quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Mês das Festas: O Natal dos Tiny Toon


FELIZ NATAL PARA TODOS VOCÊS, MEUS LINDOS!!! Como passaram o feriado? Ganharam muitos presentes? Comeram aquelas delícias que só a vó sabe preparar e reviram tios e primos queridos que não encontravam fazia muito tempo?

Que maravilha, meu coração se alegra em saber que vocês passaram bem o feriado.

...

Como eu passei meu Natal? Oh, bem...

Fiquei jogando Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados. Acho que destravei uns vinte troféus e... Eu tomei um sorvete que havia esquecido no freezer.

Oh, eu não passei o Natal sozinho. Tinha umas duas pessoas online jogando Cavaleiros também. Dei uma surra em ambas... o Shun é incrivelmente apelão nesse jogo e...

...

...

...

Desculpem, ainda não tomei meu Prozac hoje. Eu já volto.

...

...

...

AH SIM! MUITO MELHOR AGORA!!! HUZZAH!!! CELEBRATE!!! DIA DO DOUTOR!!!

E que maneira melhor de fechar o ano do que relembrando do especial de Natal de um dos melhores desenhos animados de todos os tempos? TINY TOON!!!

Para aqueles que não conhecem, Tiny Toon foi uma das séries de maior destaque no período que ficou conhecido como "o renascentismo da animação", no começo dos anos 1990. Criada por Tom Ruegger, a produção foi apadrinhada por Steven Spielberg, que convenceu a Warner Bros. de que valia a pena injetar grana nela.

Isso na época que Spielberg ainda conseguia fazer os figurões dos estúdios gastarem dinheiro infinito com qualquer produto que levasse seu nome.

Em Tiny Toon, acompanhamos as aventuras de Perninha, Lilica, Plucky e todos os seus amigos, que são a nova geração de astros dos desenhos da Warner. Eles ainda estão na escola e aprendem com os Looney Toones clássicos (Pernalonga e sua galera) a arte de serem engraçados.

Tiny Toon foi para o começo da década de 1990, o que Adventure Time é hoje. Uma série genuinamente inteligente, produzida por pessoas cheias de paixão pelo que estavam fazendo. De fato, assim como Finn e Jake hoje, Perninha e Lilica conquistaram um enorme público adulto, que não via mal em citar episódios da série sempre que a chance aparecia.

E acredito que todo mundo tem ao menos um amigo que AINDA HOJE faz citações ao episódio em que o Plucky aprende a usar a usar a descarga.

Hoje, neste dia tão feliz em que aproveitamos as sobras do peru de ontem para fazer enormes e gordurosos sanduíches, vamos relembrar do épico episodio de Natal da série. E vamos nos lamentar pelo fato que a porra da Warner nunca se deu ao trabalho de lançá-la adequadamente em DVD.

VAMO-NOS!!!


Neva em Acme City. O Natal se aproxima a passos largos e o vento frio do inverno carrega diversas orações pelo ar.

Da casa de Presuntinho e por todos os lares habitados por desenhos neurastênicos, vem preces que pedem aos céus para que tragam Perninha de volta. Sim, o pequeno coelho desapareceu e seus amigos agora sofrem com sua ausência.


Mesmo Plucky Ducky, o ególatra e filho da puta aluno do Patolino, pede aos poderes do cosmo que tragam seu amigo de volta. Ou senão, como ele mesmo diz: "Tiny Toon vai ser cancelado e ele vai ter de arranjar emprego em desenho japonês".

Que é isso, Plucky? Trabalhar no Japão não é tão ruim assim.


...

...

...

Eu... Retiro o que disse.

E sim, ele fez esse comentário sobre desenho japonês na versão brasileira da série. E eu BEIJARIA a pessoa que decidiu fazer esta adaptação, pois foi uma coisa brilhante.


Mesmo da toca da Lilica saem preces. É de se imaginar que se o Perninha estivesse em algum lugar, seria na casa de sua namorada de 14 anos que passa a maior parte de sua existência sem a supervisão de adultos ou responsáveis.

Mas se ele não se encontra na toca da Lilica, desbravando... A toca da Lilica, onde mais Perninha pode estar?

Bem, para responder esta pergunta, teremos de voltar algumas horas nesse dia e descobrir quais foram as circunstâncias de seu desaparecimento.


O dia começou alegre, com Perninha e Lilica passeando de trenó pela neve e cantarolando uma feliz música natalina. Oh sim, paz na terra aos homens de boa vontade e que Deus abençõe a todos os ricos.

Digo, a todos nós.

E deem uma olhada no trenó, vejam qual nome está inscrito nele.

Sim, sim. Isso que é classe, o tipo de piada inteligente que 90% dos desenhos da atualidade JAMAIS se arriscariam em fazer.

VÁ SE FODER, BEN 10!!!

...

VÁ SE FODER, ORSON WELLES!!!

...

Que foi? É Natal! Margot Kidder merece uma folga.


Mas eis que temos uma piada dentro a da outra e percebemos que nossos heróis estavam apenas ensaiando uma peça de teatro. ORA, MAS QUE PIRILAMPOS!!!

De fato, estão filmando exatamente o especial de Natal dos Tiny Toon, do qual Perninha é o diretor. Tudo parece bacana e divertido...


... até que o porra do Valentino Troca Tapa decide melar o feriado dos seus colegas. Ele exige uma retratação de Perninha, que o removeu seu papel do especial de Natal apenas porque ele quebrou a perna esquiando.

... espera... MAS COMO???

Se tem uma coisa que eu aprendi com Uma Cilada para Roger Rabbit, é que desenhos são indestrutíveis. Você pode esmagá-los, incinerá-los, baleá-los, chicoteá-los, defenestrá-los, canibalizá-los e na cena seguinte, estarão de volta a ação, como se nada tivesse acontecido.

Como esse porra desse moleque quebrou a perna? Ele é tão desenho quanto qualquer outro ser dessa série. Ou será que eles só são invulneráveis quando estão diante das câmeras? Valentino se acidentou quando não estava sendo filmado, seria este um precedente de vulnerabilidade para um Cartoon?

