sábado, 11 de abril de 2009

Os games mais difíceis de todos os tempos!


E hoje tenho mais um artigo de games pra vocês.

De fato, é capaz que eu só fale de games este mês, pois tenho muitos posts engatilhados sobre o tema. Se você odeia games, volte mês que vem, quando eu TALVEZ mude de assunto.

Mas sério, se você odeia games, o que raios faz aqui? Este blog é 40% games, o que porras te fez vir até aqui?

Seu borra botas!

Enfim, falemos de games difíceis!

O negócio é, games existem para nos divertir e nos alegrar... não, espera, isso é bobagem, games existem para gerar milhões de dólares para as empresas que os produzem. Nos divertir e nos alegrar é apenas um efeito colateral da existência deles.

Mas enfim, games podem ser usados como um excelente passatempo nas mais variadas situações: num Sábado chuvoso, depois de ter feito coisas sujas e pouco Cristãs com sua namorada e ela estiver dormindo, caso tenha quebrado as pernas e precise de algo pra fazer enquanto espera elas melhorarem, quando está no funeral e um parente para quem você não dava a mínima... enfim, O CÉU É O LIMITE!!!

Porém, nem todos os jogos foram feitos para nos divertir. Alguns foram programados por Satanás em pessoa e existem unicamente para agir como o Valdemar.

Valdemar, para quem não conhece, é um mano de dois metros de altura que se veste igual ao Sérgio Mallandro nos velhos tempos, que chega por trás de você sem ser notado, diz "Aí, vou comer seu cu!" e enfia uma bitola imensa na sua bunda sem sequer usar KY ou pedir licença.

Pois é, alguns games são tão difíceis e enfiam um nabo tão grande na nossa bunda que é quase como se fosse um encontro com o Valdemar.

Decidi então usar o artigo de hoje para relembrar alguns títulos que ao invés e nos divertirem, nos fizeram chorar lágrimas de pus e nos levaram a tal nível e desespero que causaram uma evacuação anal em jato em muitos que resolveram desafiá-los.

Então, sem mais delongas, vamos contemplar os games mais difíceis de todos os tempos!

Aliás, qualquer um que entrar nos comentários dizendo que termina todos (ou um, que seja) destes jogos com um pé nas costas e que "tem um pai de oitenta anos que termina fácil também", cara, você é um pederasta mentiroso chocolatante da porra e todos aqui saberão disso! Espero que você seja estuprado pelo Belo Ursinho Fritz e logo que ele acabar e você estiver caído no chão com a bunda dolorida e melada voltada para o ar, o Valdemar apareça e finalize o trabalho.

E antes que alguém pergunte, não, o Valdemar não existe, tampouco fui analmente desvirginado por ele. Ele não passa de uma metáfora visual divertida para exemplificar como alguns jogos desta lista são difíceis ao ponto de se assimilarem a uma comida de cu a força.

Compreederam? Não tenho o telefone ou endereço pra passar para aqueles que se interessaram pelos dotes do rapaz.

E agora, SIGAM-ME!!!



10° Lugar - The Adventures of Bayou Billy

Aqueles que lêem meu lindo, cheiroso, sexy e mundialmente premiado Blog de Games, devem ter visto o review que fiz deste mesmo game muito recentemente.

E cá estou falando de Bayou Billy de novo.

Tenho certeza que você nunca havia ouvido falar deste game, e agora não deve mais aguentar ler a seu respeito.

Pois bem, um resumo da ópera: a namorada super gostosa de Billy foi sequestrada por um malfeitor gordo, que fuma charuto e que com certeza sua muito nas mãos. Nosso herói não tem escolha a não ser atravessar os pântanos onde mora socando capangas genéricos para chegar até o vilão, socá-lo e reaver o direito de beber cerveja direto do decote de sua garota.

Parece bem simples, afinal, era só isso que os heróis dos anos 80 faziam em seus games. O problema é que Billy é extremamente inepto, algo que fica provado conforme o game avança.

Temos três tipos de jogabilidade aqui: beat'em up, tiro e corrida.

Nas fases de beat'em up, Billy não tem nenhum combo. Sabe quando você joga Final Fight e fica apertando o botão com o Cody, ele dá uma sequência que termina com um gancho? Pois é, Billy só fica socando pra frente, sem combos nem nada e é lógico que isso não abala seus oponentes, que avançam em sua direção e o espancam como se não houvesse amanhã.

Nas fases de tiro, Billy não leva munição extra e recebemos um lindo Game Over caso suas balas acabem. Isso prova que além de despreparado, nosso herói não possui determinação alguma, o que me faz pensar se ele realmente gosta de sua namorada ou se só está com ela por que Anabelle se veste feito uma vadia.

Por fim, Billy tem o pior jipe do mundo, o que torna as fases de corrida um suplício. Encoste em uma pedra ou em outro carro e seu veículo explode, o que prova que ele foi construído com cascas de ovo, lágrimas de órfãos ou algum outro material igualmente frágil.

Diabos, o Tonho da Lua seria um protagonista mais eficaz, eu juro!

De fato, este game é tão desgraçado que nem mesmo o Capitão N conseguiu terminá-lo, algo que foi frisado inúmeras vezes no episódio onde Bayou Billy apareceu.

Diga-se de passagem, eu terminei este game uma vez, mas apenas por que usei o recurso de câmera lenta do meu NES Advantage, o que fez com que a duração total deste jogo fosse de cinco horas.

Eu passei 300 minutos de minha vida jogando The Adventures of Bayou Billy... se isso não prova minha hombridade, nada mais o fará.



9° Lugar - Yo! Noid

Nunca vou entender porque tanta gente gosta este game.

É irônico, pois conheço gente que é fã desta merda e que odeia os games com o Ronald McDonald, simplsmente por "serem um jogo de propaganda do McDonalds."

Pois bem, o Noid era garoto propaganda da Domino's Pizza e participava de comerciais como este e este. Jogando o game dele você está sendo tão vendido quanto o sujeito que joga McKids.

HA!

Ignorância é uma benção, não?

Pois bem, se a Domino's Pizza queria fazer um game que levasse a garotada obesa da América a ir correndo até suas instalações, encomendar Yo! Noid com a Capcom foi um erro, pois a dificuldade deste título fazia as crianças vomitarem suas pizzas em jato através da casa.

O Noid não tem barra de energia e morre através do mínimo de contato com os inimigos. Até aí tudo bem, os heróis de Contra também e Contra é um dos melhores games da história.

O problema é que o Noid não é um soldado treinado pra foder com a vida de alienígenas, mas sim um homem de quarenta e sete anos vestido como coelho e ele perece pelos motivos mais imbecis.

Por exemplo, há uma fase com trampolins que nosso herói precisa usar para saltar por grandes abismos. Tudo muito bom, tudo muito bem, mas se você não cair EXATAMENTE EM CIMA dos trampolins, o Noid morre.

Veja bem, o Noid morre se encostar na lateral de um trampolim.

...

Como isso é possível?

COMO CARALHOS ISSO É POSSÍVEL???

PELAS ESPINHAS DE ZEUS, COMO CARALHOS É POSSÍVEL UMA PORRA DESSAS?????

E não é só nos trampolins não, tem uma porrada de outros artefatos ao longo do jogo que podem te matar e não há maneira de saber que disso.

Pelo menos até que eles te matem.

E nem vou falar sobre os duelos com os chefes, que sempre tinham cartas muito melhores que as suas.

Calhordas...



8° Lugar - Art of Fighting 2

Ahhhh, a SNK! Líder mundial em criar games de luta que faziam as pessoas sairem correndo chorando peladas do fliperama.

Pois é, os games da SNK normalmente são difíceis, mas jogáveis. Pelo menos até o momento em que chegamos ao chefe final, que simplesmente limpa o chão com nossa carcaça, mata nosso cachorro, estupra nossa namorada e bebe nosso leite direto da caixa.

Tanto que foi criado o termo "SNK Boss Syndrome" para definir estes chefes tão inacreditavelmente difíceis que a empresa adora colocar em nossas vidas.

Mas em Art of Fighting 2, a SNK exagerou.

Como, você pergunta?

Bom, TODOS OS ADVERSÁRIOS SOFREM DE SNK BOSS SYNDROME!!!!!!!!

Sim, até a Yuri. Ela te espanca feito uma vadia banguela se você der chance e mesmo que não o faça, ela te faz um fio terra de qualquer jeito.

Agora, há um chefe secreto em Art of Fighting 2, que é ninguém menos que Geese Howard. Para se ter o direito e enfrentá-lo, é preciso vencer todas as lutas sem perder rounds.

...

Quando a Yuri te enraba feito o Valdemar logo na segunda luta, percebe-se que é preciso um tipo especial de herói pra conseguir chegar a esta luta secreta. De fato, qualquer um que consiga terminar este jogo (enfrentando ou não o Geese) é um herói muito maior que Oskar Schindler!

E tenho certeza que vou pro Inferno com este comentário, mas tudo bem... lá não pode ser pior que um baile funk... ou um sex shop no Japão.



7° Lugar - Ikaruga

Shooters por excelência são jogos difíceis, perdi a conta de quantos destes games me fizeram cair no chão tendo convulsões, babando e balbuciando "Beribekan Katabanka" antes de perder a consciência.

Mas há uma diferença entre difícil e infernal. Gradius é difícil, R-Type é difícil, U.N Squadron se torna infernal depois de um tempo... e Ikaruga faz o infernal parecer uma tarde comendo pudim a beira do lago com o Topo Gigio.

O tema do jogo é que você está no controle de uma nave com um escudo cuja polaridade pode ser alterada, dependeno da cor dos tiros que vem em sua direção, você muda o escudo, absorve os disparos e tudo fica belo e cor de rosa.

Esta é a teoria.

Mas quando UMA BARRAGEM FILHA DA PUTA DA PORRA DE TIROS DE AMBAS AS CORES vem em sua direção, as coisas ficam um pouco mais complicadas.

Não apenas isso, mas também é preciso se preocupar com as coisas do cenário e tomar cuidado com os adversários que brotam por todos os ângulos enquanto atiram com ambas as polaridades, o que lhe obriga a ter reflexos mais rápidos que os do Batman pra se dar bem neste game.

O pior é que o jogo começa razoavelmente tranquilo, com uma dificuldade alta, mas tolerável e encrespa consideravelmente conforme se aproxima da metade e passa ela.

Ikaruga não apenas é difícil, mas também debocha de seus sentimentos, o fazendo acreditar que tem habilidade o suficiente para terminá-lo, quando somente Adam West, Michael Keaton e Christian Bale o possuem.

Que maldade... que maldade...



6° - Contra: Shattered Soldier

Contra sempre foi uma série de games difíceis. Dois soldados humanos com metrancas mandando bala em aliens não pode ser uma missão fácil de ser realizada na vida real e o game apenas compactuava com o realismo de tal situação.

