sábado, 31 de outubro de 2009

Mês das Bruxas: Os Caça Fantasmas - When Halloween was Forever


E finalmente é 31 de Outubro, Dia das Bruxas! Uma época mágica do ano, em que a amizade o amor e a dádiva de presentear os outros é compartilhada por todos os homens de boa vontade!

Espera, não... isso é o Natal. O Dia das Bruxxas é sobre monstros, demônios e comer doce até vomitar no próprio colo e ter uma diarréia de três dias.

Seja como for, hoje é o último dia deste ano que é dedicado a criaturas profanas comedoras de criancinhas e como tal, decidi mostrar algo especial: o episódio de Halloween do desenho dos Caça Fantasmas.

Para quem não conhece os Caça Fantasmas... bom... se você não sabe quem são os Caça Fantasmas, o que xavascas está fazendo aqui? Este não é seu lugar! Vá embora, volte para onde veio! Vai ler o blog da Marimoon que você ganha mais!

Biltre, pestilento e imundo!

Enfim, eis o episódio de Dia das Bruxas de Caça Fantasmas. Vamos a ele!



Nossa história começa com uma jornalista noticiando que as aparições sobrenaturais em Nova York estão piores que o normal, o que obriga nossos heróis a fazerem turno dobrado nesta época do ano.

E o fato de fantasmas, demônios e criaturas das trevas serem tratadas como um mero incômodo pelos Nova Yorquinos comprova que esta definitivamente não é uma cidade muito tranquila para se viver.

Imagino o quanto de trabalho extra os Caça Fantasmas tiveram pra capturar as vítimas do 11 de Setembro.

...

Pois é, eu vou pro Inferno.


Enquanto a repórter reporta, nossos heróis estão pegando no batente, como bons servidores públicos que são.



O Doutor Venkman mostra todo seu conhecimento do sobrenatural utilizando uma cadeira para afugentar um fantasma, o que prova que ele não aprendeu porra nenhuma quando estava na faculdade.

Não que muitos acadêmicos tenham feito diferente, pelo menos ele conseguiu dar uns malhos com a Sigourney Weaver, algo que universidade nenhuma de nosso país ensina como fazer.

Maldito sistema educacional Brasileiro!



Após um trabalho bem feito, nossos heróis voltam para casa, onde decidem se vão ao bar, se dormirão cedo ou se vão sodomizar a Janine pela quinta vez seguida esta semana.



Digo, todos fazem planos, menos o Egon, que decide continuar trabalhando mesmo em uma noite de feriado profana como esta.



Peter fica de saco cheio com o amigo e começa a chantagea-lo dizendo que se não contar no que está trabalhando, dirá ao Geléia que Egon tem bolinhos de milho na cueca.

Enquanto isso, ele faz uma massagem erótica nas bochechas do fantasma, o que me faz questionar muitas coisas.



Como não quer acabar com ectoplasma nas regiões pudentas, Egon revela que este excesso de aparições que tem rolado na cidade no ultimo mês são um mal sinal.

NÃO!!! JURA???

Quando mortos demais começam a levantar de seus túmulos para aporrinhar os vivos é um mal sinal? Qual a medida aceitável de criaturas que voltam do além túmulo, Egon? Dez por semana? Se um único morto voltar a vida já não é ruim o suficiente?

Esses cientistas, vou te contar...



Neste momento, em um museu sombrio e assustador...



... dois seres sobrenaturais adentram o local...



... e desenham o símbolo do infinito em um sarcófago.

Ou pode ser os braços cruzados das Meninas Super Poderosas. Já reparou que quando elas cruzam os braços, sem querer fazem o sinal de infinito? Pode ser uma referência a seus poderes que nunca parecem diminuir ou ao fato de que sua dedicação em combater o mal é inacabavel.

Ou elas simplesmente tem um design muito simples.

Então eu analiso demais desenhos animados. E daí? Me processe!

Pois bem, os demônios desenham o símbolo no sarcófago...



... e um ser cabeçudo de pura maldade emerge dele.

Sem perder tempo, o bicho sai pela cidade aprontando crueldades imbecis.



Por exemplo, ele transforma o grande relógio de ponteiros da cidade em uma cara enrugada com ar de mongolóide.

Eu não sabia que Nova York tinha um relógio de ponteiros enorme... ou será que os Caça Fantasmas na verdade trabalham em Londres e todos fomos retardados demais nos últimos 25 anos para perceber?

Não importa, pois o mal se manifesta em outros lugares também.



Como por exemplo, nessa festa de Halloween que está sendo frequentada unicamente por crianças feias.

Não sei quem organizou essa festa, mas tenho certeza que Charlie Brown não foi convidado.

Durante a festa, as crianças brincam de pegar maçãs dentro da bacia de água...



... e as frutas ATACAM E DEVORAM TODOS ESTES ENFANTES OBESOS!!!

OH! O INFORTÚNIO!!!



De volta aos QG dos Caça Fantasmas, Winston tenta ensinar o complexo estratagema bélico por trás do jogo de Damas...



...



... com resultados questionáveis.


Enquanto isso, Janine atende as crianças grotescas que batem em sua porta pedindo doces nesta noite tão profana.

E UAU, eu não lembrava o quanto ela era sexy! Uma ruiva curvilínea que se parece com a Cindi Lauper? Eu vô!

E nem adianta disfarçar, sei que muitos de vocês fariam o mesmo. Nada é mais sexy que uma mulher com óculos de secretária.

Ahhhhhhh sim...


Enfim, as "crianças" que batem na porta sãona verdade os goblins que libertaram o ser do mal. Janine dá bombons para eles, os dois não gostam e em uma cena roubada diretamente de Superman II...


... assopram e arremessam Janine longe.


A menina nada pode fazer, exceto ficar surpresa, estupefata e muito sexy.