Se for assim, ficarei extremamente deprimido quando descobrir que a Lilica morreu de overdose aos 34 anos e que sofria de depressão por nunca mais ter conseguido trabalho após o fim de Tiny Toon.


Sendo o porra filho de uma requelenga que é, Valentino chega insultando a porca revoltante e o aeroporto de mosquito que estão tomando notas enquanto seus amigos ensaiam o especial. É quando Perninha resolve corrigir o colega e explica que essas duas aberrações são os executivos da emissora que pretende veicular o especial de Natal... se o programa for bom o suficiente.

Ciente de seu erro, Valentino se desculpa com o casal da única maneira que sabe.


COM GRANA!!!

Isso me lembra, a campainha da mansão do Valentino fazia "DI-NHEI-ROOOO" sempre que alguém a apertava. Diabos, eu quero ter uma dessas em casa um dia.


De volta a peça, Valentino pergunta sobre qual será seu papel agora, já que ele não mais pode desempenhar o antigo.

É quando Plucky surge do limbo e conta que Perninha CORTOU VALENTINO TOTALMENTE do especial, porque motivos.

Caralho, Plucky! Mas é um X9 da porra mesmo, vai se fuder! Não podia esperar pra tacar o amigo no fogo e ver ele se lascar, pelo amor do Hortelino. Mas eu espero que depois do fim de Tiny Toon, você só tenha arranjado emprego em La Blue Girl.

Valentino, puto da vida, jura que destruirá a peça de Natal e a tudo aquilo que Perninha mais valoriza.

Não sei vocês, mas eu sempre quis amassar a cabeça do Valentino Troca Tapa com uma marreta. Claro, ele foi feito pra ser o vilãozinho da série, mas o fato dele ter a voz do Bart Simpson na dublagem nacional o tornava especialmente irritante.

Alguém mais se sentia assim?


Enquanto debatemos o ódio que sentimos por personagens fictícios criados para vender brinquedos, Plucky pergunta a Perninha quando irão filmar sua cena do alce. O coelho explica que não tem mais cena do alce, pois o roteiro foi re-escrito desde o último ensaio.

Então, ele mostra ao colegas que todas as mudanças estão em páginas amarelas.


Plucky pergunta ao Cuco se ele recebeu as páginas amarelas e o... pássaro... ou seja lá o que picas o Cuco for, saca uma lista telefônica.

Se entendeu essa piada, parabéns! Você é oficialmente velho.


Enquanto isso, Valentino se prepara para iniciar sua vingança... COM PIMENTA!!!

Digo... Ele vai enfiar pimenta no cu do Perninha e torcer pra isso criar uma colite no coelho? Porque eu não consigo imaginar muitas outras formas de se destruir alguém fazendo uso de um condimento.


Ah claro, ele usou a pimenta para fazer os outros desenhos espirrarem durante os ensaios...


... o que evidentemente, destruiu o cenário no processo.

Tá... Certo. Eu preciso perguntar, existe alguém no mundo que tem uma reação alérgica tão forte a pimenta moída? Claro, é uma piada clássica, jogar pimenta na cara de um desenho e fazê-lo ser arremessado no Acre pela força de seus espirros, mas vou dizer que nunca vi sentido nessa piada.

Eu tenho rinite alérgica e costumo ter crises de espirros sempre que resolvo limpar minha coleção de Action Figures (que como todo colecionador sabe, atraem pó feito um imã). Mas nunca tive um ataque de pelancas por estar perto de pimenta moída.

Mas até aí, ninguém nunca jogou pimenta moída na minha cara.

...

E eu estou debatendo alergias de desenhos animados agora. Meu Natal acabou de se tornar ainda mais depressivo.


De volta ao episódio, a executiva de televisão avisa gentilmente a Perninha, que se ele não resolver os problemas de sua produção, ela será forçada a tirar seu espaço na televisão e ceder o horário da noite de Natal para Xuxa Vs. Roberto Carlos.

...

Eu assistiria esse especial.


Para melhor acomodar seu especial as exigências da emissora, Perninha faz novas edições e alguns de seus atores perdem seu momento sob os holofotes no processo. Por exemplo, a cena do panetone solitário é cortada, o que emputece Plucky até os limites do Cosmo.

Por mim tá ótimo. Eu odeio panetone.

Após descobrir que mais uma de suas partes no especial foi cortada, o pato ególatra marcha até os bastidores e dá de cara com... LUKE PERRY!!!

Se você é jovem demais para saber, Perry era um dos principais astros da versão original de Beverly Hills 90210... Ou, como ficou conhecida aqui, Barrados no Baile. A série era uma noveleca adolescente que mostrava a vida de um grupo de jovens milionários de Beverly Hills e seus dramas pessoais, que normalmente envolviam começar um namoro, terminar e reatá-lo quando o Natal, Dia de Colombo ou algum outro feriado se aproximava.

Todo o elenco era composto de jovens que já haviam passado da casa dos 20, mas a série tentava nos convencer de que eles estavam na casa dos 16-17 anos, mesmo Luke Perry...


... Que tinha marcas de expressão tão fundas na testa que era possível criar canais de irrigação nela.

Por algum motivo inexplicável, Beverly Hills 90210 fez um sucesso retardado, o que levou seus criadores a produzirem Melrose Place, outra série idiota onde pessoas mais atraentes que eu ou você passavam suas vidas debatendo sobre seus amores fracassados e toda A DOR que tais relacionamentos traziam.

Ahhh, anos 1990... Eu passava o dia inteiro jogando Mega Drive despreocupadamente... Saudade...


De volta ao desenho, Plucky desconta a frustração de perder sua cena do panetone em Luke Perry e o rodopia até ele ser liquefeito e suas rugas tornarem-se indistintas do resto de seu ser.

Um ato de bondade... Em um mundo desgastado... Obrigado, pato.


De volta ao especial, Lilica prepara-se para gravar sua cena de patinação com a Cher.

Sim, A Cher.

Naqueles tempos, ela tinha acabado de ganhar o Oscar de Melhor Atriz e todo mundo a levava a sério. Ela era uma escolha tão boa quanto Patrick Stewart para participar deste especial.


De fato, assim que avista Cher no set de filmagem, Perninha dá um chega pra lá na Lilica...


... e joga um xaveco na oscarizada atriz.