Os jogos de NES fizeram inúmeras pessoas terem um de seus testículos consumidos pelo corpo durante as sessões de jogo (eu por exemplo) mas nunca foram tão UNIÃO-SOVIETICAMENTE difíceis quanto Shattered Soldier.

Imagine seu soldado avançando pelas charnecas da Escócia quando QUARENTA E DOZE BILHÕES DE TIROS SÃO DISPARADOS EM SUA DIREÇÃO!!!

Neste momento, seu joystick implode em chamas e você é arremessado contra a parede, de onde escorre lentamente como se fosse geleinha.

... ou seja lá como chamem esse brinquedo hoje...

Heroicamente, você recomeça a jogar (com um controle novo) e tenta avançar pela primeira fase. É quado descobre tristemente que o número de tiros aumenta exponencialmente a cada estágio e diferente de Ikaruga, onde pelo menos há um escudo ao redor da sua nave, aqui nem mesmo sua fé em Deus o protege.

E você morre e morre e morre e morre...

E seu segundo controle implode em chamas e você é arremessado contra a parede mais uma vez, desta vez a atravessando e indo parar no meio da sala, onde seus pais estão tomando chá da tarde e debatendo sobre o novo filme de Woody Allen.

E após esta dolorosa sessão de dor dolorida, você resolve desligar Ps2 e jogar algo mais tranquilo, sem tantos tiros e que se passe em uma Europa pixelada.

Seu segundo erro do dia.



5° Lugar - Castlevania

Então, lá vai você para a Europa, livrá-la do domínio tirânico de Christopher Lee, Gary Oldman, Leslie Nielsen, ou seja lá quem estiver interpretando o Drácula desta vez.

A primeira fase é moleza, alguns zumbis, um doberman de vez em quando e alguns tritões que parecem ter saído do clássico da Sessão das Dez, "A Ilha dos Homens Peixe."

Uau, será que alguem mais lembra desta pérola?

Enfim, o primeiro chefe é um morcegão cabeçudo que parece o Ratbat e as coisas parecem bem promissoras depois disso.

Mas na segunda fase... saltos, paltaformas, armadilhas, cabeças voadoras de medusas por todas as partes te atrapalhando e o fazendo cair em buracos e esbarrar nas armadilhas QUE TE MATAM COM UM ÚNICO HIT... OH MEU DEUS DO CÉU, TEM ALGUMA COISA ESCORRENDO DOS MEUS OUVIDOS!!!!!!!!

E esta é apenas a segunda fase.

As coisas vão piorando cada vez mais, e se você tiver a fortitude intestinal necessária, conseguirá chegar até a Morte... e eu garanto que o Puro Osso nunca esteve tão puto na vida quanto está aqui.

De fato, o Hospital de Londres tem uma ala psiquiátrica dedicada unicamente a atender pessoas que sofreram traumas irreversíveis ao enfrentar este chefe e que hoje se encontram em estado catatônico.

Na verdade, eu inventei isso, mas acho que descreve bem o tipo de desgraça que este game é.

E claro, tem a fase das escadas, que só pode ser terminaa por Deus ou pelo Stallone e que causou inúmeros suicídios no Japão.

Essa eu não inventei e descobri a respeito em um diálogo de Snatcher. Se não podemos confiar em um adventure produzido por Hideo Kojima, em quem mais confiaremos?




4° Lugar - Turrican

Este é mais um em uma longa lista de games que lhe dá uma falsa sensação de segurança ao providenciar um medidor de energia para seu herói.

Tal medidor não adianta nada, pois se você encostar em um inimigo por mais de um segundo, ele irá drenar TODA A SUA ENERGIA em um piscar de olhos.

E inimigos avançando em sua direção em padrões erráticos é algo que tem de sobra neste game.

De fato, os cenários são tão acidentados e a aparição de seus inimigos é tão irregular que muitas vezes você vai morrer sem sequer entender o que raios aconteceu. Basta piscar e seu personagem terá explodido, nada lhe restando exceto fechar o punho e agitá-lo ameaçadoramente para a tela.

Você tem a sua disposição um bom arsenal, mas o jogo também adora colocar armas ruins em seu caminho para que você as pegue por acidente. Então, você pode passar meia hora maximizando o potencial de sua metralhadora estilo "Spread" e bastará uma fração de seguno e distração para que todo seu esforço vá por água abaixo e você acabe com um laser que não serve nem pra matar o Milhouse.

Ah sim, tem alguns power-ups bastante úteis, como uma barreira de energia que mata tudo na tela e o poder do herói de se transformar em uma bola e espalhar bombas pelo cenário. Infelizmente, é tão raro encontrar estes poderes que nada lhe resta a não ser economizá-los para um momento de SUPREMA EMERGÊNCIA!!!

E todos sabemos que quando somos obrigados a racionar nossos power ups, evitamos usá-los mesmo durante a SUPREMA EMERGÊNCIA pois pode aparecer uma ainda pior mais pra frente.

Não apenas Turrican te dá um enorme dedo do meio com um medidor de energia que não serve pra nada, como também o obriga a jogar como se fosse um esquilo neurótico aguardando o Inverno.

Pelo menos, este foi o único jogo da série a ter a jogabilidade tão maldita. Os posteriores lançados para Super Nintendo eram muito melhores e mais jogáveis.

O que me faz pensar que este game foi programado por Hitler, mas jamais saberemos ao certo.



3° Lugar - Battletoads

Claro que eu ia falar de Battletoads, como esquecê-lo? Destruiu tantos lares e levou tantos as drogas, pornografia, crime e Yakult.

Só pra refrescar a memória, aqui temos um sapo mutante bombado e uma princesa gracinha que são capturados por uma morena gostosa que parece a irmã perdida e fetichista da Jessica Rabbit. Cabe aos amigos deste sapo (que também são sapos anabolizados) saírem espancando criaturas diversas a fim de reaver seu amigo.

Bonito.

Tudo corre razoavelmente bem na primeira fase, que é um beat'em up simples, onde precisamos espancar diversos porcos que parecem os guardas do Jabba, em seguida os sapos descem por um poço socando corvos e usando seu (inexplicável) pode de se transformarem em uma bolota de demolição pra esmilinguir todos em seu caminho.

Então... chega-se à terceira fase... a do jet-ski.

...

Pois é.

Já falei sobre isso milhões de vezes, portanto vou apenas dizer que esta fase era tão difícil que fez muitos meninos se transformarem em meninas enquanto as jogavam.

Não sei se o oposto aconteceu, qualquer mulher que hoje seja um cara por causa de Battletoads, por favor, deixe um comentário.

O pior é que o jet ski, apesar de HEMORROIDICAMENTE difícil, nem é o pior que o jogo tem a oferecer. Tem também a fase das cobras, uma fase de surf que é parecida com a do jet ski mas menos difícil o suficiente para lhe dar uma falsa sensação e segurança e a famigerada fase do gelo.

Lembremos que a fase do gelo sempre é desgraçada, não importa qual game você esteja jogando. Como Battletoads já é algo naturalmente lanfranhudo, só dá pra imaginar o quão desesperadora a fase do gelo deve ser.

E quer saber algo engraçado (se você for um sádico)? Jogando de duas pessoas é ainda pior, porque se um jogador perder todas as vidas, ambos precisarão reiniciar a fase.

E mais, um jogador pode acertar o outro "sem querer."

Acho que já é o suficiente, não?



2° Lugar - Ghouls N' Ghosts

Ah sim, as aventuras de Arthur, Rei dos Bretões.

Eu poderia ter citado qualquer um dos games da série, mas optei pela versão de Mega Drive (o segundo) por ser aquele que eu acredito, foi o mais jogado pelas pessoas.

Pois muito bem, nosso herói precisa vasculhar um reino infestado de demônios da puta que pariu, para resgatar sua querida Princesa Prin-Prin e ter o direito a um belo pedaço de torta real mais tarde. O problema é que Arthur tem a saúde muito debilitada e é reduzido a uma pilha de ossos ao menor contato com seus inimigos.

"Mas Wally, Arthur é um Rei! Ele não tem direito a uma armadura?"

Sim tem, mas sua armadura aparentemente é Paraguaia, pois se desmancha com o menor impacto e deixa nosso soberano somente de cuecão em público.

Não bastando ter de arriscar sua frágil saúde e ainda se humiçhar para salvar sua garota, nosso herói precisa enfrentar o exército do mal DUAS VEZES para isso?

O que? Como?

Exatamente! Assim que derrotar o chefão final com sorriso sádico e sem pênis, o jogo recomeça e é preciso terminá-lo mais uma vez para ver o final real.

...

Filhos da puta...

E mais, o jogo é duas vezes mais difícil na segunda rodada.

...

Bando de fode-tio do caralho...

O mais inacreditável é que tem uma porrada de pessoas que conseguiram terminar este jogo, o que indica que muitas pessoas fazem pactos com o Diabo no seu dia-a-dia, ou há muito mais Terminators espalhados por aí do que pensavamos.

De qualquer forma, estou de olho.



1° Lugar - Silver Surfer

Minha nossa, Silver Surfer.

Pois bem, o jogo é um shooter, só que ao invés de controlar uma nave, você comana um homem pelado e platinado sobre uma prancha.

Seu objetivo é passar por seis mundos e coletar as partes de uma... "coisa" que o Galactus precisa para fazer... "algo"...

Pois é, o enredo não é dos mais bem trabalhados.

Enfim, fique sabendo que TUDO aqui pode te matar.

E eu quero dizer TUDO mesmo.

Tiros dos inimigos, encostar neles, ou até bater nas paredes do cenário pode te deixar mais próximo de Jack Kirby do que você gostaria.

O problema é que o jogo não é muito claro sobre o que você pode ou não tocar, algumas partes do cenário que parecem apenas enfeite acabam sendo obstáculos e te fazem perder uma vida se encostar neles.

E o controle do Surfista é tão ruim que para desviar de um tiro você vai acabar batendo em uma parede e vice versa, versa e vice.

"Pelo menos o Surfista tem um bom armamento, Waldo?"

Não! O máximo que dá pra conseguir é um orb que funciona como um dos "Options" da nave de Gradius.

Pelo menos, deveria funcionar como um dos Options, mas é tão eficiente quanto uma camisinha usada. De fato, a camisinha usada é mais útil, pois você pode jogá-la em alguém que não goste, já o Orb não serve nem pra isso.

Há um truque que dá invencibilidade total ao Surfista e então você poe passar pelas fases como se elas fossem uma brisa.

E sabe o que é mais triste? Jogando com a invencibilidade, dá pra se notar que o jogo seria bastante divertido se não fosse por sua dificuldade capaz de fazer recém nascidos chorar.

Algumas empresas gostam de atirar no próprio pé mesmo.



E o game mais infernalmente difícil de todos os tempos é: Mushihime Sama

Bem...

... hããããã...