Hmmmm...

Hmmmmmmmmm...

HMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM...

...

*ARRAM*

Então...


Como ninguém pode abusar física, psicologica ou sexualmente de Janine sem ser um Caça Fantasmas registrado, nossos heróis partem em busca dos responsáveis por tamanho ato de covardia.

Vamos lembrar que no determinado momento, eles ainda não tem certeza do que atacou a moça. Pelo tanto que sabem, podem ser apenas crianças disfarçadas com um bafo enorme.

Em outras palavras, nossos heróis sairam pela cidade dispostos a evaporar crianças com rajadas de um reator nuclear portátil! Ninguem fode com os Caça Fantasmas e sai impune!!!


Chegando ao Central Park, Peter nota as bonitas luzes da decoração de Natal e comenta como adora esta época do ano.

Ray o lembra que estão no Dia das Bruxas e não no Natal e descobrtimos então que o doutor Venkman tem o caso mais grave de dislexia do mundo.


Mas ESSA NÃO!!! Não eram luzes, mas sim demônios, aparições e cruz credos!!!

Rapazes, quem vocês vão cham... oh...

Ok então...


Neste mesmo momento, o ser maligno e cabeçudo que brotou do sarcófago está evocando todos os fantasmas da cidade.


Geléia ainda está tentando entender a complexidade nuclear por trás do jogo de Damas, quando DE REPENTE...


... ELE TAMBÉM É EVOCADO PELO SER DO MAL!!!

Finalmente ele se mostra e...


... SANTO BEAGLE!, É A GRANDE ABÓBORA, CHARLIE BROWN!

O que prova de uma vez por todas que Linus era um Satanista adorador de entidades pagãs.


Geléia é automaticamente definido como um traidor, pois vive com os humanos e possui o futum deles.


Mas o Grande Abóbora decide não eliminá-lo, pois tem grandes planos para ele...

E eu faço a pergunta, como se elimina um fantasma? Se você matar um fantasma, ele não volta a vida? Aconteceu com o Puro Osso, será que aqui não é igual?


E os demais seres do mal se espalham por Nova York e geram CAOS NAS RUAS!!!

Me senti o próprio Datena dizendo isso.


O casal foge para dentro de uma lanchonete, onde acreditam estarem protegidos contra os fantasmas.

Sim, claro. Uma porta de vidro é proteção mais que o suficiente contra demônios sobrenaturais da puta que pariu.

E impressionante que nestes desenhos, mulheres bonitas só se acasalam com sujeitos que parecem ter caído da árvore da feiura, batendo com a cara em todos os galhos no caminho. Se isso é indicador de algo, é que eu deveria ter meu próprio harém a esta altura da vida.

Pois bem, os casal entra na lanchonete...


... e são muito bem recepcionados pelos mortos que lá estão.

E se isso fosse um anime, teríamos visto uma cena de estupro necrófilo agora. Graças a Deus que este desenho foi produzido na América.

FUCK YEAH!


Nossos heróis estão trabalhando duro e capturam os fantasmas da cidade, um por vez.

Que hora extra mais ingrata.


De repente, eles param em frente a uma televisão e assistem o noticiário, onde é informado que fantasmas e monstros em massa estão aparecendo em todos os cantos do mundo, do Japão até a Escandinávia.

E ninguém acha estranho o âncora do telejornal ser um palhaço.


De qualquer forma, Egon brilhantemente deduz que todo o mal que se espalha pelo mundo está relacionado ao caos que impera em Nova York.

Assim disse Egon, o rei das deduções óbvias!


Nossos heróis são surpreendidos pelo Grande Abóbora, que os manda deixar os espíritos da cidade em paz, ou espalhará um horror inimaginável e indescritível sobre eles.

Diga-se de passagem, metade dos personagens dos livros de Harry Potter falam desta maneira enigmática e críptica, o que torna a tarefa de escrever um livro de 500 páginas muito mais fácil.

E cacete, que pança de cerveja horrível esse fantasma tem. Caramba, morrer não é motivo pra se descuidar da forma física.


Egon decide dar uma olhada melhor no fantasma e lança a luz de sua lanterna sobre ele.


Como a lanterna de Egon aparentemente tem 9000 Watts de potência, ela fere o monstro e o manda embora.


Sem entender o que aconteceu, Egon projeta a luz sobre seus amigos, esquecendo que se ela conseguiu afastar um fantasma, então é potente o bastante para causar queimaduras de terceiro grau em um humano.

Egon é um babaca.


Após aumentar a chance de Ray ter cancer de pele, Egon deduz o óbvio mais uma vez e chega a conclusão de que luz deve ferir o Grande Abóbora. Ele manda seus amigos o distrairem enquanto coloca um plano em ação.


De volta a reunião do Grande Abóbora, Geléia prova que tem bolas tão grandes quanto as do Arnold e alopra o vilão com toda força que possui.


Ele é castigado por isso... mas um homem de verdade não liga pra tortura! Ele cospe em seus torturadores e antes de morrer caga nas calças como um insulto final a eles!

Pelo menos, é o que eu faria.


Egon encontra dois holofotes dando sopa em um canto da cidade...


... e resolve usar sua mochila protônica para energizá-los.


Neste momento, Peter, Winston e Ray chegam ao topo do prédio onde o Grande Abóbora está e vêem que ele recrutou um exército bastante grande de fantasmas em uma única noite.


Por alguma razão que provavelmente tem fundamento científico, eles ficam logo na beirada do prédio, onde uma brisa mais forte pode derrubá-los e se preparam para a luta.


Enquanto isso, Egon luta para fazer uma insstalação elétrica decente entre o reator nuclear que carrega nas costas e os holofotes.