Mas que feio, Perninha! Tá certo que a Cher é milionária e tem uma queda por caras mais jovens, mas a Lilica é mais engraçada e jeitosa que ela, você tá fazendo um mau negócio.

...

Que foi? Tá me olhando assim por quê? Você já esfregou uma pra Lola Bunny que eu sei, nem se atreva a me julgar por eu achar a Lilica jeitosa.

Lanfranhudo!


Pois bem, a cena corre bem até que Cher despenca em um buraco que fora serrado no gelo e é devorada por piranhas.


Mas como este é um cartoon para crianças e não um anime para maníacos depressivos de meia idade com fixação em comprar estatuetas semi nuas de suas heroínas favoritas, Cher escapa ilesa do ataque, apenas com roupas rasgadas e sentindo-se ainda mais gostosa.

E aliás, o buraco foi serrado no gelo pelo Valentino, que mostra-se extremamente ativo para um cretino de perna quebrada confinado a uma cadeira de rodas.

...

Não, não estou dizendo que cadeirantes são inúteis, apenas que o Valentino é um inútil, que deveria ter ficado ainda mais imprestável depois que foi parar numa cadeira de rodas.

...

NÃO, não estou dizendo que a inutilidade dele veio por causa da cadeira de rodas. Ela independe dele ser cadeirante, acontece que ele é um mimadinho imbecil que nunca coloca a mão na massa, mas que se tornou incrivelmente motivado depois que ficou confinado em uma cadeira de rodas.

...

NÃO, EU NÃO QUIS DIZER...

...

Ah, foda-se! Foda-se quem anda, fodam-se os cadeirantes, foda-se todo mundo. Eu aqui dando um duro danado e vocês aí me julgando... *SNIFF*

...

Acho que preciso de uma dose maior de Prozac.


Perninha fica arrasado com o acidente de Cher e resolve passar para a próxima cena, antes que algo dê errado: O momento em que William Shatner decide recitar poesia, enquanto Plucky toca o tambor.

Se querem saber, as coisas não podem dar MAIS errado agora.


Eis que SUBITAMENTE...


E uma vez na vida, devemos agradecer ao Valentino, por ter nos poupado da agonia de suportar Kirk recitando poesias menos agradáveis do que bater um gato no liquidificador.


Infelizmente, a sabotagem de Valentino as poesias do capitão da Enterprise foram a gota d'água que quebrou as costas do camelo. E todos os amigos de perninha reúnem-se para devastá-lo emocionalmente e deixar claro que ele é um diretor pior que Steven De Souza.

Plucky pessoalmente diz "EU ME DEMITO!"

Ok, Plucky. Como se você tivesse muitas opções de trabalho que não sejam Boku no Pico.


E não apenas os desenhos, mas as celebridades especialmente convidadas também se cansam da esbórnia do Perninha e... OH MEU DEUS, QUANDO FOI QUE A CHER FICOU GOSTOSA ASSIM??? Mas chuta aquela coelhinha rosa e dá um pega nessa loba, porque ela tem muita coisa boa pra te ensinar, Perninha!


Após perder a lealdade dos amigos e o interesse sexual da Cher, Perninha recebe o golpe de misericórdia dos executivos da emissora, que o demitem e colocam Valentino como diretor em seu lugar O pequeno facínora finalmente poderá levar adiante seu plano de filmar Pelé salva o Natal.


Derrotado, danificado e obsoleto, Perninha não vê uma saída para seu dilema e resolve colocar um fim em tudo.

Tá, Perninha. Para com o drama. Já falamos sobre isso e não tem como um desenho morrer, a menos que o Christopher Lloyd esteja envolvido e traga um tonel de solvente. Vai pra casa, toma um balde de sorvete, joga umas horinhas de GTA V e logo você vai estar novo em fo...


... Oh... Ele falou sério... Perninha pretende se jogar do filme para acabar com a própria vida.

OH MEU DEUS! OH, A PERDA DE VIDA HUMANA! OOOOHHHHH, OS MEUS SAAAAAIIISSSS!!! NINGUÉM VAI PENSAR NAS CRIANCINHAS???


Eis que como por encanto, um coelho genérico de gravata borboleta cai do céu. Ele tenta impedir Perninha de cometer suicídio e explica ao menino que ele ainda tem muito pelo  que viver.

Eu concordo. Perninha tem só 14 anos e só passou por um momento ruim na sua vida. Show Business é assim mesmo, um dia você é parte de Star Trek: A Nova Geração, no outro tá fazendo ponta em The Big Bang Theory pra pagar as contas. Seja lá como for sua carreira, Perninha não vai acabar pior que Will Wheaton.

Mas nada convence Perninha do contrário e ele declara que seria melhor se nunca tivesse nascido.

O coelho genérico... Que aliás, se apresenta como o Anjo da Guarda do menino, lhe pergunta se é isso que ele deseja mesmo. Diante da resposta positiva de Perninha, ele estala os dedos e diz que seu pedido foi realizado, ele não mais é parte dos Tiny Toon.


Indignado, Perninha pergunta ao Anjo da Guarda se ele comeu cocô e declara que os chefões impiedosos da Warner JAMAIS o deixariam quebrar seu contrato.


SHAZAM!!!


Após descobrir que existem no universo poderes maiores que os advogados da Warner, Perninha é arremessado na nova versão de Acme City e pode ver como a cidade prosperou sem ele.

Bem, seu amado lugar de nascença agora é Valentino City, pois sem um Perninha para detê-lo, Valentino Troca Tapa pode se apoderar de tudo que existe ao seu redor.

Ok... como? Digo, Valentino é um porra milionário que compra seu caminho até a vitória. Perninha, por sua vez, é um coelho adolescente que manda muito bem na comédia, mas apenas isso. Ele não é advogado, nem entende dos trâmites legais da compra de uma cidade. Como sua mera presença poderia impedir seu rival de tomar posse da cidade?

A menos... Que Perninha estivesse chantageando Valentino. Sim, ele devia ter alguma foto embaraçosa do menino, fazendo felação no Frajola ou algo assim nos corredores da escola, e a usava como moeda de troca para impedir que o canalhinha comprasse a cidade e transformasse a vida de todos em um inferno.