Não tenho palavras, é melhor você ver por si mesmo...

*GASP*

Sinto as convulsões chegando...

Beribekan Katabanka, Beribekan Katabanka, Beribekan Katabanka...

Menções Honrosas:



Ninja Gaiden II

Tem gente que acha Ninja Gaiden Black difícil.


HA!!!

Duplo HA!!!

Tá certo que não é um game fácil, mas a maior parte das mortes é causada por causa da péssima câmera do jogo, que parece mais interessada em focar as latas de lixo e esquilos do cenário do que os inimigos que se acumulam pela tela na tentativa de enrabar Ryu.

Enfim, Ninja Gaiden Black é difícil, mas você sempre pode morrer algumas vezes para liberar o modo Easy, onde a gostosa da Ayane passa um pano pra você em boa parte do jogo.

Pois adivinha só, Ninja Gaiden II não tem essa mamata. O jogo é difícil bagarai e não importa quantas vezes você morra, nenhuma ninja peituda de cabelos roxos e decote fenomenal vai vir lhe ajudar.

Agora serei sincero, eu fiquei na dúvida sobre qual Ninja Gaiden colocar, o I ou o II.

O que fez eu me decidir foi o fato de que os controle do primeiro game eram uma bosta e isso aumentava muito a dificuldade. Ninja Gaiden II possui um controle excelente e ainda assim é mais difícil que assistir a menina Maísa sem ficar com vontade de arremessar uma bola de boliche nela.

Mas pelo menos, dá pra terminá-lo sem ter um dos testículos consumidos pelo corpo, diferente dos outros games da lista.


Kid Chameleon

Kid Chameleon é um joguinho desgraçado.

Não apenas é difícil feito a porra, mas também tem mais fases do que a Cicarelli tem dedos no pé, e sobreviver a todas elas de uma só sentada é um trabalho para o Superman.

Claro, nos dias de hoje, com a possibilidade de salvar o game quando bem se entene, essa dificuldade perdeu um bocado de sua potência. Continua desagradável, mas não passível de nos fazer implodir em fezes como os games da lista principal.



Shinobi

Quando a Sega resolveu ressuscitar sua franquia de ninjas para o Ps2, ninguém imaginava o que viria.

Vou resumir em uma frase: O último estágio não tem chão.

Sim, exatamente como naquela cena de O Rapto do Menino Dourado.

Mas o principal inimigo de Shinobi não é sua dificuldade, mas sim sua chatice. O herói é um ninja emo de merda e a história não consegue ser minimamente interessante.

Pior que um game difícil, é um game dificil que você não tem vontade nenhuma de terminar.



Dragon Quest VIII

Este é um JRPG old school.

Quão old school? Bem, é preciso ganhar uma quantidade pornográfica de Level para se conseguir enfrentar o primeiro chefe.

Dragon Quest VIII segue a tradição Japonesa de se fazer RPG's que obriguem o público a trabalhar para conseguir um mínimo e dinheiro e Level para sobreviver por algumas horas.

Quando você gasta mais de cinco horas enfrentando inimigos comuns para ficar forte o bastante para confrontar um único chefe, então temos em mãos um jogo bastante difícil.

Claro, tudo pode ser resolvido com o uso de um Pro Action Replay, Codebraker ou outro dispositivo de trapaça.

E a Jessica faz o trabalho todo valer a pena...



Terminator

Eis um game que reproduzia com fidelidade o clima de guerra contra as máquinas do filme.

Você joga com Kyle Reese e tem de voltar no tempo para salvar Sarah Connor, comê-la e gerar o salvador da raça humana para quando a mesma estiver enfrentando um exército de Arnolds.

O fato é que os inimigos aguentam uma quantidade imoral de tiros e demoram uma eternidade para morrerem. Não apenas os Terminators, mas meros punks da década de 1980 também possuem uma resistência abissal.

Mas o game é jogável e como a maioria das pessoas não teve um Sega CD para saber como era o suplício, ganha apenas uma menção honrosa.



Streets of Rage 3

Sim, estou falando de um mesmo game em dois artigos seguidos, mas é que Streets of Rage 3 é especial.

Não especial no sentido "Uau, aquela menina pode tocar piano enquanto faz um bolo de casamento, ela é especial" mas no sentido "Pobre Rain Man, ele tem necessidades especiais."

Enfim, a versão Americana de Streets of Rage 3 é absurda de tão difícil. De fato, o "Hard" da versão Japonesa é mais fácil que o "Normal" da versão Estadunidense.

Por que a versão gringa tem esta dificuldae tão blenorrágica? No lo sei! Ninguém sabe! Tudo que sabemos é que foi uma péssima idéia.

Felizmente, a dificuldade do game foi MUITO amenizada nos lançamentos de coletâneas recentes que o tenham, como em Sonic's Ultimate Genesis Collection que foi lançado para Ps3 e Xbox 360.

As vezes a vida é justa.



Mega Man 9

Pois é, Mega Man 9 é um dos games mais cretinamente difíceis da atualidade.

O jogo só não entrou na lista principal pois fico em dúvida se ele é difícil mesmo, ou se nós que viramos bichinhas e não conseguimos mais terminar games da geração 8 Bits.

Parafraseando meu amigo Nando: "Se a gente estivesse jogando isso na época dos 8 Bits, no fim da tarde já teriamos terminado!"

Sábias e verdadeiras palavras, deixo que vocês sejam os juízes.

É isso! Estes são os games mais difíceis que já joguei!

E vocês? Quais games os fizeram ter enfartos na cabeça e hemorróidas flamejantes? Fiquem a vontade para comentar.

E para os mais chatos, eu sei que fiz um artigo bastante parecido com esse ano passado. Mas não era tão detalhado nem tinha imagens tão boas, portanto resolvi fazer um Upgrade com o mesmo tema.

Se não gostou, me processe.

E depois vá comer cocô!

Cheers!!!

125 comentários:

Mog disse...

Nossa. Ghouls'N'Ghosts.. Aaah, tinha uma habilidade incrível de transformar tardes de sábado num fim de semana sanguinário.

Mas eu consegui zerar aquilo!
Depois de muito tempo. Mas consegui.

Enfim, ótimo artigo novamente Amer!

Jr L disse...

Re. Terminei a maioria dos jogos antigos q tem no post. Esse pessoalzinho q acha os games de hj difíceis não sabe de nada mesmo...


Véi, vc escreve muito. Adoro o seu blog. parabéns!

High five _o/\o_

Diogo Dornas disse...

Cara, Castlevania eu já zerei >D mas é o único da lista, apesr que da lista só joguei ele, o Ghostt'n'Ghouls e Megaman 9.

E falando em Megaman (no caso o 9), bem se vc quer falar de Megaman dificil cita o 2, ele é DEFINITIVAMENTE o MM mais dificil já criado na história da franquia, quem zerar o MM2 facilmente zera QUALQUER megaman com um pé nas costas.

Guilherme disse...

Amer...

O Terminator que você descreve é o do Sega CD, mas o de Mega tb era impossivel, especialmente a fase da delegacia, onde tinha 304732827367 guardas que nao morriam...

Po, o Fantasia do Mega é responsavel por minhas ulceras até hoje tb!! O joguinho larazento, espcialmente a fase do lago...

Henrique de Matos disse...

Adorei essa lista! Uau, me vou bater a mim mesmo da próxima vêz que empancar nas missões de ambulância do GTA!

E é estranho o Convoy No Nazo não estar na lista. Mas tanto faz, nada chega ao ponto daquele último!

Amer H. disse...

Pensei em colocar o Convoy no Nazo na lista, mas aquele jogo é injogável.

Decidi fazer a lista com títulos difíceis mas que pelo menos dá pra jogar mais que quatro segundos.

E.D.I disse...

poha q chefe é aquele do video meo deos quase me caquei vendo clipe imagina jogando

Thyago disse...

amer, acho que vc devia ter adicionado algum dos games da série shin megami tensei aih.
um game q os chefes se tornam monstros normais q aparecem em duplas quando vc passa de uma sala para outra merece estar nesta lista

Zigga disse...

Por isso toda vez que eu agradeço a todas as divindades que eu conheço por elas terem enviado a gloriosa função so savestate nos emuladores. PQP, ô joguinhos difíceis...

Masmasmas... Olmer, você esqueceu de Devil May Cry 3!
A versão original americana do jogo era tão blenorrágicamente difícil que apenas um moleque de 10 anos que foi transportado diretamente dos anos 90 logo após zerar um dos jogos mencionados na lista poderia zerá-lo sem esforço o bastante para se destruir um pequeno condado de tanta raiva e desespero devido à dificuldade. Esse provavelmente é o jogo mais difícil da geração 128, na minha opinião.
A única vantagem da versão 2.0 que lançaram depois é que ela era mais fácil, e por Quetzalcoalt, que bom que fizeram isso.

Ou talvez eu deva parar de olhar pra bunda dos protagonistas quando jogo beat'em ups e prestar atenção no jogo...

Raven disse...

Ninja Gaiden!! NINJA GAIDEN!!

Joguinho desgraçado, esse, Amer!!! Péssima lembrança!

Porém, tem seu lado bom: passei anos achando que eu era uma retardada inepta irrecuperável porque não conseguia ir para frente nesse maldito jogo!! Agora você me esclareceu que o negócio é difícil MESMO... Valeu!

É por culpa dele que eu me afastei de jogos e voltei só agora, depois de tanto tempo, mesmo assim arriscando só jogos de tiro em primeira pessoa...

Avalanche(Lance) disse...

Pô e o Alex Kidd?

Nenhum jogo do Master System?

e aquele Caça-Fantasmas estupido do Nes que precisava subir 50 andares sem que os fatasmas te tocassem?

ChuckNoia disse...

putiz grilla eu mal consigo jogar jouinhos de navinha, imagina Mushihime Sama


EU implodiria!!!! como sou da epoca do final do Snes e o dominio da sony pelo Playstation não conheço muitos, mas batletoads... parece q todos q viveram nessa epoca tem trauma desse jogo

e outro jogo da saga Megaman q é dificil é megaman X1 e X2 (ainda nun dei final no 2)

BTW amer Megaman 9 vale os 9 dolares q a PSN pede?? e tb não se culpe, os controles de hj em gia são pra jogos de tiros e corrida, não são feitos pra jogos plataformas em 8 bits



Pra finalizar OTIMO post amer, e aonde vc axou a imagen do Sonic Impalado? ri muito com ela^^ (sim eu sou um sadico)

Sergio disse...

silver surfer é dificil pra caralho, mas se você der a sorte de não morrer SEM QUERER encostando em algum lugar e ficar com os power ups, fica facil passar das fases

eu zerei o jogo, usando "apenas" savestates na seleção de fases, e até que deu, o escroto do jogo é morrer toscamente encostando em algum lugar...

e eu nunca consegui matar a morte no primeiro castlevania. chefe maldito de merda

ikaruga, ai ai. as duas primeiras fases são moles.

mas aí no começo da terceira vem uma porra que eu não consigo desviar, acho que foi feito pra você perder todas as suas vidas ali mesmo pra poder gastar outra ficha, só pode.

