sábado, 27 de abril de 2019

Super Choque: Aquele Episódio da Arma


O artigo de hoje foi um pedido do PADRIM!

Se quer pedir artigos, vídeos, podcasts e faixas de comentários, colabore com o PADRIM! Só clicar no primeiro box da coluna ao lado... Que eu sei que você não vai fazer, seu preguiçoso/a, então aqui está o link: PADRIM!

DOE! COLABORE! ME AME! CONSERTE MEU CORAÇÃO MACHUCADO!!!

Agora, vamos ao artigo de hoje.


QUE JÁ COMEÇA NA TRETA COM O FRANCISCO SENDO LEVADO DE AMBULÂNCIA!!!

OH MEU DEUS, O QUE SERÁ QUE ACONT... Ah é... Esse é o episódio da arma.

...

Bem, sabemos o que aconteceu... Mas COMO aconteceu?

Alguém apertou o gatilho da arma e Francisco levou um tiro no pinto.

Sim, também sabemos COMO aconteceu.

...

Mas que série de eventos fizeram com que Francisco tivesse seu órgão reprodutor removido a bala?

Ok... Isso é o que vamos descobrir agora.

Aprenderam, crianças? Tudo na vida é uma questão de se fazer as perguntas certas.


Nossa história começa com Virgílio, o Super Choque, herói de todas as manhãs do Bom Dia & Cia, na psicóloga, e a velha questiona nosso herói com tentáculos na cabeça para chegar ao "X" da questão:

Doutora: Então, quando seu pai te molestou pela primeira vez?
Virgílio: QUE? Meu pai nunca me molestou!
Doutora: Claro que molestou, o pai de todo mundo molesta.
Virgílio: O MEU NÃO!
Doutora: Sua mãe então?
Virgílio: MENOS!!!
Doutora: Sua irmã?
Virgílio: PELO AMOR DE DEUS, NÃO!
Doutora: Mas já viu ela tomando banho? Trocando de roupa? Nua em pelo?
Virgílio: Eu moro com ela, claro que já a vi trocando de roupa.
Doutora: Hmmmmm... Conte-me mais...
Virgílio: Escuta, eu tou aqui pra falado tiroteio da escola, não?
Doutora: Ugh, tá bem. Então comece me contando todos os eventos de sua semana, principalmente os que tem nada a ver com o incidente da arma.


Virgílio começa contando sobre como estava jogando Pokémon Go antes da aula. Ele estava doido pra pegar um Sandshrew e de alguma forma, as coisas saíram do controle.


Felizmente, nosso herói é o herói do desenho e nunca perde. Com um pouco de eletricidade e danos a propriedade, ele capturou seu Pokémon:

Virgílio: Finalmente completei meu Pokédex!
Sandshrew: NÃO SOU SANDSHREW, CARALHO! SOU O HOMEM-TATU, SEU PIOR INIMIGO!
Virgílio: Pensei que meu pior inimigo era aquele negão de borracha.
Sandshrew: Ele também, somos todos os seus piores inimigos!
Virgílio: Nossa, meus vilões são uma merda, heim?
Sandshrew: Para de reclamar que você ainda tá melhor que a Juniper Lee.


Infelizmente, combate ao crime tem seu preço. Virgílio chega atrasado na primeira aula e leva uma bronca de Dona Fiaopaunaminhabun. Como castigo por sua irresponsabilidade, ele será forçado a sentar em seu lugar e assistir aula como se nada tivesse acontecido.

Os métodos disciplinares desta professora deixam muito a desejar.


Todo pimpão, Virgílio senta ao lado de JIMMY!!!

Primo de BILLY!

Amigo do TIMMY!

E fã do GILLIAAAAAARDIIIIIIIIIIII!!!

Para entender esta piada, assista a este vídeo.

Jimmy, está conectado ao Pornhub, ou pelo menos, é o que esse olhar de depressão pós-punheta dá a entender.

Mais do que depressa, Virgílio tenta fazer amizade com o novo garoto e lhe sugere nomes para buscar no site, como Marilyn Mansion, Elle Club, Ava Dalush, Lola Gatsby, Emylia Argan, Anri Okita, Miku Oguri, Jade Kush, Veronica Avluv, Lacy Lennon, Bobbi Star, Bree Olson... 


... Virgílio subitamente apresenta a mesma cara de depressão pós-orgasmo que Jimmy e perde o interesse no assunto.

Isso não importa, é aqui que entra em cena o vilão do episódio: MORENO HERING!!!


Sim! Moreno Hering! A encarnação de todo o mal do mundo! Nascido de um experimento que cruzou os genes do Nelson Muntz com os do Buzz de Esqueceram de Mim! Sim! Nenhuma criança está a salvo de sua Bulleragem Satânica!