Santa, santa, santíssima! Esses desenhos tem mais segredos sombrios que o Prince!

Mas calma, fica pior!


Sem perninha para estrelar o show, Tiny Toon se tornou um templo ao ego de Plucky.

E o que o pato faz com o tempo de televisão que lhe é devotado todas as semanas?


Humilha Lilica...


... E abusa fisicamente dela.

Sabe como eu chamo isso? Racismo! Só porque ela é uma coelha, Plucky abusa dela, mas se fosse uma pata, eu tenho certeza que...

... Hmmm, não, pensando bem, uma cena anterior o mostrou tratando todo o elenco como escravos, incluindo a Leiloca. Única pata da série e quase namorada dele.

Pensando bem, Plucky não é racista, ele é um misantropo... como o Dr. House.

...

Aliás, que merda de série é House! Quatro anos de desenvolvimento de personagem, aí quando a namorada dele decide não renovar contrato, jogam o filho da puta na cadeia. Foda-se se ele evoluiu nesse tempo, é melhor cagara tudo por causa da saída inesperada de uma atriz do que contratar um bom roteirista pra dar um jeito na história que faça sentido.

E QUE MERDA DE EPIFANIA É AQUELA??? FALTAM DEZ MINUTOS PRA ACABAR O EPISÓDIO E O ARROMBADO DO NADA ME TIRA UMA SOLUÇÃO DO CU PRA RESOLVER O GRANDE CONFLITO DO EPISÓDIO!!! MA VÁ PA PUTA QUE O PARIU!!! SUA SÉRIE É UMA MERDA, DR. HOUSE!!!

...

Ufa, eu estava com isso entalado na garganta faziam meses. Obrigado por terem me escutado.


Indignado de ver sua ex-namorada sendo esmagada sem ter sequer a compensação do coito-pós gravação, Perninha agarra Plucky pelos colarinhos e pergunta que tipo de pateta ele é pra jogar uma bigorna na Lilica.

Plucky responde que se ofende com essa comparação, então pergunta a Perninha se ele é um espião da Disney.

Sério, essa é a troca de diálogos da cena.

CLASSE!!!


Como Plucky é o maior astro da Warner agora, ele chama os seguranças, que espancam Perninha com sabonetes enrolados em toalhas e o jogam longe.

Perninha não entende como as coisas podem ter mudado tanto. Seu anjo da guarda o explica que simplesmente atendeu seu desejo de jamais ter nascido e agora, o menino precisa lidar com a dura realidade de um mundo que não contou com suas ações para moldá-lo.

Aliás... Esse coelho genérico usa gravata borboleta... E é capaz de controlar o espaço e o tempo. Será que...


OH... MEU... DEUS...


De volta ao desenho, Perninha repara que está na escadaria da Looniversidade Acme, onde recebe diariamente sua educação para um dia tirar um mestrado em comédia.

Eu sou o único que acha foda essas estátuas do Pernalonga e do Patolino com beca universitária na entrada da instituição? Que sensacional esse conceito de que os maiores astros da comédia racista dos anos 1940 hoje passam seus ensinamentos para uma nova geração, que se Deus quiser, será tão intolerante quanto eles.

E se acha que eu estou exagerando, é porque não assistiu a alguns dos desenhos antigos do Pernalonga.


Em um último ímpeto de coragem, Perninha vai até sua sala de aula, um lugar onde o bom humor sempre imperou.

"Bom humor" e "sala de aula" na mesma frase sem um "é uma coisa que não existe em uma" entre as duas palavras. Agora eu já vi de tudo nessa vida.

Pois bem, Perninha acredita que encontrará alguma esperança no lugar onde recebia sua educação. O Anjo da Guarda o avisa que não há mais nada de divertido neste lugar.


E o anjo estava certo. Tudo que Perninha encontra é a Madonna, sentada na mesa do professor, ensinando as meninas da sala que a maneira de conseguirem sucesso na vida é vestindo só lingerie ao saírem de casa e topando participar de um filme onde terão que transar com Willem DaFoe em frente as câmeras.

Sim, Madonna fez isso, na época em que não parecia com o Toguro. O filme se chama Corpo em Evidência e é uma merda.

Aliás, Willem DaFoe fez um filme de merda onde chupava as tetas da Madonna e nunca perdeu seu status como membro da realeza de Hollywood. Chloë Sevigny fez um mísero boquete no filme Brown Bunny, e foi considerada persona non-grata em Cannes.

Mas que porra de dois pesos e duas medidas é esse, indústria do cinema?


Perninha fica visivelmente transtornado ao descobrir que suas amigas logo estarão pingando cera quente no peito do Duende Verde para terem uma carreira no cinema.

E em meio a todo seu desespero, ele pergunta ao anjo... O que aconteceu com a Lilica?

Bom...


Sem um namorado da mesma espécie para passar o tempo, a menina gasta seus dias no auditório da Looniversidade...


... vestida de Betty, a feia...


... e assistindo aos clássicos românticos do passado.

O que é o amor, sem um pouco do assédio sexual inapropriado do Pepe Le Gambá, não é verdade?


Mas eis que ela se depara com Perninha e os dois trocam saudações. A coelhinha fica encantada de estar diante de companhia masculina que não a esmaga com bigornas, então ela pergunta quem Perninha é.

O menino conta que ele é o astro de Tiny Toon, e...


... E antes que possa terminar, Lilica tem um ataque neurastênico, o chama de louco e o manda se afastar, ou vai chamar o BOPE.

Eis que Perninha finalmente sucumbe.


O menino implora a seu Timelord da Guarda que faça tudo voltar ao normal. Ele quer viver, existir e impedir que Acme City se torne uma esbórnia controlada por desenhos sacripantas. Ele fará qualquer coisa para que as coisas fiquem como antes, ele irá alimentar os pobres, doará tudo que tem para a caridade, vai chutar a cabeça de Olavo de Carvalho assim que o vir na rua, mas PELO AMOR DE DEUS, ELE NÃO QUER MAIS FICAR NESSA REALIDADE ALTERNATIVA HORRENDA!!!

E assim...