Rodrigo Jeferson Damasceno disse...

mega man x1 e x2 dificil?, se é pra jogar megaman no supernes, joga o 7, é conhecido por ter o chefe mais dificil da saga megaman, Quanto a Dragon Quest VIII, é a segunda vez que voce cita ele e acaba me deixando com vontade de joga-lo, vou ter que comprar esse jogo, otimo post Amer

Amer H. disse...

Respondendo aos jogos mencionados:

Devil May Cry 3 eu não considerei porque depois lançaram uma versão mais fácil. Cairia como uma menção honrosa, já que sua história seguiu um rumo parecido com o de Streets of Rage 3, mas acho que já haviam menções honrosas o suficiente.

E não joguei os Shin Megami Tensei de Super Nes (já passei da idade de jogar rpg sem entender Japonês) e o de Ps2 eu achei mais trabalhoso que difícil.

Ghostbusters do NES cai no mesmo problema de Transformers: Convoy no Nazo. É injogável.

Fiz a lista tendo em mente jogos difíceis e não jogos que não fazem o menor sentido e desafiam a realidade por existirem.

Sério, Ghostbusters não é difícil, é abominável. Nada justifica o que foi feito com aquele jogo.

E veja bem, eu não tive Master em minha juventude, portanto não tenho lembranças de jogos do mesmo que nos faziam sangrar como tenho do Nintendo.

Mas fique a vontade pra citar os que você achava mais sacrilegiosos.

Bom, eu amo Mega Man. Tenho a série quase inteira em cartucho, pra você ter uma idéia.

Pra mim, Mega Man 9 vale cada centavo, pois é um jogo "velho" que é "novo."

Se é que você me entende.

Eu juro que fiquei emocionado quando ví Mega Man 9 rodando pela primeira vez. Um novo título feito para o hardware da velha guarda... só a onda nostálgica que esse game vai te trazer já vale o download.

Mas é difícil pra diabo. Já aviso.

E Raven, não se culpe. Ninja Gaiden era desgraçadamente difícil mesmo.

Fez muitos homens crescidos se desfazerem em uma poça. Não fique deprimida por ele ter te traumatizado.

Sergio disse...

amer, o aeon genesis fez uma tradução completa de SMT 1 e 2

dá pra jogar numa boa. e é bem dificil, do estilo de DQ VIII, de ter que subir muito de nivel pra poder enfrentar tal chefe

mas como eu não joguei muito minha opinião não tem muita importancia

Amer H. disse...

Toda opinião tem importância se for dada com educação e bom senso.

Aliás, esqueci de dizer, o Sonic agonizante veio do deviantART. Procurando bem, dá pra se encontrar desenho de tudo por lá.

Avalanche(Lance) disse...

Há!

Amer o Master tinha poucos jogos viráveis XD

A maioria era mais feio que bater na mãe.

Alias se quiser te passo o emulador com o único jogo fácil de Master(ironicamente o unico jogo facil de X-men tb).

warpzona disse...

Na série "Jogos pra se Suicidar que japoneses zeram vendados", recomendo "Prinny: I Can Be a Hero?" do PSP. Simplesmente gastei 240 vidas num chefe e 331 no último. Detalhe é que você começa com 1000 vidas e é o que você tem pra acabar o jogo. Do mal.

fabricio disse...

dos antigos, joguei todos, mas não terminei nenhum nos próprios consoles... acho que se jogasse Ghost and Goblins até o final e tivesse que jogar tudo de novo, meus olhos saltariam das órbitas...

Quanto a Ninja Gaiden, acho que esse vídeo resume tudo: http://www.youtube.com/watch?v=bw8e4ZXFqUQ

é sobre o atual, mas acho que se aplica aos antigos também... o único Ninja Gaiden que eu terminei sem usar nenhuma manha foi o de Game Boy "verde e branco", e depois eu descobrí que ele nem é um Ninja Gaiden de verdade...

Ótimo post Amer, continue sempre assim!!! Meus amigos começaram a se interessar agora por algo que eu sei a tempos que é muito bom!!! Um grande abraço!!!

Scariel disse...

Primeiro comentário meu aqui.Logo no primeiro artigo que li seu eu fiquei seu fã xD.
Não sou da velha guarda meu primeiro video game foi um SNES aos 6 anos.Entaum boa parte dos jogos citados e naum pude jogar na epóca.O jogo q fazia eu chorar de raiva era megaman qualquer megaman de SNES pra baixo e mto dificil.Minha opinião xD
Um do lista q eu posso comentar é o Dragon Quest e dificl ateh andar no mapa do mundo sem vc morrer por monstros normais, desisti bem antes de vc usar aquela panela q mistura itens ou coisa assim...
Como sempre ótimo post! Semana q vem eu volto xD

Satoshi disse...

É, eu vou me abster de comentar muito pois não entendo muito do assunto.


Adoro jogos, mas infelizmente nunca joguei muitos.

Frodo disse...

Ahhh e como não lembrar da famosa fase das bombinhas submersas do jogo das tartarugas ninja? era tão perverso que eu acho que era usado pela União Soviética como artefato de tortura. Esse seria um jogo que eu colocaria na minha listinha pessoal de jogos difices (junto com P.O.W., maldição de jogo!
acho que tenho úlcera por causa desses dois malditos...)
E Ninja Gaiden só me faz ter péssimas lembranças e vontade de ficar em posição fetal abraçado com o travesseiro, chorando...

Mas um jogo difícil que eu terminei foi o Double Dragon UM, ainda usando meu controle defeituoso do Phanton System. Fui jogar no emulador e tomei um cacete tão grande que eu simplesmente não entendia como consegui terminar aquilo uma vez na vida...

E antes que me esqueça: excelente post Amer! Meu parabens.

Abraços aos moços, beijos as moças e boa páscoa a todos!

Paulo_HT disse...

ja joguei a maioria desses jogos mas nunca cheguei a terminar nenhum.
acho q o mais dificil que eu ja terminei foi Devil May Cry 3 mesmo.
principlamente quando depois de sofrer o jogo todo vc chega numa fase estilo megaman em que tem que matar TODOS os chefes denovo..
o único jeito foi usar o esquema de devil trigger infinito mesmo..

Tony Maclaod disse...

eu consegui zerar todas as castlevanias e ninja gaidens do nintendinho sem nenhum macete. mas nunca passei da 2 fase em Ghouls'N'Ghosts. Vlw, mano amer.
otimo post

Thyago disse...

eu nem com save state consegui ter saco de terminar ghouls 'n ghosts

Avalanche(Lance) disse...

Por que o Ninja Gaiden do Gameboy não conta?

Pô adorava aquele jogo...

Marcelo Guardsman Green disse...

pow amer vc esqueceu um jogo do Nes q de tao dificil q eu esqueci o nome so sei q tinha dois elefantes q jogavam agua e tinham 10 bombas pra joar durante todo jogo. e faltou Predador do Nes q so zerei pq teu un defeito no cartucho e começou a passsa da fase sozinho
e castlevania a vessao melhorada do SNes me faz lembrar q FFXII nunca foi Dificil!!!!!!

Amer H. disse...

Nossa! Se existe alguém que acha Final Fantasy XII difícil, já tá na hora do sujeito se aposentar, pela madrugada.

Elson disse...

Nossa velho, vendo a galera dizer que Devil May Cry 3 é dificil não sei o que comentar... eu tenho tanto a primeira quanto a special edition e não achei ele foda, na realidade acho o primeiro Devil May Cry muito mais dificil.
Quanto aos jogos citados no artigo, eu só zerei Yo! Noid, e como o Frodo, depois que fui tentar joga-lo num emulador simplesmente não acreditei que na minha infancia já terminei aquilo...
É, viva a nossa infancia, éramos realmente algo :)

Felipe disse...

Grande post!!!! Ninja Gaiden era o c'ao, eu terminei os tres de 8 bits e os considerei progressivamente mais faceis.
Alguns eu joguei, mas nao me lembro de termina-los, se alguem o fez foi meu irmao mais velho.
A fase da agua no Turtles destruiu dois controles do meu saudoso Phantom...

Nanda disse...

Oi, gente!!
Feliz Páscoa pra vcs!!

Agora o post.. ahaha!
Não tenho o que falar despois dessa frase:
"E todos sabemos que quando somos obrigados a racionar nossos power ups, evitamos usá-los mesmo durante a SUPREMA EMERGÊNCIA pois pode aparecer uma ainda pior mais pra frente."

hahahah! A maior verdade da história!

Lance, eu concordo com vc! Os jogos do master System eram dificeis! É só lembrar que o bendito Sonic que vinha gravado no videogame tinha a MALDITA fase do labirinto, em que pra pegar a esmeralda vc tinha que pular num espinho!!! Sendo que aquele sonic não tinha as milhões de argolas quicando depois que vc sofria dano.. Vc perdia todas!

Bons tempos o do Master System! ahahahahahah!!

Excelente post, Halley! Melhor que o do ano passado, sem duvidas!!
Beijao!!

Avalanche(Lance) disse...

os jogos não só eram dificieis...como vc nem sabia como usar os menus e itens especiais XD

Porra como se usava a bola de fogo no "Mônica no castelo do Dragão"?

e o Erick falou uma das maiores verdades do mundo, e eu demorei anos pra conseguir largar disso:
"gardar os especiais até que surja uma emergência pior", as vezes era capaz de virar o jogo sem usar especial nenhum[:P]

Nanda disse...

"Porra como se usava a bola de fogo no "Mônica no castelo do Dragão"?"

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!

Lance, vc me fez reviver momentos incriveis da minha infancia!!
Cara, era muito legal esse jogo! ahahahahah! Apesar de não saber como usava a bola de fogo!

E aquela bendita armadura que custava tão caro que nem cabiam os zeros na casinha em que apareciam as falas???

"Monica no catselo do dragao" é um classico!!!

Detetive Quepe disse...

Se um dia for fazer uma segunda parte desse artigo, não esqueça de jogar antes os dois Etrian Odyssey do DS e o recém saído 7th Dragon (do mesmo diretor de Etrian Odyssey).

São jogos divertidos, mas tão abominavelmente difíceis, que há a chance de o primeiro inimigo que você achar pelo jogo te causar game-over.

Sim, game-over. Não é perder vidas e ter chances de continuar, é game-over mesmo, só recomeçando o jogo de novo. XD

P.S.: você escreveu, em outro artigo (melhores jogos do Mega-Drive), que Comix Zone era extremamente difícil e que você nunca o terminou. Meu Deus, então sou uma anomalia! Pois com uns 10 anos de idade o zerava umas duas vezes por dia para ver o final bom e o ruim. Sem uso de truques. XD

guilherme.kinni disse...