De volta ao alto do prédio, Winston, Peter e Egon se preparam para o conflito. Como podem ver, Egon é capaz de estar em dois lugares ao mesmo tempo e substituiu Ray em sua função.

Erro de animação? BAH!

Duplo BAH!!!


O Grande Abóbora então diz que se os Caça Fantasmas derem mais um passo, ele irá eliminar (MAS COMO???) o Geléia, que se encontra em uma espécie de transe.

Ray (que inexplicavelmente voltou a cena) grita "Geléia, pizza!" para tentar recuperar os sentidos do amigo descarnado...


... o que faz com que Geléia pule sobre o amigo e comece a lambê-lo, porque ele provavelmente pensa que Ray é feito de mussarela e calabresa.

Isso lança muitas dúvidas sobre a higiene pessoal do senhor Stantz, mas deixarei isso pra lá por enquanto.


Lá embaixo, Egon finalmente liga os holofotes.


A luz causa dores lancinantes no Grande Abóbora, o que não é nenhuma surpresa.

Se uma lanterna portátil teve potência o suficiente para feri-lo, uma porrada de holofotes devem estar torrando suas entranhas e abrindo um buraco imenso na camada de ozônio...


Pra colocar sal na ferida, os Caça Fantasmas o bombardeiam com prótons...


... e o humilham em definitivo, o prendendo em uma armadilha.

Uau! Os Caça Fantasmas aprisionaram o espírito do Dia das Bruxas! Existia alguma entidade espiritual com o qual eles não pudessem lidar?

Que bom que eles nunca se depararam com Deus...


De volta ao QG, o Grande Abóbora é preso na unidade de contenção e nossos heróis usam um visor especial para ver o que ele está fazendo.


O Grande Abóbora apenas espera para ser libertado novamente e desta vez, pelo seu seguidor mais leal.

Se os Caça Fantasmas um dia derem emprego para Linus Van Pelt, estamos todos fudidos.


Eis que de repente, Geléia aparece vestindo uma abóbora de Halloween para assustar nossos heróis.

Mas ele não foi o arquiteto de plano tão perverso, havia uma outra pessoa por trás disso...


... Janine!


Insatisfeitos com a brincadeira, nossos heróis estufam o peito e partem pra cima dela. Embora o desenho não mostre, aposto que Janine apanhou mais do que esposa no Texas ao fim desta noite.

Sim sim, ela foi má... merece ser punida...

Siiiiiimmmmm...

Nota do Amer: Quase tão bom quanto dançar com Ray Parker Jr.

E aqui encerro mais um Mês das Bruxas! Espero que tenham gostado e caso não tenham... vão pro diabo que os carregue!

Se forem em festas de Dia Das Bruxas nesta noite do dia 31, levem proteção. Coisas como estacas, água benta, cruzes, bíblias e tudo mais que foi usado como arma em Castlevania.

Tomem cuidado com o lugar que vão frequentar também, pois pode gerar acontecimentos bizarros.

Um amigo meu foi em uma festa de Dia das Bruxas vestido de Ghostface (o assassino de Pânico) e em um dado momento da festa, nas primeiras horas da madrugada, um cara enorme o agarrou e deu um beijo nele.

Não sei se com língua ou sem, não quis ouvir meu amigo contar essa história em detalhes.

Enfim, após isso, meu amigo fugiu da festa a 88 milhas por hora por que não sabia o que seria pior: um cara enorme e bêbado não perceber que ele era um cara e comer sua bunda ou um cara enorme e bêbado perceber que ele era um homem e comer sua bunda assim mesmo.

Pois é, tenho amigos muito variados. Desde zicados supremos a drogados e nazistas. Sou um homem do mundo, me dou bem com todos os tipos de pessoa.

Bom, feliz Dia das Bruxas, divirtam-se e semana que vem... BATMAN!!!

Cheers!!!

66 comentários:

GuilhermeKinni disse...

"Que bom que eles nunca se depararam com Deus..."
Por favor, não comecem uma discussão por causa disso!

Spore disse...

Second! \o/

Ahn... Foi mal o post inútil.

evil monkey disse...

NÃÃÃÃÃÃO!!!!!!

tão perto!quase fui o primeiro!

é, é a vida...

adorei o artigo amer, estava sentindo falta desses seus reviews.

me fez sentir falta da época em que o Cartoon network passava os bons desenhos antigos e muitos desenhos de ótima qualidade.

não tenho muito mais o que dizer então vou falar uma idiotice.

I CARLY NÃO É UMA MERDA!

poxa, peguei pesado...
...

Bruno disse...

Os monstros do caça fantasma são bastante simpáticos^^ gostei muito do artigo.

Nota em paralelo:

Eu respeito bem mais o evil monkey agora. Tenho que confessar que não gosto quando não admitem que eu estou certo mesmo quando eu consigo provar isso por a mais b. Mas eu não podia deixar de dizer que eu não acho que o amer queira fâs tão fervorosos assim a ponto de defende-lo do jeito que vc fez. Isso é a menos que você for uma ruiva...

...

Aí eu vou evitar idolatrar o amer daqui por diante...

Agronopolos disse...

quero um retificação urgente!!!!

Terá que refazer o top 10 das ruivas e terá que coloca a Janine ou em 1º lugar ou uma posição a mais que a Mary jane!!!
Afinal ela é mais gata e atirada que a Ex-Senhora parker (e Espero que ela desapareça da serie, diga-se de passagem)

E tenho dito!

Peter disse...

Olha só, se for feito esse top 10, aqui tem algumas imagens pra Janine (tiradas do DeviantArt, lógico):

http://minnievicious.deviantart.com/art/Janine-Ghostbusters-Promo-115024226

http://spokeart.deviantart.com/art/Ghostbusters-Janine-76601368

http://oekaki-tickles.deviantart.com/art/She-Ra-Tickling-Janine-95562467

http://boobtastic.deviantart.com/art/Eat-my-Stream-14435370

http://fc01.deviantart.com/fs48/f/2009/223/a/5/RGB_Janine___Who_ya_gonna_call_by_Irie_mangastudios.jpg

http://blitzart01.deviantart.com/art/Who-ya-Gonna-Call-55015395

Tenham uma boa noite e um horrível halloween!

