quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Mês das Festas: O Natal do Arnold.


Não, não o Schwarzenegger.

...

Tampouco o Arnold daquele seriado velho e abominável que passa no SBT na hora do almoço.

Me refiro ao Arnold da Nickelodeon, da época que o canal exibia bons desenhos animados ao invés de séries adolescentes imbecis. Ah sim, aqueles eram os bons e velhos dias!

Para quem não conhece, Hey! Arnold conta as aventuras de... bem... Arnold. Um garoto eternamente bem intencionado, que sempre tentava ajudar aos outros e tinha um senso de lealdade inabalável.

Ele também tinha a cabeça no formato de uma bigorna, o que ajudava a encontrá-lo em uma multidão.

Hey! Arnold é uma série que evoluiu bastante com o tempo. O foco da história gradualmente deixou de ser Arnold para se tornar Helga, a colega de classe Bully do menino, que abusava fisica e psicologicamente dele, mas que secretamente era apaixonada por sua pessoa.

Menina mau humorada que é apaixonada pelo protagonista? Até aí sem novidades, certo?

Bem, o caso é que Helga vinha de uma família extremamente disfuncional, com um pai egocentrico e desinteressado, uma mãe alcoólatra e sexualmente insatisfeita (o desenho disfarçava, mas os problemas da mulher eram óbvios) e uma irmã mais velha perfeita, que era o foco da atenção dos pais. A paixão de Helga pelo garoto é a mera canalização de seu desejo de aceitação para um recipiente mais adequado em aceitá-lo.

De fato, Hey! Arnold era um desenho extremamente sensível, que tratava com delicadeza incomum de temas um bocado pesados para séries infantis. O episódio de Natal é um ótimo exemplo disso.

E vamos nós!



É NATAL!

As crianças horrorosas do bairro aproveitam a folga da escola para se divertir na neve! Que saco, cresci com esse tipo de cena em especiais de Natal e nunca tive neve pra brincar, droga de país quente dos Infernos! Pois quando tiver minha filha, mudar-me-ei para a Asgard!

E devo dizer, para um desenho animado tão inteligente e sensível, Hey! Arnold tinha uma quantidade absurda de crianças feias, pelo amor de Benji!



Helga dá uma volta com Phoebe, sua melhor amiga e provavelmente uma das poucas Japonesinhas não estereotipadas presentes em um Cartoon.

Phoebe declara o quanto ama o Natal, época de caridade e amizade, e pergunta a Helga o que é melhor na vida.

Helga prontamente responde que são OS PRESENTES! GANHAR AQUILO QUE SE DESEJA! DESTRUIR SEUS INIMIGOS! OUVIR O CHORO DE SUAS MULHERES!!!

Phoebe então decide nunca mais dar rum para Helga quando assistirem Conan o Bárbaro.



Helga então tem um faniquito e vê aquilo que mais quer ganhar no Natal: botas de neve de Nancy Spumoni.

Quem xavascas é Nancy Spumoni?

Boa pergunta! Tudo que sei é que sempre que ouço este nome, sinto vontade de tomar um Capuccino.



Enquanto isso, Arnold e seu camarada Gerald fazem compras de Natal.

Gerald conta que comprou gravatas pro seu pai, irmão mais velho e irmãzinha. Arnold explica que uma gravata não é um bom presente para uma menina de 4 anos, pois ela pode se enforcar acidentalmente, mas Gerald não fala nada, apenas sorri com satisfação sombria.



Os dois passam por Helga, que começa a vociferar pragas para Arnold, esse moleque imundo com cabeça em forma de um tumor, desgraçado, lanfranhudo, eunuco...



... e lindo, adorável e sensível! OH!

...

Mulheres são incompreensíveis desde uma tenra idade. Eu juro.



Na pensão onde mora com os avós, Arnold resolve brincar de amigo secreto com os demais inquilinos e tira justamente...



... o senhor Hyunn, que parece ficar especialmente deprimido nesta época do ano.



Arnold não sabe o que picas comprar de presente para seu vizinho. Gerald recomenda uma boneca inflável, mas Arnold só quer recorrer a isso em último caso.

Gerald então sugere que Arnold converse com o senhor Hyunn e tente descobrir o que ele gostaria de ganhar de presente. Arnold acha a idéia ótima, agradece e avisa o amigo que ele está com uma camisinha enfiada na cabeça há dois dias.



Arnold troca uma idéia com Hyunn, que já tem tudo que um homem pode precisar: suéteres.

Sério, ele tem um armário cheio de suéteres e está bem feliz com isso.

Mas conversa vai, conversa vem e ele começa a se abrir.



Há muito tempo atrás, ele morava em um país do leste Asiático e tinha uma filhinha.



Ele costumava sonhar com o tipo de futuro que a menina teria. iria para a escola, teria uma boa formação, seria uma pessoa de bem? Essas coisas que todo pai se pergunta quando seus filhos nascem.

Infelizmente para Hyunn, ele não teria muito mais tempo para pensar nisso.



Uma guerra estourou no norte de seu país e sua nação foi praticamente destruida pelo conflito.



Desesperado, Hyunn foi até a embaixada Americana, pois ouviu que os soldados Americanos estavam resgatando civis e os levando para fora da zona de conflito.

Infelizmente, quando lá chegou, o helicóptero estava para partir e não havia espaço para mais ninguém no veículo. Hyunn teve então de tomar a decisão que todo pai teme.