Bem, vamos começar. Castlevania eu zerei(mas quase fiquei catatônico), ainda estou tentando zerar battletoads(por alguma razão eu sempre morro na última fase), quanto a Ghouls 'N Ghosts, eu tenho uma história para contar:(Voz séria) Tudo aconteceu durante os testes de Ghouls 'N Ghosts, eu e mais outras crianças fomos presas em cadeiras e forçadas a jogar esse jogo, enquanto nós jogávamos eles iam aumentando a dificuldade progressivamente, até que algumas começaram a morrer, então eles pararam o aumento, mas era tarde demais, eu e mais três terminamos o jogo, porém eu acabei sendo o único sobrevivente.
Comix Zone era legal.
Yay! O Amer atendeu meu pedido!!
Já jogou Mission Impossible do NES, esse jogo era realmente difícil.

Frodo disse...

guilherme.kinni: mission impossible no nes não era dificil, era desumano... eu tinha o 2 mas só serviu para eu passar nervoso =P

Avalanche(Lance) disse...

Eu smepre te faço sentir momentos incríveis Nanda*olhar 42*


AHh eu virei o Kid Chameleon>P

apesar das 200000000000 de fases , existe um teleporte da segunda fase pra ultima XD

Mas meu primo e o visinho dele viraram depois de um fim de semana jogando direto.

o Chamelepn era dificil pq vc se pedia fácil, não por ser tão desumano quanto os outros.

Nanda disse...

hahahahah! É Lance, vc mexe comigo! ahhahahahahahahah!!

Mas Kid Chameleon tinha fases desumanas sim!!!
As vezes vc caía num teleporte pra uma fase x, que simplesmente te fazia querer se suicidar por ter entrado no maldito teleporte!
Traumático...

danielt3 disse...

pow, Amer...seu blog eh muito legal, mas como NAO citar Fantasia do Mega Drive....impressionante que tem graficos bons, som bom mas controles.....ugh.....os controles....os controles do Fantasia do Mega eram piores que um balde de porra, como vc mesmo diz....sem contar que o Mickey demorava mais para pular que os programadores do Duke Nukem Forever...

joão disse...

Da lista eu terminei ninja gaiden, battletoads (uns 6 meses, média de 8 horas por dia), yonoid (que nem achei dificil) e gouls and ghosts.
Isso em 1993/1994.
Minha frustação era com o Dragon's lairs do nes, nunca terminei.
Eu era muito bom em identificar padrões e decorar o jogo... quase uma sindrome tipo TOC.
Tempos atrás fui jogar yonoid no emulador e não passei da 2º fase.
Acabei frustado.
-Eu era tão bom nesse jogo.
(essa deve ser a mesma sensação de um idoso quando o bingolin não funciona mais como antigamente hehe)

Nanda disse...

"(essa deve ser a mesma sensação de um idoso quando o bingolin não funciona mais como antigamente hehe)"

AHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAH!!

Adoreeeeeei a comparação!
hahahahhahahahhahahaha!!

Dark disse...

Walter, tem um vídeo relacionado do Mushihimesama que o cara simplesmente NÃO MORRE!

http://www.youtube.com/watch?v=70iFdnI-xfA&feature

Fico me indagando, isso existe?

Outra coisa que lembrei ao ver o vídeo, olhem esse vídeo, eu fiquei com medo de tetris depois do que vi!

http://www.youtube.com/watch?v=jwC544Z37qo

Fernando disse...

Muito bom esse artigo

Ainda me lembro da época em que eu tinha duas bolas ........ bons tempos .....

Fiquei ate curioso com esse Ghostbusters =D

Antigamente sim tinhamos verdadeiros jogos
Jogos que nos faziam entrar em posiçao fetal e chorar desesperadamente

Hoje em dia moleque zera god of war e ta se achando ¬¬

Por fim, artigo espetacular, tu escreve muito bem Amer =D

Paulo_HT disse...

nessa enquete fiquei em dúvida entre as maiores vadias dos games, final fantaasy awards e capas horríveis vol. 2, mas acabei votando no final fantasy awards, por nunca ter lido um artigo seu sobre final fantasy.

Amer, oq vc acha de fazer essas enquetes no blog de games também, pra saber os games que o "povo" está esperando um review?

Satoshi disse...

Eu votei em Final Fantasy Awards, mas games depressivos também seria ótimo!

Matheus Vitorino disse...

Maldita 3° fase do battletoads >.<,"ELMER" voce me fez relembrar do meu passado de inumeras mortes!Turrican,porra nunca morri tantas vezes em um unico jogo!Uma dica para a galera vão no baixaki e procurem pelo jogo HURRICAN,um remake do turrican que fode tantas bundas quanto o original...não passei nem da 2° fase...

Amer seu blog está cada vez melhor,congratulations

Matheus Vitorino disse...

Sei que não devia comentar isso aqui...mas vi a foto do Amer e não tive como deixar passar...O WASPINATOR APARECEU FINALMENTE EM TRANSFORMERS ANIMATED,WOW ELE ESTÁ INCRIVEL

Amer H. disse...

"WAZZZZZZPINATOR HAZZZZZZ PLANZZZZZZ!"

Diego disse...

Sinceramente acho 95% dos jogos de naves difícies a beça, 1 tiro você morre, mas o que você postou esse deve ser bem difícil, colocar apelações de anime num jogo foi horrível para qualquer jogador.
Só uma dúvida o vídeo é do 1° chefe ou do último, se for o 1° chefe explica muita coisa.....

Rodrigo Narcizo disse...

Cordiais saudações, Amer!

Essa imagem do Sonic todo estropiado me lembrou um episódio do Happy Tree Friends.

Quantos aos jogos, boa lista. Não joguei vários deles (e pelo visto sou uma pessoa mais feliz e saudável por isso).

Super Ghouls N' Ghosts é um game infernalmente difícil (na minha opinião, bem mais dificil que o do Mega Drive - que também era "devorador de testáculos") e tenho trauma dele...

Agora um jogo dificil é o "DJ Max Portable Black Square" do PSP... Não é a toa que ele foi feito especialmente para os jogadores hardcore do DJ Max...

fabricio disse...

Oh Mah Gawd!!! Tava assistindo o vídeo do home-qualquer coisa e quase tive um ataque!!! me sentí o cara mais merda do mundo, que conseguia terminar Sonic Wings no Snes sem morrer nenhuma vezinha... provavelmente era um japonês, e ele já não tinha pinto, mas se fosse qualquer outra pessoa, teria arrancado o próprio membro de medo da primeira saraivada de bolinhas roxas vindo em sua direção!!!

Avalanche(Lance) disse...

e aquele jogo da Bela e a Fera que tu era o Fera?

é foda chegar no primeiro chefão..quanto mais passar dele.


Aliás a Disney sempre fez jogos desumanos O.o

Reinaldo disse...

E ae Amer...

Muito legal o artigo, porém, não estou escrevendo com intenção de comentar este artigo, e sim, dar uma sugestão de artigo.

Gostaria de ler um artigo sobre o proximo jogo da marvel que será lançando em Abril para varios consoles. Falo de Marvel Ultimate Alliance 2: Fusion.

Falo deste jogo, pois ele irá abordar uma melhores histórias do universo marvel em minha opinião, A Guerra Civil Marvel.

Abraços...

Nalyanne disse...

Oiee Povo. Ô/

Sobre o post tenho pouco a dizer, se não, que está ótimo como sempre. Dos jogos sitados não joguei nenhum deles, exceto por algumas versões de Castelevânia e também por jogar Ghouls N' Ghosts, existentes no emulador do SNES, e mesmo assim desisti deste ultimo depois de 10 minutos de jogo, é um jogo FQP. E bem, de Castelevânia a versão que joguei foi Sinfonia da Noite, no qual tinha o Alucard, e que era legal, fácil, mais legal. O que me enrolava mais no jogo era o fato de não saber inglês, mas devo muito aos jogos e a Zelda pelo meus inglês atual. XD

Sobre o meu inglês falemos. Ele não era nada quando eu tinha nove anos e muito menos para o meu irmão quando ele tinha 8, no que ganhemos Zelda, sim, essa versão mesmo para super nintendo, e o jogo todo era em inglês... e resumindo a história ao máximo, depois de sete meses zeramos o jogo, ele jogando e eu com o dicionário colo. (E aposto que isso já aconteceu a qualquer pessoa uma vez na vida.)

- Seu mais novo jogo em uma língua que você não entende e que vc quer zerar de todo modo...

Então, se vc era que nem eu na época, que não tinha internet e nem saibia o significado de "Google tradutor" (Até porque esse ainda não existia), você sabe do que estou falando, tudo que vc se esforça para conseguir é dificilmente esquecido quando se ganha a recompensa. :D ... Mas bem, isso era meus embates difíceis contra os jogos, porém quando eu sabia o que estava no comando era outra estória, contudo eu não tinha muita paciencia para jogos como o meu irmão e não sei até hoje como ele é mais noob do que eu em inglês, sendo que ele já zerou muito mais jogos do que eu. Mas eu sempre gostava de assitir, até porque na maioria das vezes eu não tinha outra opção (Sim, quando enjoava do gibi da turma da mônica e não tinha TV)...

Mas games são legais. O único a qual ainda não zerei por falta de paciencia é Zelda Ocarina of the time, que para ser sincera, é um tanto maçante. E eu não consigo zerar... Isso porque é no emulador de nintendo 64. Tá, eu adimito que usei manha, mas mesmo assim aquele jogo já está na minha lista de coisas demonicas. XD... Junto claro com a versão de Chrono Tigger para SNES. E também um que não lembro o nome, mas que manda no meio do jogo você porcurar um ovo e esse ovo não existe (Para mim não mais)...

E no mais, jogos variam de pessoa para pessoa, alguns que para mim são dificeis para vcs com certeza são faceis, mas que com pratica se tornam coisas simples... o meu maior problema é que eu sempre fui rata de biblioteca e os 12 tive que aprender a cozinhar... Ahhh a cozinha é um lugar legal de vez em quando, e meu irmão bem sabe que quando quero cozinhar o negocio sai supimpa. Sim, é uma boa ultilidade aos irmãos, usá-los como cobaia dos seus expermientos... tenho dó do Guilherme quando as irmãs dele chegarem nessa fase... bem, Guilherme já é um rapaz de coragem, irá aguentar... boto fé. Mas acredito que isso foi apenas um sistema que minha mente vil descobriu de vingar se do meu irmão pelo monopólio da única TV da casa (Na época)... Ainda bem que minha mãe assinava a turma da mônica.

Bom, vc já notaram que sou muito noob em games e não posso falar deles sem incluir ao meu irmão. E sobre os videos e comentários, achei todos interessantes e fiquei com medo daquele jogo de nave (Que todos sabemos serem dificeis) Mas aquele era humanamente impossível. O cara usou pelo menos 4 salves... ou vidas, sei lá. Mostruoso. E também fiquei com medo de Ninja Gaiden, ferrar com o "Detonado" é muito foda...