Olhaí o filho da puta fechando o Notebook de Jimmy e o impedindo de punhetar.

MALDITO! NEM TODOS PODEM CONSUMIR PORNOGRAFIA EM CASA!!!

E onde está a Senhora Fiaopaunaminhabun, que não vê isso?


Tá lá, vendo os resultados das corridas de cavalos e avaliando se poderá finalmente largar essa vida miserável de professora pra ir se afundar em cocaína e xoxotas no México.

IMPRESTANTE!!! GIRAFALES NUNCA JOGARIA EM HORA DE AULA!


E o inferno da vida de Jimmy não acaba quando a aula se encerra! Lá estão Moreno Hering e Tiago, membro de suas Forças Especiais Valentão.

BULLY SEN-TAI!

BULLY SEN-TAI!

BULLY SEN-TAI!


Virgílio e Chico chegam à cena do crime gritando "KAAAAAA" "KAAAAAA", o que afugenta os valentões, que morrem de medo de corvos e Karinas.

Jimmy está no chão, atormentado e implodido, lamentando a perda de seu mouse, que foi destruído enquanto os bullies o atormentavam.

Considerando que estavam fazendo embaixadinhas com o notebook, ele devia é estar feliz por perder só um rato e não seu HD com 2 giga de filmes em 240p da Tera Patrick.

Hey, é um desenho lançado em 2000. Naquela época, 240p era uma resolução gloriosa suficiente para nos fazer chorar.

Mas Virgílio e Chico se compadecem pelo falecimento do mouse de Jimmy. E no dia seguinte...


Virgílio: Aqui, toma.
Jimmy: O quê?
Virgílio: É um mouse! Tou te dando de presente.
Jimmy: Eu não entendo.
Virgílio: Ora, seu mouse foi quebrado pelos bullies ontem, esse aqui é da minha irmã e ela nem usa o computador dela. Então eu pensei que...
Jimmy: Esse mouse era da sua irmã?
Virgílio: Sim, era sim.
Jimmy: Ela... Sentava nele?
Virgílio: QUE?
Jimmy: **SNIIIIIIIIIIIIIIIIFF**
Virgílio: Mas que porra? Por que todo mundo tem tesão na minha irmã?
Chico: Bom, sua irmã é uma delícia, cara! Até eu acho isso e olha que eu sou gay.
Virgílio: VOCÊ É GAY???
Chico: Oooooops... Spoilers dos quadrinhos...


Sem serem convidados, Virgílio e Chico invadem a casa de Jimmy, dispostos a comer todos os Doritos e bolachas Negresco da casa.

Ou seja, agora Jimmy tem amigos. pois nada diz "AMIZADE" como se filar a comida lixosa de seu camarada.

No caminho pro quarto de Jimmy, os meninos cruzam com a mãe burra do menino, que fica chocada em ver que ele tem amigos reais ao invés de ficar alugando o ouvido do entregador de pizza pra tentar aliviar sua solidão horrenda.


Antes de sair pro trabalho, a velha solta um "tenta não estragar tudo dessa vez" pro Jimmy.

Esta fala eu não inventei, ela realmente está no episódio.

E infelizmente, este tipo de frase é uma ocorrência comum na casa de crianças que sofrem bullying.


No quarto de Jimmy, que é desconfortavelmente escuro, Virgílio se impressiona com a quantidade imensa de memorabília nerd que o rapaz possui.

Lembra desses tempos?

Lembra quando somente excluídos pela sociedade tinham miniaturas, posteres e computadores em excesso em casa?

Antes de todo modinha miserável comprar uma estátua do Thanos só pra se sentir o fodão dos fodões? Quando ter um livro de D&D em casa acarretaria no mesmo sendo apresentado às suas amígdalas caso o lesse em público?

VOCÊ SE LEMBRA??? SE LEMBRA???

Sinto falta desses tempos.


Aproveitando-se do fato de que na primeira vez na vida alguém está interessado em sua existência, Jimmy mostra seu Blaster do Han Solo customizado com as cores dos Tartarugas Ninja, o que quase causa um AVC em Chico, que não está acostumado com este nível de nerdismo.

Mas eis que Jimmy resolve ir ainda mais longe...


... Ele oferece mostrar o tresoitão real de seu pai, que ele sabe onde está guardado.