...



... e enquanto o helicóptero decolava, o soldado gritou para ele o nome de uma cidade. Era lá que Hyunn deveria procurar por sua menina quando saísse do país.



Hyunn só conseguiu ir para os Estados Unidos duas décadas depois e mudou-se para a cidade que o soldado havia dito. Mesmo assim, ele nunca encontrou nenhuma pista de onde sua filha pudesse estar.

...

Ok, preciso comentar sobre isso.

Temos aqui uma série direcionada a crianças, que acabou de mostrar uma história de separação, causada pela guerra. Não qualquer guerra, mas uma que ocorreu de verdade, o tipo de coisa que desenhos animados costumam evitar.

Não só referenciaram a Guerra do Vietnã, como a uma parte muito específica dela, a Operação Vento Constante. É muito mais atenção a detalhes do que se espera de uma animação.

Sério, me mostre UM desenho animado além deste, que teve colhões de fazer referência à Guerra do Vietnã.

Pois é.



Arnold decide fazer um esforço para encontrar a filha do senhor Hyunn. Gerald avisa o amigo que encontrar uma pessoa UM DIA antes do Natal é impossível e que ele deve ter porra no lugar do cérebro se acha que vai conseguir.

Mesmo assim, Gerald permanece leal como um Sancho Pança e acompanha seu amigo até o amargo final.



Enquanto isso, Helga procura o presente perfeito para Arnold e destrói todos os inadequados com a fúria de Bruce Banner.

Muito justo.



Arnold e Gerald chegam em uma repartição pública. Nosso querido cabeça de bigorna acha que encntrará algum burocrata disposto a ajudá-lo em sua jornada...



... tá, falou.

As pessoas tão mais interessadas em se alcoolizarem e acordarem com uma doença venérea na manhã seguinte. A maneira urbana de honrar o aniversário de Jesus.



Mas eis que um burocrata ainda trabalha... OH!!! Haveria esperança de salvar o Natal do senhor Hyunn?

NÃO!!! Ele está ocupadíssimo e não tem tempo a perder com dois moleques imbecis com cabeças deformadas!!!

Diga-se de passagem, o sujeito deve ser um puta incompetente pra ter trabalho acumulado suficiente para mantê-lo preso no escritório no dia 24 de Dezembro.



Eis que sua esposa o telefona e lhe cobra que faça as compras de Natal.

...

MAS QUAL É A PORRA DO PROBLEMA DOS PERSONAGENS DE DESENHOS ANIMADOS??? Primeiro foi a Jubileu e agora esse projeto de Danny DeVito! Por que nenhum ser de acetato faz as compras de Natal com antecedência?



Arnold então se oferece para fazer as compras para o velho, contanto que ele o ajude a encontrar a filha do senhor Hyunn em seguida.

Desesperado o suficiente para confiar em dois moleques de nove anos, o sujeito aceita.



E Arnold parte em uma nova jornada.

O menino visita todas as lojas que encontra e atravessa a cidade pelo menos sete vezes em busca de todos os itens da lista.

Que bom que ele aceitou esta missão, pois dada a péssima forma física do burocrata, ele provavelmente agraciaria sua família com um derrame. Reconhecer o cadáver inchado de seu pai no IML não me parece a melhor maneira de se passar o Natal.



Arnold risca os itens da lista, que também será muito importante para a trama e vocês farão bem em se lembrarem dela.



Enquanto isso, Helga encontra um presente perfeito para Arnold: um video game de ação, cheio de violência, explosões e mulheres robôs semi nuas.

...

Quando uma mulher dá um video game de presente para um homem, é prova de amor inegável. Moça pra casar, é o que eu digo.



Eis que ela se encontra com Arnold e Gerald, e o rapaz com a camisinha na cabeça diz que este presente não é adequado, pois não é realmente pessoal e dedicado à pessoa que o receberá.

...

DO QUE VOCÊ TÁ FALANDO SEU MERDA??? UM VIDEO GAME É SEMPRE UM PRESENTE ADEQUADO!!! OS RESTOS DE SÊMEN NESSA CAMISINHA TÃO AFETANDO SEU CEREBELO, SEU FILHO DE UMA PROSTITUTA???

Bom, Arnold e Gerald se vão e deixam uma Helga claramente decepcionada para trás. Na saída, os meninos deixam cair a lista de compras do burocrata. Helga a apanha e...



...IDÉIA!!!



Os meninos então partem em busca do último item da lista: botas de Neve de Nancy Spumoni.

...

Sério, preciso de um capuccino depois deste artigo.

Enfim, as botas aparentemente esgotaram em todo o planeta e os vendedores riem deles.



Fato que se repete em toda loja que vão.

Caralho, esses vendedores foram estuprados por maníacos vestidos de Papai Noel quando eram crianças? Quem é animalesco ao ponto de caçoar de dois meninos de nove anos em plena época de Natal?

Mas quer saber? Riam o quanto quiserem, o garoto feio com cabeça de bigorna tem um desenho com o nome dele... E VOCÊS VENDEM SAPATOS!!!

...

Cretinos...



O tempo se esgota e os meninos voltam ao burocrata, que mostrando um Espírito Natalino incomparável, se nega terminantemente a ajudá-lo.

Ora pois, els não compraram as botas de Nanci Spumoni! 99% de sucesso é inaceitável, INACEITÁVEL!!!