Ahh vida era boa quando eu podia jogar Mario Bros, MK e tantos outros classicos. Principalmente quando se tinha os dois controles... Lembro-me dos embates de Top Gear... bons tempos. Hoje com emuladores até que é legal, mas no teclado não dá para fazer meia-lua. Fuuu...

Bem é isso pessoal.

Beijos a quem quiser e até Ô/

Águia Prestação de Serviços disse...

Mais um excelente post Amer, parabéns!

Bem, realmente existiam jogos que faziam qualquer um ter um acesso de loucura. Lembre de uma vez, eu e uns colegas meus estávamos em casa jogando Samurai Spirits para SNES. Era um jogo legal mas quando chegava no Hanzo.... puta merda era foda! O dono do SNES era o que jogava melhor então chegou em um ponto que nós só torcíamos para eles pois sabíamos que não teríamos chance alguma contra o Hanzo. Esse meu amigo tava quase ganhando, sem ter tomado uma porrada sequer quando derrepente, Hanzo o agarrou levou para cima e quado bateu com ele no chão, vazou o sangue todo!!!! Meu colega jogou o controle no chão, apontou o dedo para a televisão e começou a gritar: "- Seu filho da puta!!! diversas vezes. Hahahahahaha.
Já joguei muitos dos citados no seu post e eram fodas mesmo. Obrigado por essa sessão de nostalgia, por mais que esses games sejam filhos da puta de difíceis.

Teers and Justice for all!!!

Edson disse...

Eu joguei a maioria dos jogos da lista e o único que consegui terminar foi o Yo!Noid... nos chefes eu sempre guardava a pimenta pro momento em que eles usavam as cartas fodaçaralhas... era divertido.

O Silver Surfer eu zerei também, mas com invencibilidade, então não conta.

Uma coisa que eu odiava na geração 8 bits era o maldito "tilt"... era muito comum chegar à última fase do jogo (depois de quatro, cinco horas direto) e, de repente, ter de recomeçar tudo de novo! Até hoje eu considero o "tilt" o maior vilão dos jogos de NES!! Maldito seja!!

E depois de ler o artigo fiquei com uma dúvida: não lembro o nome da Bruxa que ressucitou o Magaren, alguém aí lembra?

Amer H. disse...

Kiuza.

Pedro Penaforte disse...

Ótimo, nem, joguei alguns deles, mas Streets of Rage 3 é um jogo maldito.
Mas e Metal Slug? Esse é um que apela monstruosamente.

Digimon World 2 também é difícil, ele te obriga a treinar novamente do zero inúmeras vezes

Edson disse...

Valeu Amer!

Avalanche(Lance) disse...

mudando de assunto já que esse morreu...mais alguém ta acompanhando o "Whales Wars"?

AOnde vemos um grupo internacional tentado parar a força destrutiva dos Japoneses no mundo?

Amer H. disse...

The fuck?

Nalyanne disse...

Parado isso realmente está, mas calma Lance, ainda é terça-feira. :D

Espero que estejam bem. E Amer, eu assisti Kong-fu Panda e tenho que concordar com o Guilherme, ele parece ter sido inspirado em você. E bem... sobre o dia que eu assiti o filme eu bem que queria esquecer... minha pipoca....TT-TT

Marcos.Sena disse...

"Bons" Titulos Dificeis. Lembro de Cobra Triangle (NES).

Pedro disse...

Pohhh Faltou VAGRANT STORY !

Outro jogo difícil pra GARAI!

mas alguns dos games citados ja tinha jogado, principalmente Ghouls'N'Ghosts !

Avalanche(Lance) disse...

hehe Amer.

O Whales Wars mostra uma ONG de "pirataria" que persergue a frota baleeira do Japão e tenta entregar mandados de prisão por eles violarem a carta internacional de pesca de baleias.

Bem interessante a série, tem 7 episódios(é um documentário mesmo).

Euclydes disse...

Ei! espera aí!
Sinto as convulsões chegando...
Beribekan Katabanka, Beribekan Katabanka, Beribekan Katabanka...
essa frase é do changeman? cê tá ficando velho einh? Mestre Amer...
ótimo post, fazia tempo que não via algo tão bom em seus artigos.
como alguém disse no final do artigo anterior, sinto falta dos comentários sobre filmes...
agora vou ler os comentários, depois escrevo de novo!
e parabéns!!!
Fui!

Euclydes disse...

vou ser sincero, nunca terminei nenhum dos games da lista (na verdade, os mais atuais nunca joguei...).
eu gostava mesmo era dos joguinhos do tipo tetris (me crucifiquem por isso...) acho que foi por isso que na enquete desta semana votei em 'games depressivos' (todos os meus amigos me odiavam por que eu dizia que gostava desse tipo de jogo). à propósito, nunca perdi nenhum testículo (o sangue de Cristo tem poder!!!), mas ficar chorando como uma putinha chocolante aconteceram várias vezes.
quanto ao "TILT" era a pior coisa do mundo, à propósito, tinha uma loja de games e outras parafernalhas perto da casa do Amer que se chamava "TILT GAMES" vc. lembra Amer? o que aconteceu com ela?
Só mais uma coisa: esses artigos: cê tá treinando para a revita oldgamer? tudo bem os clássicos nunca saem de moda... continue assim!

Frodo disse...

hauhaua o Amer mora perto da antiga "tilt games"? hauhauahu

Então somo praticamente vizinhos...
Nossa, foi nessa Tilt Games que eu conheci o Neo Geo... várias lembranças agora!

Edson disse...

Colega Euclydes: esse mantra repetitivo, como o Amer lembrou, é da bruxa Kiuza, da série do Jaspion! O Changeman também tinha coisas igualmente "non sense", mas as bobagens dos "homens que mudam" nem se comparam com as do Jaspion!

A robozinha gostosa (Anri)também era outro "detalhe" interessante da série.

Nunca tive tara por robozinhas, mas aquela... vamos dizer que ela conseguiu me cativar para sempre! =D

Amer H disse...

Claro que lembro da Tilt Games!

Tantas lembranças... bons tempos... eu era jovem, impressionável e inocente...

Hoje sou velho, cínico e tarado...

Como o tempo passa.

E Frodo, a menos que você seja Guarulhense, não somos vizinhos.

Amer H disse...

Ah sim, a queda da Tilt's é uma loooooooonga história que eu te conto um dia... quando ambos tivermos tempo de parar na correria do dia-a-dia e sentarmos para um bom chá com biscoitos, meu nobre Ulysses.

E a Anri era mesmo gostosinha e foi a primeira mulher pelada que ví na vida.

Pois é...

Frodo disse...

Ahhh Amer, então você morava perto de uma das outras 4 Tilts... =P

Oghma disse...

Não que isso faça alguma diferença, mas fico muito feliz que você esteja voltando a falar bastante de games, Amer. Fui atraído originalmente para esse blog por causa da sua familiaridade com jogos velhos que hoje em dia parece que ninguém mais conhece, então é bom voltar a ver esse tipo de coisa dominar.

E, falando em dominar...

*grins evilly*

Acho que Ninja Gaiden 2 foi o primeiro jogo que zerei na minha vida. O engraçado disso é que uns meses atrás fui jogar de novo achando que seria fácil... e, previsivelmente, fui enrabado no segundo chefe (o primeiro é ridículo). Memórias são um péssimo guia...

Battletoads eu joguei MUUUUUUUUUUUUUITAS vezes (foi o jogo que me fez querer ter um videogame quando eu tinha seis anos, pra se ter uma idéia), mas NUNCA consegui nem chegar na Dark Queen, e só consegui passar daquela MALDITA fase dos canos quando tinha catorze anos. Por outro lado, a fase do jet ski, apesar de ter de fato me feito virar menina a princípio, ficou surpreendentemente fácil depois que eu passei dela pela primeira vez (SEM o teleporte, que fique claro), ao que reputo ter voltado ao meu sexo original... então acho que entro nos dois critérios^^

Ah, e Ghouls'n'Ghosts! Sei exatamente como o Arthur se sentia, já que meu esqueleto virou pé muuuuitas vezes nesse maldito jogo. Nunca zerei porque, quando descobri que eu tinha que zerar DE NOVO, mandei o jogo para a puta que pariu e apaguei o emulador de Mega Drive que estava usando para sempre. Nunca mais vou jogar essa merda.

Os outros são famosos, mas nunca cheguei a jogar nenhum deles (tirando Yo!Noid, mas nunca passei nem da primeira fase, então não conta). O jogo que creio que faltou na sua lista foi um tal de "I Wanna Be The Guy", conhece? Vai dar uma olhadinha e depois disserte em outro artigo, porque, se as lendas forem verdadeiras (e eu espero sinceramente que não sejam, ou teremos um monstro em nossas mãos), esse jogo é mais difícil do que TODOS os dessa lista. JUNTOS.

*shivers*

julio_dcm disse...

faltou o I Wanna Be the Guy =P

Fabrício D.R. disse...

otimo post amer, mas sua tecla "d" está falhando!
eh... mas para não dizerem que eu vim aqui só dizer esse pequeno detalhe do teclado do "olmer", vamos a minha opnião...

Mesmo todos esses jogos sendo capétamente difíceis,
o único que eu não consigo exorcizar da minha mente e a porra daquele "The Immortal"(de mega driver),
esse jogo e a melhor forma que a igreja pode usar pra converter um ateu, porque toda vez que você se embolava na pexeira com um "ogro"(aqueles fdp verde feio do caralho) a única coisa que se tinha a fazer era rezar,(e muito!) pra que você começasse a esfaqueia-ló primeiro e assim poder matá-lo.
massssss se fosse o "ogro"(aqueles fdp...) que começasse...viiiixxxx...
só com "The Secrets" dos fortes pra você conseguir esquivar dos golpes e reverter a cituação, na meiada do jogo, se esbarrar com um "ogro"(aquel...aff) era um continue a menos, o cara te flagelava tanto que, parafraseando "walter":
como se não houvesse amanhã, e 0,30% de chance de escapar.
na treta, o maldito te metia 20 "facãozada", e depois de muita reza(e botão destruido) você se esquirvava e dava uma mizera canivetada pra depois ele voltar e finalizar com mais 30 facãozada. Nessa altura do jogo "a treta era tão rápida e difícil que, ao invés da tela de luta aparecer(um fundo preto, o veio mago e o bicho), ia logo pra do continue.
esse jogo me tirou o sentido da vida, e fazia com que eu chorasse só de lembrar.
nunca mais quero ver aquela caveira na minha frente de novo

Amer H. disse...

Minha tecla "D" tá falhando faz tempo. Só não troquei de teclado por pura preguiça e avareza mesmo.