Virgílio, super-herói nas horas vagas, que já se deparou com inúmeros momentos de prerigo, decide explicar a Jimmy, da forma mais gentil que pode, que ele não devia mexer com armas de fogo:


Virgílio: SEUPAUNOCUDOCARAIOARROMADODROGADITOEUDEVIAPEGARESSAPORRADELÂMPADADELAVAEENFIARNOSEUCUATÉSAIRGELPELOSEUCOUROCABELUDOMINHAMÃEFOIMORTAATIROSDESGRAÇADOCÊACHAQUEÉENGRAÇADOSERÓRFÃOPORQUEUMARROMBADOACHOUQUEMETERBALAÇONASUAMÃENUMATERÇAFEIRAERAUMABOAVAITOMARNOSEUCUESPEROQUEVOCÊTENHAIDSNOCÉREBROFARISEUENGOLIDORDESÊMENDECAVALODOCARALHOEUTEODEIOEESPEROQUEOMORENOHERINGCOMAOCUDOSEUPAINASUAFRENTEENQUANTOVOCÊROLAEMGARRAFASQUEBRADASEQUEVOCÊMORRAAOS80ANOSCOMUMAGORDASENTANDONASUACABEÇABORACHICO!

Chico: Hããããããã... Obrigado pelos Doritos...


Virgílio: Pensando bem, isso foi uma má ideia. Digo, eu podia ter sido mais de boa, explicado pra ele que mexer com armas é perigoso, mas eu explodi com alguém que precisava desesperadamente de ajuda.
Doutora: Isso não foi sua culpa, Virgílio. Você não tinha como saber.
Virgílio: Mas eu devia! Eu devia ter imaginado que ia dar alguma merda.!
Doutora: Você não é Batman para deduzir o que iria acontecer... E me aproveito de estarmos em um universo onde o Batman existe para fazer este comentário.
Virgílio: Eu não sou o Batman, mas ainda assim...
Doutora: Você nem poderia ser o Batman, você é bem ajustado demais.
Virgílio: Como assim? Você... Sabe a identidade secreta do Batman?
Doutora: Não, mas como psicóloga, imagino que é preciso alguém muito destrambelhado pra se vestir de morcego e sair por aí socando meliantes de noite.
Virgílio: É... De certa forma...
Doutora: Sua irmã já se vestiu de Batgirl?
Virgílio: Que? Ah meu Deus, de novo não!
Doutora: Hmmmmmm, aquelas curvas maravilhosas naquele traje colante... Nossa me dá até calor...
Virgílio: MEU MELHOR AMIGO LEVOU UM TIRO NO PINTO! PODEMOS FALAR DELE E NÃO DA MINHA IRMÃ???
Doutora: Se sua irmã fosse a Batgirl, seu amigo ainda teria o pinto.


No dia seguinte, os meninos estão na aula de educação física. Chico decide tirar Jimmy do Diablo e o levar pra jogar um basquete com eles, pra tentar apaziguar o clima ruim que ficou do dia anterior.

Jimmy avisa que é péssimo no basquete... e pra falar com garotas... E pra cuidar de animais... E em qualquer outro aspecto da vida.

Chico diz pra ele não se preocupar, pois ele não pode ser pior que o menino tetraplégico do segundo ano.


Chico estava enganado.


Eis que MORENO HERING surge e decide esmagar a bola de basquete com as mãos, para demonstrar o que fará com a cabeça de Jimmy mais tarde.

Infelizmente, explodir uma bola de basquete é muito mais difícil do que parece, e após dezessete minutos de tentativa, Moreno também chega a essa triste conclusão. Só que ele não pode parar agora, ou perderá sua posição de Bully Alfa, assim, ele permanece fazendo força na esperança de que em 32 anos, a bola murche por conta própria e ele possa fingir que sua força de titã foi a responsável por isso.

Mas para sorte de Moreno...


... O pai de Virgílio adentra o local e chama a atenção de todos:

Paizão Porreta: Ei filhão, cumprimente sua nova mãe!
Virgílio: MASOQ???
Chico: MANDOU BEM, SEU PAI DO VIRGÍLIO!
Paizão Porreta: Tou brincando! Meninos, essa é a Gwen Jane, personagem que nunca apareceu ou voltará a aparecer na série, e que será relevante apenas por este episódio.
Gwen Jane: Oi zente!
Paizão Porreta: Ela tem uma mensagem muito importante para vocês. Agora, se me dão licença, vou sumir do episódio e só voltarei durante o momento de crise do ato III.


Gwen Jane: Meninos, que acham da minha bunda?
Virgílio: Não parece bunda de branca.
Chico: Sim, tem muita carne.
Jimmy: Por que está me tocando, Virgílio?
Gwen Jane: Bom, o Halloween está chegando e consegui autorização pra fazer a festa aqui no ginásio! Só tem o problema de que preciso de ajuda para montar toda a decoração a tempo!
Virgílio: Onde sua bunda entra nisso?
Gwen Jane: Minha bunda não entra em nada... Mas quem me ajudar mais na arrumação, entrará nela como recompensa!
Virgílio: Topo!
Chico: Ok, mas só pra poder dizer depois que bunda feminina é superestimada.
Jimmy: Claro... Por que n...