Arnold perde toda a esperança na vida, decide voltar para casa e se matar. Gerald apoia o amigo e diz que enterrará seus restos no campinho, para que assombre as demais crianças do bairro pelo resto da eternidade.

E Helga, mais escondida que Solid Snake, escuta toda a conversa...



... e se pergunta como poderia ajudar seu amado cabeça de tumor.



Enquanto isso, na casa de Helga, sua família enche a cara e canta canções imbecis de Natal.



A menina chega em casa claramente deprimida e sua mãe deixa que ela abra um presente de Natal mais cedo, para se animar.

Provavelmente, um dos dois momentos em toda a série em que ela prestou atenção na filha.



E o presente é nada menos que... BOTAS DE NEVE DE NANCY SPUMONI!!!



HOORAY!!!!!



Como não existem pedófilos ou assaltantes no mundo de Hey! Arnold, Helga sai no meio da noite para experimentar seus novos instrumentos pisantes, quando de repente...



... deixa cair a lista de compras de Arnold.



E tal qual o Grinch antes dela, Helga se viu diante de um conflito moral de Natal.

Que mau!



A menina faz sua escolha, corre até a repartição pública, localiza o burocrata que esnobou Arnold e diz "Aqui estão suas botas seu porco filho da puta e egoísta! Agora me ajude a encontrar aquela Vietnamita imunda antes que eu fale ainda mais coisas racistas nesta data tão sagrada!"



O burocrata agradece, mas diz que já é muito tarde, ele precisa voltar pra casa, encher a cara de vinho e dar aquela azeitada na patroa.



Helga pede a ele, por tudo que há de mais sagrado, pra ajudá-la se tiver algum coração. Senão, um menino muito especial vai perder toda sua fé em milagres.

E desta vez, é o burocrata que se vê em um dilema...



Na pensão dos avós de Arnold, já é Natal e todos trocam presentes.



Gerald vem recolher o cadáver de Arnold como havia prometido, mas encontra o amigo bem vivo. Aparentemente, o avô tranca muito bem seu armário de armas.

Mais que derrota, heim Arnold? Tudo bem, tem mais gente que sabe como é ser fracassado Natalino.



Mas eis que a campainha da pensão toca. Quem diabos poderia ser em pleno Natal?



OH!!!



Mas é um milagre!!!



Eis que Arnold, o senhor otimismo em pessoa, dá uma de cínico pela primeira vez em toda série. Ele comenta com Gerald que isso é extremamente conveniente e não faz o menor sentido.

Gerald, agora com a circulação de sangue em sua cabeça fluindo, manda o amigo calar a boca e aproveitar o Natal. Quem sabe ele não tem um anjo da guarda olhando por ele e que resolveu essa parada?

Sim, de fato.



Um anjo loirinho e com uma sobrancelha só.

Nota do Amer: Não estou chorando... caiu ácido no meus olhos... isso...

E este é um dos meus especiais de Natal favoritos. É o tipo de bobagem otimista que sempre me faz sorrir nesta época do ano.

Também acho um desenho que passa bons valores pra garotada. A determinação de Arnold e o sacrifício de Helga em uma época marcada pelo consumismo desenfreado são boas lições para serem dadas a uma criança, que pode crescer um pouquinho menos egoísta graças a isso.

Desenhos animados nos marcam das mais variadas formas, acredite em mim.

E encerro este ano por aqui. Agradeço a todos que sempre acompanham o blog, lêem meus artigos e comentam meu trabalho. 2010 foi um ano especialmente difícil pra mim e ter um público sempre me dando força foi uma das coisas que mais me ajudou a seguir em frente.

Desta forma, um feliz Natal, Chanucá, ou seja lá o que vocês comemorem. Aproveitem bem as festas e que Deus abençoe a todos vocês.

Os vejo em 2011.

Smurfbot-Dog!

Cheers!!!

72 comentários:

Nuwanda disse...

Obrigado a você por esses posts no seu blog!

Emanuel Cantanhêde disse...

Muito verdadeiro o comentário sobre o the 'Nam, Ammer... Parabéns e bom Natal, brother!

Lord disse...

Feliz natal, Amer! Sei que isso pode parecer estranho e... Gay, até, mas acho você um bom exemplo de pessoa, não me pergunte porque.

Shinji. disse...

Gostei muito desse último post, esse especial de natal foi o meu favorito entre os que você descreveu aqui no blog.

Acho que Hey! Arnold passa na tv aberta atualmente, eu assisti a um episódio neste fim de semana, só não me lembro em qual canal foi.

Obrigado por me divertir em 2010 com seus posts incríveis, esperarei ansiosamente por eles em 2011! Um feliz natal pra você e espero que você consiga mais toneladas de brinquedos!

Evil Monkey disse...

Cara, o que faz esse desenho tão especial é o quão ele acredita no seu público alvo, ele sabe que as crianças tem maturidade para entender que é uma decisão horrível, mostra a situação aterradora daquele país e faz isso sem apelar para nada além da pura narrativa, sem sangue, sem gritos, sem grandes monólogos.

Por isso que Hey Arnold! deve ser o melhor desenho de todos, ou estar no top 10, no mínimo!

Ai, ai... Nostalgia mode: activate!

Rhode disse...

Nunca assisti esse episódio, que pena...