Avalanche(Lance) disse...

Só pra irritar o Amer:

O desafio vai começar
um sonho me disse ele vai ser assim
os deuses do mal querem me derrotar
o mundo em perigo precisa de mim
A magica mora em meu coração
esperança certeza da minha missão
a sorte lançada a jóia perdida
a força da espada a magia da vidaaaa
vemmm
ser meu amigo
vemmmm
vencer o perigo
veeemmm
ser herói comigo
vamos mostrar nossa vitória
o mar furioso a montanha gelada
a cidade no céu a torre assombrada
eu sigo o caminho aonde ele vai me levar
meu destino escolhido meu jogo a ganhar
sou fera guerreira o espinho da rosa
sou força selvagem cruel poderosa
vencer na união, meu herói campeão
derrotar o vilão a masmorra e o dragão
vemmm
ser meu amigo
vemmmm
vencer o perigo
veeemmm
ser herói comigo
vamos mostrar nossa vitóriaaaaaa
(solo de guitarra)

Nalyanne disse...

Hahahahahahahahaha.... Lance sabe ser "exprecivo". rsrss.

Bom, hoje vim aqui e tá tudo tão parado... bem, de todo o modo, só vim mostrar aos interessados mais uma Toranja.

Toranja Obi-Wan: http://nalyanne.deviantart.com/art/Toranja-Obi-wan-119359673

Se há o Darth, por que não o senhor Obi? Aproveitem. :)

Beijos. Ô/

Amer H. disse...

Lance meu querido, você se OBRIGOU a ouvir esta música abominável mais uma vez somente para reproduzi-la aqui.

E imagino que agora a tem gravada a ferro em seu subconsciente e ela será a última coisa que passará por sua mente no leito de morte.

Valeu a pena?

Tudo bem, somos camaradas assim mesmo!

E acho que está tudo parado, pois ao lerem este artigo, o pessoal caiu em prantos compulsivos por lembrar do quanto sofria com os títulos mencionados.

Acho que as coisas voltam ao normal no próximo artigo, que aparentemente será o das vadias.

A menos que uma grande reviravolta aconteça...

Avalanche(Lance) disse...

hehe pior que não...mas ouvi e tive que tirar a letra pq uma amiga queria ela para um jogo de rpg,mas sim a musica fica na cabeça,mas dai achei e vi o Rock & Rule e o desenho adulto dos ratinhos roqueiros expulsou a música com palavras aleatórias.

dai aproveitei que tinha a arma em mãos e a compartilhei com todos assim como aquele cientista americano que deu a bomba atômica de graça pra Russia.

Sobre a enquete...apesar de nada contra as vadias(me encantam até), eu estava mais interessado na ascessão e queda do DOA.

Príncipe Roderyk Warlock disse...

Falto so o Robocop 3 eita joguin nojento afff

mas ta massa vei zerei 4 dos mecionados hehehe ainda so bom nisso ...

por falar nisso vo jogar esse robocop agora ver se passo da terceira fase pelo menos hehe flw mano

sorte e sucesso sempre.

Frodo disse...

82 comentarios e o povo achando parado? uau!

Para mim é só começar algum assunto randômico que a coisa anda...

Por exemplo, falar de pastel. Alguem aqui ja queimou a boca em um pastel de queijo?
Eu mordia a pontinha e apertava o pastel na cara do meu irmão, brincadeira legal né? (eu era um tanto sádico...)

Príncipe Roderyk Warlock disse...

HA !!
so completando a sentença..

Beribekan Katabanka, Beribekan Katabanka, Beribekan Katabanka...

KIQUERAAAAA !!!!!!

auhauhauahuah me amarrava nessa bruxa e no Quiodai auahuhau

flw mano.

RikkY Wild Vacker disse...

Amer
ta muito bom o post
Dos jogos citados a maioria eu nunca joguei e aquele tratado como o mais dificil(que eu não ouso pronunciar o nome) realmente é dificil
Eu e meu irmão(frequentadores assiduos do seu blog) nos transformamos em poças de lama apenas por ver o video do ultimo chefe via youtube
Fico matutando aqui no que eu me transformaria se tivesse de enfrenta-lo cara a cara

Abraços

UP THE PUSSYCATS

Toxic Avenger disse...

Eu achava terrível o Black Belt, do Master System.....

Raven disse...

Frodo, você era realmente um sádico quando criança. Coitadinho do seu irmão.

Espero que seu coração esteja menos negro agora, hehehehehe!

Bem, talvez eu diga isso também porque não tenho irmãos, então não tenho como saber qual o sabor dessas pequenas crueldades fraternais...

E, vale ainda a pergunta: será que eu também não faria a mesma coisa?

(Putz, que papo cabeça do cacete! Voltemos pros games! ^^)

Avalanche(Lance) disse...

por que raios o povo vota nos Games Depressivos?

Depois chamamos de Emos e eles não entendem.

Frodo disse...

Raven: Eu tenho dois irmãos (homens) mais velhos, com diferença um tanto grande de idade, então não dava para sair na porrada (como todo irmão faz), logo eu iventava metodos incrivelmente chatos! =P

Colar chiclete pingue-pongue no cabelo, espirrar desodorante nos olhos, ligar aqueles carrinhos barulhentos a pilha perto do cabelo para embaraçar tudo... e o método do pastel! =P

Mas fora isso, eu eura (e ainda sou) um amor de pessoa!

...
Alem de modesto,claro
...

Nanda disse...

"Por exemplo, falar de pastel. Alguem aqui ja queimou a boca em um pastel de queijo?
Eu mordia a pontinha e apertava o pastel na cara do meu irmão, brincadeira legal né? (eu era um tanto sádico...)"

HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHA!!

Morri! ahhahahahahahahahahah!!

Olha, não é por nada não.. Mas o vapor do pastel de queijo e o vapor da pipoca de microondas são os vapores mais perigosos da natureza!!
*música de filme de suspense*

OI, povo!!
_o/

Frodo disse...

Uau! Pipoca de microondas é mortal mesmo! Já queimei meus dedos nessa tristeza... sem contar o cheiro bizarro que fica por semanas no microondas...

Nanda disse...

hahahahaha!! Não é por nada não, mas eu conheço uma pessoa (amigo de um amigo meu.. tipo lenda urbana! ahahahahahah) que já enfiou uma pipoca de microondas no microondas com o plástico!!

E vc reclama do cheiro da pipoca feita corretamente... ahahahahahahah!!

Frodo disse...

Olhem que legal:

http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1086422-5603,00-NOS+EUA+MULHER+QUASE+PERDE+A+PERNA+POR+COMER+FRUTA+DEMAIS.html

A mulher aprendeu da pior forma como Toranjas são mortais!

Nalyanne disse...

Eu li Frodo... A proposito. Oie Ô/

Realmente, as Toranjas tem seus metodos para dominarem o mundo, mas ainda defendo que haverá a ultima guerra e tudo irá se destruir. :D

Mesmo que haja divergências dentro do grupo Toranjence. Toranja Obi-wan yay.

e Frodo também tenho meus modos de atormentar meu irmão e ele também me atormenta dos modos dele.... *Assobia*

Bem, Oie Nanda tudo bem? Espero que sim. E sim, pipoca de micro-ondas (Essa regra ortografica é um saco) é gostosa, mais ainda prefiro fazer uma na panela e acrescentar manteiga derretida. Nhamm nhamm, hoje mesmo comi pipoca (E ela não caiu no chão como da ultima vez - Viva a física)\o/

E oie Rikky, como vc está? Faz tempo que não te via. :) ... Ou pelo menos não conversamos, espero estja tudo bem. E que possa curti os comentário.... *assobia*

Ok pessoas, beijos a todos e tchau. Ô/

Avalanche(Lance) disse...

Nanda...num me abandona pq não quero acabar como o Randy "Carneiro" Robinson :(


*acabou de baixar e gravar "o Lutador"*

Frodo disse...

Nanda: Eu tenho uma tia que enfiou uma panela de alumínio no microondas! Você não tem idéia do show pirotécnico que foi, depois disso meu microondas começou a funcionar de porta aberta e eu resolvi dar fim nele...

Nalyanne: Eu realmente não imaginava que toranja dava trombose... mais uma coisa para a super lista dos efeitos mortais dela!
E admita, você gosta/gostava de atormentar seu irmão!
É praticamente como uma frase que eu lí por aí:

"Nunca diga que você não gosta do seu irmão. Mostre pra ele!"

ahhh esse humor inocente...

Avalanche(Lance) disse...

E as vadias dos games disparam...

DukeGod disse...

cada discussão inutil
vou dewixar isso aionda mais inutil com uma propaganda pro meu novo blog =D

www.blogdomrgod.blogspot.com

guilherme.kinni disse...

Voltando ao assunto original, tenho uma coisa a dizer sobre Kid Chameleon:
Bloody swamp

E alguém conhece um jogo do NES chamado Takeshi wo Chousenjou

Henrique disse...

Duke God, se é pra ser inútil, também vou fazer spam bobo:

VISTEM MEU BLOG DE TRANSFORMERS!!!

COM UMA PORRA DE COISAS SOBRE A SÉRIE!!!

VEJAM!!!

AQUI---> www.transformersblog.wordpress.com

TRANSFORMERS!!!! OH YAAAAHAAA!!!




...


Agora falando a sério, obviamente que eu votei nas vadias dos games. Adoro os posts do Chammiler criticando coisas inúties, portanto, quero ver o que vai saír!

Henrique de Matos disse...

^
I
I
I
Esqueci de identificar melhor acima, sou o Henrique Matos

Frodo disse...

Já que tá valendo propaganda, vou ajudar uma pessoa que está fazendo propagandas nos orelhões da região onde trabalho:

-----------------
Priscila Raio-Laser 29:
Faço o que você mandar! folhinha verde, candelabro italiano, saquinho de chá e até toranja enlouquecida! Diversão garantida!
(0XX69)6666-9999
Ligação Gratuita! *
(* será apenas cobrado como uma ligação de celular para a Letônia)
------------------

Desculpe-me, é que eu odeio ficar de fora do assunto do momento! =P

Avalanche(Lance) disse...

vai na Wiki dos transformers para informações sobre os mesmos.

Wild_Rikky disse...

Falando em Art of Fighting 2 recentemente vi em um fliperama daqueles que nossas mães detestavam que fossemos(aqueles que são frequentados por drogados, alcoolatras e futuros astros do rock) um cara jogando contra o Geese Howard
É claro que o infeliz perdeu mas mesmo assim eu nunca acreditei que fosse ver alguém enfrentando o chefe mais chato de todos os games de luta ja criados.

Art Of Fighting 2 era era o jogo que pouquissimos caras tentavam jogar e os que jogavam saiam da maquina resgungando coisas como " Cacete, joguei uma ficha fora"

Zigga disse...