Eis que subitamente, o anjo desaparece e Perninha escuta a voz de Lilica. a menina vai de encontro a ele e lhe dá o maior esporro natalino que consegue, o qual transcreverei a seguir:

"Mas que caralhos você tá fazendo aqui? Tá todo mundo te procurando! O Plucky já inalou a quarta carreirinha de cocaína da noite e ninguém mais tá suportando lidar com ele. E tem uma prostituta vietnamita morta no camarim do Presuntinho, achei que você tinha conversado em ele sobre isso! Que foi? Quer dar um coito pós-gravação agora? Nada disso, no máximo vai ganhar uma punhetinha motivacional e olhe lá! Vai, goza logo e vamos voltar ao trabalho!"

Talvez eu tenha floreado um pouco, mas a ideia foi essa.

E neste momento, Perninha é tomado pela felicidade de voltar a seu próprio mundo, pelo espírito natalino e pela satisfação de ter recebido uma bronha gratuita da namorada.


Com sua renovada felicidade, Perninha dá o maior e mais forte abraço de Natal do mundo em Lilica, partindo três de suas vértebras no processo e a condenando a ficar em uma cama, sendo alimentada com soro pelo resto da vida.

E nem deixou a menina lavar a mão antes.

Mas sua orgia celebrativa não parou aí!


FELIZ NATAL, SEU GÊNIO DO CINEMA QUE LEVOU MAIS DE VINTE ANOS PARA TER SEU TALENTO RECONHECIDO E GANHAR UM OSCAR, UNICAMENTE PORQUE A ACADEMIA É COMPOSTA DE VELHOS IMBECIS QUE NÃO PODIAM ESTAR MAIS FORA DE SINTONIA COM A RAÇA HUMANA!!!


FELIZ NATAL, MUNDO! EMBORA EU VÁ DEMONSTRAR MINHA ALEGRIA BEIJANDO APENAS A EUROPA, POIS COMO DESENHO DA WARNER, EU SÓ ENFIO MINHA LÍNGUA EM CONTINENTES HABITADOS POR BRANCOS!!!


De volta ao palco, Valentino dá seu melhor para emplacar a produção de Pelé Salva o Natal. Plucky recita seu texto como Edson Arantes do Nascimento, onde proclama: "O dinheiro roubado dos estádios será pago com o turismo da Copa, entende? A-B-C, A-B-C, toda criança tem de ler e escrever... sua piranha!"


Mas eis que Lilica aparece no auditório e revela a todos que encontrou Perninha.


E há muita alegria!

Pelo menos, da metade do elenco.

Piranha...


Valentino é prontamente demitido pelos executivos de televisão, que recontratam Perninha no instante seguinte. Tenho certeza que existe um pouco mais de burocracia que isso na televisão norte americana, mas que se foda, é Natal.

Para evitar que o colega volte para casa e açoite seus escravos, Perninha promete a ele um grande papel em sua peça, ele será A ESTRELA!

Mas nem tudo está perfeito entre os Tiny Toons. Lilica ainda está puta por ter pego o Perninha passando cantada na Cher e exige explicações.


Eis que Cher explica a ela que na verdade, Perninha só estava pedindo sugestões do que dar de presente de Natal a Lilica.

Sem graça por seu equívoco, Lilica pergunta se ele decidiu o que vai lhe dar de presente. Perninha responde que sim: Uma massagem nas amídalas.

Espera, o quê?


Ah tá. Entendi.


E com Lilica, já vimos dois desenhos terem orgasmos em público hoje.

Sim, o Natal deste ano foi generoso.


Inspirada pelos coelhinhos lascivos a sua frente, a ogra televisiva pergunta se o careca repelente também tem algum presente para lhe dar.

E ele responde que sim: o presente da caridade.

...

Olha, acho que uma massagem nas amídalas é melhor do que doar todo o dinheiro que se tem para causas genéricas que só servem pra satisfazer o ego de certas pessoas. Mas eu sou um animal egoísta que arremessa mendigos em esgotos nas horas vagas, o que eu sei?


Ora vejam! Whoopi Goldberg, Billy Crystal e Robin Williams!

Graças a este episódio, é muito fácil saber quais celebridades eram relevantes vinte anos atrás.

...

E eu troco todo o elenco de Crepúsculo por um único Robin Williams que seja. Eu juro.


Eis que nossos desenhos favoritos embarcam em uma fofinha canção de Natal.

Não vou transcrevê-la aqui, pois músicas de um especial natalino só funcionam quando as escutamos. Mas a ideia geral da música é...


... Se está chegando o ano novo, você está duro e musculoso...


... Se a única coisa que você ganhou foram cuecões da Vovó Mafalda...




... E se só tem comida dietética...


... Nada disso importa se você passa o Natal com quem mora em seu coração.

Ahhh, que lindo!

Mas e o Valentino, que fim terá levado?


Oh! Ele virou a estrela da peça, bem como o Perninha havia prometido!

Assim aprendemos que nenhuma festa do dia 25 de dezembro está completa até alguém enfiar a árvore de Natal no cu de seus inimigos!

Que Deus abençoe a todos!


Agora que tudo voltou ao normal, o Anjo da Guarda de Perninha declara seu trabalho como encerrado...


... E revela sua verdadeira identidade.

Então... Pernalonga é um Timelord?

...

Toda uma vida faz sentido de repente.


E assim ele parte. O Natal foi salvo e ele agora precisa levar a justiça até lugares onde ela não mais existe.

Obrigado, Pernalonga.

Seus chistes raciais do passado estão mais do que perdoados.

Nota do Amer:


E aqui se encerra mais um ano do Blog do Amer, meus queridos. 2013 não foi a época mais agitada em termos de artigos novos, reconheço, mas agradeço a lealdade de todos que constantemente checavam para ver se pipocava algo novo no meu pequeno endereço virtual. Se não deixei esta página totalmente as moscas, podem ter certeza que vocês foram o motivo disso.

2013 foi um ano duro pra muita gente e eu não me excluo dessa. Levei alguns tapas na cara, sofri decepções, me magoei e depositei todas as esperanças em planos que naufragaram de forma gloriosa. Da mesma forma, me arrisquei a sair de minha zona de conforto em algumas ocasiões e tive recompensas enormes com isso.