Pelos memons Hey, Arnold! passa às8:30 da madrugada, e como não acordo em tempo de assistir CDZ, tomo meu café assistindo Arnold...

Enfim, feliz Natal para a sua pessoa! \o/

Patty a.k.a. Delores Vickery disse...

Sou completamente apaixonada pelo "Hey, Arnold!"!!! Tenho o longa, e assisto na Nick sempre que posso! Esse episódio é bom demais! :)

Nanda disse...

Hey, Halley! O que seria de nós sem seus posts?? =]

Arnold é um desenho muito bom! Mas, geeeeeeentch!!! Nunca tinha associado os problemas da mãe da Helga à insatisfação sexual! GEEEENTCH! Onde eu baixo os episodios pra rever isso???

Enfim! Esse episódio sempre foi um dos meus favoritos! É muito fofinho! Muito natalino! hahaha! Aliás, eu adoro o natal e filmes/desenhos relacionados!!

E Halley! 2010 foi dificil pra todo mundo, mas 2011 vai ser melhor!!! =]
Beijo grande!!

Pedro "Hipérion" disse...

Ae Amer, muito bom o post como sempre. Um feliz natal pra vc e boas festas.
Na espera por um proximo post.

William disse...

Amer, obrigado pelos Posts que tornaram esse ano pelo menos 20% melhor. Vc é uma pessoa muito querida mesmo que a distância. Infelizmente, não somos amigos, nem conhecidos mas te dedico um brinde, por ser quem você é!

Muito obrigado.

Frodo disse...

Nossa, me sinto um estranho postando...

Parabens pelo post Amer, como sempre, seu trabalho continua afinado!

Que o seu natal seja maravilhoso e repleto de robozinhas ruivas com um leve sotaque russo! =P

E lembre-se: os problemas desse ano só nos serviu para nos tornar mais forte!

Que comentário sombrio esse o meu... hahaha

Beijos e abraços para quem fica!

Avalanche(Lance) disse...

Lembrando Amer que o Hey Arnold fez outra referência á guerra do vietnã e a segunda guerra.

No especial do dia do Soldado, inclusive nesse episódio é foda pq o Gerald achava seu pai um bundão por ter ido a guerra apenas para ser um agente administrativo e não ter matado ninguém...esse episódio é foda pq vc se sente mal pelo pai do Gerald.

Inclusive no episódio temos o monumento aos mortos no Vietnam...


Ahhh sim feliz Natal..e ano que vem faça o especial de natal do Tornado Vermelho!

Scariel disse...

Ótimo post natalino! O desenho do Arnold era fodão mesmo!

Feliz Natal para todos!
Ho!Ho!Ho!

Evil Monkey disse...

Mah god, Frodo is back!

Quanto tempo cara!

Você tem que voltar a comentar aqui, botar o papo em dia...

Mateus disse...

Excelente artigo amer, comecei a acompanhar o seu(ótimo) blog há alguns meses e é a primeira vez que posto.

Desejo um feliz natal a você, e que continue com o seu execelente trabalho em 2011.

Zé Abrão disse...

Isso aí Amer! Eu amava esse desenho, muito! E realmente, vou te dizer que sempre odiei a maior parte dos especiais de Natal. Eles tendiam para uma bobagem clichezenta muito fácil, mas esse do Arnold foi um dos poucos que eu sempre gostei.

Um ótimo 2011 para você, cara! Sou um grande fã do seu blog e posso não ter o costume de comentar, mas vou sempre acompanhar e continuar entrando sempre, esperando ansioso pelas suas postagens.

Zigga disse...

Antes de tudo: Feliz Natal prucê também, Amer! Que tudo sejE maravilhoso para você nessa época, você merece! Que seu Natal seja ótimo (eu sei que o meu vai ser, minha família chuta bundas!)!

Ahora, para o post. Eu sou meio nova, e na época que Hey, Arnold! passava eu era uma criança pequena e espivetada mais interessada em Bob Esponja e Digimon do que no rapaz de cabeça de bigorna... E nunca assisti esse episódio. :-( Só tenho VAAAGAS memórias de Arnold, a melhor delas é que a palavra "bigorna" inaugurou meu até hoje presente vício de ler dicionários como se fossem livros pra achar palavras novas.

Mas pelo que você falou, ele (e pelo jeito a série toda) é porreta mesmo! Vou aproveitar que a Band (Ah, a Band tá virando meu canal de TV aberta favorito, passa séries fodas que só eu assisto e desenho velho bão!) tá passando todos esses desenhos clássicos noventistas de manhã e de tarde e ver se eu começo a acompanhar. Já gostei porque tem crianças feias (tenho a teoria de que como é mais fácil simpatizar com personagens bonitinhos todos os desenhos com pessoas feias vão ter que se esforçar mais pra ser bons) e cacilds, uma referência a Nam!? CHupa essa, Capitão Planeta, fazer referência a 2a Guerra até meu irmão de 10 anos faz! E poxa, a mensagem desse episódio parece bem legal. Sou uma cínica podre maledeta sem coração e fico procurando implicações desafortunadas em quase todas as histórias de moral que passam pelo meu radar(sempre me chateio depois, porque eu acabo achando) e não consigo pensar em nenhuma sobre esse episódio. Ele é só... cheio de felicidade e esperança e bondade e essas coisas que dão diabetes mental. Que maravilha, ainda existe esperança nesse mundo! Vamos sair e dançar e dar nossas mãos!