...

Kct, essa foi péssima...

Avalanche(Lance) disse...

Há o Evil Monkey é um Skrul!!!

*atira água nele pra ele derreter como a brux amalvada do oeste*

GuilhermeKinni disse...

Evil Monkey: Não se preocupe por não ter ficado em primeiro, eu acesso esse blog desde o ano passado e mesmo assim essa é apenas a segunda vez que consegui fazer isso.
Já que eu esqueci de dizer da primeira vez: Excelente post como sempre Amer!

evil monkey disse...

skrull, eu?

só porque eu sou verde, tenho um queixo bolotudo e uso uma mistura de colante com armadura?

esperava mais de você lance...

e rá, sua maldita agua não está funcionand...
...
#som de derretimento#
...
AHHHHHHH, QUEIMA QUEIMAAAAAAAAA...
...

Eu! disse...

garanti o lugar...agora vou ler =D

Eu! disse...

po cara...eu adorava a Fox Kids : /

lucas disse...

´´Uau! Os Caça Fantasmas aprisionaram o espírito do Dia das Bruxas! Existia alguma entidade espiritual com o qual eles não pudessem lidar?

Que bom que eles nunca se depararam com Deus...´´

aheueahaueahaeueahaeaue
amer euri demais cara, muito bom o artigo ^^
e curiosamente hoje em SMT: nocturne eu ganhei o pyro jack, que ironia, ganhar logo ele no dia das bruxas xD

Danny'rider disse...

É por isso que todo final de semana eu leio o blog. O Amer sabe como contar ou relembrar uma historia....
Parabéns amigo...

Avalanche(Lance) disse...

Amer que programa vc usa pra tirar os caps?

Thyago disse...

haeuaeheuaheauhaeuaeh, eu me mijei de rir na parte do 11 de setembro, foi uma escrotizada muito foda XD

e se pensarmos bem, os caça-fantasmas podem enfrentar praticamente qualquer inimigo pq, bem, eles andam com um CANHÃO DE FUCKING PRÓTONS! De aliens a vampiros, de demônios a fantasmas, do cUringa (tingalagatinga) ao Darkseid! Porra, eles andam com simplesmente o armamento mais Bad-Ass jah inventado.
Claro, sempre tem o perigo dele explodir e mandar seus pedaços para regioes distintas da galáxia, mas isto sao detalhes 8D

Amer H. disse...

Tirar o caps?

Bruno disse...

Hummm agora que eu vi que o tiago gosta de armas de protons eu lembrei que não gosto de nenhuma série em que um personagem use magia, projeteis e derivados pra fingir que é macho.

Não consigo pensar em nenhuma crítica consistente pra idéia de estabelecer quem usa desse tipo de artifícios como uma caricatura ridícula de um personagem de filme de ação.

Pra mim esse tipo de coisa é igual aquele desenho dos ursinhos carinhosos em que os personagens lutavam usando arco-íris que saiam da barriga deles. Ta bom que eles não estavam tentando parecer machos mas lutar usando de covardia é uma coisa que me irrita profundamente.

O mundo ia ser tão mais bonito se não houvessem armas de fogo...

hahahahahhahahhaha(serial killer mode on)

Ia ser o caos e o mundo ia ser governado por uma relação dialética entre a vontade da maioria e a vontade dos mais habilidosos. Talvez virasse uma utopia comunista onde a renda fosse distribuída mais igualitariamente e os estados unidos virassem o puteiro do mundo fuck yeah^^

Porra ia ser foda^^ A era da escrotidão usando um termo cunhado pelo senhor k. Esse seria o mundo que eu criaria em shin megami tensei se houvesse essa possibilidade...

Aliás eu aposto que nesse jogo o amer se aliou ao capeta pra destruir tudo o que existe na face da terra hahahaha

E entendo ele. Em um mundo em que muitas vezes você tem que ser imoral para ser ético a destruição de tudo aparece como uma possibilidade sedutora hehehe

Mas eu já estou antecipando um monte de comentários corta tesão do tipo que em épocas mais remotas em que as armas de fogo não existiam a distribuição de renda não era justa. Mas a injustiça se baseava em toda uma construção ideológica bem mais precária do que a dos dias de hoje e que não tem como se sustentar em uma época em que a circulação das informações é tão mais fácil.

Aliás eu sei que transformar os estados unidos no puteiro do mundo é um sonho impossível...

evil monkey disse...

er...fiquei sem palavras depois desse discurso...
...

GuilhermeKinni disse...

Bruno: Eu sou um pouco mais realista, acho que se não houvessem armas de fogo no mundo os governos começariam a contratar artistas marciais para fazer a segurança, mas organizações terceirizadas iriam colocar os serviços de artistas marciais bem treinados nas mãos de quem pagasse mais. Basicamente seria bem parecido com o mundo de hoje em dia, e talvez até mais estável, pois é bem mais difícil usar artes marciais do que armas.

Danilo disse...

Feliz dia do Saci atrasado!

Thyago, o arsenal dos irmãos Winchester são bem mais fucking badass from hell do que o dos caça-fantasmas, mesmo contando com o sal.

Lezard valeth disse...

O importante que com armas de fogo ou nao os seres humanos ainda assim arranjariam um modo de se matar portanto nao acho que mudaria alguma coisa nao mas enfim continuemos nossas vidas

eu gostava do desenho dos caça fantasmas quando passava na globo se nao me engano era no show da xuxa (nossa como to velho)e sera? que teremos o terceiro filme ?