Gwen Jane: AI BRIGADA, NERDINHO LINDO, MARAVILHOSO! AI QUE CHEIROSO VOCÊ É! ME AGARRA! ME APERTA! ME CHAMA DE NATASHA!!!
Virgílio: Tou achando que essa rifa de bunda é armação, heim?
Chico: Você vai mesmo reclamar que o favorito pra ganhar é aquele dentre nós que mais precisa se aliviar numa bunda?
Virgílio: Bom argumento.


Logo, todos os rapazes (e algumas meninas) decidem ajudar na organização, em busca da cobiçada bunda de Gwen Jane.

Olha só, até o Androide 17 veio do Universo 7 para testar suas chances com a rabeta colegial sagrada.


E aqui está o Virgílio, usando seus poderes na frente de todos, sem dar a mínima para sua identidade secreta.

Dá pra escutar um "tsc tsc tsc" vindo lá de Metrópolis.


Mas Jimmy sai na frente de todos. Como todo bom excluído social, o menino é um gênio absoluto, capaz de bolar decorações e efeitos especiais que deixariam os Mythbusters com inveja.

ESTÃO OUVINDO ADAM E JAMIE??? SEUS DIAS ESTÃO CONTADOS!!!


E claro, ele sempre recebe abraços entusiasmados de Gwen Jane, o que acaba por ocasionar constantes genocídios de descendentes em suas calças.

De fato, o menino passou a se dedicar dez vezes mais para continuar recebendo esses entusiasmados amassos. Uma bela tarde, ele criou um reator de fusão a frio em miniatura para que o baile pudesse ser abastecido sem precisar da rede de energia local.

Feliz da vida, ele foi correndo anunciar seu feito para Gwen Jane...


... Que estava vadiando com Moreno Hering.

Oh não:

Gwen Jane: Essa área ficou bem legal... Mas falta alguma coisa...
Moreno Hering: Aê, mina! Dá pá eu!
Gwen Jane: Já sei! Teias de aranha! Nenhum lugar assombrado é completo sem teias de aranha!
Moreno Hering: Faz um boquete neu, daí é só cuspir na parede e vai ter as teias de aranha!
Gwen Jane: Que? Meu Deus do céu, você é nojento!
Moreno Hering: Dá pá eu logo! Sei que tu não resiste aos meus díceps!
Gwen Jane: Primeiro, se fala "bíceps", segundo, isso aí é banha.
Moreno Hering: Heim?
Gwen Jane: Você não é musculoso, é daqueles caras gordos que colocam camisa regata e se acham fortes, e ninguém tem coragem de avisar que você é só um monte de colesterol com cabelo.
Moreno Hering: Se fode-se, mina!
Gwen Jane: Vou mesmo, porque você é que não vai, seu ataque cardíaco com tetas.


Moreno Hering: Pau na sua bunda.
Gwen Jane: Outra coisa que você vai ficar só na vontade.
Moreno Hering: Tou ligado que essa rifa de cu é a maior pilantrage! Cê vai dá pro Jimmy, todo muno sabe!
Gwen Jane: Claro que não, tá maluco?
Moreno Hering: Ué? Mas você fica agarrano ele! E esfregano as teta nele! Ontem mesmo, cê lambeu a orelha dele, depois caiu de joelho e começou a falar putaria pra virilha dele!
Gwen Jane: E daí? Isso não significa que eu vou dar pra ele!
Moreno Hering: Mardição, não dá pá entender as muiéres.
Gwen Jane: Nem a gente se entende, leitão.


Ao descobrir que se esforçou tanto e receberá bunda nenhuma de recompensa, Jimmy faz um **GASP** audível até em Themyscera, e esbarra no Madruga a suas costas.


Moreno Hering: SEU NERD! FICA OVINO AS CONVERSA QUE NUM É PRA CÊ!
Gwen Jane: Sua capacidade comunicacional mostra que o sistema de ensino americano falhou.
Moreno Hering: E ainda turva o ar que beberei!
Gwen Jane: Ar não se bebe, seu mongoloide... A menos que se transforme em condensação, nesse caso...
Moreno Hering: Vou te matardes!
Gwen Jane: Mas é pior que o Toninho do Diabo!


Desesperado, Jimmy tenta fugir, mas acaba cercado pelas Forças Especiais Valentão...


... Com resultados óbvios.


Mas só uma surra não basta. Como essa é uma escola americana, Jimmy é trancado em um armário, pra morrer de fome, sede e solidão, como um fã de Star Trek num evento de Star Wars.


Como o episódio tem só vinte minutos, ele é salvo segundos depois por Virgílio e Chico, e foge da escola com lágrimas nos olhos e ódio no coração.

Eu brinco, mas os animadores fizeram um excelente trabalho em estampar toda a humilhação e fúria de Jimmy no seu rosto. Sentimentos que todos que sofreram bullying conhecem muito bem.