Mais uma vez felizes festas e mesmo que esse ano tenha sido difícil, lembre-se sempre que o que não te mata, te deixa mais forte.

Isa disse...

Nossa Amer, não sabia que tinha um especial do Arnold!Agora já sei o quê procurar pra baixar e assistir neste feriado.Feliz Natal e até 2011!

The Nerd disse...

Muito bom...só uma coisa não ficou bom nesse especial,como uma vietinamita tão pequena conseguiu lembrar do pai de quem havia se separado à vinte anos(na boa,qualquer um esqueceria)
Mas whatever...desenho é desenho.

Avalanche(Lance) disse...

Essqueci de falar....Na série do Arnold, Joe Spumony é para ser um personagem como o Frank Sinatra, mas que caiu no esquecimento quando brigou com o cara que escrevia as letras.

Nancy Spumony é a ex-atual mulher dele.

The Sandman disse...

Uau Amer! Acho que é a primeira vez que você escreve um especial de natal e eu já tinha assistido (me sinto novo), eu assisti MUITO Hey! Arnold, inclusive uma vez teve uma promoção na Nick e eu fiz minha mãe assistir uma maratona toda comigo! Bons tempos...

Agora, voltando ao assunto, eu nunca percebi que era uma referência à Guerra do Vietnã, eu sempre achei que fosse uma guerra fictícia O.o, fiquei até com medo agora.

Esse especial é muito bonito, me faz pensar que o mundo ainda tem esperança.

E o que o Lance disse tá certo, Nancy Spumoni é a ex-mulher do Dino (eu sempre ouvi Dino, não sei como é o original. Claro, pode ser apelido) Spumoni.

Cassiotkg disse...

Ei Amer,belo artigo.
Comecei a ler seu blog esse ano,mas virei fã dele,me divirto muito.
Muito obrigado por esse ano e Feliz Natal a todos!

Sergio disse...

vim todo empolgado comentar que teve outro episodio fazendo referencia a segunda guerra e a guerra do vietnã, mas o lance ja comentou....

excelente post, hey arnold é um dos meus desenhos favoritos. feliz natal.

Pedro Sales disse...

Ah! A nostalgia...
Nós que te agradecemos pelos artigos, não tenha dúvidas.
Que 2011 seja um ano mais tranquilo pra ti, boas festas!

ANDF disse...

BOAS FESTAS!!! XD

Adelheid K. disse...

post, irado Amer!!!!

feliz natal e feliz ano novo!!!!

lilycarroll disse...

Oh...eu não tinha assistido esse episodio.

...
...
...

Tá, eu to chorando, não zoem comigo.Snif.

Um otimo Natal para vc tb e obrigada por todos os artigos que me fizeram rir durante todo o ano \o/
Abraços

Blog do Sybão! disse...

Que bom, cara! Sinceramente, nunca tinha me interessado em assistir Hey! Arnold, como agora! O desenho passava despercebido aos meus olhos!

Fechou o ano, com um bom artigo, Amer!

Feliz Natal e Ano novo pra ti, man! Deus te abençoe!

Ah! Felicidades também!
Abraço!

Louis Almiquist disse...

Olá amer. Apesar de acompanhar seu blog a muuuuuito tempo, dificilmente eu comento. Mas saiba que seus posts fazem nossos dias mais felizes e seremos sempre gratos a você.
Feliz Natal e que 2011 seja um otimo ano para todos nós.

Vicente Cardoso disse...

Amer, esse foi para mim um dos melhores posts do ano! Não é qualquer um que consegue escrever um texto crítico, comovente e engraçado ao mesmo tempo, tem que ter talento pra isso! Muito obrigado pelos momentos de alegria em 2010 e desejo que 2011 seja muito melhor para você. Porque você merece mais do que muita gente!!! Um Feliz Natal e até ano que vem!

Giovanni seiji disse...

ótimo artigo Ammer!
esse tambem é um dos meus episódios de Natal favorito, sem contar q Hey, Arnold ainda é um dos meus desenhos favoritos da Nickelodeon, logo atrás dos Padrinhos Mágicos!

mas, desejo um Feliz Natal e um ótimo Ano Novo e todas as baboseiras de sempre!! HO HO HO

espero ansiosamente pelo primeiro post de 2011.....HEY! eu tenho q ficar ansioso, só vou ter mais 2 anos pra ler seus artigos....em 2012 vai tudo pra cucuia.... HAHAHAHA

Katchiannya disse...

Eu não sei como te agradecer por esse post, sabia?

Estava um dia monótono e eu meio sorumbática e relembrar o Natal de Hey Arnold fez meu dia mais feliz.

Acho que você sabe que eu sou apaixonada com Hey Arnold e Helga é uma das minhas personagens favoritas de todos os tempos

http://mahouamaterasu.webs.com/tsuru/numero4/arnold.htm

O que sempre me fascinou na série é como eles conseguiam colocar nas entrelinhas temas realmente pesados e complexos como morte, guerra do Vietnã (como vc mencionou), velhice, casamentos fracassados, Segunda Guerra Mundial, depressão, pobreza, psicoterapia, só para citar alguns. Sem falar de outros muito mais polêmicos, que ficam bem subentendidos nos episódios (gravidez na adolescência – pq nada me tira a idéia de que a mãe da Helga casou grávida da Olga – e homossexualismo – vide o especial de Ação de Graças), mas que podem ser percebidos pelos telespectadores adultos mais atentos.