Amer poderia fazer um review do filme do um e claro abraços

Avalanche(Lance) disse...

Cpas Amer... as capturas do desenho e tal

Af totinhos dos filmes XD

lucas disse...

´´Aliás eu aposto que nesse jogo o amer se aliou ao capeta pra destruir tudo o que existe na face da terra hahahaha´´

ahahhaha
a maioria das pessoas que joga nocturne pensa em fazer isso xD

The Sandman disse...

Feliz dia do Saci atrasado![2]

Amer, arruma uma galera ae pra gente boicotar essa merda de dia do Saci T_T

Vicente Cardoso disse...

Este artigo tráz ótimas lembranças! Eu assisti o desenho animado da TV antes dos filmes, por isso achei o máximo ao ver que chamaram os mesmos dubladores do cartoon para fazer as vozes das versões em carne e osso. E a Janine era realmente um tesãozinho, viu! Uma pena no segundo filme ela ter ficando com o loser do Louie em vez do Egon...

Avalanche(Lance) disse...

Parabéns Bruno...você descobriu o Despotismo arcáico.

AndréBetim disse...

AÊ Amer, beleza de mês das bruxas, to ansioso pelo mês do morcego.
Esse desenho dos Caça Fantasmas era bom de verdade...me lembro de um episódio onde tinha um cara com uma flauta que podia destruir o mundo ao ser tocada...era mais serio esse episodio.

Gostava do outro Caça Fantasmas tb, aquele no qual um gorila fazia parte da equipe, o vilão era o "Lider Mau", e falava de um jeito engraçado e tinha uma garota do futuro suuuuuuuuper sexy!
Lembra dela?

Sabe a mulher vestida de Fenix no post passado? Ce ja foi no site dela? Muito bom. Ruby Rocket é o nome da gata.

Abraço.

Rafael disse...

"O casal foge para dentro de uma lanchonete, onde acreditam estarem protegidos contra os fantasmas."

Lógico lá deveria ter sal.

Thyago disse...

Eu não gosto muito de Supernatural. Sei lá, não me animou a série XD
Atualmente tenho assistdo mais House e descobri que a fela da putice é uma arma ainda melhor que um canhão de prótons.
...
ou não

Amer H disse...

Uso Media Player Classic pra capturar imagens.

E sim, fiz o final em que me alio a Lucifer em SMT Nocturne. Não tive nenhuma razão profunda pra isso, só queria fazer o final mais completo e justamente era esse.

Fabrício disse...

Excelente artigo amer. Halloween é a melhor data comemorativa. Antes eu considerava o dia das crianças, mas como já sou um ex combatenta do vietinan...
_______
Será que na band ainda passa aqueles filmes de terror de madrugada?
________
Oh amer, seu injusto, as revista onde você trabalha não sai pra outros Estados não? Sou de vitória/ES e a única coisa que os donos de banca me responderam quando fui procurar foi isso: "Que porra de revista é essa?"

MaxiM disse...

Uhul Ghostbusters... a musiquinha clássica começou a tocar em repeat infinito na minha cabeça

(Sim eu gosto de misturar inglês e português foda-se quem não gosta)

Agora quanto ao fim de aliar-se a Lucifer em nocturne a maioria faz iso como tambem a maioria recruta o Dante pra ser parte da sua party...

E Supernatural era bom, quando eles se resumiam a caçar entidades du maaal por vingança e não aquela merda toda de apocalipse... e Heroes e LOST tudo de novo, uma série que ficou longa demais pro seu próprio bem

Katchiannya disse...

"E ninguém acha estranho o âncora do telejornal ser um palhaço."

Claro que não...Quem ia questionar o Ronald Mac Donalds? Especialmente em suas roupas de dia de festa???

Dele eu realmente tenho medo! oO

Aliás,alguém sabe o que realmente aconteceu com ocara do Super Sized Me. Ele ainda tá vivo?

Nunca mais ouvi falar dele...

Scaaaaryyyy.

"Uau! Os Caça Fantasmas aprisionaram o espírito do Dia das Bruxas! Existia alguma entidade espiritual com o qual eles não pudessem lidar?"

Bem, como o Lobo já deu conta do Papai Noel e do Coelhinho da Páscoa, acho que a gente nunca vai descobrir. XD

Abração e feliz dia ds bruxas ou do saci ou do que quer que seja sobrenatural e divertido.

Huahuahuahua

ps - Ah Mr Sandman, tive o prazer de conhecer seu homonimo este fim de semana. Meu namorado tem o Smackdown vs Raw.

Jogo de luta livre é muito bom! E é mais complexo que os jogos de porradas a la Guilt Gear, SoulCalibur e cia que eu estou acostumada.

Gostei muito!

Bruno disse...

GuilhermeKinni:

Pode ser mais difícil usar artes marciais do que uma arma, mas a diferença entre um artista marcial e um leigo é bem menor do que a diferença entre uma pessoa armada e uma desarmada.

E por melhor que seja o artista marcial, se ele estiver em desvantagem numérica ele perde a vantagem que tinha pelas suas habilidades. Além do que a habilidade de lutar é de bem mais facil acesso do que as melhores armas de fogo.

Além do que com as artes marciais é bem mais difícil matar.

Tendo tudo isso em vista eu ainda penso que uma sociedade sem armas de fogo ia ser bem mais divertida^^

Amer H. disse...

A questão da vantagem numérica não é necessariamente verdade, Bruno.

Pesquise sobre quem era Masutatsu Oyama e vai me entender.

GuilhermeKinni disse...