Desta vez é Gwen Jane que explica com paciência e carinho, porque Moreno Hering e seus amigos agiram errado:


Gwen Jane: BANDODEVIRGEMARROMBADODABUCETAVÃODÁOCUPRUMCAVALOQUALAPORRADOPROBLEMADEVOCÊSZOANDOOMENINOATÉNÃOPODERMAISCÊSDEVEMTUDOTERPAUPEQUENOSÓPODEDEPOISVÃOCOMPRARCARRÃOESOMFODAPRAENCHEROSACODOSOUTROSCOMFUNKNOÚLTIMOVOLUMESÓPRACOMPENSARAVERRUGINHAQUECÊSCHAMAMDEPINTOOJIMMYÉMUITOMAISHOMEMQUETODOSOSTRÊSJUNTOSSEBOBEARQUETODAASALADEAULAJUNTASEUSPORRASDOCARALHOSÓDERAIVAVOUDAROCUPRAELEATÉFICARROXAEVOCÊSTRÊSNUNCAVÃOTOCARNUMAMULHERSEMPAGAREMSEUGORDOBROXAESEUSDOISRESTOSDEABORTO!!!


Doutora: E depois da gritaria da sua amiga, o que aconteceu?
Virgílio: Eu chamei meu pai e avisei que o Jimmy tinha acesso a uma arma.
Doutora: Além de tudo, você é X-9.
Virgílio: Que?
Doutora: Nada, continua.
Virgílio: Bom, meu pai achou melhor ir até a casa do Jimmy, falar com ele e os pais dele, explicar o que tava acontecendo antes que desse alguma merda. Acho que acima de tudo, ele precisava de apoio.
Doutora: De fato. É difícil se crescer filho único, sem um irmão pra se desabafar sobre esse tipo de coisa.
Virgílio: Isso não é uma tentativa sua de levar a conversa pra minha irmã de novo, né?
Doutora: Não, claro que não.
Virgílio: Ainda bem.
Doutora: Mas fale-me de sua mãe... Ela era parecida com sua irmã?
Virgílio: PELO AMOR DO DOUG!!!


Enfim, Virgílio e seu pai vão até a casa de Jimmy e checam seu notebook... Que não tem senha ou PIN e pode ser acessado por todos a vontade.

Eram tempos mais inocentes.

Nele, encontram um "Diário de Batalha", e Virgílio imediatamente percebe que isso não pode ser coisa boa.


O herói e seu pai então perguntam ao traste genitor de Jimmy, como ele não percebeu o que estava acontecendo com seu filho.

A única resposta que recebem dele é: "Eu tenho um filho?"

Mistério resolvido.

Então, eles o perguntam onde guarda sua arma.


O velho paquiderme mostra que seu revólver está são e salvo em seu criado mud... Ooooooops!!!

Ora, mas quem poderia imaginar que ter uma arma carregada em casa e guardá-la em um local não trancado e facilmente acessível, poderia ser um problema?

PARABÉNS, SENHOR MONGONAUTA!!!

Bem, só resta uma coisa a fazer!


**ASSOBIE AQUI O TEMA DA LIGA DA JUSTIÇA**


E lá está o Jimmy, com mais ódio que o Dirty Harry e tão motivado quanto.


E vai direto até o Moreno Hering, enquanto Gwen observa com cara de tonta.

Eis que subitamente...


**YOINKS**


Moreno Hering: MANODOCÉUMEPERDOAEUNUNCAMAISTEATORMENTONAVIDAEUJUROEUSÓENCHOSEUSACOPORQUESOUINSEGUROCOMASMINHASBANHASEMEUPINTOPEQUENOEXATAMENTEIGUALAGWENFALOUEUSEIQUEVOUMORRERSOZINHOESEMAMIGOSPORQUETENHOAPERSONALIDADEDEUMALIXADEUNHAEBATOEMVOCÊPRAMESENTIRUMPOUCOMELHORCOMIGOMESMOPELOAMORDEDEUSNÃOMEMATACOMOUMAPROSTITUTADELASVEGASEUJÁESTOUMORTOPORDENTRO!!!


Chico, bom moço que só ele, tenta convencer Jimmy a não fazer a merda que está planejando, ou irá estragar sua vida por alguém que vale menos que os pentelhos da Brie Larson.

E de novo, parabéns aos animadores, que conseguiram representar lindamente toda a angústia e dor que Jimmy sente neste momento.

Enfim, a conversa de Chico ajuda e Jimmy baixa a arma.


É quando as Forças Especiais Valentão entram em ação!

BULLY SEN-TAI!!!

BULLY SEN-TAI!!!

BULLY SEN... Espera, não... Eles cagaram no pau!

Graças a esta intervenção mongotrônica, Jimmy acabou atirando...


... E a bala pegou no Chico.