O que quero dizer é que a vida não é fácil, precisamos matar um dragão por dia se quisermos manter um mínimo de equilíbrio em nossas existências.

Disso você já sabia, aposto.

Mas o caso é que os problemas que enfrentamos são parte muito importante da vida. A cada bomba que desarmamos, nos tornamos um pouco mais fortes, mais sábios, mais adultos. Nos tornamos melhores.

E isso é algo que aprendi no ano que passou. Vencer os desafios e superar as dores do dia-a-dia, pois no fim do caminho, tudo que teremos conosco é aquilo que nos tornamos. Então, porque não nos esforçar para sermos o melhor que pudermos?

Lembre-se sempre, você pode não estar bem agora, mas vai ficar eventualmente. Nenhum mal é eterno.

Pode parecer uma bobagem, mas eu queria compartilhar com vocês.

Enfim, um Feliz Natal (ou Chanucá, Kwanza, ou dia da Anti-Vida) a todos e um Ano Novo excelente. Que 2014 seja para vocês tudo que esperam dele e muito mais.

Nos vemos em janeiro!


Cheers!!!

55 comentários:

Kelvin Matheus disse...

Feliz Dia do Anti-Vida pra você também, General Uíle.

Ótimo artigo, bem escolhido e com o humor de qualidade já esperado.

Linda mensagem essa no final. Espero mais artigos de qualidade ano que vem! \o/

Andrizy Bento disse...

Mais um ótimo post. Sou fã confessa e declarada do seu blog!

Johnny Zervinato disse...

Otima msg post foda amer vlw tuh eh foda quando vai sair novos posts.

Jon_Hen disse...

otima postagem e maravilhosa mensagem no final querido Amer, feliz ano novo para ti tbm....até 2014 que vai ser um ano bom para vc tenho certeza

tiago neko disse...

achava que perninha e lilica eram irmãos... não vejo o desenho ja faz um bom tempo

Matheus Allan disse...

É... pelo visto aquele game de viagens no tempo do Pernalonga do PS1 teve consequências pro personagem

Luis Paulo S.M disse...

Muito legal esse post, Amer!! E as ultimas palavras foram mais do que fodas.

Em janeiro, sugiro que escreva um artigo com o titulo de "Doze motivos para jogar Injustice-Gods Amount Us"

Mystik disse...

Eu adoro esse especial e não sei porque, mas adorei as referências a Doctor Who ehehhehe.

Feliz ano novo Amer!!

mr.Poneis disse...

Smurf-bot dog para você também!

E sobretudo obrigado pelo seu trabalho todos estes anos nesta industria vital!

até mais ver
mr.poneis

ps.: E o negócio do desenho japonês só existe na versão brasileira? Super isso...

Jean disse...

Feliz ano novo, Amer. Obrigado por fazer nossos dias melhores com seus artigos.

Ace Shadow disse...

Po eu gostava de Tiny Toon uma pena a Warner não ter reaproveitado o elenco de personagens do desenho se bem que eu pencei que Loonatics Unleashed ou Lunáticos à Solta (desenho estilo Power Rangers/Super Sentai) fosse uma continuação indireta dos Tiny Toon mas não era e Pô gostei da mensagem essa no final pois esse ano eu me frustrei bastante não consegui ir para a faculdade e fui demitido duas vezes e planos que não consegui realizar 2013 foi um ano duro para mim também então eu gostei o que você disso final até me animou um pouco para 2014

Feliz Pós natal e feliz ano novo

Rubens Leite disse...

Obrigado Amer, você é foda. Feliz Natal e Feliz Ano Novo adiantado pra você também.

tucandiraman disse...

Oi Amer!

achei estranho vc citar "um dragão por dia", normalmente vc escreveria "uma porra de um dragão", mas tá valendo.

um próspero ano novo e que não te falte inspiração para esses artigos bem humorados e outros como os que vc escreveu sobre o feministas e "feministas".

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

novamente o Amer pondo mais um post sensacional!!! deu até vontade de assistir Tiny Toons, que via bem pouco na minha infância.

e também aprendi algo parecido com a sua lição de moral esse ano e devo esperar que como você falou, nenhum mal é eterno!

Smurfbot-dog para ti, e será que talvez tenha algo para o ano novo.

e...você é uma inspiração (positiva na maioria das vezes) para os seus leitores.

faço fé para que ache a sua ruiva perfeita vinda da Russía.

Alguém disse...

Grande Amer, mais um artigo incrivel.

Parabens, espero que em 2014 seu ano melhore muito.

Queria que seu blog fosse eterno.

Um abraço.

Agronopolos Vendaval disse...

Bom, Festivus (leia o google) e volte logo a fazer post senão chamarei o smurfbot-Dog carcando vc

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

"só achei estranho vc citar "um dragão por dia". geralmente o que se encontra em seus textos é: -"uma porra de um dragão". mas tá valendo."

para mim, Tucan, em termos Nerds, seria: "Matar um Weapon por dia..."

Shadow Geisel disse...

ótimo post ammer. ainda não li tudo por falta de tempo mas pulei pro final, na parte que vc resume o seu ano de 2013. infelizmente meu ano foi bem parecido com o seu, mas a sensação de fortalecimento e aprendizado foi a mesma tb então acho que está valendo. obrigado por tudo e um ótimo 2014 pra vc e todos os leitores do blog.

Rafael disse...

"Nenhum mal é eterno." (Amer Houchaimi)

UAU, não sei se eu tô sensivel, mas isso foi reconfortante.

Muito bom esse desenho, mas eu estranhava umas coisa:
Perninha, era uma versão mirim do Pernalonga, o Plucky do Patolino, Lilica da Lola e por aí vai.
Mas o valentino era quem? Eufrazino, Hortelino? E a Felicia então? Aquela menina horrenda com cara de anã e voz de velha que judiava dos animais?

Ah Fifi... esse corpo curvilíneo e esse rab... quer dizer, essa cauda enorme.

Esse episódio me pareceu um "Conto de Natal" só que diferente.
Ao invés do vilão, o mocinho se vê junto com um espírito ou anjo da guarda.
E ao invés de ser um avarento, ele deseja não ter existido. Sei que já vi isso antes.