Katchiannya: O cara do Super Size Me(Morgan Spurlock) atualmente está trabalhando no programa 30 Days, em que uma pessoa(ou grupo de pessoas) vive por 30 dias em um estilo de vida radicalmente diferente do que está acostumado (como católicos vivendo numa família muçulmana, ou ricos vivendo com pobres), as vezes é ele mesmo que faz isso. E ele até tem um filho agora.

Cafaggi disse...

Lembrei vagamente desse episódio. E eu era um fã dos Caça Fantasmas. Tinha até uma revista da Abril chamada Mixto Quente especial deles. Eu sabia imitar a voz do Geléia também.. era um sucesso na escola!

Sábado eu vi um especial de Halloween dos Simpsons zoando com o especial do Charlie Brown da Grande Abóbora.. muito bom! O Milhouse era o Lino, e a grande abóbora realmente aparecia. Já viu esse, Amer?

Amer H. disse...

Vi sim, sensacional esse episódio. Um dos poucos episódios da atual safra dos Simpsons que valeu a pena.

Por acaso viste o episódio da Turma do Minduim e a Grande Abóbora de Frango Robô?

Foda bagaralio!

Scariel disse...

Eu vi esse!Foda mesmo!
Frango Robô rlz!


Mudando de assunto,alguém ja viu o trailer do filme do Prince of Persia?
Parece que vai ficar assistivél. xD

Avalanche(Lance) disse...

Sabem...para um Halloween que devia durar para sempre...ele durou 20min só...

Cafaggi disse...

Não vi não! Vou procurar agora. Frango Robô é muito bom!

Bruno disse...

Amer:

De fato o mestre oyama era foda pra caraleo^^ Mas ele continuava sendo humano apesar de tudo. Ele tinha a mesma estrutura e a mesma natureza que todos nós.

E se eu tivesse que lutar com ele, mesmo que eu apanhasse feio ia ser foda do mesmo jeito tanto pelo que eu poderia aprender com a experiência quanto pelo que poderia me gabar depois por algum golpe que tivesse acertado ele direito... Isso é se eu sobrevivesse, mas eu também não acredito em absoluto que a vida seja algo que deva ser preservado a qualquer custo. Há coisas mais importantes para um homem preservar do que a própria vida^^

Em contrapartida não há prazer nas pessoas se matarem usando armas de fogo. Esse tipo de embate se resume em apertar um botão e ver quem se esconde melhor e pega o outro desprevinido. Esse tipo de habilidades não me parecem nem um pouco louváveis para dizer o mínimo.

Além do que não da pra se aprender nada tomando um tiro.

Sei lá, talvez fosse possível criar um lugar assim se ele fosse separado do resto do mundo e essas idéias que eu estou pasando fossem suficientemente difundidas...

sonhar não custa nada...

evil monkey disse...

o triste fato é que a humanidade vai sempre se massacrar.com armas ou não.

mas eu não acredito que pode-se tirar proveito de alguma morte.

sim, não se aprende nada de útil tomando um tiro, assim como não se aprende nada levando uma facada na barriga, assim como não se aprende nada apanhando de mão nuas até morrer.

e sim, seria legal lutar com o oyama mas pra mim isso seria um esporte, e não uma matança.

claro que há coisas mais importantes de se preservar do que a vida, mas pra mim o jeito que você as protege não faz diferença.

pra mim não há diferença entre um homem morrer defendendo um bando de crianças esteja ele armado ou desarmado.

ERIC_Cavalier disse...

Hahahahah AWESOME o review. Lembro muito bem desse episódio.
E putiz, achei que era o único com tara na Janine. Ruiva de óculos = perfeição.

Bruno disse...

Evil monkey:

De fato sempre haverão conflitos no interior da humanidade porque sempre haverão interesses que se contrapõe uns aos outros, mas é um erro pensar que esse conflito de interesses inexista nos dias de hoje, a unica diferença é que ele fica encoberto por um aparelho ideológico que não deixa ele aparecer. Além de, é claro, também por um subtrato de poder coercitivo que as armas de fogo representam e que dão sustentação a esse aparelho ideológico.

A retirada das armas de fogo promoveria uma melhor distribuição desse poder coercitivo como eu estou chamando, e como consequencia colocaria em evidência esses conflitos que hoje ficam encobertos o que desembocaria em uma possibilidade melhor das pessoas defenderem os próprios interesses.

Você disse que nada de bom pode surgir da morte das pessoas, eu concordo com você, mas hoje em dia quando um empresário nogento decide comprar 10 iates um para cada uma das suas esposas ruivas e maravilhosas que acham naturalíssimo serem tratadas igual a um lixo por um homem que tem mais do dobro da idade delas e acham que tem que se considerar as mulheres mais felizes do mundo por terem se casado com um homem de posição tão favorável milhares de nerds sofrem por não conseguirem achar alguém legal a quem eles possam tratar da melhor maneira que conseguirem inventar. Além de todos os problemas de miséria dos subempregos das doenças e das mortes que sustentam todos esses luxos de uma maneira indireta. A paz aparente que vivemos hoje é só mais um encobrimento da barbárie que caracteriza a situação real que vivemos.

Sem sarcasmos nem ironias eu fiquei tocado quando você disse que a forma como você defende essas coisas mais importantes que a própria vida não faz diferença. Eu falava da honra e não da família no meu post e vc ter me entendido errado aqui quase me fez mudar de idéia e concordar com você. Concordo que é mais difícil abrir mão da vida e da segurança de quem você gosta do que da sua própria. Mas aí eu pensei se eu teria o direito de sustetar a paz da minha família com o genocídio de milhares de pessoas vivendo em condições de vida precárias usurpadas do direito de defender os próprios interesses...

A resposta que eu cheguei é a de não desistir da minha honra tão facilmente e tentar preservá-la junto com a minha família. Abrindo mão dela só em ultima instância quando não tiver mais nenhuma opção além de abrir mão dela ou da vida das pessoas que eu gosto.