Virgílio chega bem a tempo de fazer nada que se aproveite.


Mas como não quer desperdiçar sua entrada triunfal, ele usa eletricidade estática pra colar a arma no teto.

Beleza... E como os policiais vão pegar ela agora? Você vai ficar aí a tarde toda até eles chegarem? Ou vai deixar a eletricidade estática acabar pra que ela caia e possivelmente atire ao bater no chão, correndo o risco de alvejar outra pessoa?

NÃO PLANEJOU ISSO DIREITO, NÉ VÍRGÍLIO???

Seja como for, nosso herói vai ao socorro de seu amigo:


Chico: MANO DO CÉU, VIREI EUNUCO!
Virgílio: Como assim? A bala pegou na sua perna!
Chico: Ricocheteou no fêmur e arrancou o pinto!
Virgílio: Como... Como isso foi acontecer?
Chico: E eu lá sou perito em aerodinâmica? Acha meu pinto e traz pra cá!
Virgílio: Que? Não! Escuta, você é meu melhor amigo, mas eu não vou pegar no seu pinto.
Chico: Como não? Só achar e segurar ele até os paramédicos chegarem!
Virgílio: Cara, não! Não dá!
Chico: PELO AMOR DE DEUS, VIRGÍLIO!
Virgílio: Shiu! Não usa meu nome verdadeiro!
Chico: Agora você quer guardar sua identidade secreta? Mesmo? Depois de usar seus poderes pra decorar o giná...
Virgílio: TÁ BOM, EU ACHO SEU PINTO! Pra que lado ele voou?
Gwen: Voou pela janela, mas vocês ficaram discutindo tanto tempo que um pombo pegou ele e saiu voando.
Virgílio: PRONTO! Problema resolvido!
Chico: ... Você me deve um pinto, seu desgraçado...


E lá está o Jimmy, em choque, enfurecido, arrependido, magoado. Um turbilhão de emoções passa por sua cabeça e embora não emita uma única palavra, sua linguagem corporal diz tudo que precisamos saber.

Sério, todos os animadores competentes se aposentaram em 2009? Por que hoje só temos aquela merda de CalArts?


Doutora: Como se sente?
Virgílio: Triste, com raiva, vazio... Eu sei lá... Confuso?
Doutora: É totalmente normal se sentir assim.
Virgílio: E quanto a culpa?
Doutora: Você não tem culpa, Virgílio. Os valentões escolheram infernizar a vida do Jimmy, e Jimmy escolheu pegar a arma do pai e levá-la até a escola. Você não fez essas coisas.
Virgílio: Mas eu também não impedi.
Doutora: Você tentou estar ao lado dele e ser amigo dele, e isso é mais do que qualquer pessoa parecia estar fazendo no momento. Se você e Chico não tivessem se conectado com ele, ainda que minimamente, ele poderia ter ido à escola com mais alvos além do Moreno Hering.
Virgílio: Talvez...
Doutora: Nem o Superman pode salvar a todos, não se culpe se o Super Choque não conseguir.
Virgílio: Espera... Você sabe que eu sou o Super Choque?
Doutora: Você e ele são as duas únicas pessoas da cidade inteira que usam dreads.
Virgílio: Oh...
Doutora: É...


Virgílio: Oi, Gwen. Vai bater papo com a psicóloga também?
Gwen: Sim, todo mundo que estava presente durante o incidente precisa conversar com ela.
Virgílio: Certo.
Gwen: Também vou aproveitar e falar da minha ninfomania.
Virgílio: Sua o quê?
Gwen: E como tá o Chico?
Virgílio: Só vou saber na próxima cena.
Gwen: E viu o Moreno?
Virgílio: Vi entrar na diretoria com os pais. Olha, eles tão saindo agora.


Pai do Moreno Hering: Harunf Harunf!
Diretor: Hunf Hunf.
Pai do Moreno Hering: Harunf!
Diretor: Hunf!


**ASSOBIE AQUI A MARCHA FÚNEBRE**


Na cena seguinte, Chico já voltou à escola, com um gesso maneiro onde muitas pessoas desenharão pintos quando forem assinar.

E falando em pinto, ele vai receber uma prótese novinha, desenhada pelo Cyborg e vinda direto de Jump City.

Hey, se satisfaz a Jinx. É garantia suficiente pra mim.


Enquanto desenha um Kid Bengala anatomicamente correto no gesso de seu amigo, Virgílio percebe dois bullies atormentando um roliço estudante, mostrando que mesmo depois de toda merda que rolou, certas pessoas não aprendem a lição.


Virgílio agora sabe que não pode salvar a todos, mas com boa vontade e amizade, talvez ele possa impedir que outra tragédia aconteça.


O episódio termina com uma mensagem sobre como milhares de jovens todos os anos morrem devido a incidentes com armas de fogo.