Smurfbot-dog.

Amer H. disse...

Rafdael, o Valentino era o aluno/equivalente do Eufrazino e a Felícia era do Hortelino.

Na dúvida, cheque os nomes em inglês, pois um faz referência ao outro. A Felícia é Elmyra Duff, para ao nome original Elmer Fudd do Hortelino, e o Valentino é Montana Max, pra Yosemite Sam do Eufrazino. Montana e Yosemite são regiões dos Estados Unidos, enquanto Sam e Max (FREELANCE POLICE!) são nomes comuns por lá.

Quanto a Lilica, ela veio ANTES da Lola Bunny. Tiny Toon é de 1990 e Space Jam (primeira aparição da Lola) é de 1996.

Agora você sabe e saber é metade da batalha.

Amer H. disse...

E aliás, este episódio é inspirado no filme A Felicidade Não se Compra, que tem um enredo parecido... Mas com humanos.

Pedro "Hypérion" disse...

Feliz Natal Amer seu puto!! XD
Entro no site no minimo umas duas vezes na semana para se há algum post novo e cada vez q vejo q há um fico muito feliz, seus textos são supimpas, principalmente as referencias, sempre rio demais com elas.
De fato, 2013 não foi um ano fácil, mas estamos aqui, vencemos mais um ano, espero que mais anos venham e consequentemente mais posts seus kkkkk' e claro, mais saúde, paz e felicidades a todos (e obviamente, que encontremos as ruivas que estão a nossa espera kkkkkk').
Como creio que mais nenhum post virá antes do dia 31 de dezembro de ano, desejo-lhe um feliz ano novo!

Cheers!!

Rafael disse...

Obrigado amer. Não acredito que você falou um dos seus bordões pra mim.

Giovanni disse...

FELIZ FESTAS GRANDE AMER!

AAAH como foi bom relembrar de Tiny Toons com você comentando sobre esse episódio tão divertido! e confesso que passei o post inteiro cantando "é Tiny, é Toons com muita novidades e tudo que fazemos é só pra você..."

Obrigado por tudo durante todos esses anos do Blog e a cada post você reafirma a minha convicção de que este é de longe meu site favorito! .....ok, talvez logo depois do tumblr da Leanna Decker mas vc não pode querer se comprar a uma ruiva!

E fico feliz de saber que eu e seus outros fãs somos tão importantes para você!
CHEERS! E feliz 2014 meu caro blogeiro

ps: por algum acaso existira a possibilidade de escrever um post dedicado ao Dr Who? sabe, para comemorar a nova regeneração e coisa e tal...

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

ps: por algum acaso existira a possibilidade de escrever um post dedicado ao Dr Who? sabe, para comemorar a nova regeneração e coisa e tal...

seria legal um falando sobre esses doutores Who (que dizem ser mais de um) e só fui me interessar por eles graças a tal futuro lançamento do filme do Doutor nos dias atuais

lilycarroll disse...

Feliz Natal (atrasado) Amer :)

Um otimo artigo, engraçado e nostálgico, para esse entre festas e de bonus uma mensagem super amor.

Um otimo 2014 para vc!

Giovanni disse...

Leandro,

é somente um Doutor, é que na história ele tem a habilidade de se regenerar em outro corpo, ou seja, outro ator. O que faz a séria ser looooonga pra dedéu! e o filme saiu mês passado

Rory Kamau disse...

Aquele cara que ganhou a cueca laranja é o Hugo Chavez,Amer?

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

Giovanni, quer dizer que esse tal Doutor "reincarna" ?

mas como, se num episódio que vi, tinha um ou mais doutores num mesmo......

...........

ah, saquei. Timelords, viagens no tempo...o que e intriga nessa série é a história. tipo, que um Timelord faz? quem é o vilão mór? quais são as habilidades dele?

e o filme saiu, pena que não foi para o mundo todo

Bruno He disse...

Amer seu lindo, mas q belo presente de natal.

Q a temporada 2014 seja melhor para todas nós. Ansioso pelo primeiro post do ano.

Happy Holiday pra ti broder.

caioegon disse...

Muito bom post Ammer, séria bacana você fazer um sobre doctor who qualquer dia

caioegon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
caioegon disse...

Leandro por partes
- os timelords são uma das raças mais antigas e mais inteligentes do universo sendo a primeira a descobrir a viagem temporal
- a série já possui duzias de vilões aki uma lista http://www.quadrimcast.com.br/2013/11/21/top-quadrim-os-maiores-viloes-de-doctor-who/
- a maior habilidade do doutor é sua inteligencia, ele não superforça ou outros poderes do tipo, mas possui a TARDIS que eu não tenho saco pra escrever no momento

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

obrigado caioegon. graças ao link que tu indicou ao menos faço ideia de quem é o Doutor e seu universo...

o quarto doutor é o mais querido e o mais lunático...

a chave sônica é inutil contra madeira, se ele desse de cara com o mokujin do Tekken, o Doutor estaria fodido. heheh

e que o guia do mochileiro das galaxias meio que tem algo a ver com a série.

estou assistindo a série do nono doutor, que parece com o Ralph Fiennes e quase ninguém gosta dele, até agora o achei bem divertido e engraçado. ele é mó empata fodas também.

obrigado e que os Daleks te protejam. heheheh

Ana Beatriz disse...

Primeiramente Boas Festas Amer! O que blog deveu em quantidade esse ano compensou e muito em qualidade. Adoro você e o seu blog, que em 2014 você ache uma moça mutante que não seja a mística para virar Ruiva, Asiática ou qualquer outra preferência sua só pra te agradar por que ela te ama e que algum dos seus milhares de projetos engate.

Tenho saudades de Tiny Toons, eu adorava os especiais do desenho, mas confesso que não lembrava desse. O meu favorito ainda sempre será o das férias de verão. Não sei se a política dos roteiristas tinha mudado radicalmente mas Tiny Toon, Animaniacs, Freekazoid são para mim desenhos politicamente incorretos (crianças piradas reinando numa anarquia em que adulto não tem vez, regras não existem e doces são comidos como se não houvesse amanhã e hora de dormir é para os fracos)mas que não apelam para esteriótipos ofensivos (pelo menos não de forma escancarada.