Você disse que não tem diferença defender um grupo de crianças com uma arma ou desarmado, mas nesse ponto eu discordo de vc. Se eu defendo alguém com uma arma com certeza eu vou acabar matando o meu antagonista, e eu concordo com vc que matar as pessoas não é bom. Nem mesmo as pessoas "más"

Não posso negar que se não houvessem armas de fogo todo mundo ia estar mais exposto a violência física e tal, mas estariamos mais livres da vilência ideológica e econômica ao meu ver, aí eu acho que abrir mão um pouco da nossa segurança seria um preço pequeno a se pagar.

Além do que ia ser legal pra caramba^^

Avalanche(Lance) disse...

É...como todos sabemos não existia violência ideológia ou econômica nas Cruzadas e antes delas-_-'

Bruno disse...

Avalanche lance:

Eu ja tinha comentado essa questão no final do meu primeiro post nesse artigo.

A idéia que eu estou trazendo é que como consequência de uma melhor distribuição do poder militra( um mundo sem armas de fogo) uma melhor distribuição do poder econômico, político e ideológico surgiriam como consequência

Amer H. disse...

Sou forçado a concordar com o Lance. Nada mudaria sem armas de fogo, a diferença é que as pessoas iam se matar com espadas.

O problema não são as armas de fogo (embora eu não as endosse de forma alguma) mas as coisas que levam as pessoas a procurá-las em primeiro lugar. Falta de segurança, educação e emprego são alguns dos motivos mais básicos que levam uma pessoa se armar.

Principalmente a falta de uma boa educação.

Acreditar que apagando as armas de fogo do mundo, tudo vai se tornar um desenho dos Ursinhos Carinhosos é uma fantasia.

evil monkey disse...

discordo com você bruno, acho que sem armas de fogo o mundo não iria mudar muito.

como exemplo, você disse que sem armas o poder militar iria ficar mais equilibrado né?

bem, uma m-16 é uma arma muito parecida com a ak-47 e mesmo assim os EUA são muito superiores que o resto do mundo.

até pode ser que os americanos sejam mais tecnologicamente avançados que seus inimigos mais não ter armas não significa um país não ter tecnologias superiores a de outros países.

contanto que uma pessoa saiba lutar melhor que a outra essa distribuição igualitária do poderio militar é um mero sonho.
...

Bruno disse...

Well, eu definitivamente não gostava dos ursinhos carinhosos, se o mundo algum dia fosse se tornar aquilo eu definitivamente não sei o que faria...

É verdade que o acesso a educação, a cultura e a um poder econômico maior é mais importante do que o acesso a um poder militar mais significativo, mas a desigualdade do poder econômico se sustenta em ultima instancia por um poder militar que põe em vigor uma ideologia que sustenta esse estado de coisas.

É verdade que se não houvessem mais armas de fogo a distribuição do poder militar não seria igualitária, mas seria menos desigual, e eu estou defendendo que isso não passaria sem consequências...

Pode até ser que se encontrem novas formas de controle, que com certeza serão mais precária, mas pelo menos eu sei que eu não ia ficar parado se algo desse tipo acontecesse.

Isso da diferenciação do nivel tecnológico dos paises que não iria se modificar com a retirada das armas de fogo do mundo a pequeno prazo de fato se configuraria como um problema. Mas a longo prazo eu penso que essas diferenças tendem a se equilibrar junto com o equilibrio do poder militar.

A produtividade seria de fato um problema, visto que não acho que ninguém fosse querer ficar apetando parafusos em um mundo onde outras possibilidades fossem abertas.

A criminalidade também possivelmente iria aumentar de frequencia, e a violência também... Mas na verdade eu acho que isso ia ser divertido, aí tudo bem^^

Avalanche(Lance) disse...

Bruno, essa sua teoria é muito falha.

você se basea que o Estado é a origem do mal e que todas as pessoas sendo iguais iam agir esponteamente.

As regras de medo, paranóia e egoímo ainda iam se manter, com a diferença que o poder de polícia ia ser mais fragil e ia precisar empregar mais pessoa para manter as outras seguras e calmas contra o governo.

Condenar armas de fogo por causa de problemas sociais é ridículo, velho.

As pessoas não vão se organizar expontâneamente em grandes comunidades(em pequenas como a dos Smurfs até vai), e o Estado precisa manter o poder de Polícia para organizar as pessoas e fazer elas pararem de fazer merda.

MaxiM disse...

Okay mas que as armas retiram boa parte do que antes era chamada de a arte da guerra elas tiram...
só são necessárias armas e alguem que saiba usá-las para matar!!

Joey_S disse...

Como disse... alguém... Armas não matam pessoas, pessoas matam pessoas...

Humanidade já matou tanto com até menos q facas... paus, pedras e punhos não são só usados pra fazer casas...

Tirar as ferramentas para violência ñ muda nd, o jto é tentar acabar com as causas dela.

The Sandman disse...

Mudando um pouco o triste mas realista assunto: "E impressionante que nestes desenhos, mulheres bonitas só se acasalam com sujeitos que parecem ter caído da árvore da feiura, batendo com a cara em todos os galhos no caminho."
Alguém já jogou SmackDown! vs RAW 2010! 8D

Bruno disse...

Avalanche(lance)

Eu não disse que a armas de fogo são a causa dos problemas sociais, eu disse que elas maném uma situação social desequilibrada. Situação essa que tem raizes históricas bem mais complexas, concordo com vc

Well, pra mim uma sociedade sem conflitos de interesses e violência ainda é um sonho distante. Mas se nós formos pensar nessa sociedade, ela só vai poder vir a existir em uma situação em que as pessoas se sintam suficientemente atendidas nas suas necessidades vitais e integradas nessa sociedade de uma forma tal que seja mais interessante para elas trabalhar para sustentar essas sociedade da maneira como ela é se separar dela e tentar novas formas de se relacionar com ela através de violência e crimes.