E também como cada um dos amigos do Arnold possui uma personalidade tão peculiar e distinta que eram capazes de estrelar seus próprios episódios (os do Harold em especial são muito bons!)

É uma pena que tenha acabado. Realmente faz falta na TV.

Valeu pelo presente de Natal. ^^

Enfim, queria agradecer e muito pela sua amizade! Se falar demais vai acabar ficando piegas, mas é verdade. ^^

Abraços mil.

ps- Pessoas, estou fazendo um sorteio de fim de ano no meu blog, se alguém se interessar: http://journaltsuru.blogspot.com/

Rod disse...

...um Feliz Natal cara para vc e sua familia com mta saude e paz...não te conheço mas gosto um pouco de vc :) ...

ºHoLLoW13º disse...

Parabens cara seu trabalho otimo sempre vejo seus posts ^^
Feliz natal e um otimo ano novo pra vc ;)

Eddie disse...

Feliz Natal Amer! E um 2011 melhor, para todos nós.

Nanda disse...

Frodo, meu querido!!
Vc voltou!! Como disse o Evil Monkey, volta mais pra gente botar o papo em dia!!!
Beijo!!

Avalanche(Lance) disse...

Era dino e não Joe ta certo o Sandman^^


E Dino é um nome característico Italiano.


E Nanda...me dê atenção tb XD

Frodo disse...

Nanda minha querida, como vai?

Só para explicar meu caro amigo macaco:

Tava numas correrias aí, mudei de emprego, de país, de vida e tava dificil adaptar, mas espero voltar a comentar novamente!

Inclusive senho macaco e senhor lance, eu tenho o blog de voces em meu google reader então eu leio sempre que atualizado! e por favor, não parem de escrever!

Tenho planos de comentar todo post que voces fizerem no blog, então tratem de atualiza-lo! hahaha

Amer, desculpa incomoda-lo com perguntas bestas mas vamos lá:
Você pretende retomar com o outro blog do Amer? Não é cobrança, é somente curiosidade mesmo!

Artemion disse...

AMER EU TE AMO!!!

Ok, agora que passou esse momento gay, vou tentar não perder o resto de minha dignidade:

Boas férias, bom Natal e Tudo certo pra ti no ano novo. Você merece. É isso.

Se cuida!

mr.Poneis disse...

Feliz Natal!

E como diria o pequeno Timmy: "Que Deus abençoe a todos!"

eu acho que ele disse isso...

até mais ver
mr.poneis

B/J disse...

Deuses do céu! Hey, Arnold fez parte da minha infância! Eu não perdia um episódio na Nick! E olha que nem era o meu favorito, eu apenas tinha uma certa consciência de que era o único com histórias maduras, em termo, e criativas.

Obrigado pelo presente de natal, Ammer!

Maxynation disse...

Amer, o pai da Helga é inspirado no pai do Kevin Arnold?

Parece muito.

Sobre o post, devo dizer que acompanhei esse desenho durante boa parte da minha adolescência, e ele realmente é muito bom.

Tá passando na BAND, pra quem quiser ver.

Maxynation disse...

Ah, e Feliz Natal a todos!

Rodrigo Narcizo disse...

Cordiais saudações, Amer!

Em primeiro lugar, feliz Natal e feliz 2011! Espero que seu próximo seja melhor do que passou.

Gostei muito do artigo e em especial porque também gosto muito deste especial de Natal do Arnold.

Não comento todo os artigos, mas estou sempre ligado no blog (o primeiro artigo que li foi aquele das piores idéias do wrestling) e acompanho o blog desde então.

Percebo que você tem feito bastante esforço para manter os blogs ativos e agradeço por mantê-los com excelentes artigos e reviews de jogos. E também por ter me incentivado a ler Hokuto No Ken (não acredito que só fui ler esta preciosidade com 30 anos de idade).

Particularmente, neste ano 2010, achei especialmente sensacionais estas duas passagens:

1 - O diálogo da Bella com o Jason (em alusão àquele diálogo entre a Bella e o Edward em Crepúsculo).

2 - A seguinte frase deste artigo: "As pessoas tão mais interessadas em se alcoolizarem e acordarem com uma doença venérea na manhã seguinte. A maneira urbana de honrar o aniversário de Jesus."

Espero que você continue com o humor afiado e inteligente de sempre.

Muito sucesso, dinheiro, iates e mulheres para você, Amer.

Abraços!

Rideaux disse...

Hammer seu fidido! ÁRABE MALUCO! Tu anda sumida rapaz ... O que houve? rs

Bom natal pra você e pra tua mãe e irmão. Aquele abraço!

Rideaux disse...

Ah ... Pra te facilitar a vida, é o Roberto! Beijão

Willian disse...

Caro Amer,

Começei a ler o seu blog esse ano, quando colocaram o link dele na comunidade de Final Fantasy no Orkut. Foi durante a sua série de posts sobre a saga de FF. De lá pra cá eu me tornei um leitor fiel do seu blog, sempre me entretendo com o estilo de texto dinâmico e crítico.

Diante disso, não posso deixar, depois de tanto tempo, de parabenizá-lo. Por meio do seu blog, pude relembrar de clássicos da minha infância que quase tinha esquecido.