Sobre esse passado negro racista do Pernalonga teria mais detalhes sobre isso? Já descobri coisas tensas porém muitíssimo interessante que mostram como as coisas mudam dependendo da perspectiva da época aqui no bloge gostaria de saber mais.

Ps: Não é só você que gostaria de uma campainha que soasse DI-NHEIIII-ROOOO em casa.

Italo Amadeus disse...

Amer, você ainda vai postar algo em seu gameblog?

Italo Amadeus disse...

Ótima postagem, feliz ano novo para você

Nelson alves macena disse...

Feliz Ano Novo Amer!! que os Doutores te protejam dos Daleks.

e me pergunto quando foi feito esse especial de Natal, o coelho usando gravata borboleta foi aleatório, ou fora inspirado no Matt Smith realmente?

Gabriella Ferroni disse...

Feliz Ano Novo Amer!!! Adoro seu blog e o acompanho a anos, e isso não será diferente em 2014! Enfim, ótimo post, como sempre, e linda a mensagem no final.

Rafael Uchida disse...

Amer, meu querido. Venho aqui desejar para você tudo de melhor.
E agradecer ainda mais por esse ano que passou ter sido tão especial com a sua tão aguardada volta.
Então, um grande abraço, e continuarei seguindo seu trabalho em mais um ano, sempre.

Gustavo Punkreas disse...

Amer !!! Muito bom ter vc de volta cara,e seu blog de games ? Tenho uma sugestão para você,claro,vc ja deve ter jogado,mas escreva sobre WWE 2K14 e seu incrivel modo de 30 anos de Wrestlemania

Gustavo Punkreas disse...

Amer !!! Muito bom ter vc de volta cara,e seu blog de games ? Tenho uma sugestão para você,claro,vc ja deve ter jogado,mas escreva sobre WWE 2K14 e seu incrivel modo de 30 anos de Wrestlemania

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

bom 2014 Amer, e que os sete Deuses te protejam

mutilated93 disse...

Ótimo artigo e linda mensagem no fim do texto.
Let's keep fighting the good fight.

Nanda disse...

Ok, eu entendi TODAS as referências e me sinto oficialmente velha! hahahahaha!!

Halley, que 2014 seja um lindo ano pra todos nós! E torço pra nós dois escolhermos melhores planos pra depositar as esperanças!!! hehehe!!

Sei que ando uma amiga relapsa, mas nessa virada de ano agradeci, DE NOVO, por ter te conhecido há 5 anos!!!
Fica bem, querido!!

Beijooooo!

Mr Hykru disse...

Amer, você já assistiu Legend of the Galactic Heroes? Se não, pare o que estiver fazendo e vá assistir agora!!!

P.S.: Feliz ano novo!!!

P.S 2.: Obrigado por voltar a atualizar o blog. Cansei de vir diariamente aqui e não ter um post por meses.

Utter Chaos disse...

Bom, muito interessante esse artigo, pois cheguei a ver outros que absurdamente retraram a tal vilã como uma postura positiva (?!).

Aliás, acompanho esse seu blog desde as idas de 2008 fervorosamente e não sei por que nunca que criei a coragem para comentar nada. Mas pouca coisa escrita me fez rir tanto na Internet como como aquelas suas resenhas de filme trash.

Enfim, usarei sua palavra contra você (já que disse que responde aos comentários):

-Lembro que existia no blog uma crítica bem humorada a Escaflowne, que não consigo achar em lugar algum, nem mesmo pela busca ou pelo Google. Você deletou?

Amer H. disse...

Deletei. Pra ser honesto, eu não gostava da forma como aquele artigo ficou.

Dei um fim a ele.

Lance Sonovavish disse...

faz m quadro a quadro do Boku no Pico!

Anderson "ANDF" Ferreira disse...

Confesso que esse especial sempre esteve na minha cara. Digo, na época do VHS, fiquei tentado em levar, mas... por algo inexplicável, deixei pra lá.

Ah, também acho a Lilica jeitosa (que se disfarçava de mulherão e às vezes, pegava o Perninha, sem dó), assim como (sem trocadilhos) a gambazinha muito fofa da Fifi. Bacana as citações feitas a Roger Rabbit, um dos filmes que mais gosto e tenho na estante (não somente por causa da Jessica...). Até...

Marcel disse...

Excelente artigo, mestre Amer! :D
Ficou ainda mais feliz em saber que você é fã de Doctor Who. Qualquer dia desses você poderia fazer um artigo sobre a série. \o/

Tiny Toons era uma animação realmente genial. Alias, foi graças ao Spielberg também que tivemos depois Animaniacs e Freakazoid.

O cara realmente tornou nossas infâncias nos anos 90 muito mais felizes.

Marcel disse...

Alias, os anos 90 foram excelentes para a Warner Bros. em relação a animações, que também tivemos o inicio do DC Animated Universe com os desenhos do Batman e do Superman.

mr.Poneis disse...

Bom, Mestre Amer... o próximo comentário sou apenas eu falando sozinho, então espero que não se importe tanto...

Bom, de fato os anos 90 são imbatíveis... Mas gerações posteriores tem umas pérolas bem interessantes aqui e ali! Você vê eu estava zapeando dia desses e me deparei com uma coisa que o eles chamam Teen Titans Go! (link). Que basicamente são os criadores originais descontruindo a série e subvertendo muito do que tornava o material original épico... e tirando uns 6 episódios em que o Robin é um baita de um fdp (pra vocês terem uma idéia de como o material é pesado para um cartoon direcionado para crianças de 6 anos de idade, mediante o quanto a censura vigente atual permite)... o restante é deveras interessante.

Episódios como 'You're Fired', 'Nose Mouth' e 'Legs' ficaram muito bons e acredito que valem uma conferida... isso se você tiver tutano para aguentar todos os outros...

Até mais ver
mr.poneis

ps.: Sinto muito pelo off-topic...

Barangurte disse...

Emocionei <3

Você resumiu meu 2013 e me lembrou de um dos desenhos mais fodas que eu havia esquecido completamente.

Sou sua fã, cara!

Wendel David Przygoda disse...

Acredito que nem o ele-homem "he-man "não diria nada melhor!