Seria contraditório que um lugar assim tivesse que se sustentar pela força. A força só se torna necessária quando você quer impor algo contra a vontade do outro, e via de regra a unica forma de reagir a isso é ou tendo uma força equivalente ou uma maior.

Uma sociedade onde as imposições são unilaterais não é uma sociedade justa. Penso que para que todos tenham lugar no espaço social é preciso que todos defendam os seus interesses. Não é possível chegar a essa utopia de equilibrio sem que os conflitos sociais tomem corpo e se resolvam.

evil monkey disse...

MaxiM, eu não acho que o fim das armas acabariam com a arte da guerra, pelo contrário a guerra se tornaria algo mais privatizado.

claro, ainda haveria o povo lutando em guerras, mas haveria algo como uma elite de mercenários, superiores em guerra do que pessoas normais, que cobrariam muito dinheiro apenas para participar de guerras.

eu consigo imaginar isso facilmente acontecendo, afinal, já acontecia na idade média antes da pólvora, e os cidadãos comuns já lutavam em guerras.

MaxiM disse...

Evil Mankey

eu sugiro que leia meu post mais uma vez

Avalanche(Lance) disse...

mas a questão não é que as armas acabam com o equilibrio social...elas ainda ajudam a equilibrar a balança de poder e manter o "status quo".

Pegue por exemplo a idade média, lá você tem uma elite militar, que não faz nada além de treinar e estudar, e a classe pobre.

Allém de comer mais e ter tempo para aprender a usar espadas, os nobres detém as riquesas.

A pólvora não ia mudar nada...inclusive uma população armada ajuda a manter o crime em baixa.

Amer H. disse...

Minha nossa, o que vocês andam bebendo que tão discutindo política e belicismo em um artigo sobre um desenho dos anos 80?

MaxiM disse...

Sabe Amer eu não sei, mas como bom cagueta eu culpo o Bruno...

Avalanche(Lance) disse...

Ahh bem...eu...

Estou na discussão só pelo FRAG!


e os desenhso dos anos 80 eram tudo, poderes discutir qualquer coisa com eles.

Por exemplo que os Smurfs eram comunistas!
Small
Men
Under
Red
Father

Bruno disse...

Avalanche (lance):

Vc esta certo quando diz que as armas ajudam a manter o status quo. Mas não entendi como as armas podem servir para equilibrar a balança de poder, eu vejo essa questão por uma perspectiva oposta.

Talvez você estivesse pensando que comprar uma arma é mais fácil do que treinar para ser um artista marcial de qualquer tipo, mas vc com uma arma de, sei lá, 300R$ pode muito menos do que alguém que saiba lutar em um mundo sem armas. Nesse sentido não há distribuição do poder, o poder econômico se converte em poder militar literalmente no nosso mundo.

Usando o exemplo da época medieval que vc disse. A origem da nobreza se deu quando por exemplo, em uma vila tinha um bando de criminosos explorando os agricultores, aí chega um cara e fala:
"AAAhh vai tomar no cu vcs, para de fazer putaria e vem pro pau que eu quebro tudo o isso que vc chama de cara". E expulsava os criminosos e os agricultores começavam a dar sei lá, uma galinha a mais ou mais comida pra esse cara, aí ele ficou mais rico e ficou igual os bandidos que ele combatia no começo.

Hoje em dia se vc virar pros bandidos e falar: Aaaaahhh vai tomar no cu, vou te matar e coisa e tal vc toma um tipo na testa antes de conseguir fazer qualquer coisa. Além do que os bandidos não estão mais tão evidentes quanto antes e nem tampouco as bandidagens deles, hoje tem uma série de mecanismois que fazem vc acreditar que elas são naturais.

Percebe como as relações de poder nos imobilizam em ultima instância hoje em dia, e como se os mecanismos para exercer esse poder fossem mais vulneráveis a estrutura desigual da sociedade que eles sustentam também seria mais vulnerável?

Bruno disse...

Ahhh amer deixa a gente ser feliz^^ Não é sempre que eu acho gente disposta a falar dessas coisas comigo...

Danilo disse...

Venho aqui me intromentendo atrasado na conversa(que eu li de cabo a rabo) em defesa das armas de fogo. Vocês estão colocando todos que usam um fuzil no mesmo patamar de mortalidade, mas vejam a diferença entre a PM e o BOPE que perceberão o erro que estão cometendo. Considerem também o fato de que potências bélicas enviam soldados para serem treinados pelo CIGS, e olha que isso nem se deve ao fato do Brasil possuir ecossistemas inexistentes nesses países pois esses soldados acabam combatendo em vegetações completamente diferentes das daqui.

Jacob F. disse...

Interessante o fato do Egon ter substituído o Ray... mesmo quando o dito cujo estava ao lado do "cientista".

E o fato da Grande Abóbora ter uma pança de cerveja foi porque andou indo no Bar do Moe entornar as doses de Drury's depois de ser evocado a toa pelo retardado do Linus.

E quando pretende fazer um artigo sobre o iCarly? Não que eu goste, mas esperar leva tempo.

Aliás, sabia que na versão original de O Império Contra-Ataca, o Palpatine era interpretado pela mulher do maquiador Rick Baker e dublado pelo Clive Revill?

Octavio Bannach disse...

Eu sei que ninguém liga, mas: "Peter fica de saco cheio com o amigo e começa a chantagea-lo dizendo que se não contar no que está trabalhando, dirá ao Geléia que Egon tem bolinhos de milho na cueca." Eu tenho quase certeza que isto não é chantagem, mas extorsão. (Chantagem é utilizar uma informação pessoal para intimidar a vítima, extorsão é utilizar de violência.)