Sou jornalista e posso dizer que como meio de formação de opinião, seu blog não deixar de prestar um serviço íntegro em nome de nosso tão nobre ofício.

Boas festas e um 2011 de sucesso!

Até Outro Dia!

Giordano disse...

Feliz final de ano, meu bom!

Nappa_ disse...

Utilizar um desenho com lição de moral, faz dos seus posts um post com lição de moral também. =D

Valeu por uma bela mensagem natalina para quem acompanha. Feliz Natal pra você, Amer.

Rodrigo disse...

Hey!Arnold! Isso sim que é desenho! Meu episodio preferido é o do Homem Pombo! Isso fez parte da minha infancia cara... Por falar em infancia Tron Legacy é top, a sala do cinema estava quase vazia então não tinha adolescentes panacas e mal educados gritando. O Filme não deixa nada a desejar e segue muito bem o roteiro do Classico de 82. Quem não assistiu deve assistir. Alias, Amer, porque você não faz um review do classico? É só uma sugestão, mas eu acharia especialmente foda! Um abraço e um feliz Natal! Que tudo de bom acontaça para você e que vc consiga todos os Transformers que você deseja!

fantasma disse...

Feliz natal, Amer! Valeu pelos artigos!

brunonomore disse...

Hey! Arnold? Aquele desenho com mais crianças feias por metro quadrado que existe? É legal! Mas pensei no início que era o especial de Natal do Kevin Arnold, do Wonder Years (deve ter tido). E pô Amer, o seriado Arnold que passava no SBT é legal caramba! É terrivelmente tosco, mas é legal.

HikaCheshire disse...

Esse especial de Natal é lindíssimo! Um dos meus favoritos também!Tem uma lição muito bonita!

Feliz Natal, Amer!

Leandro disse...

Obrigado a você por esses posts no seu blog! [2]

Feliz Natal, Amer. Um ótimo 2011 pra você :)

Túlio Martins disse...

parabens bro, gostei bastante desse especial em específico também e é bem legal a maneira que aborda coisas sérias num tom mais ameno
ps: o jeito que tu escreve é massa até uso de inspiração as vezes pra escrever no meu blog
Boas festas

Cindy disse...

Adorei o post. Feliz natal Amer n_n

BlackSheep disse...

Amer,boas festas cara!
Comecei a acompanhar o seu Blog esse ano,e desde então venho aqui quase todo o dia.E verdade que com isso,minha vida social foi reduzida a
meras pipoquinhas com guaraná,e que agora eu sou um gordo trancado 24 horas em um computador,mas que se foda![brinks]

Tenha um ótimo natal,não exagere na rabanada(que tenho certeza)que so a sua mãe sabe fazer,e volte logo,nos vemos em 2011! =D

PS: Esse aqui e o meu presente,acho que você já deve ter visto,mas o que vale e a intenção,ne?....NE!?
http://www.youtube.com/watch?v=ZrMvYHFeH60
Espero que goste,e que fique levemente nauseado (como eu fiquei)

Feliz Natal,e um prospero ano novo! =D

Corto Maltese disse...

O Arnold é um desenho legal, por seguir aquela linha que, acredito eu, foi iniciada com o Doug: é uma história de um garoto como outro qualquer contada de um jeito natural, com muito bom humor, mas com alguma dose de drama também.

Ei, Amer. Fizemos um podcast sobre nerds no blog Clímax. Já que vc é uma autoridade no assunto podia tentar ouvir e dizer o que achou.

http://blogclimax.blogspot.com/2010/12/climaxcast-01-nerds-de-onde-viemos-pra.html

Feliz Natal ao Amer e a todos os leitores desse blog e que ele não seja mais interrompido no ano que vem!

Corto Maltese disse...

P.S.: Eu vivia sacaneando a ex namorada do meu irmão chamando ela de Helga qdo ela vinha atrás dele. hehehe!!!

cpazuos disse...

Muito legal esse especial. coincidentemente eu quando o vi ontem(sabado) de noite fiquei pensando que seria legal se vc fize-se uma resenha sobre ele. e vc acabou fazendo.
acho que este foi o melhor presente indireto que eu ganhei nesse natal.
é serio, ganhei dos meus pais uma barra de chocolate da garoto e a primeira temporada de prision breck da amiga da minha mãe.

ps: não sou fã de prision breck.

como o natal já foi, mesmo assim um feliz natal atrazado e espero que tenha um bom fim de ano e que ano que vem vc poste mais texto divertidos e informativos* nesse blog que todos gostão.
*(é sim, pois eu nem sabia que o nome da operação da cena do helicoptero era a Operação Vento Constante, vlw)

cpazuos disse...

Muito legal esse especial. coincidentemente eu quando o vi ontem(sabado) de noite fiquei pensando que seria legal se vc fize-se uma resenha sobre ele. e vc acabou fazendo.
acho que este foi o melhor presente indireto que eu ganhei nesse natal.
é serio, ganhei dos meus pais uma barra de chocolate da garoto e a primeira temporada de prision breck da amiga da minha mãe.

ps: não sou fã de prision breck.

como o natal já foi, mesmo assim um feliz natal atrazado e espero que tenha um bom fim de ano e que ano que vem vc poste mais texto divertidos e informativos* nesse blog que todos gostão.
*(é sim, pois eu nem sabia que o nome da operação da cena do helicoptero era a Operação Vento Constante, vlw)

Raphael disse...

