domingo, 25 de março de 2007

That's not cool, man. Not cool...


Ontem, eu estava assistindo ECW, como sempre faço nas noites de sábado que fico em casa (praticamente sempre).

Logo após o show, eu não mudei de canal, e em seguida começou um filme. Não um filme qualquer, não senhor.

Um filme com um jovem Brad Pitt no papel principal, um Brad Pitt que ainda não havia desbravado Angelina Jolie, nem Jeniffer Aniston e que não havia ainda sido mordido por Tom Cruise. E contracenando com ele, uma versão animada de Kim Basinger.

Cool World.

Para aqueles que nunca assistiram, vamos dizer que é uma versão adulta de Uma Cilada para Roger Rabbit, exceto pelo fato de que Roger Rabbit já era um filme para adultos.

Verdade, assisti Roger Rabbit uma centena de vezes quando o filme foi lançado (eu devia ter lá meus nove ou oito anos) e não entendia porra nenhuma da história, eu só me importava com o fato de ser um filme em que Patolino e Donald contracenavam, entre tantos outros.

Quando vi o filme recentemente, fiquei envergonhado de nunca ter entendido quando criança.

Enfim, Cool World. Posso resumir a história em dois parágrafos, querem ver?

Brad Pitt volta da Segunda Guerra, compra uma moto, sai pra passear com a mãe e sofre um acidente. Mamãe morre e Brad Pitt é apagado da existência, reaparecendo em um mundo de desenhos animados. Ele aceita sua nova realidade em coisa de 47 segundos e se torna o principal agente da lei do lugar.

Lá existe uma garota animada extremamente vadia chamada Holli Would (Kim Basinger) que quer se tornar uma pessoa real e para isso precisa transar com um humano de verdade. Não conseguindo nada com Pitt, ela seduz Gabriel Byrne (o diabo em "Fim dos Dias") que é o criador dela e de todos os personagens animados do filme.

Ela transa com ele (a foto acima) vira Kim Basinger, vem para o mundo real e por algum motivo, quer um cetro que está no topo de um Cassino em Las Vegas e que pode destruir toda a realidade. Ela mata Brad Pitt e no fim é impedida por Gabriel Byrne, que se transforma em um super herói animado.

Brad Pitt ressucita como desenho e pode finalmente trepar com sua namorada animada, FIM!

Ok, foram três parágrafos, me processe.

Por algum tempo me senti mal pois sempre achei o filme péssimo, e acreditava que era porque "Eu não o havia entendido". Achei que era algo tão conceitual que um mero mortal não seria capaz de entender. Fiquei aliviado após investigar a net e descobrir que praticamente ninguem no mundo gosta deste filme.

Ralph Bashki dirigiu esta catástrofe, e se você não sabe quem é, eu te invejo, pois você tem uma vida. Bashki é um controverso produtor de desenhos animados, e lançou as primeiras animações para adultos lááááááá nos anos 70, a animação de Fritz the Cat foi uma de suas produções, e a abominável animação de Senhor dos Anéis foi outra. O sujeito é calejado em fazer animações que ninguém fora ele mesmo entenda.

O filme é terrível, mas sempre que passa na tv eu acabo assistindo...e há uma razão apenas.

A foto explica tudo.

Vou confessar: Sou ligeiramente tarado por mulheres animadas. Sim, eu sou. Posso afirmar que já tive paixões por várias mulheres de acetato. E sim, eu sei que elas não são reais, so what? Não vejo diferença em pagar um pau para uma mulher animada ao invés de uma gostosa de Hollywood.

Eu também sou platônicamente apaixonado por Halle Berry. Ela é de carne e osso, mas as chances dela bater na minha porta e querer passar a noite fazendo sexo selvagem comigo são as mesmas da Arlequina fazê-lo.

Enfim, o único motivo que eu tenho para assistir essa bomba, é ver a deliciosa versão animada de Kim Basinger, tanto que a atriz se torna horrenda quando comparada a sua versão animada e olha que estamos falando de uma das mulheres mais gostosas do mundo.

Enfim, Cool World é uma merda, mas se você gosta de ver mulheres peitudas e vadias em versão animada e não liga para péssima interação entre humanos e desenhos, vá em frente! Talvez em breve você se una ao enorme grupo de pessoas que odeia este filme mas o assiste sempre que pode.

E já terminei God of War II, mas ainda não quero falar disso, provavelmente o farei daqui a dois ou três posts.

Olhando, este texto ficou bem longo. Creio que isto se tornará um padrão.

A seguir, "DINOSSAUROS ATACAM"!

Cheers!!!

3 comentários:

kitute disse...

Confesso adorar mulheres virtuais, e cconfesso tbm, ter assistido esse filme milhares de vezes justamente para ver a Kim Basinger versão animada...
Afinal, eu não vou mentir, já "ofereci" várias pra ela nessa versão, e tbm na versão carne e osso.
Enfim, se o filme estivesse passando neste exato momento eu não estaria aqui comentando....
away!!!

Mituo (vulgo: Garoto Tropeço)

kitute disse...

E digo mais uma coisa, não precisa ir mto longe, como Hollyweird, para achar mulheres incríveis que vc sabe que nunca tocará ou simplesmente ouvirá sua voz sem o intermédio de uma televisão.
No Mackenzie, existem tantas meninas impossíveis, para caras como nós, como em qlq filme americano...
por isso eu digo...
é melhor mesmo que a faculdade ´só dure 4 anos...pq eu não me responsabilizaria por meus atos, em mais alguns anos.

Ghinzu disse...

PQP! Eu sempre achei esse filme uma merda e sempre assistia mesmo assim por causa dessa gostosa de acetato aparecer.

E eu tenho o desenho dos Senhor dos Anéis em VHS, e agora sei quem fez essa porcaria! Não é a toa que os 2 desenhos originaram do mesmo autor! É uma merda SÓ!