Tava lendo o post de novo e percebi uma coisa:

"quando somente Adam West, Michael Keaton e Christian Bale o possuem."

Amer, o que você tem contra o George Clooney e o Val Kilmer?
i.i

Amer H. disse...

Eles ofendem a memória do Homem Morcego.

(((ATHOS))) disse...

Ai cara parabens pelo blog e por odiar uma vadia chamada Sakura colegial ridicula acho que hoje o unico jogo de ps2 que presta e o emulador de snes-atari-mastersistem e talz alguns eu ja zerei

outro não

tira-lata disse...

Faltou falar um pouco dos jogos difíceis pelo cansaço. O Master tinha uma habilidade descomunal de fazer jogos assim, tipo os intermináveis Populous e Phantasy Star.

Pode ser que eu não manje tanto assim de game, mas eu acredito que vale um tópico de 10 jogos "populares" mais difíceis, onde vc priorizasse a notoriedade em vez da dificuldade em si. Ex: Alex Kid, Dragon Quest, Super Mario Kart, Super Mario 2 e Altered Beast.

Correndo o risco de alongar demais o comentário sugiro ainda um TOP 10 "coisas mais difíceis e ingratas dos games". Ex: Juntar grana e comprar a moto do Alex Kid, que só tem 5ª marcha e não vai durar 15s; coletar todas as máscaras em Zelda Majora e poder ficar fodão, mas só contra chefes (e vc já derrotou todos) e assim por diante.

No mais, abração e parabéns pela boa escrita - impressionante mesmo.

Barão disse...

Rapaz...

Estou abismado com o vídeo do Mushihime Sama.

roberto disse...

nao conhecia seu blog , gostei muito do seu estilo sem noção ! hahaha

parabens!

roberto disse...

nao conhecia seu blog , gostei muito , achei muito bom seu estilo sem noção. tá de parabéns até umas próximas

Marcos disse...

Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!! Morte!!... esse era o meu pesadelo na pré-adolescência... kct!!!

Amer, vc não tem noção de como eu morri de rir com seu artigo... sensacional, cara! Parabéns mesmo!! Apesar de novato no blog, onde agora estou começando a ler os artigos mais antigos, com certeza estarei sempre por aki! Continue sempre com seu excelente trabalho!

Vida longa e próspera!

janaemc disse...

guilherme.kinni, era final mission, não ? Q vinha junto com o tico e teco do NES ? Esse era impossivel. DUVIDO q alguem tenha zerado sem usar o macete do select+start pra recuperar a vida (eram duas no jogo todo, sem energia, estilo Contra...só q era tiro q não acabava mais)

Guilherme disse...

Olá Amer sou novo por aqui e me desculpe ressucitar o post,mas como sempre procurei na web sobre analises e rewiew de games mais dificeis da historia em portugues e não encontrar nada muito alem do que aquele famigerado jogo da bolinha azul q conssideram o mais dificil do mundo(os unicos q opinaram nessa foram os proprios criadores do jogo)e por isso acabei virando um leitor assiduo do site e sempre procuro por coisas novas q me agradem no site,vim parar aqui por causa da materia vadias,ao que prefiro chamar de gostosas delicias e etc...Sei q talvez ninguem nem mesmo vc leia esse comment ou saiba dele,mas presciso desabafa sobre esse tema q acho primordial e pouco penssado no mundinho dos games,q são suas dificuldades não pela falta de habilidade do peao mas sim por falta de recurso q o jogo te oferece ou seja,se torna surreal ate pra vc entende o q ta acontecendo,nunca tive paciência pra video game mas sempre amei video game,e mesmo sempre achando uma perca de tempo eu os jogava quando pudia,de tanto ler vc falando de battlletaods do nes fui joga e tenta a fase do jetsky e sinceramente aquele trecho é ridiculamente facil,serio mesmo não conssegui me irritar com ele,não entende o quão dificil é esse game e naum usei trapaça mesmo pq não sei como ativar no meu emulador,e digo pra vc que existem jogos inssuportavelmentes dificeis como um tal de shadows of the beast pro amiga e mega drive,joguinho chato de se jogar ja li de gente q anotava em caderninho cada movimento de chefe e inimigos dificeis e q depois de 3 meses trancado no quarto consseguiu finaliza-lo sem trapaça pra te como recompenssa um final besta,na boa o premio do gamer q se fudeu no jogo todo é ter um final de jogo triunfal com direito a uma aprensentação fudida q nem as do final fantasy e do street fighter q pra min compenssavam muito,e esse game te ferra pq vc naum te vidas só miseros tres garrafinhas de energia q felizmente podem ser reestabelecidas depois de um certo ponto,viva \o/,só se vc morre volta tudo denovo os programming não tiveram dó talvez esse game fosse feito destinadas a pessoas sádicas ou para pais q queriam sacanear seus filhos a deixarem a tv livre pro jornal e davam com orgulho e sorriso sarcastica essa fita na mão de seus pimpolhos,joguei esse game e digo q é irritante mesmo façam o teste,diferente de batletoads,e q nem esse game da nave q vc mostrou e irei usar um pouco das palavras de um leitor q vi,a vontade q dá é pegar o programming desse game e da uma ficha pra ele e fala:"vc vai fecha só com essa ficha senaum toma tres tapão na cara soco na boca to estomago e telefone na orelha",ta louco quero ve se eles voltam a fazer isso,e digo jogos realmentes dificeis e um deles é back to the future nunca conssegui fica mais de 1 minuto vivo nesse game por isso nunca presenciei a segunda fase,e varios outros games,é isso depois dessa disertação amer fica aqui meus elogios ao site apesar de vc pegar bem pesado quando fala de Deus e Jesus,mas parabéns e até mais!Parabéns pelo Site!

Rod disse...

...Battletoads...esse é o game mais maldito da era 8 bits...com toda certeza...eu tinha um NES...foi o unico da lista q não terminei...nem hj em dia no emulador de NES para PS2 eu n ao consigo zera....

Devil Inside disse...

Eu acresceria Phantasy Star 1 (Master System). Os labirintos em primeira pessoa eram obscenamente difíceis.

Biscuri disse...

Bom, entre os games oficiais, esses de fato são os mais difíceis. Mas uma vez q consideramos TODOS existentes... Existe aquela coisa... FEITA ESPECIALMENTE PARA O PLAYER TOMAR NO OLHO DO ÂNUS: I WANNA BE THE GUY (IWBTG)

vc é um herói minúsculo numa fase 8 bits sem física NENHUMA que está armado com uma mísera pistolinha inútil, que morre até se uma MAÇÃ CAIR NA SUA CABEÇA, seja pra baixo, pra CIMA, ou até PRO LADO, sem contar uma LUA TE SEGUINDO, e chefes com MIKE TYSON E HULK que tem 1000x o seu tamanho e demoram décadas pra morrer, além dos trolls infelizes do jogo feitos pra vc morrer. O jogo nem tem um contador de vidas, mas um contador de MORTES, os levels só variam em quantidade de saves, e eu acho q até Chuck Norris sofreria para passar no último nível, já que esse NÃO TEM A PORRA DUM SAVE O GAME INTEIRO. E o último boss é baseado no último boss de CONTRA 3 (ou 2, ñ lembro), sim, a porra daquele cérebro no nível Hard >_>

Carlos disse...

Acho que faltou aqui: Chakan e Shadow of the beast.
Os dois são impossíveis.

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

eu sugeria um na minha humilde opinião...

o Athena do NES. sim com aquela mocinha da KOF.

é Leandro, mó bichinha você hein? como esse game pode ser difícil?

explico. a dificuldade nem é muita. e a Athena vira um tanque de guerra quando equipada no máximo...

qual é problema? simples, os chefes. não eles e sim as armas, as MALDITAS ARMAS. porque para matar cada chefe desse game, tem de ser específica. eu lá com a minha "SPADIUM LASER" e o chefe tem de ser morto com um simples arco e flecha. no próximo tem de morrer com arpão e aí vai.

e pior que até você descobrir qual arma certa para matar o tal chefe, você tem morrer para o mesmo e fazer tudo de novo. só que dependendo da fase, fica difícil se recuperar se morrer. o obrigando quase sempre a recomeçar desde a primeira fase.

mas depois de sofrer muito, finalmente chego no boss final, Dante. uma espécie de centauro demônio de três cabeças....eu o confrontei várias e várias vezes...estive me perguntando se eu fui com a arma certa...

recomecei o jogo de cabo a rabo 5 vezes...e nada. e ainda com detonado, não conseguia.

até ver no Youtube qual era o empecilho, eu tinha de achar uma harpa branca na penultima fase...

vai tomar no........

depois de uma longa jornada e uma batalha final ferrenha, finalmente zerei o maldito jogo.

Jacob F. disse...

Amer, creio que você odeia o Val Kilmer justamente pela cara de mauricinho que ele possui.

Aliás, The Silver Surfer parece que foi feito pelo Capeta de tão mortal que é.

Graças a Deus que não aconteceu com Kratos.

E Battletoads me fez quebrar 5 joysticks por causa da fase do jet ski.

Mas consegui zerar o jogo com um controle novo e uma veia saltando, mas com um enorme sorriso no rosto.

Aposto que se sentiu assim.

A propósito, quando que você pretende falar sobre os games dos Simpsons e do Asterix?

Garlock disse...

PelamordeOdin!! Que que eram aqueles jogos dos Simpsons?? Eu dei uma de gostosão uma vez com eles e acabei xingando tão alto que minha avó veio limpar minha boca com água sanitária! Sério! O Asterix eu ainda mandava bem, adorava mandar romano passear em Júpiter... mas cara, você esqueceu de um dos mais novos! O Megaman e Bass( ou Rockman e Forte como prediram) Quem jogou aquela porcaria no console deve ter xingado os produtores de centenas de nomes indizíveis em seis línguas diferentes, sendo FDP o mais leve deles! Outro que me ferveu o sangue foi Astro Boy (sim meu amigo tinha esse) e demoramos uns bons seis meses pra zerar... bem, é isso. Depois de Altered Beast e Astro Boy posso dizer que vivi bem minha infância...

Jacob F. disse...

O game mais difícil que já joguei foi Castlevania.

E eu QUASE terminei Ghouls 'N' Ghosts, só pra você saber.

Se lan houses durassem mais tempo, eu seria tão macho quanto o Schwarzenegger.

o surfista prateado disse...

So terminei gostn goblins com truques no pc fora isso e impossível qt dinheiro eu perdi nos flieramas

fabio disse...

Kra. Battletoads penei pra caramba, mas consegui zerar depois de muito tempo. Ghouls N' Ghosts... putz!!! Sacanagem depois de passar um perrenha pra kct o jogo inteiro e ter que jogá-lo de novo mais difícil ainda pra fazer o final. Outro que não está na lista mas era o capeta na época do "megão" é um game chamado Chakan. Sério... esse jogo era muito foda!

Lucas Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.