Otimo post com um otimo desenho, fora um ano aparente curto, mas tirando todas as dificuldades, estamos ai pra dizer nossas mensagens de Feliz Natale Boas Festas a todos que acompanharam voce e este blog nessa jornada, que uma otima virada ano para aquele que nos fez rir, chorar e refletir sobre diversos assuntos (note que eu disse diversos).

Um atrasado Feliz Natal e Boas Festas!

P.S.: Pelo amor de Nicolau, perdoem meus erros de disgitação nesse post devido eu estar no trabalho ^^;

Taty chan disse...

AH NÃO AMER ! *-* ARNOLD !! ARNOOOLD *-* *-* *-* meu cabeça de bigorna favorito, eu a-d-o-r-o esse desenho!! xD melhor nicktoon eveeer !! ~~
oba oba oba ~~

..tá, eu fiquei mto alegre com a escolha, ainda nem li ! HSAUHSAUHAS xD

..se vc tiver falando mal de Hey Arnold, te pego na saida, ok? ¬¬

..tá, deixa eu ler agora xD

Taty chan disse...

...Ç__Ç

QUE LINDUN Ç_____Ç eu adorava esse episodio .__.

depois que tiraram a tv a cabo pirata (ops, isso eh um segredo xD) eu raramente consiigui assistir de novo T___T

como eu assistia hey arnold 3 vezes por dia, um dia deesses, eu fui ajudar a minha mãe no trabalho, e ela virou pra mim

mae - taty, como chama aquele menino amigo do arnold..?

taty - ..hã..? o_õ

mae - é, aquele que fazia o comercial do refrigerante Yahoo!

taty - .....HÃÃÃ... o Stink...?

mae - EEEH ESSE MESMO! HAHAHA o namorado do natalia (funcionaria xD) é igualzinho ele HAHAHA


taty - ... o_____O


HSAUHASUHAS LOOOOL !! a ultima vez que a minha mae parou pra assistir tv comigo eu devia ter, sei lá, 9 anos?? xDDDD TEVE A MORAAAL xD como ela foi lembrar disso..? eu nunca saberei xD


é o melhor desenho mesmo ~~ (exceto pelo fato de ter criado um imenso odio no meu coração quando eu era criança xDDDD ..por causa de quem? hm? hm? LAYLA !! aff ¬¬)


bom, de qualquer forma ! xDD

Feliz natal ameeer \o\o\ (apesar de já ter passado xD) ah ! e bom ano novo AEEW :DDDD


=*

Morte disse...

Own, que post fofo. Nunca assisti Hey! Arnold, pois achava que esse desenho era chato... Mas prometo consertar meus erros, prometo... Esse post me convenceu a correr atraz desse desenho, sim sim ^^ (na verdade, eu assisti alguns pouquíssimos episódios, mas lembro q a mensagem deles era muito boa)

enfim, feliz natal atrazado! Pena q eu vi esse post depois da época correta, haha, mas se tivesse visto antes, eu mandaria um "feliz natal" coerente ^^ Mas ainda da tempo de dizer feliz anio novo!! haha!

Você é uma pessoa bem especial (de certa forma) pro seus leitores ^^
Se estiver tendo problemas de novo, se lembre da gente, hehe, talvez isso ajude como algum reforço para a sua alto-estima ^^.
O problema é q aqui, na verdade, ninguém se conhece portanto eu nao sei se isso ajuda muita coisa, aliás, você já deve ter gente de carne e osso pra fazer isso por você. Mas mesmo assim! Derrepente, só a idéia da nossa iniciativa ajude em alguma coisa... vai saber Hehe

abraços e boa sorte para todos o/

Fabrício Calmon disse...

Da até pena não ter visto muito Hey Anorld quando eu podia depois desse post, muito bom mesmo

Rael XX disse...

Confesso que sou um cara muito chato. Eu nunca assisti Hey! Arnold porque detesto o design dos personagens. Confesso porém que a história é muito boa e tocante. Ótimo post como sempre Amer, parabéns.

Rael XX disse...

desculpe o duplo-post, mas quero desejar feliz ano novo pra todos os leitores do Amer e pro próprio Amer. Desejo muito sucesso pra todos vocês e, claro, rios de dinheiro.

Abraços galera e feliz 2011

Panda disse...

Eu acompanho o blog desde o começo de 2008, já li todas as matérias e nunca me arrependi de perder esse fucking tempo! Foi um tempo bem gasto!
Pra vc ter uma idéia, todo final de ano eu sigo essas recomendações:

http://blogdohammer.blogspot.com/search?updated-min=2007-01-01T00:00:00-02:00&updated-max=2008-01-01T00:00:00-02:00&max-results=50

E me sinto nostálgico o suficiente pra comentar e agradecer pelos momentos de comédia.
Um bom ano para você!

nightrider disse...

pode crer!a Nick só passa lixo agora!que merd%¨$@#@!adoro o desenho do Hey,Arnold!

Vítor (Cid Moreira) disse...

Como eu adorava esse desenho. Realmente cativante e que aborda vários aspectos humanos de uma forma sutil.

Nem cheguei a ver esse episódio de Natal, se não me falha a memória. Fiquei com muita vontade de conferi-lo.

Parabéns por mais um texto excelente, sou fã do estilo e do seu blog. :)

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

genial esse desenho do Arnold. falar de guerra numa época como o natal...tem que ter bolas gigantes para tanto.