Virgílio então diz aos espectadores que não mexam com armas, não vão atrás de armas, e se encontrarem uma arma, avisem aos seus pais, professores ou quais quer adulto que encontrarem.

O PODER É DE VOCÊS!!!

Ok, eu queria encerrar este artigo com uma mensagem bacana sobre bullying, mas este é o assunto da moda fazem alguns bons anos, tudo que tem de ser dito a respeito já foi dito.

Ou melhor... Quase tudo.

Normalmente olhamos para as crianças que sofrem o bullying, mas não para aquelas que o aplicam. Muitas vezes, o valentão também é uma vítima. Ele (ou ela, pois mulheres são tão capazes disso quanto homens) pode vir de um lar desfeito, com pais abusivos ou relapsos. Em inúmeros casos, violência é tudo que o bully recebe em casa, e acaba sendo a única coisa que ele tem para oferecer ao mundo.

Precisamos cuidar das crianças que sofrem o bullying, sim, mas é necessário prestar atenção a aquelas que o praticam, e se possível, ajudá-las. De outra forma, estaremos apenas tratando os sintomas da doença, e não sua causa.

Aliás, este episódio é um excelente exemplo de como a animação ocidental se deteriorou com os anos. Aqui temos um assunto pesado e delicado, tratado de forma inteligente e capaz de deixar uma impressão duradoura em seu público.

Quase vinte anos depois e este episódio ainda está gravado a fogo na mente de muitos que o assistiram quando crianças.

Hoje em dia, o desenho inventaria uma metáfora imbecil ("Oh, o vilão tem uma banana que cospe fogo! Mexer com bananas que cospem fogo é perigoso e ninguém deveria fazer isso"), seria tão infestado de gags e trocadilhos que qualquer sentido se perderia, e mensagem alguma permaneceria com o público.

Se Adventure Time revitalizou os Cartoons, também foi a perdição dos mesmos. Hoje só existe espaço para séries com episódios de dez minutos de duração, hiperativos, sem consistência e raramente com uma boa história.

Triste.

É isso. Fico por aqui.

Cheers!!!

17 comentários:

~Le Chefão~ disse...

Excelente, Amer
Adoro esse episódio por mostrar o motivo principal dos massacres nas escolas de uma forma inteligente. Esse desenho era do caralho.

Leandro"ODST Belmont" Alves the devil summoner disse...

Nunca achei que ia ter um review de um episodio do Super Choque aqui! é inesperado.

E até hoje aguardo o filho do Will Smith fazer essa série na Warner.

obrigado Ambar!!

Nicholas Lemos disse...

Fico feliz em saber que contribuí para a biblioteca do Amer e agora ele cita Elle Club nos artigos.
Sobre Negresco: além de um alvo óbvio dos SJW, ele é uma delícia... Até você conhecer Chocolícia! Fica a dica
Já sobre o artigo, como sempre uma abordagem muito bem humorada de um assunto tão sério. Hoje só existem dedos para se culpar as armas, ignorando as vítimas, enfatizando quem comete mas sem perceber os fatores que levam a isso.
Grande abraço.
Experimente Chocolícia

Kaede Monthmore disse...

Excelente artigo como sempre Amer! Chega a ser irônico você postar este artigo no mesmo dia que um amigo meu quase levou um tiro no cinema por causa de um assento. As pessoas as vezes estão com a mente tão cheias de problemas, que basta um estopim para explodirem de vez.
Continue com esses belos artigos!

Azrael_I disse...

Creio que não preciso elogiar mais do que já foi, o artigo está excelente como sempre, Amer. Só vou acrescentar alguns detalhes.

- A Gwen Jane (Frieda, na verdade) aparece em outros episódios, além de ser o interesse romântico do Virgil nos quadrinhos; inclusive, eles se casam e tem dois filhos (além de nos quadrinhos ela ter sido a primeira a descobrir a identidade secreta do Virgil). Entretanto, resolveram colocar a Dayse na serie animada, muito possivelmente porque alguém na DC/Warner problematizou o fato de o interesse romântico do Virgil ser uma White Girl, em vez de uma afrodescendente.

- Falando em problematizar, muita gente acusa esse episódio de ter sido também uma contra-propaganda ao Partido Republicano (e ao recém-assumido George Bush); lançado em 2002, ainda no auge da comoção pelo 11 de Setembro, a intenção do episódio seria ser (além do alerta contra o Bullying) também uma propaganda negativa contra o porte de armas, que é liberado em alguns Estados Americanos, mostrando um dos lados ruins de se ter uma arma em casa. Isso não seria exclusividade deste episódio, já que em diversos episódios é mostrada a relação negativa do Virgil com armas.

