QUASE ME CAGUEI POR UMA SEMANA DE TANTO RIR!!!! HAUSHAUSHAUS

Abração, Amer. E parabéns pelo seu trabalho.

crisgunnm disse...

ptz!!! essa matéria mto fóda!!!só de pensar que deixei comprar muitos jogos bom,na época por causa dessas malditas capas podres como por exemplo o strider que depois de um longo tempo,eu vi eo jogo era fóda...pra caralho e sobre o valis a capa que mostra as trez persnonagens em anime é capa, do valis 3 onde ao decorrer do jogo vc poderia jogar com as outras personagens mto fóda .mas reamente as capas americanas era muito...merda! e a do sagat tomando um rola por causa do sabonete foi fóda ´´awaey``!!!

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

esse velho da capa me faz lembra o avô dos Dukes of Hazard/os Gatões. verdade, lembra muito o ator, e acho que eu poderia bolar o sentido desse velho, ele poderia estar contando aos netinhos suas aventuras no espaço, cantando com o seu Banjo, como uma lenda....

o que pode acabar a minha teoria, pois geralmente se escolhem garotas para ser heroínas de Shooter ace.


sobre Street Smart, posso imaginar que Takuma, deus seus ataques super rápidos que nocauteou todos os meliantes na capa.

se bem o que estou dizendo possa ser lorota, pois ninguém ia usar a imaginação para isso.

a capa japonesa de Astaynax é TÃOOOO GAY!


o Pacman é fruto de incesto, coitado.

e realmente foi um crime com as capas do game Valis, e sim Amer. eu conheço esse game. e fiquei indignado quando fizeram o remake desse game num Hentai.


a capa de Trojan é lamentável e WE 6...é por isso que não curto os games de futibas virtuais de hoje