- A fala do Ritchie após ser baleado ("Tá doendo pra caramba! Não é como na TV") mostra também a preocupação dos produtores em querer "desromantizar" os filmes de ação, onde os herois levam tiros e agem como se não fosse nada; os próprios roteiristas do episódio declararam isso. Muitos entretanto criticaram o episódio por não mostrar o Ritchie sangrando (e como você disse, hoje provavelmente nem iriam mostrar a arma). Aliás, é até interessante o fato de o Ritchie ser gay nunca ter sido sequer insinuado no desenho (hoje em dia provavelmente iam acusar a Warner de homofobia por fazer isso...).

MatteusBoni disse...

Excelente artigo Lord Amer.

Alias, achei uma puta heresia o Virgílio ter pego um Sandshrew usando ataques elétricos, ta de hack esse menino.

Quanto ao episódio em si: De fato, é impressionante como a animação e a maturidade dos desenhos norte-americanos decaiu ao longo dos anos, desenhos antigamente conseguiam ser bobos, heroicos, divertidos e passar boas mensagens em suas histórias, hoje em dia é a idiocracia romantizada em formato de cartoon.

Um bom exemplo de desenho que gosto de lembrar por todos os seus valores e pela sua diversão era KND A Turma do Bairro (tanto é que a minha foto no Youtube é um wallpaper deles): Um desenho maduro, divertido, que fazia paródia de muitas coisas da cultura pop e que mostrava e subvertia a visão do mundo através dos olhos de uma criança/adolescente/adulto. Lembro até hoje do episódio onde o Número 1 se torna adulto graças a molecada da turma do bairro, ele amargurado por sentir que perdeu seus melhores anos de vida (algo que daria uma critica social foda).

Enfim...me despeço dando um spoiler de Ultimato: o Homem Formiga não entra no cu do Thanos.

Ítalo disse...

Uma correção Amble: a Gwen Jane aparece outras vezes na serie, inclusive na segunda temporada (onde ele troca de uniforme).

Azrael_I disse...

Eu falei isso. Inclusive, ela é o interesse amoroso do Virgil nos quadrinhos (e no começo do desenho animado)

Unknown disse...

Não sei se os deseenhos estão menos maduro temos muitas coisas boas como caçadores de trolls,voltron legendary,Justiça jovem,príncipe Dragão

Tulespa disse...

Na epoca do desenho o Ritchie não era gay

Jack Spicer disse...

Não é só nos quadrinhos que Richie é gay. Só que devido à censura, Dwayne McDuff teve que deixar isso apenas implícito no desenho.
"The way I dealt with Richie's homosexuality was to write him aggressively and unconvincingly announcing his heterosexuality whenever possible ("Wow! Look at those girls in the swimsuits! I sure like girls!"), while Virgil rolled his eyes at the transparency of it. ”

— Dwayne McDuffie

Enzo disse...

>Hoje em dia, o desenho inventaria uma metáfora imbecil ("Oh, o vilão tem uma banana que cospe fogo! Mexer com bananas que cospem fogo é perigoso e ninguém deveria fazer isso"), seria tão infestado de gags e trocadilhos que qualquer sentido se perderia, e mensagem alguma permaneceria com o público.

Isso me lembra que um desenho atual(OK KO) fez um episódio sobre armas que consegue ser ainda mais imbecil do que essa descrição que você fez.

hugo cesar disse...

Excelente artigo Amer. é bom saber que não sou o único que odeia o estilo calarts e nem sou o único a notar a brutal queda de qualidade nas animações americanas. Sério a animação americana está literalmente voltando no tempo. Os desenhos estão voltando a ter o formato do começo da década de 60 antes dos Flintstones onde os desenhos tinham o formato de 7 10 minutos como está acontecendo agora e não o tradicional de 19 30 minutos por episódio. Cara costumo dizer a década de 80 e 90 foi a era de ouro das animações, hoje estamos vivendo a era de lata pois hoje é só produção barata atrás de produção barata sem qualidade nenhuma animação ruim, roteiros furados e sem nenhum sentido que vão do nada pra lugar nenhum como de jovens titãs em ação.

Nappa_ disse...

Me lembrou bastante de Cartoon All-Stars to the Rescue, que por sinal foi o primeiro artigo que eu li aqui no blog.

Ícaro Corrêa disse...

Muito bom Américo!

Infelizmente, não consigo encontrar a série na internet. Acho que procurarei mídias oficiais.

Leandro disse...

Antigamente os desenhos formavam caráter, hj só chatos lacradores.

Video Teraveloka disse...

Permainan dadu/ Sic Bo dalam Sbobet adalah jenis casino online maupun offline. Bahkan bagi para pemula masih ada yang belum paham tentang Jenis Taruhan Dadu Sic Bo ini. Termasuk keistimewaan angka paling tinggi dan rendah adalah milik (Baca Selengkapnya Disini...)